Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013

HIPNOSE PELA TV - DAVID ICKE E OUTROS

sábado, 23 de fevereiro de 2013

HIPNOSE EM MASSA / EDUCAÇÃO NA NOVA ORDEM

Verdades sobre a Nova Ordem Mundial - (13/16)
http://youtu.be/fEf9Hyu7hcs

A primeira parte trata de hipnose na comunicação de massa, propaganda, jornalismo, etc, e a segunda, da manipulação da mente dos alunos nas escolas.





Um livro que tem esta informação sobre manipulação do comportamento, lavagem cerebral, hipnose na TV, etc, é "REGRESSO AO ADMIRÁVEL MUNDO NOVO" de Aldous Huxley.

*

"Verdades sobre a Nova Ordem Mundial".
http://www.youtube.com/user/BrazilTHINK/videos?query=Verdades+sobre+a+Nova+Ordem+Mundial

Pesquise nas manchetes dos blogs:
http://www.delinks.blogspot.com.br/
 
 
publicado por conspiratio às 00:50
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013

FORMAÇÃO DO IMBECIL COLETIVO PELA EDUCAÇÃO

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

FORMAÇÃO DO IMBECIL COLETIVO PELA EDUCAÇÃO


 



VÍDEO: EDUCAÇÃO PARA IMBECILIZAR - OLAVO DE CARVALHO
http://videos.sapo.ao/conspiratio/BBVZ1mbR0uVEfzabRLEh

O NOVO IMBECIL COLETIVO
Olavo de Carvalho
Diário do Comércio, 30 de outubro de 2012


Quando entre os anos 80 e 90 comecei a redigir as notas que viriam a compor O Imbecil Coletivo, os personagens a que ali eu me referia eram indivíduos inteligentes, razoavelmente cultos, apenas corrompidos pela auto-intoxicação ideológica e por um corporativismo de partido que, alçando-os a posições muito superiores aos seus méritos, deformavam completamente sua visão do universo e de si mesmos. Foi por isso que os defini como “um grupo de pessoas de inteligência normal ou mesmo superior que se reúnem com a finalidade de imbecilizar-se umas às outras”.

Essa definição já não se aplica aos novos tagarelas e opinadores, que atuam sobretudo através da internete que hoje estão entre os vinte e os quarenta anos de idade. Tal como seus antecessores, são pessoas de inteligência normal ou superior separadas do pleno uso de seus dons pela intervenção de forças sociais e culturais. A diferença é que essas forças os atacaram numa idade mais tenra e já não são bem as mesmas que lesaram os seus antecessores.

Até os anos 70, os brasileiros recebiam no primário e no ginásio uma educação normal, deficiente o quanto fosse. Só vinham a corromper-se quando chegavam à universidade e, em vez de uma abertura efetiva para o mundo da alta cultura, recebiam doses maciças de doutrinação comunista, oferecida sob o pretexto, àquela altura bastante verossímil, da luta pela restauração das liberdades democráticas. A pressão do ambiente, a imposição do vocabulário e o controle altamente seletivo dos temas e da bibliografia faziam com que a aquisição do status de brasileiro culto se identificasse, na mente de cada estudante, com a absorção do estilo esquerdista de pensar, de sentir e de ser – na verdade, nada mais que um conjunto de cacoetes mentais.

O trabalho dos professores-doutrinadores era complementado pela grande mídia, que, então já amplamente dominada por ativistas e simpatizantes de esquerda, envolvia os intelectuais e artistas de sua preferência ideológica numa aura de prestígio sublime, ao mesmo tempo que jogava na lata de lixo do esquecimento os escritores e pensadores considerados inconvenientes, exceto quando podia explorá-los como exceções que por sua própria raridade e exotismo confirmavam a regra.

Criada e mantida pelas universidades, pelo movimento editorial e pela mídia impressa, a atmosfera de imbecilização ideológica era, por assim dizer, um produto de luxo, só acessível às classes média e alta, deixando intacta a massa popular.

A partir dos anos 80, a elite esquerdista tomou posse da educação pública, aí introduzindo o sistema de alfabetização “socioconstrutivista”, concebido por pedagogos esquerdistas como Emilia Ferrero, Lev Vigotsky e Paulo Freire para implantar na mente infantil as estruturas cognitivas aptas a preparar o desenvolvimento mais ou menos espontâneo de uma cosmovisão socialista, praticamente sem necessidade de “doutrinação” explícita.

Do ponto de vista do aprendizado, do rendimento escolar dos alunos, e sobretudo da alfabetização, os resultados foram catastróficos.




Não há espaço aqui para explicar a coisa toda, mas, em resumidas contas, é o seguinte. Todo idioma compõe-se de uma parte mais ou menos fechada, estável e mecânica – o alfabeto, a ortografia, a lista de fonemas e suas combinações, as regras básicas da morfologia e da sintaxe -- e de uma parte aberta, movente e fluida: o universo inteiro dos significados, dos valores, das nuances e das intenções de discurso. A primeira aprende-se eminentemente por memorização e exercícios repetitivos. A segunda, pelo auto-enriquecimento intelectual permanente, pelo acesso aos bens de alta cultura, pelo uso da inteligência comparativa, crítica e analítica e, last not least, pelo exercício das habilidades pessoais de comunicação e expressão. Sem o domínio adequado da primeira parte, é impossível orientar-se na segunda. Seria como saltar e dançar antes de ter aprendido a andar. É exatamente essa inversão que o socioconstrutivismo impõe aos alunos, pretendendo que participem ativamente – e até criativamente – do “universo da cultura” antes de ter os instrumentos de base necessários à articulação verbal de seus pensamentos, percepções e estados interiores.

O socioconstrutivismo mistura a alfabetização com a aquisição de conteúdos, com a socialização e até com o exercício da reflexão crítica, tornando o processo enormemente complicado e, no caminho, negligenciando a aquisição das habilidades fonético-silábicas elementares sem as quais ninguém pode chegar a um domínio suficiente da linguagem.

O produto dessa monstruosidade pedagógica são estudantes que chegam ao mestrado e ao doutorado sem conhecimentos mínimos de ortografia e com uma reduzida capacidade de articular experiência e linguagem. Na universidade aprendem a macaquear o jargão de uma ou várias especialidades acadêmicas que, na falta de um domínio razoável da língua geral e literária, compreendem de maneira coisificada, quase fetichista, permanecendo quase sempre insensíveis às nuances de sentido e incapazes de apreender, na prática, a diferença entre um conceito e uma figura de linguagem. Em geral não têm sequer o senso da “forma”, seja no que lêem, seja no que escrevem.

Aplicado em escala nacional, o socioconstrutivismo resultou numa espetacular democratização da inépcia, que hoje se distribui mais ou menos equitativamente entre todos os jovens brasileiros estudantes ou diplomados, sem distinções de credo ou de ideologia. O novo imbecil coletivo, ao contrário do antigo, não tem carteirinha de partido.

Comente este artigo no fórum:
http://www.seminariodefilosofia.org/forum/15

 <input ... >  
http://www.olavodecarvalho.org/semana/121030dc.html


Mais:
MAQUIAVEL PEDAGOGO de PASCAL BERNARDIN
Editora: Ecclesiae e  Vide Editorial
http://www.videeditorial.com.br/VIDE-Editorial/Maquiavel-Pedagogo/flypage.tpl.html
A obra anti-globalista de Pascal Bernardin
Escrito por Félix Causas
Em Maquiavel Pedagogo, o autor explica a "revolução pedagógica que assolou o mundo e continua causando danos. Apoiou-se, principalmente, em publicações oficiais de organizações internacionais (UNESCO, OCDE, Conselho da Europa, Comissão de Bruxelas) para demonstrar que o objetivo dos sistemas educacionais não é mais dar uma formação intelectual mas modificar os valores, as atitudes e os comportamentos, proceder a uma revolução psicológica, ética e cultural. Para alcançá-lo, utilizam-se técnicas de manipulação psicológica e sociológica.
(...)
Mais em:
http://www.midiasemmascara.org/artigos/globalismo/12723-a-obra-anti-globalista-de-pascal-bernardin.html


Veja também

EDUCAR PARA ESCRAVIZAR
http://www.youtube.com/watch?v=FKYq8JNpdIE

REFORMAS ORTOGRÁFICAS TORNAM INACESSÍVEL O CONHECIMENTO PASSADO
http://youtu.be/gHRaZ1LfLrM

POR QUE O MEC QUER ACRESCENTAR 20 DIAS AO ANO ESCOLAR?
http://conspiratio.blogs.sapo.pt/108888.html

TRABALHO INFANTIL NAO É ESCRAVIDAO OBRIGATORIAMENTE - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/JhHY5OQ6vYU

Palmada não pode, mas estupro pode:
PEDOFILIA VIA ONU - FUNÇÃO DA MÍDIA É OCULTAR - OLAVO DE CARVALHO
http://videos.sapo.ao/AjLlfzz3sdQvZzSg1zDH

EDUCAÇÃO NO PAÍS QUE NÃO VALORIZA O CONHECIMENTO - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/QPrbMjnykiA

EDUCAÇÃO NA NOVA ORDEM MUNDIAL - MAQUIAVEL PEDAGOGO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/02/educacao-na-nova-ordem-mundial-e.html

OLAVO DE CARVALHO:
http://www.olavodecarvalho.org/true_outspeak.html
http://www.youtube.com/user/CanalMSM
http://www.youtube.com/user/trueoutspeak
http://www.midiasemmascara.org
http://www.theinteramerican.org/
http://www.seminariodefilosofia.org/
http://olavettes.org/


*
http://delinks.blogspot.com.br/

publicado por conspiratio às 01:32
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2013

OS BILDERBERGERS/ILLUMINATI ESTÃO FUGINDO?

OS BILDERBERGERS/ILLUMINATI ESTÃO FUGINDO?




As fontes do Antônio Carlos são bem diferentes das do Olavo de Carvalho e suas conclusões são mais otimistas. Só espero que elas incluam todos os 3 lados da disputa  pelo trono de tirano mundial, e não apenas o lado ocidental.
Há pesquisadores que consideram os Illuminati como o centro original e ainda em comando de toda essa conspiração, partindo deles o fortalecimento daqueles outros poderes aparentemente rivais (bloco comunista e islãmico). Alguns dizem ainda que existiria um quarto vértice acima desses, ainda oculto para nós, que seria o tal poderoso chefão. David Icke tem uma visão próxima desta, em que o vértice da pirãmide está fora da Terra.

Recebido por e-mail em 12/02/2013 20:06 e repassando:
 
Isto é o que foi divulgado:
A parte visível começou a acontecer. A rainha Beatriz
abdicou. Os Rockefellers fugiram para sua ilha-refúgio perto de Fiji, deixando seus clones nos EUA. O papa renunciou. Atenção para a rainha Elizabeth II e sua iminente renúncia. Todos tentando fugir de suas responsabilidades.

 
 

O sindicato Rockefeller destruiu o sindicato Bush, enquanto se aproxima a destruição do império bancário do dinheiro de mentirinha. Os ratos brigam dentro do saco, com destruição mútua assegurada. A coisa tá ficando feia.
 
Antes dos Rockefellers se mandarem, limparam o FED, como antes haviam limpado o ouro de Fort Knox.  O tsunami japonês (bombas nucleares na falha geológica) não foi um aviso ao Japão, mas para os Rockefellers saberem que estão vulneráveis.

Todas as famílias reais estão com medo de dormir à noite. Seus piores pesadelos se realizam.

A encrenca com o "embaixador" Christopher Stevens foi proposital; foi uma isca que expôs um problema e culminou com as demissões de 26 grandões militares e gente da CIA, incluindo David Petraeus, ligados à rede nazista dirigida por Bush pai. Estavam planejando começar a 3a. guerra, afundando seus próprios navios no Golfo, com a ajuda de Israel, e colocar a culpa no Irã.
 
Importantes facções dentro do FMI e da Interpol estão favorecendo o estabelecimento do ordenamento financeiro internacional e a chegada de novas tecnologias que beneficiarão a todos.

Em tempo: No primeiro dia depois do anúncio da renúncia do papa, voltaram a aceitar cartões de crédito no Vaticano. Depois dizem que problemas de saúde, etc....

__
 
publicado por conspiratio às 21:21
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 9 de Fevereiro de 2013

QUEM MANDA NO MUNDO

 

QUEM MANDA NO MUNDO

FIM DA DEMOCRACIA ? 1 de 2
http://youtu.be/_vE1ZnimC1A


FIM DA DEMOCRACIA ? 2 de 2
Olavo de Carvalho
Diário do Comércio, 7 de novembro de 2012 Nas minhas leituras de juventude, mais de quatro décadas atrás, poucas perguntas me impressionaram como aquela que dá título à segunda parte de La Rebelión de las Masas, de José Ortega y Gasset: “Quién manda en el mundo?” O filósofo não a formulava em sentido metafísico, onde poderia ser respondida por algo como “Deus”, “o acaso”, “a fatalidade”, mas em sentido geopolítico, e chegava à conclusão de que era uma lástima a Europa ter perdido seu posto de liderança, cedendo a vaga para a Rússia e os Estados Unidos.


A resposta parecia deslocada da pergunta. Estados, nações, governos e continentes não mandam. Quem manda são os indivíduos e grupos que os controlam. Antes da geo-política vem a política tout court. E aí tudo se complica formidavelmente. É fácil perceber quais Estados ou países predominam sobre os outros. Mas descobrir quem realmente manda num Estado ou país – e através dele manda nos outros -- é um desafio intelectual mais atemorizante do que o pode imaginar o analista político usual.


O verbo “mandar” vem do latim manus dare: quem manda empresta os seus meios de ação (sua “mão”) para que outros realizem algo que ele pensou. Um governante dá ordens a seus subordinados, mas, examinando bem, você verá que só raríssimos governantes, na História – um Napoleão, um Stálin, um Reagan –, foram eles próprios os criadores das idéias que realizaram.


Os primeiros teóricos do Estado moderno acertaram na mosca quando inventaram a expressão “poder executivo”: em geral o homem de governo é o executor de idéias que ele não concebeu nem teria a capacidade – ou o tempo -- de conceber. E os que conceberam essas idéias foram os mesmos que deram a ele os meios de chegar ao governo para realizá-las. Quem são eles? Aplicando a pergunta ao caso específico dos Estados Unidos, o sociólogo Charles Wright Mills, um dos mentores da New Left, publicou em 1956 o livro que viria a se tornar um clássico: The Power Elite, “A Elite do Poder”. A resposta que ele encontrou tomava a forma de uma trama complicadíssima de grupos, famílias, empresas, serviços secretos oficiais e extra-oficiais, seitas, clubes, igrejas e círculos de relacionamentos pessoais ostensivos e discretos, incluindo amantes e call girls. A classe política, que culminava na pessoa do governante nominal, aparecia aí como a espuma na superfície de águas obscuras.



Mills estava, obviamente, na pista certa. Mas ele morreu em 1962 e não teve a ocasião de presenciar um fenômeno que ele mesmo ajudou a produzir: a New Left tornou-se ela própria a elite do poder e perdeu todo interesse em “transparência”. Ao contrário: esmerou-se na opacidade ao ponto de colocar um completo desconhecido na presidência do país mais poderoso do mundo e cercá-lo de um muro de proteção que bloqueia toda tentativa de descobrir quem ele é, o que fez, com quem anda e que interesses representa. Se você quer ter uma idéia do que anda fazendo a elite do poder nos EUA, tem de buscar informação na outra ponta do espectro ideológico: os conservadores são os atuais herdeiros da tradição de estudos inaugurada por Wright Mills. Graças a eles é que hoje a elite globalista fabiana, núcleo vivo do poder por trás de praticamente todos os governos do Ocidente, se tornou visível na sua composição e em detalhes do seu modus operandi ao ponto da quase obscenidade, tornando involuntariamente cômica a insistência de alguns em chamá-la de “poder secreto”.



Clique no Google as expressões “Council on Foreign Relations”, “Bilderberg”, “Trilateral” e similares, e obterá mais informações do que seus neurônios poderão processar pelos próximos dez anos -- informações cujo nível de credibilidade varia desde a prova científica até a rematada invencionice. Em compensação, pouco ou quase nada se sabe das fontes profundas do poder na Rússia, na China e nos países islâmicos. Mesmo as descrições que temos da classe dirigente visível nessas regiões do globo são esquemáticas e superficiais, sem comparação possível com o meticuloso Who’s Who da elite ocidental.



Isso se explica facilmente pela diferença de acesso às fontes de informação. Uma coisa é pesquisar em arquivos e bibliotecas ocidentais, sob a proteção das leis e instituições democráticas, podendo até, nos EUA, furar a barreira da má-vontade oficial por meio do Freedom of Information Act. Coisa totalmente diversa é tentar adivinhar o que se passa por trás das muralhas impenetráveis do establishment russo-chinês. Nem a KGB nem os serviços secretos da China jamais deram acesso a pesquisadores independentes. Mesmo os arquivos do Partido Comunista da URSS voltaram a fechar-se após um breve período de tolerância, motivado não por algum súbito amor à liberdade, mas pela convicção ilusória, logo desmentida, de que os pesquisadores ocidentais eram majoritariamente simpáticos ao regime soviético.



No mundo islâmico, por baixo da classe dirigente e da barafunda de grupos terroristas estende-se uma rede inabarcável de organizações esotéricas, algumas milenares, cujo poder de influência é enormemente variado de país para país e de época para época. Essas organizações, que constituem o núcleo espiritual do Islam, a garantia profunda da sua unidade civilizacional e, a longo prazo, a condição de possibilidade da expansão islâmica mundial, continuam perfeitamente desconhecidas pelos analistas políticos ocidentais, jornalísticos ou mesmo acadêmicos. A diferença de visibilidade entre os grandes esquemas globalistas em disputa é fonte de erros catastróficos na descrição do conflito de poder no mundo. Em artigos vindouros explicarei alguns desses erros.


publicado por conspiratio às 22:59
link do post | comentar | favorito (1)
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013

O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ DIREITOS DE DITADOR E NINGUÉM FAZ NADA

LEI DÁ PODERES DE DITADOR A OBAMA

A notícia não é nova, já tem mais de um ano, mas como a imprensa a omitiu e continua omitindo, e a maioria dos brasileiros parece que não avalia a gravidade e nem mesmo acredita nela, resolvi fazer este post.


BARACK OBAMA DITADOR - ATENTADO EM BENGHAZI, LIBIA - OLAVO DE CARVALHO

 http://youtu.be/LBI4GR17mDo



VÍDEO DE OLAVO DE CARVALHO
TRUE OUTSPEAK 2012 OUTUBRO 31




True Outspeak - Olavo de Carvalho - 07 de novembro de 2012


OBAMA APROVA LEI QUE LHE DÁ DIREITOS DE DITADOR:


Comentários ao National Defense Authorization Act

A lei é a maior aberração legislativa dos EUA: autoriza a intervenção militar, sob fundamento de suposta defesa nacional, possibilitando a prisão de qualquer pessoa por tempo indeterminado, sem acusação formal e sem observância do devido processo legal .
http://jus.com.br/revista/texto/20889/comentarios-ao-national-defense-authorization-act


 
Nos EUA, os partidos Democrático e Republicano – oponentes políticos – uniram-se para elaborar projeto de lei para o ano fiscal de 2012, que foi aprovado quase por unanimidade pelo Congresso. O Executivo norte-americano ameaçou vetar algumas disposições, contendo, assim, a opinião pública, mas, à véspera do primeiro dia do ano de 2012, o presidente Barack Obama sancionou o National Defense Authorization Act.
 
 
A lei é a maior aberração legislativa do país por destoar dos ideais de liberdade que sempre ali foram pregados. A lei autoriza a intervenção militar, sob fundamento de suposta defesa nacional, possibilitando a prisão de qualquer pessoa por tempo indeterminado, sem acusação formal e sem observância do due process of law.
 
Este ato legislativo é parcialmente marcial por abolir parte das liberdades públicas e garantias constitucionais, e por limitar o poder jurisdicional, desarmonizando a tripartição dos poderes enunciada por Charles-Louis de Secondatt, Montesquieu, acolhida pelos chamados países civilizados.
 
O presidente norte-americano sustentou verbalmente que os cidadãos americanos poderiam ficar despreocupados porque a lei não seria aplicada contra cidadãos norte-americanos, e que durante o governo dele não haveria prisão por tempo indeterminado, nem prisão arbitrária. Ocorre que a letra da lei não diz bem assim; ela apenas determina a inaplicabilidade, aos cidadãos norte-americanos – descurando dos demais seres humanos, ofendendo a Declaração Universal dos Direitos Humanos –, das disposições do Sec. 1031, Subtitle D, Title X, que tratam dos requisitos para custódia militar. Aplicáveis aos cidadãos norte-americanos são as disposições do Sec. 1032, Subtitle D, Title X, que versam sobre a autorização para as Forças Armadas deterem, por tempo indeterminado, sem acusação formal, sem devido processo legal, qualquer pessoa que tenha praticado certas ‘atividades subversivas’, para usar um termo conhecido por nós brasileiros.
 
Impressionante foi verificar o descaso dos meios de comunicação pela escassez de discussões sobre um tema tão relevante, que não é novidade para a política daquele país, mas está agora em um patamar gritante. O voice of Russia, entretanto, não ficou apático e se manifestou comparando a lei com a legislação introdutória do Terceiro Reich.
 
Ora, este fato serve para relembrar a teoria de Ferdinand Lassalle, que afirmou ser a Constituição formal um pedaço de papel que não subsiste ao chocar-se com os interesses dos fatores reais de poder. Necessariamente enfraquecem-se as suas antíteses, de Konrad Hesse e José Joaquim Gomes Canotilho. Com esta lei, o Estado norte-americano instaura nova ordem jurídica contrária à vontade geral, tornando-se ilegítima, limitando as liberdades públicas sem qualquer justificativa positivada. A ausência de tais justificativas legais remete a ausência de qualquer noção de limite, o que Giorgio Del Vecchio associa a impossibilidade de afirmação dos direitos humanos e fundamentais.
 
Importante estender o texto para indicar que entraram em vigor, neste ano de 2012, no país do sistema common law, mais de 40.000 leis, dentre as estaduais e federais. Ademais, o ato legislativo aqui aludido é extenso, com mais de 500 páginas. É este panorama que se inviabiliza o conhecimento do povo acerca da lei, e, consequentemente, qualquer reação popular, notadamente pela desorganização deste maior fator real de poder, o que se agrava numa sociedade altamente pluralista, em que os interesses são diversos e dispersos.
 
Há absoluto contraste entre o que a lei diz e o que é certo e verdadeiro, conforme a razão linear jusnaturalista, identificada desde Cícero. Agora há uma lei aparente, mas não substancial – non legis essent, sed monstra legum. Como Francesco Carnelutti sustentou, a diferença entre o criminoso e o militar é o uniforme, representando o direito justo, o que se perde em um regime totalitário ou marcial, que é o caso dos Novos Estados Unidos da América do Norte Leia mais: http://jus.com.br/revista/texto/20889/comentarios-ao-national-defense-authorization-act#ixzz2KGTpP6CD
 
 
AS ORDENS EXECUTIVAS DE OBAMA PARA INSTALAR A TIRANIA:
http://www.canadafreepress.com/index.php/article/49905

National Defense Authorization Act (NDAA)
http://en.wikipedia.org/wiki/National_Defense_Authorization_Act_for_Fiscal_Year_2012




Relembrando:

Obama promete 'justiça' após morte de embaixador em ataque na Líbia
http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2012/09/obama-promete-justica-apos-morte-de-embaixador-em-ataque-na-libia.html

Filme que provoca manifestações anti-EUA mostra Maomé caricato 'A Inocência dos Muçulmanos'
http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2012/09/filme-que-provocou-manifestacoes-anti-eua-diz-que-o-isla-e-um-cancer_1.html

*

Ataque na Líbia coloca política externa de Obama no centro de campanha eleitoral

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/09/120912_analise_obama_libia_mm_cc.shtml

Opositores de Obama alegam que o presidente se mostra excessivamente simpático ao Islã e disposto a se desculpar pelos Estados Unidos no mundo.

Outros sugerem que o apoio aos movimentos da chamada Primavera Árabe permitiu que grupos antiamericanos se fortalecessem. Horas antes, a campanha do candidato republicano à presidência, Mitt Romney, reagiu a um comunicado da embaixada americana no Cairo condenando as supostas tentativas de ofender os muçulmanos. A embaixada no Egito também foi atacada por causa do filme.

"É vergonhoso que a primeira resposta da administração Obama não tenha sido a de condenar os ataques a nossas missões diplomáticas, mas simpatizar com as pessoas que realizaram os ataques."

A Casa Branca disse que o comunicado da embaixada egípcia não passou pela aprovação do governo. O ataque que matou os americanos em Benghazi também deve lançar um debate sobre o apoio de Obama à campanha militar da Otan na Líbia, que levou à queda do coronel Muamar Khadafi.



MAIS:

NOVA ORDEM MUNDIAL - AS TRÊS ELITES GLOBALISTAS - OLAVO DE CARVALHO http://conspiratio.blogs.sapo.pt/77171.html

REVOLUÇÃO (ISLÂMICA) NO EGITO E A NOVA ORDEM MUNDIAL
http://conspiratio.blogs.sapo.pt/36911.html

BARACK OBAMA ISLAMICO E A NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/Z54JBeJhpk0

FONTES
http://www.youtube.com/user/CanalMSM http://www.blogtalkradio.com/olavo  http://www.olavodecarvalho.org/true_outspeak.html

 Outros sites:
http://www.youtube.com/user/trueoutspeak http://www.midiasemmascara.org
http://www.theinteramerican.org/
http://www.seminariodefilosofia.org/ http://www.olavodecarvalho.org/blog/
http://olavettes.org/
http://www.dcomercio.com.br/index.php/busca-avancada?searchword=olavo%20de%20carvalho&searchphrase=all

Pesquise mais em:
http://www.delinks.blogspot.com.br/


 
publicado por conspiratio às 19:20
link do post | comentar | favorito (1)
 O que é? |  O que é?

.mais sobre mim

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. CONTROLAR VOCÊ É TUDO O Q...

. SOL, SERENIDADE E CURA - ...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. TOTALITARISMO - SONHANDO ...

. INTERNET - MEDIDAS DE CON...

. GOVERNO NEGOCIANDO COM O ...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas