Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

O PODER DA RESPIRAÇÃO

.
.

Quantos volts você tem? [por Mayra Stachuk]

Olha ele de novo no banco dos réus: não bastassem dor de cabeça, cansaço, desânimo, tristeza, angústia, crises de tensão e ansiedade, para citar os sintomas mais comuns, o estresse acaba de ser acusado de outro efeito colateral danoso, o de roubar o oxigênio do sangue.

O acusador da vez é a bioenergopatia, método terapêutico baseado na teoria da bioenergética, que o americano Alexander Lowen criou em 1920, numa extensão dos estudos do austríaco Wilhelm Reich. Para a bioenergética, não existe separação entre corpo e mente, e as emoções e a personalidade do indivíduo influenciam diretamente os processos energéticos do organismo –a energia é produzida por respiração/ metabolismo.

Por esse raciocínio, o potencial elétrico de pessoas deprimidas é baixo, daí o desânimo; o das agitadas é elevado, daí a constante inquietação. O estressado também produz alta carga de energia, mas por outra razão, o baixo nível de oxigênio no sangue.

O problema todo, segundo o biólogo e terapeuta bioenergopata Geraldo Medeiros Jr. (nenhum parentesco com o endocrinologista Geraldo Medeiros), começa no fato de o estresse comprometer o processo respiratório. “O estresse vem, invariavelmente, acompanhado de enrijecimento muscular. Com os músculos contraídos, o diafragma não faz os movimentos completos, e tanto a inalação de oxigênio quanto exalação de gás carbônico são insuficientes”, explica.

Com a escassez de oxigênio, os glóbulos vermelhos se aglomeram, tornando o ambiente mais ácido e denso e dificultando o trânsito dos glóbulos brancos, principais agentes de defesa do organismo. O PH (potencial hidrogênico, indicador padrão para medição da acidez de uma substância) sangüíneo normal é de 7,35 a 7,45. O sangue sem oxigênio tem PH abaixo de 7,30.

“É por isso que muitas vezes as pessoas ficam debilitadas, mas não sabem o que têm. Quando o sangue está assim, já existem sintomas como dor de cabeça, sono fragmentado, alterações no metabolismo e a urina ácida, como se estivesse com cistite”, explica o bioenergopata. Nesse estágio, o estresse já está instalado e o indivíduo caminha para o desenvolvimento de outra doença.

Diagnóstico Medeiros Jr. diz que exames clínicos tradicionais não detectam esse quadro, mas ele pode ser identificado de duas formas, ambas da bioenergopatia. A primeira é medindo o potencial elétrico do indivíduo, ou seja, a eletricidade que o circunda, com um aparelho chamado multímetro, que faz a medição através de eletrodos colocados pelo corpo. Quanto maior o potencial, mais desvitalizado está o organismo. O normal é entre 1,5 mV e 4,5 mV (milivolts); com o estresse, pode chegar a 18 mV ou 20 mV.

Outra forma é examinar no microscópio a configuração dos glóbulos vermelhos em uma amostra de sangue. Se estiverem agrupados (veja imagens na pág. ao lado), o sangue está hipóxico, ou seja, com pouco oxigênio.

Nesse caso, Medeiros recomenda tirar do cardápio por pelo menos 30 dias alimentos que contenham ácido malônico, substância que não é produzida pelo organismo e que, em contato com o sangue, “seqüestra” suas moléculas de O2. Em sangues “saudáveis”, diz ele, esse processo não faz muita diferença; no hipóxico, já debilitado, acentua a deficiência. Quem tem ácido malônico: tomate, manga, maracujá, cebola roxa, azeitona preta e feijão preto.

De resto, é repetir a receita tradicional: comer e dormir direito, controlar, tanto quanto possível, a saúde física e mental e praticar atividades físicas para melhorar a respiração e promover o relaxamento muscular.

Evite alimentos que contêm ácido malônico, que “seqüestra” moléculas de oxigênio do sangue e acentua a hipoxia (mas não fazem mal quando o PH do sangue está normal)

O “assalto” do sangue

- Com o estresse, os músculos tendem a ficar contraídos, dificultando a atuação do diafragma e comprometendo o ciclo respiratório

- A tendência é inspirar menos O2 e exalar menos CO2

- Depois de algum tempo recebendo menos oxigênio, as hemácias (glóbulos vermelhos), que em estado normal são soltas, se agrupam na tentativa de obter oxigênio umas das outras

- Esse agrupamento tende a deixar o sangue mais ácido e denso, dificultando a circulação dos glóbulos brancos, principais agentes de defesa do organismo; o sistema imunológico fica mais lento e sujeito a vírus e bactérias


http://www1.folha.uol.com.br/revista/rf1610200510.htm




O PODER DA RESPIRAÇÃO

Texto de Marietta Till


Certa vez, alguém que vivia em busca da verdade foi ter com um grande mestre a fim de ser levado à experiência dos estados su­periores da consciência. Vendo que ele estava mais interessado em obter poder sobre os outros do que no aperfeiçoamento espiritual, o mestre levou-o a um rio e, fazendo-o submergir, segurou-lhe a cabe­ça sob a água até ele quase se afogar. Só então o deixou livre, perguntando-lhe: "Qual era o seu maior desejo quando estava debaixo da água?" Esgotado e respirando profundamente, ele respondeu: "Eu queria ar!" "Então volte", disse o mestre, "quando o seu de­sejo pelo próprio aperfeiçoamento for tão grande quanto o seu an­seio por ar.”

Sem alento não há vida! Podemos viver um bom tempo sem alimento, mas só alguns minutos sem ar. Todos sabemos disso. Pou­cos, porém, sabem que respirar pode significar muito mais do que deixar que o corpo apreenda o ar de que necessita. Poucos sabem que a respiração representa um importante elo entre o corpo e o es­pírito, e que exerce uma profunda influência sobre o evento psicos­tomático. Por isso, o treinamento sistemático da respiração - apresentado neste livro com exemplos os mais variados - pode levar a um sensível bem-estar e a experiências positivas em todos os níveis da nossa existência.

Atualmente, o treinamento da respiração faz parte dos muitos caminhos de salvação oferecidos, podendo a "salvação" ter neles o significado de "cura". No entanto, a maioria das disciplinas que de­vem levar à salvação normalmente se restringe ao método da expe­riência corporal e da imaginação, negligenciando o importantíssimo papel que a respiração pode desempenhar nisso.




YOGA

O caminho hindu da ioga, com seu treinamento meditativo da respiração, faz parte dos mais conhecidos métodos de treinamento. Descobertos há milênios, durante largo período de tempo esses exer­cícios só foram transmitidos, em sigilo, nas associações secretas e nas escolas iniciáticas. (Além das escolas de mistérios do Egito e da era clássica, fazem parte delas os primeiros cristãos (os gnósticos), os monges do monte Atos, os fran­co-maçons e os rosa-cruzes.) Só agora, na nossa época, estes assomam novamente à luz, depois do longo tempo de subnutrição espiritual e de orientação puramente materialista que o mundo ocidental teve de atravessar.

Todos os caminhos e terapias alternativas dos nossos dias visam conduzir o homem de encontro ao seu interior, promover seu autoconhecimento e transformar o seu ego exterior numa forma superior de consciência. Uma contribuição essencial para isso pode re­sultar da respiração que é a expressão de um processo profunda­mente interior. Com ela, temos em mãos um instrumento que, con­duzido pela nossa vontade, tem a possibilidade de dirigir-se até os processos inconscientes e autônomos do nosso corpo, possibilidade essa da qual somente o homem, entre todos os seres vivos, pode dis­por.

Assim, por exemplo, a atividade cardíaca, a freqüência do pul­so, a digestão e também as emoções reprimidas podem ser influen­ciadas, profundamente modificadas e até eliminadas pela respiração objetivada. Quem não ouviu falar dos Yogues que se deixam enterrar vivos por três semanas? As nossas formas espirituais – a concentração, a memória e o discernimento –, tiram proveito da respiração orientada, do mesmo modo com que nossa constituição psíquica, a exercitar-se paciente­mente e a libertar-se da escória da emoção negativa.

Podemos experimentar em nós mesmos aquilo de que a respira­ção é capaz: sentando-nos em posição ereta, numa cadeira, concen­tramo-nos na respiração e, de olhos fechados, eliminamos todos os outros pensamentos. Agora, prolongamos, pouco a pouco, o tempo de expiração e da inspiração, "observamos a respiração". Depois de cinco minutos, iremos sentir que uma calma benéfi­ca nos invade, e que as nossas preocupações e os nossos problemas diminuíram. Outro exemplo: vamos a uma festa popular e entramos na "montanha russa". Cada vez que os carros descem, temos uma sen­sação de náusea no estômago; somos presas do medo. Mas, se inspi­rarmos profundamente enquanto descemos, o medo não se apresentará! Esses são apenas dois exemplos da influência da respiração orientada conscientemente.



Os chineses são da opinião que a respiração calma prolonga até mesmo a vida. Seus filósofos afirmam que, quando o homem nasce, é-lhe proporcionado um determinado número de respirações. Caso respire rápida e agitadamente, a sua energia vital logo chegará ao fim. Exemplo disso eles vão buscar no macaco arisco, de vida curta, e na tartaruga centenária com a sua respiração acentuadamente lenta.

Fontes bem orientadas e fidedignas vindas do Oriente nos fa­lam de resultados respiratórios verdadeiramente miraculosos. Sabe­mos, assim, de monges tibetanos que, no frio intenso, sentam-se nus sobre a neve, tendo de secar certo número de lençóis molhados, an­tes de serem admitidos em determinados rituais da vida monástica. Eles treinam o Tum-mo , um exercício respiratório que produz calor. A. Jusseck, um psicoterapeuta conhecido, ( ver A. Jusseck, O encontro do sábio dentro de nós, Goldmann 1986) que atualmente vive nos Estados Unidos, deve a esse exercício a salvação da sua vida, quan­do estava em Stalingrado.

A famosa exploradora do Tibete, Alexandra David-Neel , descreve como outros monges tibetanos que se submeteram, durante anos, a certos exercícios respiratórios são ca­pazes de vencer grandes distâncias como se tivessem "botas de sete léguas", mais voando como pássaros do que andando, tocando a ter­ra só de vez em quando com a ponta dos pés (A. David-Néel, Mystiques et Magiciens du Tibet, Librairie Plon 1972) .


Em tempos mais recentes, sabemos que, na psicoterapia, uma influência especial da respiração pode levar os pacientes a um nível diferente de consciên­cia ("estado Alfa ou Teta"), no qual tornam a surgir experiências que já haviam desaparecido da memória (terapia primária, rebir­thing). E o moderno método do superlearning que no estudo de lín­guas também é apoiado por exercícios respiratórios.

Esses exemplos devem ser suficientes para esclarecer o ex­traordinário efeito a que pode chegar a função respiratória orientada. A respiração correta promove não apenas a agilidade do corpo, a vi­gilância do espírito e o equilíbrio da psique, mas também uma capa­cidade maior do hemisfério direito do cérebro, ao qual compete a fantasia, a vida onírica e as capacidades criativas. Esse hemisfério foi negligenciado nos nossos dias em prol do culto do intelecto. Redescoberto, ele confere sentido e alegria à nossa existência e à nossa individualidade.

Respirar corretamente proporciona um acréscimo de energia ao nosso corpo sutil, também chamado corpo cinestésico, etérico ou corpo prana, porque, pela respiração, aspiramos não ape­nas oxigênio, mas também o elixir criativo da vida (que os hindus chamam de "prana" e os chineses de "ki"), que mantém vivo o nosso corpo psíquico, fortalece a membrana celular e reforça o sistema imunológico.

A respiração correta pode nos tirar da polaridade - que sofre­mos desde a "expulsão do paraíso" - e nos fazer voltar à unidade, na qual a criação já não se apresenta mais como algo separado de nós, mas como solidariedade do destino em relação a tudo o que vi­ve. Assim, o mergulho no interior de nós mesmos, mediante a respi­ração, não nos separa de modo algum dos nossos companheiros - coisa que muitos receiam; ao contrário, melhora nosso relaciona­mento social, a simpatia e o amor humano. O ar é o elemento de co­municação com o tu. Tudo tem de respirar, as plantas, os animais, as árvores e também a colmeia e até uma orquestra. O próprio universo, uma vez por dia, inspira - da meia-noite ao meio-dia - e novamente expira - do meio-dia à meia-noite. Por isso, o melhor momento para os nossos exercícios é a primeira metade do dia. Mas, o alento de Brahma, o grande criador dos mundos, abrange, segundo o pensa­mento hindu, eras siderais, cujo ciclo atual nos trouxe a era da escu­ra deusa Kali, dos sacrifícios humanos, das guerras e guerrilhas san­grentas, das agressões. Uma razão a mais para procurarmos auxílios libertadores que nos conduzam à luz!

Respirar corretamente significa levar a consciência a todas as partes do corpo. No entanto, este é o elemento fundamental da trans­formação integradora do nosso ser. Se unirmos o alento à força da nossa imaginação - como o faz um químico hábil com seus ingre­dientes - experimentaremos um surpreendente acréscimo das nossas possibilidades e, no fim de tudo, da totalidade da nossa força vital.

Um exemplo: de olhos fechados, imaginemos nosso joelho direito, com a rótula, os tendões e os ligamentos. Agora, "respiremos vigo­rosamente para dentro do joelho", o que vivifica ativamente a ima­ginação.

Podemos também pôr a mão direita - a doadora - sobre o joelho, imaginando que o fluxo energético passa, com a respira­ção, através do braço e da palma da mão, diretamente para o joelho. Dentro em pouco, a sensação de calor com a sua força de cura surgi­rá nesse local. Como um servo fiel, a respiração se submete à nossa vontade. Falando de "vontade", não devemos cometer o erro de evocar ambições competitivas nesses exercícios altamente diferenciados. Nesses exercícios, não interessa quem respira melhor, quem absorve mais ar ou quem suspende a respiração por mais tempo. Os efeitos devem se instalar bem devagar, como por si mesmos, como que "furtivamente". Não sendo assim, logo surgirão tensões e bloqueios, como podemos observar diariamente nos rostos crispados dos Yo­gues. Feitos com boa vontade e assiduamente, os exercícios respi­ratórios representam uma atividade relaxante, natural e alegre. Ran­ger os dentes durante sua execução é despropositado.




No caso, trata-se de uma atitude que nós, ocidentais, achamos muito difícil compreender: o Wu-Wei oriental, a não-ação na ação. Isso quer dizer: sem agarrar-se a um objetivo, sem ambição e sem o desejo egoísta de lucro (coisa que existe também no terreno espiri­tual) desenvolver uma atividade criativa, deixar fluir as energias e, no nosso caso, "abrir-se ao alento". Em relação a isso, os hindus têm uma bela metáfora. Dizem eles: "Busca a tua estrada de auto-realização no meio, entre o caminho dos gatos e o caminho dos ma­cacos!- É que o gatinho, todo indolente, deixa que a mãe o carre­gue, segurando-o na boca, ao contrário do macaquinho, que se agar­ra com toda a força à sua progenitora. Respirar é prazer, mas não no sentido hedonista de gozar a vida. Ao respirar, "sorrimos" para os pulmões. Respirar é um ato inspirado. Inspirar significa soprar para dentro; assim, o alento é uma dádiva divina. Porque, tal como está na Bíblia, Deus insuflou o ruach ou pneuma no torrão de terra, Adão. Ambas as palavras, de origem hebraica e grega, significam, além de "alento", também "espírito". Mais adiante, reza a Bíblia: "...e assim o homem tornou-se uma alma viva. Isso quer dizer que, no seu sentido mais profundo, o alento é um instrumento divino e um guia, sempre presente, que leva à grande libertação.

Do livro de Marietta Till, A FORÇA CURATIVA DA RESPIRAÇÃO

 

publicado por conspiratio às 21:38
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CAUSAS DO CAOS BRASILEIRO...

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. UM POUCO SOBRE ABDUÇÃO E ...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. BLOSSOM GOODCHILD E A NAV...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. CONTRA A CAMPANHA CONTRA ...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. VOAR É COM OS PÁSSAROS?

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. AGENDAS DE DOMINAÇÃO GLOB...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. 3 elites globalistas(6)

. a corporação(9)

. acobertamento(13)

. agenda illuminati(13)

. alex jones(8)

. amor(20)

. animais(29)

. arqueologia proibida(4)

. atenção(7)

. auto-realização(33)

. autoritarismo(7)

. bancos terroristas(8)

. benjamin fulford(5)

. bíblia(7)

. big pharma(12)

. bilderberg(8)

. budismo(24)

. calar a democracia(5)

. censura da internet(15)

. cérebro(22)

. codex alimentarius(15)

. comunismo(13)

. concentração(14)

. consciência(7)

. conspiração(94)

. conspiração antidemocrática(6)

. conspiração financeira(11)

. controle da informação(17)

. controle da internet(22)

. cura(25)

. daskalos(7)

. david icke(9)

. denúncia(10)

. depopulação(6)

. despopulação(8)

. deus(10)

. ditadura(14)

. ditadura através da mentira(6)

. ditadura através da saúde(11)

. documentários ufológicos(7)

. ecologia(35)

. educação(7)

. ego(25)

. engenharia social(9)

. ensonhar(11)

. eqm (experiência de quase-morte)(12)

. extraterrestre interferência(11)

. filosofia(6)

. globalistas(5)

. goldsmith(8)

. google(9)

. governo oculto(31)

. gripe suína(8)

. história(17)

. história da nom(5)

. illuminati(54)

. integração(9)

. internautas conheçam seu poder(6)

. internet censura(11)

. intraterrestres(8)

. jesus(8)

. krishnamurti(13)

. lei cala-boca da internet(5)

. liberdade(8)

. livre-arbítrio(6)

. manipulação da informação(13)

. manipulação da mente(8)

. manipulação das massas(8)

. medicina natural(10)

. mentecorpo(5)

. microchip(7)

. milton cooper(7)

. monsanto(6)

. movimento revolucionário(9)

. neurociência(20)

. nom(43)

. nova ordem mundial(83)

. obama(7)

. olavo de carvalho(31)

. poder da internet(5)

. poder da mente(97)

. poder das farmacêuticas(5)

. política(16)

. predadores da humanidade(16)

. problema-reação-soluçao p-r-s(7)

. profecias(9)

. project camelot(11)

. psicanálise(5)

. pt(9)

. rauni kilde(6)

. realidade(7)

. rockefeller(7)

. saúde(19)

. sonho lúcido(22)

. totalitarismo(9)

. totalitarismo global(9)

. ufo(46)

. universo(16)

. vida(31)

. xamanismo(15)

. todas as tags

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.links

.links

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO