Segunda-feira, 24 de Maio de 2010

"MUDAR OU PERECER"

 


MINHA ODISSÉIA EM NAVES EXTRATERRENAS

Oscar Magocsi

A MISSÃO DOS EXTRAS


Estudei o conteúdo da tela. Pontos de determinada cor se compunham para resultar em padrões de linhas de força ou nuvens de densidades variáveis. Eu estava impressiona­do com as dúzias de diferentes forças cósmicas predominan­tes, campos magnéticos planetários, emanações psíquicas, os quais contribuíam para a constituição de um "clima" intangível que influenciava os eventos naturais e os produ­zidos pelo homem.


Conforme Argus, a poluição do ar e a da água eram fatores bem conhecidos na Terra, mas a poluição psíquica dificilmente terá sido considerada seriamente alguma vez. No entanto, o clima psíquico era terrivelmente importante na formulação da vida em todos os aspectos, desde o caráter e a motivação individual, até as ideologias em escala global e suas conseqüências. Ele apontou para uma nuvem extre­mamente densa e opaca sobre a tela, dizendo que aquilo representava "precipitação psíquica” que se insinuava, pro­cedente de sistemas vizinhos como a minha dimensão, atra­vés das "áreas de janela". Essa precipitação era venenosa para diversas funções importantes naquele outro sistema, desencadeando, ocasionalmente, imediatas desordem em alguns lugares mais afetados.


Nos mapas de cenas imóveis interdimensionais de larga escala que Argus projetou, a Terra aparecia como um dos maiores ofensores da geração de precipitação psíquica. Por não importar quão vastas pareciam as distâncias, os espaços não eram uniformemente lineares, devido a muitas dobras, correntes cruzadas e outras anormalidades. No caso de "universos paralelos", havia diversas sobreposições e interpenetrações entre as dimensões. Portanto, poderia acontecer de duas localizações separadas por incríveis distâncias estarem quase lado a lado para as emanações psíquicas.

Então, Argus continuou com a explicação de como toda aquela precipitação psíquica era produzida e por quais agentes. Nas cenas seguintes da Terra, com melhores detalhe vi literalmente "nuvens" pesadas de poluição psíquica sob áreas como a do Oriente-Médio, África do Sul; muitos pontos sobre a índia, o Extremo Oriente; diversos pontos sob partes da Europa e as Américas. Esses indicadores de nuvens e pontos falavam por si mesmos: um nítido mapa de ódio e temor, violência, intranquilidade social. Outros pontos sobre grandes centros dos países ricos "amantes da paz" eram difíceis de ser lidos como emanações de medo, ambição, inveja e competição encarniçada. Num mapa de aproximação sobre uma grande cidade norte-americana, pude visualizar essas emanações em termos de discriminação, hipocrisia, materialismo grosseiro e assim por diante. Tudo isso se somava na névoa psíquica poluída, a qual, por sua vez, era capaz de gerar mais e mais de sua espécie e ainda pior. As cenas projetadas no "registro meteorológico psíquico” da Terra não careciam de explicação. Senti-me profunda tocado.


Interrompemos a explanação para um café. Retomamos a conversa, expressei minha preocupação acerca dos procedimentos humanos inconseqüentes, que acarretavam tanta desgraça e sofrimento através dos tempos – todavia a Natureza parecia operar de maneira igualmente cruel em sua promoção da sobrevivência apenas dos mais aptos. Argus disse que tudo dependia só do contexto. Num nível inferior certamente era válido o princípio da sobrevivência. Mas, uma vez sendo as criaturas suficientemente evoluídas, o trabalho grupal e a cooperação por si sós asseguravam o progresso contínuo das civilizações. A partir daí, as táticas primárias de sobrevivência eram decididamente obstáculos, ou mesmo um perigo mortal. O bem-estar coletivo ótimo poderia ser alcançado apenas com a compreensão, por parte de todos, de que nós deveríamos ser os guardiães de nossos irmãos, e que o que é bom para alguém deve ser posto como um bem para todos.

Voltamos à explanação. Os instantâneos projetados na ela a seguir mostraram grupos de pessoas em diferentes ambientes terrenos, junto com suas emanações psíquicas. Parecia que tipos específicos de atividades, por exemplo, estudar, jogar hockey, vender mercadorias, adoração religiosa, geravam emanações características distintas. Além do grupo, o mesmo se aplicava a qualquer indivíduo determinado dentro dele, existindo, contudo, algumas emanações básicas independentes da atividade específica em cada uma as pessoas.

Argus projetou diversos instantâneos em rápida suces­o. Eram fotografias de pessoas em silhueta, junto com as cores de suas emanações psíquicas, que formavam uma “aura" em torno delas. A parte interna das cores da aura caracterizavam as "vibrações" básicas da pessoa, tais como fatores de saúde, valores e orientações morais, atitudes e motivação. A parte externa da aura mostrava, por sua vez, emoções superficiais, condições e preocupações.

Fazendo correr uma seqüência animada, Argus narrou; o encaminhamento de uma pessoa comum através das principais porções de seu dia, e as mudanças correspondentes que se davam na aura. Em seguida, uma família de cinco pessoas foi mostrada com suas mudanças individuais de sua aura, enquanto se dirigia à igreja, para o almoço e para a praia. Era fascinante ver quão vastamente todos diferiam entre si, e quão diferentemente cada um deles reagia e se, correspondia nas situações comuns.

Tudo, enfim, se resumia naquelas características interiores de cada indivíduo. Era possível se prever quase como eles reagiriam em certas situações. Numa percepção rápida da aura era fácil de se traduzir a estatura moral de uma pessoa, o equilíbrio interno, a força do caráter, orientação de seus valores, grau de realização.

Sim, a tradução era fácil, para alguém como Argus, ou a inteligência central de uma nave. Embora eu pudesse compreender as generalidades das cores e configurações da aura, para se saber a respeito era em profundidade uma ciência em si mesma. Cada indivíduo tinha sua aura carac­terística, o que o tornava identificável a longa distância, mesmo numa multidão. Mas a definição instantânea do quadro mental mais sutil de alguém, ou a totalidade de alguém dentro de grandes grupos, era decididamente um trabalho de especialistas. Agora eu sabia por que o disco-voa­dor era capaz de me distinguir e interpretar a uma distância tão grande.

Argus disse que alguns humanos da Terra são capazes de ver a aura parcialmente, e que outros desenvolvem essa capacidade a um grau "bem maior. Com as pessoas daquela dimensão, tal coisa era uma habilidade natural. Eram capa­zes de ver auras se desejassem fazer o esforço de "sintonizar", sendo também capazes de fazer interpretações bem fundadas acerca de suas generalidades. Argus então proje­tou um instantâneo que mostrava um humano comum da Terra e um humano comum daquela dimensão, lado a lado. A configuração da aura deste último era de modo geral mais saudável, mais forte, mais pronunciada com relação aos atributos mentais e psíquicos. Nessa ilustração, Argus indi­cou os sete "centros de energia" do corpo. Mencionou o fato de esses centros emitirem vibrações próprias muito fortes se funcionassem o suficiente. No humano terreno, esses centros de energia estavam funcionando ou fracamente ou quase nada. Compreendi que a intensidade de energia nesses centros nos colocava num nível mais baixo ou mais alto de vida em geral. Obviamente, esta era a razão para os meus ativadores: eles ajudavam a fazer subir meu ritmo vibracio­nal com a ativação dos centros apropriados, de modo que meu corpo e minha mente pudessem funcionar naquela dimensão por um período. Argus disse que, no entanto, este estado não poderia ser mantido permanentemente, mesmo com a química do corpo e a estrutura molecular alteradas como resultado de minha visita tibetana.

Uma vez tendo analisado o feito diagnósticos das pes­soas, perguntei a Argus, como poderia um indivíduo se modificar para melhor?

— De três maneiras — disse ele. — Primeira: por começar a viver com sensibilidade, positivamente. Segunda: com a elevação do nível de entendimento consciente. Terceira: pela alteração do ritmo vibracional. Não importando por qual caminho se comece, as mudanças estarão cumulativamente afetando os outros dois igualmente. Afinal, esses três aspec­tos são apenas caminhos diferentes da mesma rede.

– Qual a relação dessas vibrações com as funções corporais e vitais de um ser humano? – perguntei.

Argus explicou que tudo vibra em uma freqüência específica própria. Isso inclui também os seres humanos. Pois um ser humano é muito mais do que uma mera máquina bioquímica produzida pelos genes através de moléculas de DNA. Para além dos genes codificados e da bioquímica, nossa forma e funcionamento dependem realmente de fatores organizacionais intangíveis, que se manifestam através de arranjos de energia chamados campos vibracio­nais.



Ele continuou:

Dentro do campo vibracional genérico de uma pessoa, um assim chamado campo vital ou "campo etérico" de um ser humano é o fator que governa os átomos, moléculas, células e órgãos. Assim, a modificação do ritmo vibracional dos subcampos altera a estrutura molecular e química, e isso por sua vez altera o ser humano inteiro. Você viu quão diversificadas são as mudanças. Os resultados podem se dar na existência de diferentes dimensões, na realização de alguns dos potenciais humanos, ou nos poderes de percepção extra-sensorial. Dentro de limites estreitos, vocês da Terra podem já ver o princípio vibracional em funcionamento: pois é de seu conhecimento comum que o calor, o som, a luz, telecomunicações, a radiação nuclear se diferem apenas na taxa vibracional. Como eu dizia, sua química e natureza de funcionamento é governada por um "campo etérico" genéri­co. Esse campo, por sua vez, é determinado por um fator organizacional ainda mais intangível, bastante além do alcance humano, chamado de "campo causal". Este é o campo que, de fato, dá origem ao "campo etérico", e também o "campo mental" coexistente; esses dois, por sua vez, produzem o corpo e a mente, respectivamente. De nossa parte, ao invés de um mero tratamento físico ou psicológico, do ponto de vista médico, curamos antes ao nível das causas na raiz, por meio do balanceamento dos campos. Em conseqüência, dificilmente temos quaisquer problemas sérios de saúde; além disso, nosso alcance de vida se torna bem mais amplia­do. Também podemos fazer várias outras alterações nos campos etérico e mental, por meios tecnológicos ou psíquicos. Todavia, nenhuma grande transformação através de tais meios pode ser permanente. O arranjo do campo causal que sustenta seu presente status quo não o permitiria, exceto por meio de um processo natural de crescimento ou de desenvol­vimento. Esse processo natural é, na verdade, um desdobra­mento fase por fase do arranjo causal de alguém até seu potencial completo, que é comum a todos os seres vivos. Isso faz com que se desdobre, inclusive, o modelo cósmico gené­rico de uma forma gradual; um ciclo distinto, entretanto, após o outro. Por exemplo, os ciclos de um planeta podem ter início em condições cruamente primitivas, e se desenvolver no sentido de condições mais e mais refinadas em todos os aspectos. De um desses ciclos para o próximo, pode parecer um salto quântico chocante, assim como o ciclo geológico pré-histórico se modifica, ou assim como em modificações climáticas drásticas. Ignore a mudança de ciclo e se exponha ao perigo; e vocês ficarão congelados ou torrados, ou compar­tilharão do destino dos dinossauros. O planeta Terra está muito próximo de uma drástica mudança de ciclo cósmico. Numa questão de uma geração humana no máximo, o pró­ximo ciclo terá começado numa dimensionalidade muito diferente daquela das condições presentes da Terra. Será o começo de uma Era de Ouro, um mundo realmente sensível e belo, num nível vibracional muito mais alto. Infelizmente, o mundo presente de vocês está ainda em seu modo vibracional inferior, hipócrita, a “lei-do-cão". A não ser que imensas transformações ocorram no curto tempo que resta antes da mudança inevitável, haverá um bom número de grandes perturbações numa escala global. As vibrações drasticamente crescentes do ciclo vindouro virão de encontro com a poluição psíquica que envolve a Terra, ocasionando violentos abalos. Embora venha a ser um processo purificador em essência, ele inevitavelmente desencadeará forças elementais, as quais levarão as pessoas vis e de mente estreita a um colapso; acarretará turbulência política e guerras devastadoras, e até mesmo cataclismos naturais. E tudo isso, por sua vez, produzirá ainda mais precipitação psíquica, afetando-nos, também, nesta outra dimensão, o que preferiríamos evitar.

É evidente, por si, mesmo, que uma transição mais pacífica para o novo ciclo seria mais benéfica para todos os envolvidos. E é aí que nós, desta outra dimensão, entramos na história. Temos tentado ajudar a melhorar as condições da Terra por um longo tempo. Estamos também de prontidão com uma vasta esquadra de, espaçonaves gigantes, para oferecer resgate a tantas pes­soas quantas pudermos, no caso de que as temidas devastações em larga escala não permitam nenhuma outra escolha. Sobreviventes capazes de viver na nova dimensionalidade vibratoriamente mais alta serão uma pequena porção da população total. Estes serão tipos suficientemente mais elevados para passar por trânsitos com auxílio de ativação para fora da dimensão da Terra. Nos primeiros resgates, esses tipos mais elevados podem ser facilmente distinguidos desde as naves por meio da "detecção da aura", e podem ser, apanhados por diversos meios.

– Continua Argus:
– Os sobreviventes adaptáveis e interessados na nova dimensionalidade serão então levados para um planeta como a Terra, chamado "Nova Terra”o qual já está sendo preparado numa dimensão entre esta e a de vocês. No momento em que sua nave abordou a nave-mãe, numa dimensão intermediária muito mais elevada, você teve já uma primeira visão daquele planeta, que é como a Terra. Esse é o lugar onde ficarão os sobreviventes, até que se desenvolvam o suficiente para viver num nível vibracional mais alto – e até que a Terra se tenha purificado e normali­zado para a nova dimensionalidade de mais alta vibração, e pronta para ser reocupada pelo estoque humano renovado vindo da Nova Terra...

Fiquei abalado até a alma pela monumentalidade das palavras de Argus. Decidi que precisava beber algo. Além do mais, havia alguns pontos a serem esclarecidos, o que foi feito, por Argus de boa-vontade.

– E o novo estoque humano aperfeiçoado haverá de ficar apenas pelo período de transição em Nova Terra, o planeta de proteção temporário. A razão para o retorno eventual é que a Terra é o verdadeiro lar afinal, com sua evolução própria, seu próprio destino. Os humanos da Terra são um estoque valioso e fantasticamente diversificado, com muitos atributos e potenciais de valor incalculável e insubstituível, sendo assim definitivamente dignos de ser poupados. Além disso, o destino futuro dessa dimensão é estreitamente liga­do ao destino da humanidade da Terra. Uma vez que estamos na posição de ajudar o povo de vocês, em nossa ética não há como se evitar de ajudar. E por fim, mas não menos impor­tante, nós realmente não temos escolha nessa questão: um poder superior além de nós, que chamamos de Os Guardiães, quer, de fato, que nós ajudemos. Eles são os Irmãos Mais Velhos de toda a Humanidade, administradores da Lei Uni­versal.

– Por que todas essas atividades ufo do tipo brincadeira-de-esconder no planeta Terra? Por que não contar a todos, num contato oficial mundialmente noticiado? – perguntei.

– Porque não temos justificativa para interferir assim tão drasticamente – disse Argus. – Não, a não ser que absolutamente necessário. Pense no imenso impacto psicológico que nossa aterrissagem em massa ocasionaria. Seria, uma interferência direta com a linha do destino da Terra, a qual deve ser elaborada somente pelos seres humanos. Todavia, temo-nos dedicado a retardar catástrofes físicas e guerras maiores pendentes, por meio de ações mínimas e dissimuladas, na esperança de ganhar tempo para uma transição mais pacífica para o novo ciclo cósmico. Até este momento há uma esperança bem-definida; poderá ainda
haver um despertar razoavelmente pacífico para a Era de Aquário. Ainda queremos que vocês descubram a verdade de nossa presença eventualmente; além de chamar a atenção para o fato de que os humanos da Terra não estão sós na cosmos, e que não são certamente os mais evoluídos. Entretanto, pelas razões já apresentadas, é melhor introduzir a verdade, lentamente, a princípio, dando-lhe maiores gradações aos poucos.

Incidentalmente, um de nossos distante aliados, os Etéreos, são mais bem qualificados para esse tipo de propagações por infiltração. Eles raramente se deixa avistar, mas certamente fazem bastantes transmissões telepáticas para o povo da Terra. Ocorre também um sem-número de avistamentos de discos-voadores, contatos esporádicos entre os contactados, alguns podem ser levados a variado passeios. É sempre um pouco diferente em cada caso, uma vez que há muitos aspectos que desejamos demonstrar.

Existem muitos tipos diferentes de naves, apresentando-se em modos e formatos variáveis. Isso se deve ao fato de que, além dos Mundos da Federação Psiquiana, existem muitos outros sistemas estelares nessa nossa Aliança Galáctica, com culturas bem diversas. Uma vez que possivelmente você não seria capaz de ver tudo isso nesses poucos dias, tivemos que conceber um modo de fazê-lo aprender acerca de nossos procedimentos mais característicos.





Continuou Argus:

– Essa é a razão pela qual você foi trazido aqui de uma maneira peculiarmente não-convencional: de modo que você pudesse obter os mais completos subsídios, junto com o máximo possível de experiências de primeira mão. Outros humanos da Terra poderão ter diferentes contatos, diferen­tes viagens, "mensagens" incorporadas de maneira diferen­te. Mas a essência dessas mensagens será a mesma em todos os casos: "Homem da Terra, modifique-se ou pereça!".

Quan­to a você e aqueles que lhe são semelhantes, o conselho é para que intensifiquem suas transformações pessoais, de modo que possam garantir o acesso na Era de Ouro. Vocês serão capazes de encontrar maneiras de fazê-lo, se realmen­te o desejarem. Conte a seus amigos, conte a tantas pessoas quantas puder, sobre as coisas que aprendeu nessa viagem aventurosa. Quanto maior o número de pessoas a quem você contar, maior será a chance de uma sensível reorientação em larga escala. Algumas das pessoas que tiveram experiências conosco relataram à imprensa, ou fizeram conferências, ou mesmo escreveram livros a respeito. Fica inteiramente a seu critério contar tudo ou não contar nada. E isso é tudo que eu desejava lhe contar...


Fiquei em silêncio. Simplesmente não sabia o que dizer, sentindo-me soterrado pela avalancha de revelações da explanação. Considerei vagamente se jamais seria capaz de extrair dela todos os seus aspectos.


OSCAR MAGOCSI

 

MINHA ODISSÉIA EM NAVES EXTRATERRENAS

*

publicado por conspiratio às 15:23
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
1 comentário:
De Anon a 21 de Fevereiro de 2013 às 02:46
...UAU.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CAUSAS DO CAOS BRASILEIRO...

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. UM POUCO SOBRE ABDUÇÃO E ...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. BLOSSOM GOODCHILD E A NAV...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. CONTRA A CAMPANHA CONTRA ...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. VOAR É COM OS PÁSSAROS?

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. AGENDAS DE DOMINAÇÃO GLOB...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. 3 elites globalistas(6)

. a corporação(9)

. acobertamento(13)

. agenda illuminati(13)

. alex jones(8)

. amor(20)

. animais(29)

. arqueologia proibida(4)

. atenção(7)

. auto-realização(33)

. autoritarismo(7)

. bancos terroristas(8)

. benjamin fulford(5)

. bíblia(7)

. big pharma(12)

. bilderberg(8)

. budismo(24)

. calar a democracia(5)

. censura da internet(15)

. cérebro(22)

. codex alimentarius(15)

. comunismo(13)

. concentração(14)

. consciência(7)

. conspiração(94)

. conspiração antidemocrática(6)

. conspiração financeira(11)

. controle da informação(17)

. controle da internet(22)

. cura(25)

. daskalos(7)

. david icke(9)

. denúncia(10)

. depopulação(6)

. despopulação(8)

. deus(10)

. ditadura(14)

. ditadura através da mentira(6)

. ditadura através da saúde(11)

. documentários ufológicos(7)

. ecologia(35)

. educação(7)

. ego(25)

. engenharia social(9)

. ensonhar(11)

. eqm (experiência de quase-morte)(12)

. extraterrestre interferência(11)

. filosofia(6)

. globalistas(5)

. goldsmith(8)

. google(9)

. governo oculto(31)

. gripe suína(8)

. história(17)

. história da nom(5)

. illuminati(54)

. integração(9)

. internautas conheçam seu poder(6)

. internet censura(11)

. intraterrestres(8)

. jesus(8)

. krishnamurti(13)

. lei cala-boca da internet(5)

. liberdade(8)

. livre-arbítrio(6)

. manipulação da informação(13)

. manipulação da mente(8)

. manipulação das massas(8)

. medicina natural(10)

. mentecorpo(5)

. microchip(7)

. milton cooper(7)

. monsanto(6)

. movimento revolucionário(9)

. neurociência(20)

. nom(43)

. nova ordem mundial(83)

. obama(7)

. olavo de carvalho(31)

. poder da internet(5)

. poder da mente(97)

. poder das farmacêuticas(5)

. política(16)

. predadores da humanidade(16)

. problema-reação-soluçao p-r-s(7)

. profecias(9)

. project camelot(11)

. psicanálise(5)

. pt(9)

. rauni kilde(6)

. realidade(7)

. rockefeller(7)

. saúde(19)

. sonho lúcido(22)

. totalitarismo(9)

. totalitarismo global(9)

. ufo(46)

. universo(16)

. vida(31)

. xamanismo(15)

. todas as tags

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.links

.links

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO