Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

LEI DA PALMADA - INTERFERÊNCIA DA NOVA ORDEM MUNDIAL NA FAMÍLIA

 Se a sociedade deixar essa lei passar, estará permitindo ao estado uma violência muito maior sobre os pais, a família e até sobre a criança, ao arrancá-la do lar, do que aquela de que acusam os pais. É claro que a intenção não é evitar a violência, ao contrário,  a intenção é intimidar e transferir mais autoridade ao estado. É um objetivo da Nova Ordem Mundial desfazer a ligação familiar, a importância e a influência da família sobre seus membros, principalmente sobre as crianças, e aumentar a do estado. Além disso, a NOM está distribuindo gratuitamente leis tão rigorosas quanto absurdas, para minar nossa autoconfiança e autonomia individual  e amaciar a nossa resistência a uma ditadura mundial. Esses projetos e leis vêm da ONU.

Passo a passo, nas pontas dos pés, eles avançam... e enquanto nos acostumamos, a temperatura da água sobe. Não adianta tentar levar nossa vida sem notar que existem aqueles que não sabem viver a deles e por isso querem nos controlar. 

LEI DA PALMADA É ENGENHARIA SOCIAL - OLAVO DE CARVALHO
LEI DA PALMADA NA SUÉCIA - controle das massas por engenharia social
http://youtu.be/lzsTISliA3w
 
 

 
 

Pais serão proibidos de disciplinar os filhos?
http://www.youtube.com/watch?v=YbXVoGqPWxk&feature=player_embedded#!



Filhotes de Skinner

http://rodrigoconstantino.blogspot.com/2010/07/filhotes-de-skinner.html


Rodrigo Constantino

O presidente Lula assinou projeto de lei que prevê punições para os pais que baterem em seus filhos, incluindo beliscões e palmadas. O discurso do presidente ocorreu durante a cerimônia dos 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que, entre seus principais legados, tornou os jovens praticamente inimputáveis, estimulando o uso dos menores na criminalidade. O projeto de lei é um sintoma dos tempos modernos, em que o infantilismo da população, somado ao autoritarismo dos engenheiros sociais, criaram um ambiente extremamente perigoso para a liberdade individual.

Várias questões surgem quando refletimos sobre o projeto. Em primeiro lugar, sua aplicação prática. Como exatamente o governo vai provar e punir casos de simples beliscões ou palmadas? As próprias crianças e adolescentes vão denunciar seus pais por levarem umas palmadas no bumbum? Questionando isso, já fica claro um dos grandes riscos deste projeto, talvez a meta de alguns de seus idealizadores: jogar os filhos contra os próprios pais.

Os regimes socialistas foram mestres nesta tática nefasta, minando um dos principais pilares da civilização, que é a família. Os filhos eram estimulados a denunciar os pais que não fossem cidadãos “corretos”, leia-se “bons revolucionários”. O Estado, afinal de contas, deveria ficar acima da família. Não foram poucos os casos de jovens entregando os pais para as autoridades, pois achavam que eles eram “traidores” da causa. Quando cabe ao governo dizer como crianças devem ser educadas, somos todos apenas escravos.

Já posso imaginar adolescentes, rebeldes por natureza em sua fase de separação intelectual, sempre dispostos a atacar a autoridade paterna, ameaçando seus pais no futuro: se você não atender meus desejos, vou te denunciar para a polícia, alegando que levei beliscões e palmadas! Eis uma das possíveis conseqüências indesejadas deste projeto de lei, que transfere a responsabilidade da educação para o governo.

Por trás disso jaz uma mentalidade coletivista de seres infantilizados, que, com medo de assumir as responsabilidades da vida, preferem delegar a tarefa ao governo. São herdeiros de Rousseau, o filósofo que ensinou ao mundo como educar crianças, após abandonar todos os seus filhos. A defesa de uma lei dessas mais parece um grito de desespero clamando por ajuda contra si próprio, como se a pessoa implorasse para que o governo não a deixasse livre para escolher como educar seus filhos. Será que essas pessoas temem espancar seus filhos se não existir uma lei determinando nos mínimos detalhes o que ela pode ou não fazer?

O abuso não deve tolher o uso. Contra espancamentos já temos leis. Agredir alguém, qualquer indivíduo, filho ou não, é crime de lesão corporal. Não precisamos de uma nova lei para punir este tipo de atrocidade. O ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, disse que o alvo principal do projeto não é o "beliscão ou palmadinha", mas casos como de Isabela Nardoni. Mas isso é absurdo, uma vez que o caso Nardoni é um caso de assassinato! Ninguém em sã consciência vai defender o direito de esmurrar uma criança, deixá-la toda roxa, cheia de hematomas, ou jogá-la do prédio. Repito: isso já é proibido. Logo, os autores do novo projeto têm algo diferente em mente. Como um deles afirmou, de uma ONG, o objetivo é mostrar ao povo como se deve educar as crianças. São filhotes de Skinner, os “educadores” sociais que vão impor, de cima para baixo, as regras da “boa” educação.

Não vem ao caso defender as palmadas em si, até porque sou contra o uso de qualquer violência na educação. Mas, ao contrário dos “engenheiros sociais”, não sou arrogante a ponto de dizer que somente a minha forma de educar é correta, e que por isso tenho o direito de obrigar todos a segui-la. Tenho mais humildade que isso, até porque sei de vários casos bem sucedidos de pessoas educadas com palmadas. Não há causalidade evidente entre uma forma de educação e seus resultados concretos. Já o presidente Lula pretende dizer ao mundo como devemos educar nossos filhos. Diz ele que nunca apanhou, como se isso fosse argumento em prol de sua forma de educação.

Ora, sob qual prisma exatamente Lula pode ser considerado um sucesso de educação? Evitar más companhias, não mentir, não justificar atos errados com base no erro dos outros, será que tais máximas foram incutidas no menino Luís Inácio? Prefiro não confiar muito nos conselhos educacionais de Lula, assim como de todos os outros seguidores de Skinner. Amanhã, essa gente vai querer nos dizer o que nossos filhos podem comer, beber, que horas devem dormir, e quanto de exercício devem praticar diariamente. Seria um “admirável mundo novo”, cujo resultado sabemos qual é: uma colônia de escravos.

_____________________

O Estado no controle de tudo: Lei proibirá pais de disciplinar os filhos
http://sobre2012.blogspot.com/2011/11/o-estado-no-controle-de-tudo-lei.html


PNDH3, ONU E NOVA ORDEM MUNDIAL NO BRASIL
http://videos.sapo.ao/conspiratio/8dvc11S8tkJBG1s0FLfr

A desconstrução das identidades sexuais e da heteronormatividade incluídas no PNDH3 é um modo de enfraquecer a influência da familia sobre os filhos e torná-los mais facilmente programáveis. A nova família deve ser o Estado... Há muita informação sobre isso, esta por exemplo, em que Aaron Russo afima que os Rockefeller impulsionaram a liberação feminina para tirar a mãe do caminho e programar mais facilmente as crianças: http://videos.sapo.ao/wDa4668BUhez1svZn2OF
 
Mas fica a pergunta: se o assunto é "direitos humanos", por que diabos eles pensam ter direitos sobre a mente das pessoas? Porque o racionalismo radical postula que, assim como tudo é construído ao acaso a partir de uma partícula material, a mente é construída a partir de sua história pelo acaso, e pode, portanto, ser desmontada e remontada, não mais pelo acaso, mas de forma controlada e com um fim pré-determinado. Sem nenhum respeito, sensibilidade ou espiritualidade envolvidos nisso. Nem direitos.

Uma sugestão de pesquisa: a Fabian Society (sociedade fabiana) ou o "totalitarismo nas pontas dos pés", citado por David Icke. Aqui tem um pouco:

AGENDA ILLUMINATI - ALDOUS HUXLEY E GEORGE ORWELL A CONHECIAM ATRAVÉS DA FABIAN SOCIETY - DAVID ICKE
http://holosgaia.blogspot.com/2011/05/aldous-huxley-e-george-orwell-sabiam-da...

Para os que não sabem, aqueles mesmos banqueiros e magnatas psicopatas também estão por trás da criação do comunismo na Rússia e na China. Aqui tem um pouco:
 O Brasil perante os Conflitos da Nova Ordem Mundial. Palestra -
http://youtu.be/UpqFxWMAa8U
http://holosgaia.blogspot.com/2010/10/nova-ordem-mundial-e-o-socialismo.html

Outros links de interesse:

ABAIXO-ASSINADO CONTRA O PNDH3:
http://www.abaixoassinadocontrapndh3.com.br/

Nova Ordem Mundial, PNDH3 por Delso Gomes
http://tilesexperts.com/wordpress/os-illuminati/nova-ordem-mundial-pndh3-por-delson-gomes/

VOCÊ CONHECE O PROGRAMA NACIONAL PARA DIMINUIR SEUS DIREITOS (PNDH-3) ?
http://conspiratio.blogs.sapo.pt/138192.html
 
CARTEIRA DE IDENTIDADE SEM PRIVACIDADE, CHIP SEM FRONTEIRAS 
http://conspiratio.blogs.sapo.pt/110733.html

MANIPULAÇÃO DAS MENTES - OLAVO DE CARVALHO
http://www.youtube.com/watch?v=t3qrj8XQ-jw
http://youtu.be/t3qrj8XQ-jw
Neste programa O. de Carvalho cita vários absurdos e incoerências impostos ao mundo com o propósito de demolir nossas estruturas mentais resistentes à nova ordem mundial.

TÁTICAS DE MANIPULAÇÃO MENTAL EXPOSTAS POR UM EX-AGENTE DA KGB: Tomas Schuman (Yuri Bezmenov)
http://www.youtube.com/user/hermitcleric
http://www.youtube.com/playlist?list=PL9E779415F4B01A64

OLAVO DE CARVALHO - 23-11-2011
http://www.youtube.com/user/CEL2076?feature=mhee#p/a/u/0/7tA0K_mGRYk

http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/u/8/_-EQjVNX_5U
http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/u/7/K3d0XtuCxHY
 
LEI DA PALMADA É ENGENHARIA SOCIAL - OLAVO DE CARVALHO 
http://www.youtube.com/watch?v=lzsTISliA3w
http://youtu.be/lzsTISliA3w

EDUCAÇÃO DA NOVA ORDEM MUNDIAL É ENGENHARIA COMPORTAMENTAL

Os Rockefeller, grandes agentes da Nova Ordem Mundial, impulsionaram o movimento de libertação feminina para distanciar as crianças da influência humanizadora da mãe e da família, e torná-las vulneráveis à influência impessoal da TV, do Estado, da escola, etc

Veja também

 

 

 

 

 

NOVA ORDEM MUNDIAL, ROCKEFELLER E A LIBERAÇÃO FEMININA
http://youtu.be/D4x_iCUj7cY

 

EDUCAR PARA ESCRAVIZAR
http://www.youtube.com/watch?v=FKYq8JNpdIE

 

EDUCAÇÃO NA NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/lFD7WIiTl2I

 

REFORMAS ORTOGRÁFICAS TORNAM INACESSÍVEL O CONHECIMENTO PASSADO
http://youtu.be/gHRaZ1LfLrM

 

POR QUE O MEC QUER ACRESCENTAR 20 DIAS AO ANO ESCOLAR?
http://conspiratio.blogs.sapo.pt/108888.html

 

publicado por conspiratio às 21:12
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

A PUNIÇÃO DO GOOGLE: RESTRICÕES E PROIBIÇÕES AO SEU SITE


Depois de verificar que meu pagerank caiu de 3 para 2, ontem fui ao Google dar uma busca nas causas, e fiquei conhecendo a punição do Google. Vcs sabiam que o Google pode castigar um site até com a exclusão do sistema?  Suspeito que o meu caso se encaixe na categoria "links duvidosos" (que, no caso, é de um site islâmico), pois um outro blog está com problemas desde que postei o mesmo link. 

QUANTOS TIPOS DE PUNIÇÕES EXISTEM?

http://www.mestreseo.com.br/seo/punicoes-do-google

Um membro do Forum WebProWorld disse que existem 3 tipos de punições. São elas:
  • Penalidade -30
  • Penalidade -950
  • Exclusão
Há rumores de que a penalidade de -30 afeta todo o domínio, enquanto a de -950 serve para páginas individuais. Nesses tipos de punições, a busca pelo nome do domínio aparece normalmente, mas os resultados caem no mínimo umas 3 páginas. Alguns acham que não existe o -950, mas sim uma punição onde o site aparece sempre no final dos resultados.
(...)
Com certeza existem outros tipos de punições, como por exemplos essa Google Ranking #6 Penalty / Filter, que foi detalhada pelo Aaaron Wall do SEO Book .
(...)
EXCLUSÃO Esse tipo de punição resulta na exclusão total de um site dos índices do Google.

_____________________


Mas, a Wikipedia publica o seguinte a respeito da neutralidade do Google:

Neutralidade da rede

O Google é um apoiante notável da neutralidade da rede. Segundo o Guia da Neutralidade da Rede do Google:


"Neutralidade da rede é o princípio de que os usuários da Internet devem estar no controle do conteúdo que eles vêem e de quais aplicações eles usam na internet. A Internet tem operado de acordo com este princípio de neutralidade desde seus primeiros dias... Fundamentalmente, a neutralidade da rede é a igualdade de acesso à Internet. Em nossa opinião, as operadoras de banda larga não devem ser autorizadas a usar seu poder de mercado para discriminar candidatos ou conteúdos concorrentes. Assim como as empresas de telefonia não estão autorizadas a dizer aos consumidores para quem eles devem ligar ou o que eles podem dizer, as operadoras de banda larga não devem ser autorizadas a utilizar seu poder de mercado para controlar a atividade online."

Bem, parece que o Google mudou de idéia. E também deveríamos fazer o mesmo, ou seja, diversificar na utilização de sites de busca, caso contrário estaremos ajudando a construir o monopólio que aos poucos está conduzindo nossa atenção para as informações ditadas por ele, como fazem a TV, os jornais, a mídia em geral. Uma amiga exclamou um dia: "O jornal é deles e eles publicam o que quiserem" . É verdade, só que para isso eles precisam da nossa CREDULIDADE! da nossa confiança na integridade deles e na veracidade e relevãncia das matérias. Ninguém compraria um jornal sequer, se acreditasse que ali está uma ficção, sem compromisso com os FATOS e as informações que IMPORTAM para seus leitores. Então, eles constroem uma AURA de seriedade e respeitabilidade, difícil de quebrar, e engolimos toda a enganação porque tem esse lastro.  Resumindo: sem nossa credulidade, esta mídia não existiria.

Não temos idéia ainda do quanto o Google manipula as buscas. Talvez devêssemos olhar sempre os últimos lugares da sua lista de resultados. Agora estou fazendo isso: olho os primeiros resultados, como sempre, mas depois vou pulando as páginas para ver o que esconderam.

Achei interessante também este texto sobre privacidade na Wikipédia:

Em 7 de fevereiro de 2006, Vint Cerf, co-inventor do protocolo de Internet (IP), e vice-presidente atual e "Chief Internet Evangelist" no Google, em depoimento perante o Congresso dos Estados Unidos, disse, "permitir que as operadoras de banda larga controlem o que as pessoas vêem e fazem online seria fundamentalmente o mesmo que minar os princípios que tornaram a Internet um sucesso tão grande."[210]

Privacidade

Eric Schmidt, chefe-executivo do Google, disse em 2007, em uma entrevista ao Financial Times: "O objetivo é permitir que usuários do Google sejam capazes de fazer perguntas como "O que vou fazer amanhã? e "Em qual trabalho devo me ocupar?".[211] Schmidt reafirmou isso em 2010, em uma entrevista ao Wall Street Journal:".. Eu realmente acho que a maioria das pessoas não querem o Google para responder suas perguntas, elas querem Google para dizer-lhes o que deve fazer em seguida."[212]
Em dezembro de 2009, o CEO do Google, Eric Schmidt, declarou após declarações sobre as preocupações com a privacidade dos usuários do Google: "Se você tem algo que você não quer que ninguém saiba, talvez você não deveria estar fazendo isso em primeiro lugar. Se você realmente precisa desse tipo de privacidade, a realidade é que os motores de busca - inclusive o Google - não guardam esta informação há algum tempo e é importante, por exemplo, que todos nós estamos sujeitos nos Estados Unidos ao Patriot Act e é possível que todas as informações que podem estar disponíveis às autoridades."[213] O Privacy International classificou o Google como "hostil à privacidade", a sua classificação mais baixa em seu relatório, fazendo do Google a única empresa na lista a receber essa classificação.[214][215][216]
Na conferência Techonomy de 2010 Eric Schmidt previu que "a verdadeira transparência e sem anonimato" é o caminho a seguir na internet: "Em um mundo de ameaças assíncronas é muito perigoso que não que haja alguma maneira de identificá-lo. Nós precisamos de um [verificado] serviço de nomes das pessoas. Os governos vão exigir isso." Ele também disse que "Se eu olhar o suficiente da sua mensagem e a sua localização, com uso de inteligência artificial, podemos prever onde você está indo. Mostre-nos 14 fotos de si mesmo e podemos identificar quem você é. Você acha que você não tem 14 fotos de si mesmo na internet? Você tem fotos no Facebook!"[217]
O grupo sem fins lucrativos de Pesquisa de Informação Pública lançou o Google Watch, um site anunciado como "um olhar para o monopólio, algoritmos e questões de privacidade do Google."[218][219] O site levantou questões relacionadas ao armazenamento de cookies do Google, que em 2007 tinha uma vida útil de mais de 32 anos e incorporou uma ID exclusiva para a criação habilitada de um log de dados do usuário.[220] O Google também tem enfrentado críticas em relação ao lançamento do Google Buzz, versão do Google para redes sociais, onde os usuários do Gmail têm suas listas de contatos automaticamente tornadas públicas a menos que eles optem por sair.[221] O Google tem sido criticado por sua censura de determinados sites em determinados países e regiões. Até março de 2010, o Google aderiu às políticas de censura à internet da China, aplicada por meio de filtros conhecidos coloquialmente como "O Grande Firewall da China".[222] Houve relatos em 2010 de um vazamentos de telegramas diplomáticos através de uma invasão do Politburo Chinês aos computadores do Google como parte de uma campanha mundial coordenada de sabotagem aos computadores de "agentes do governo, especialistas em segurança privada e bandidos da Internet recrutados pelo governo chinês."[223]
Apesar de ser altamente influente nas políticas públicas locais e internacionais o Google não divulga seus gastos político online. Em agosto de 2010, advogado público da cidade de Nova York, Bill de Blasio, lançou uma campanha nacional pedindo à corporação a divulgação de todos os seus gastos políticos.[224]
Durante o período compreendido entre os anos de 2006 e 2010, os carros com câmeras acopladas do Google Street View recolheram cerca de 600 gigabytes de dados de usuários de redes Wi-Fi sem criptografação públicas e privadas em mais de 30 países. A não divulgação e nem uma política de privacidade foi oferecida para as pessoas afetadas e nem para os proprietários das estações de Wi-Fi. Um representante do Google afirmou que eles não estavam conscientes de suas atividades de coleta de dados privados, até um inquérito de reguladores alemão ter sido enviado e que nenhum destes dados foi utilizado no motor de busca do Google ou em outros serviços da empresa. Um representante da Consumer Watchdog respondeu: "Mais uma vez, o Google tem demonstrado uma falta de preocupação com a privacidade." Em um sinal de que as sanções legais podem ter algum resultado, o Google afirmou que não irá destruir os dados até ser permitido pelos reguladores.[225][

http://pt.wikipedia.org/wiki/Google#

___________________

Para completar, um outro episódio que se encaixa perfeitamente neste quadro de cerco à informação, me aconteceu ontem quando o Youtube retirou do meu canal o vídeo CHÁ DE SUCUPIRA e me fez assistir a um vídeo educativo e depois responder a um teste sobre o que eles pensam ser direitos autorais, caso contrário não poderia mais acessar minha conta. Depois ainda rebaixaram o limite de tempo do upload, que era superior a 15 minutos. O vídeo retirado é um segmento de uns 5 minutos de um antigo programa do Jô Soares, em que ele entrevista o Juca de Oliveira sobre as curas e a receita do bendito chá. O vídeo é muito útil para as pessoas que sofrem de problemas ósseos, minha mãe mesmo já se curou através dele, mas que utilidade ele tem agora para a Globo?  Acho que deveria existir uma lei para limitar o prazo de validade dos direitos autorais  de programas de TV, que não serão reapresentados, assim como os jornais não republicam as matérias. Este em particular ficou famoso graças ao pessoal que o postou no youtube, pois a validade comercial dele já caducou faz tempo. Resta agora o valor social, que querem inutilizar. 


O vídeo que me apresentaram,  YOUTUBE COPYRIGHT SCHOOL , diz que o único jeito de evitar problemas e não ter minha conta fechada (ou talvez até ir parar num tribunal) seria eu mesma criar , TOTALMENTE, os vídeos. Isso significaria ser cineasta, escritora, musicista, pesquisadora, etc eu mesma fazer tudo, fazer a pesquisa, o roteiro, viajar, filmar, editar,  tudo sem dinheiro... Acho um exagero proposital eles perseguirem alguns vídeos postados, tremendamente elucidativos para a população e sem finalidade de lucro, só por causa da música de fundo. Vivemos em uma sociedade onde cada um tem uma função, cada um faz sua parte e todos usufruem do resultado final.  É a famosa divisão de trabalho, que este vídeo YOUTUBE COPYRIGHT SCHOOL quer fazer de conta que não existe.

E fica a dica: copie o que interessa antes que retirem.

_________________

BRASIL É CAMPEÃO DA CENSURA DO GOOGLE

http://holosgaia.blogspot.com/2011/02/censura-na-internet-brasil-e-campeao-da.html

__________________________

Ministra alemã alerta para o monopólio Google
http://wp.clicrbs.com.br/infosfera/2010/01/11/ministra-alema-alerta-para-o-monopolio-google/


Alguns Sites de Buscas:

Nacionais:
Yahoo Brasil, Msn Brasil, Alta Vista, Cadê, DMOZ, Gigabusca, BusqueNet, Aeiou, Aonde.com, ClickGratis, Achei.com.br, Aonde.com.Br, Acbusca, Busca Aqui, BastaClicar, BigBusca, Br5, BrBusca, Brujula, BSBbusca, Buscai, Buscaki, Buscar, Buscape2, BuscaRS, BuscaSite, Cabruscar, CadastroGeral, Capixabas, CiberMadeira, Descobre, DetetiveNet, DomainSpa, Eficaz, Encontrei, Estadão, Exploora, Globoweb, Guiaweb, IxQuick, KataTudo, LinkTotal, List.com.br, Lokaliza, MetaminerBol, MinasPlanet, PaginaInicial, Pegue, Pesquisando, Procura, RadarWeb, TodoBr, SiteNow, SitesdeBusca, SplatSearch, TeBusco, TodoBr, ViaBusca, Vivissimo, WebMundi, Welcome, WebFind, ZenSearch e outros.

Internacionais:
Yahoo, AltaVista, MSN, AOL, Excite, Hotbot, Intelseek, Lycos, Alexa, Dogpile, AlltheWeb, LookSmart, Webcrawler, Aesop, OneSeek, iWon, Aeiwi, EntireWeb, SearchSight, WebSquash, Metacrawler, Mamma, Go2Net, InfoSpace, Sympatico.ca, Euroseek, Voila, Jayde, Juno, Aesop, CdNet, Dino Search, ExactSeek, Netsearch, Scrub the Web, Subjex, WhatUSeek, Yellow Pages e outros.

__________________





http://www.youtube.com/user/CEL2076#p/search/0/uo7Q9W7FVD8






http://n3rdsinsid3.blogspot.com/2011/08/conspiracao-google.html


___________________________


5 motivos que tornam o Google um verdadeiro vilão

http://www.tecmundo.com.br/12425-5-motivos-que-tornam-o-google-um-verdadeiro-vilao.htm

Google tira do ar blog pela libertação dos 5 cubanos
http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=153527&id_secao=7

Monitoramento de localização no Android é real
http://blog.censanet.com.br/2011/05/monitoramento-de-localizacao-no-android-e-real/

publicado por conspiratio às 10:47
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 26 de Novembro de 2011

RADIO-AMADORES CONTATAM EXTRATERRESTRES QUE HABITAM ILHA NO SUL DO CHILE




RÁDIO-AMADORES CONTATAM EXTRATERRESTRES QUE HABITAM ILHA AO SUL DO CHILE

No artigo publicado na edição de agosto da revista "Conozca Más" – Chile, o protagonista de um dos casos mais incríveis dos últimos tempos rompe seu silêncio e conta a verdadeira história de uma misteriosa ilha onde habitam seres que se auto-denominam "Friendships"    
Mais de 25 fitas cassete comprovam as palavras de Octavio Ortiz: "Os Friendships" previram com 30 minutos de antecedência a explosão do ônibus espacial Challenger.

Segundo Ortiz, trata-se de seres de aspecto nórdico, medem em torno de dois metros e possuem um elevado coeficiente intelectual. Seu jeito de falar era sempre espiritualista e se identificavam com nomes de anjos. Em seus contatos falavam sobre os mais variados temas: morte, amizade, conhecimentos físicos, biológicos, matemáticos, artes e a Bíblia.

Existem mais de 1.500 minutos de gravações com estas conversas. "Porém o mais surpreendente é que estes seres narravam o que acontecia com o OVNI. Quantos graus se moveriam. Em determinado momento pedem que um avião que estava por perto não chegasse muito perto de sua nave", afirmou Octavio Ortiz.

O fenômeno dos Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) sempre nos surpreende com a variedade de seus casos. Desta vez, várias pessoas afirmam estar em contato via rádio com seres aparentemente extraterrestres que habitariam uma ilha ao sul austral do Chile. Mais de 25 fitas cassetes comprovam suas palavras. Esta misteriosa história inicia-se em uma noite de junho de 1984, na décima região do Chile, especificamente no farol Mitagues, localizado no canal da Moraleda. Neste lugar encontravam-se um grupo de sete pessoas, (pareciam ser da Guarda Nacional), que, atônitos observavam uma imensa bola de cor rosa pousada alguns metro sobre a água.

Diante do medo de enfrentar um fenômeno desconhecido, pegaram o rádio de comunicações e começaram a pedir ajuda:

"Atenção norte do Chile, atenção Iquique, aqui sul austral chamando!!"

Enquanto tudo isso acontecia, em Santiago, o chamado era escutado pela família Ortiz, que têm uma emissora de 27 Mhz (faixa cidadão). Seu pseudônimo: Lucero:

"Escutamos o chamado pelo menos por uns 15 minutos, e como não recebiam resposta, ofereci-me para servir de ponte. Héctor me respondeu que era uma pessoa encarregada do grupo e diante da minha insistência me pediu para que fossemos para uma canal mais privado. Ali me contou que não sabia o que era essa luz que estava parada na sua frente. "Olhe..." me disse, "esta coisa provocou mal funcionamento nos equipamentos elétricos".

Logo, no meio da conversa, entra no canal uma terceira pessoa, um capitão do navio petroleiro "Mysteryes", que pedia a Héctor que avisasse o que estava acontecendo para as autoridades, pois se encontravam navegando com seus instrumentos completamente "loucos". Após discutirem alguns minutos sobre quem deveria ser informado, Héctor retomou a conversa com a estação Lucero. Imediatamente me disse:

"Esta coisa esta crescendo e começa a se mover. Está levantando. Está vindo para cá!! Após isso foram ouvidos ruídos e gritos, que levaram a agulha do rádio até o máximo de sua potência. A transmissão interrompeu-se completamente", disse.

Após três minutos, novamente surgiu a voz de Héctor, muito assustado:

"Essa coisa passou sobre nós. As pessoas que estavam fora estão com a pele queimada". No dia seguinte, uma chamada no rádio de uma mulher com nome Sílvia entregou um recado por parte de Héctor:

"Diga ao Octavio que não comente nada do que ocorreu durante a noite, porque ele corre perigo". Essa foi a última vez que a família Ortiz ouviu falar sobre aquele misterioso personagem do farol Mitagues.

Dois dias depois as chamadas misteriosas continuaram. Um capitão do barco Mitilius II chamado Alberto, começou a se comunicar nos canais australes:

"Me disse que haviam presenciado tudo o que ocorreu no farol Mitagues e também haviam escutado nossa conversa. Me disse que estavam fazendo experiências com o "choro zapato", e nesta localidade tinham redes e instrumentos. O mais estranho é que depois daquela noite estes desapareceram", explicou.

Depois Octávio viria a saber que o capitão Alberto trabalhava para o Departamento Oceanográfico da Universidade do Chile. Nasceu ali uma longa amizade entre Octávio e Alberto. Os temas chegavam cada vez mais próximos do fenômeno OVNI, tema responsável por essa amizade. "Ficamos sem conversar por 3 meses. Quando voltou a se comunicar conosco, sua voz era muito estranha, não era mais o mesmo. Me disse que aconteceram algumas coisas. Coisas muito boas. Conheci umas pessoas um pouco estranhas, não sei ao certo quem são, mas parecem ser religiosos. Me ajudaram muito economicamente. Tive que transportar equipamentos e caixas com materiais que não conheço, até a ilha onde vivem", recorda. Esta foi a primeira vez que Octávio e sua família ouviram falar dos misteriosos habitantes da ilha de Friendship (Ilha da Amizade).

O CONTATO
O primeiro contato por rádio entra a ilha e a estação Lucero aconteceu em maio de 1985. Durante estes meses Octávio recuperava-se de uma grave doença, que o deixou de cama por vários meses. "Começamos a falar com alguém chamado Ariel. No início nós acreditamos que eram mórmons, pela forma de falar. Nunca pensamos que podiam ter alguma relação com os OVNIs, extraterrestres ou fenômenos paranormais", narrou Octávio. Diziam possuir uma ilha entre o Arquipélago dos Chonos e as Guaytecas. Um lugar de difícil acesso e cercado por milhares de ilhas pequenas. "Sabiam da minha doença e me disseram que fosse até a ilha que eles teriam instrumentos muito modernos para me curar. Inclusive se ofereceram para me buscar em Talcahuano. A verdade é que por três vezes me convidaram para ir até a ilha, mas sempre eu dizia não no último minuto. Sempre por medo do desconhecido, não sabia o que aconteceria conosco estando na ilha", afirmou Octávio.

AGOSTO DE 1985
Porém, um dos fenômenos mais estranhos aconteceu no sábado 17 de agosto de 1985. Uma série de Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) apareceram sobre Santiago e foram observados por mais de dois milhões de pessoas e sua aparição foi seguida inclusive por programas de televisão.

Três globo sondas – afirmavam as autoridades – passearam pelos céus de Santiago desde às 3 da tarde até altas horas da noite. Um funcionário da Nasa, mantendo o anonimato, informou através do jornal "La Tercera", que aquilo que foi visto era um balão de observação meteorológica. Entretanto, a Força Aérea do Chile (FACH), do aerporto do "El Bosque", por intermédio de um controlador de tráfego aéreo afirmava o mesmo, que se tratava de um balão sonda. Entretanto, as opiniões eram divididas. A Direção Meteorológica, por intermédio de seu diretor Federico Rol, afirmava que "não havia uma explicação racional para o que aconteceu", afirmando que não foram lançados nenhum desses aparatos e descreveu esses objetos de "aparência metálica, na realidade nunca vimos nada parecido", afirmou o porta-voz da entidade.

Ao mesmo tempo funcionários da torre do aeroporto Arturo Merino Benítez diziam ao diário "La Tercera" que a luminosidade e aparência do objeto era "realmente estranha" e não seria um avião. O artefato seguiu na direção oeste/leste, a uma altura de 1.200 metros, descartando a possibilidade de ser uma balão sonda.

FRIENDSHIPS
Você pode se perguntar: O que tem a ver este assunto com a ilha ao sul do Chile? Muito, porque justamente nesta hora acontecia uma transmissão entre a estação Lucero e Ariel, mudando por completo a história. "Nós estávamos tranquilos, aproveitando o fim de semana, quando um chamado de Ariel, nos convidando a sair para o quintal e olhar para o céu. Dalí conseguimos ver aquilo que todos viram neste dia. Porém o mais surpreendente: eles narravam o que acontecia com o OVNI. Os graus que se movia, tudo. Em um determinado momento pediam que um avião não chegasse muito perto", afirmou Octavio. Será possível que eles podíam estar controlando as evoluções do OVNI? O diálogo foi gravado pela família (a transcrição completa no fim deste texto).

CHALLENGER
Porém os contatos não terminaram alí. Na série de contatos estabelecidos entre a família Ortiz e os Friendships, os misteriosos seres realizaram uma série de profecias. Uma delas tem a ver com a explosão da missão do ônibus espacial Challenger, ocorrida em 28 de janeiro de 1986:

"Nós nos encontrávamos no morro de Queilón, quando recebemos uma comunicação vinda da ilha, informando que a Challenger explodiria após a sua decolagem. Isso tudo com meia hora antes de ocorrer a explosão. Foi algo que até agora não consegui entender", recordou Ortiz.

Também em outras oportunidades anunciaram a ocorrência de terremotos em várias partes do mundo. "Nos disseram que o Vulcão San José estava unido ao morro San Cristóbal (este em pleno coração da capital do Chile, Santiago). Porém também previram coisas cotidianas. Em uma oportunidade nos avisaram que a fita que utilizávamos acabara de quebrar e que os trajes de banho das crianças ficaram jogados do lado de fora. Coisas como essas sempre nos surpreendiam", explicou Octávio.


NASA
Outro feito curioso, como tudo o que rodeia esta ilha ao sul do Chile, foi quando certo dia, através de um amigo de família, a agência espacial norte-americana NASA enviou-lhes um livro de capa dura com o título "RECORD", onde deveriam anotar as suas comunicações. Também entregaram uma caixa de canetas, onde estavam impressas as palavras "U.S. GOVERNMENT" no corpo das canetas. Os contatos estão interrompidos há dois anos. Os habitantes da ilha asseguram que os militares gravavam as comunicações e que, a partir de então, teríam que buscar outros métodos de contato, como a telepatia. Então decidiram ensinar Octávio a usar ambos hemisférios de seu cérebro, porém ele e sua família não puderam aprender, porque a carta em que eles ensinavam a telepatia perdeu-se de maneira inexplicável, por isso a comunicação acabou.

O motivo pelo qual estes seres habitam esse lugar ao sul do Chile é um mistério. Para alguns, são extraterrestres, recrutando gente antes do fim da humanidade. Para outros, somente uma congregação religiosa.

COMO SÃO OS FRIENDSHIPS
Os habitantes de Friendship medem aproximadamente 2 metros. São muito parecidos entre sí e seu aspecto é nórdico, cabelos ruivos e olhos azulados. Na ilha vestem túnicas brancas e calçado liso junto ao pé. Quando viajam para o continente vestem-se de forma normal. Desenvolveram a telepatia através da utilização dos hemisférios de seus cérebros. Também possuem um elevado coeficiente intelectual.

ASSIM É A ILHA
De acordo com o testemunho de uma única pessoas que conhece a ilha, o engenheiro de som Ernesto de la Fuente – quem conheci na casa de Octavio Ortiz à alguns anos – é muito complicado chegar até Friendships. Existiria um ponto, cruzando por trás o canal de la Moraleda, onde as embarcações são guiadas em forma magnética até a ilha. O lugar é dotado de muitos avanços tecnológicos. Existem vários túneis e inclusive elevadores que conduzem a andares subterrâneos. Existem também vários templos, porém um deles chama a atenção pois tem umas janelas redondas, por onde se pode observar o mar. Este seria um dos sete lugares habitados pelos Friendships. O motivo de sua permanência neste lugar ainda é um mistério.

Fonte: Cristián Riffo Morales (Jornalista)
E-mail: criffo@netup.cl
http://www.conozcamas.cl/

TRANSCRIÇÃO DA CONVERSA GRAVADA MANTIDA ENTRE OS RADIOAMADORES E OS POSSÍVEIS OCUPANTES DO OVNI DE 17 DE AGOSTO DE 1985, QUE PERMANECEU DURANTE VÁRIAS HORAS NOS CÉUS DE SANTIAGO DO CHILE
Mulher 1: O que vai mover? Ariel, por gentileza, me diga o que vai se mover!
Mulher 2: Está se movendo, Mona!
Mulher 1: Sim, estou vendo, está se movendo. Oi Ariel, olá Ariel, me diga o que acontece, me diga, QSL.
Friendship: Somente 5 graus, 5 graus em direção à cordilheira
Mulher 1: Sim, positivo, já o vi, já o vi, moveu cinco graus na direção da cordilheira. Porém diga-me por favor. Alberto está bem? QSL.
Friendship: Tudo bem, tudo bem e você poderão ver tudo isto quando vierem para cá.
Mulher 1: Ah... em breve... em breve... Ariel, no verão.. no verão. QSL.
Mulher 2: Diga a ele que me convide, estou fascinada. Roger.
Mulher 1: Olhe, você sabe que... Oh meu Deus... eu não sei o que se passa, eu juro que estou tremendo inteira.
Mulher 2: Escuta, vamos ver se Ariel está me copiando. Roger.
Mulher 3: Cristina? Cristina? O que vocês estão vendo?
Mulher 1: Olhe! Que incrível! Olhe.... não sei como te explicar, mas fique aí, fique por favor... olhe para o céu ao norte. Oi, atenção Ariel, ola Ariel, atenção Friendship, ola Friendship... está copiando?
Mulher 3: Cristina?
Mulher 1: O que é???
Mulher 3: Diga a ele que me leve, que eu toco bem violão.
Mulher 1: Ah... tá.. tá... alô atenção Friendship, Friendship, está copiando?
Friendship: Revisem Apocalípse, Apocalipse. (interferências)
Voz 1: Alô Friendship para Lucero... Alô, vamos ver o sul austral, atenção ilha Friendship... aqui é Lucero, QSL.
Friendship: Esse helicóptero... não chegue perto... não chegue perto...
Voz 1: Sim, positivo Friendship. Diga-me, em que lugar exatamente do sul do Chile você está, colega...
Friendship: Esse avião... não chegue perto... não chegue perto...
Voz 1: Ninguém pode avisá-lo, então ouça...
Voz 2: Existe um avião por aí?
Voz 3: Tem um avião bem próximo....
Friendship: Don’t keep to closed ("Não se aproximem")
Voz 4: Ouça colega.
Mulher 1: Alô, atenção Friendship, olá Friendship, olá Ariel, olá Ariel, vai copiando Lucero.
Friendship: Cuidado com o campo magnético, com o campo magnético, não se aproxime.
Mulher 1: Tem um centro magnético, não se aproxime,,, diga... o avião.
Voz 1: Positivo e é ele que está informando... Felipe que no contou, nos disse quando vai se mover, quando se move o aparato, nos disse agora a pouco, que ia se mover 5 graus e moveu-se justamente e pediu para lembrar-nos.
Voz 2: Já.
Intruso: No sul do Chile, velho louco.
Friendship: Vamos baixar a altura, baixar a altura, com os faróis à frente (interferências)
Voz 1: Positivo, vá em frente Friendship, vá em frente Friendship.
Friendship: Agora... vamos descendo, vamos descendo.
Voz 1: Sim, OK. Iniciar descida com o faróis acessos... Pode ser?
Voz 2: Está mais brilhante agora.
Voz 1: Sim Felipe, disse há pouco que começaria a descida com os faróis para frente. Roger.
Voz 3: Já estou copiando por aqui, olhe, estou copiando... o daqui também está baixando, Tele (várias vozes indefinidas)
Voz 2: Olhem... está mais brilhante!! Várias vozes de uma só vez...
Voz 4: Octavio, chame o Friendship de novo.
Friendship: (Indefinido. Somente se conseguiu captar em inglês as palavras "Five Nord")
Mulher 1: Nos disse que ia se mover e moveu. Agora nos disse que ia baixar e baixou, olhe... como não vou acreditar...
Mulher 2: Sim, com certeza, sabe que ele estava bem em frente, mais ou menos em frente ao poste que está fora da minha casa, e quando estava parado, duvidei. Mas um pouco, não sei quanto dizer, Cristina, porém agora baixou, e ele estava alto e agora o vejo bem baixo...
Vozes estranhas: Atenção Terra, atenção Terra... (indefinido)... nação da Terra, por favor não tenham medo...
Friendship: Que o avião pequeno não se aproxime, não se aproxime senão não conseguirá descer...
Mulher 1: Olhe... o que eu faço, Mari.
Mulher 2: Nada, Cristina.
Mulher 1: Não consigo entender o que falam...
Mulher 3: (tenta entrar na conversação)... posso?
Mulher 1: Que não se aproxime o avião pequeno... não conseguirá descer... (As interferências interrompem as conexões, ocultam palavras e frases.) 

Mais em;
http://isla-friendship.blogspot.com/
publicado por conspiratio às 11:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

OLAVO DE CARVALHO - ENTREVISTA CENSURADA PELA ISTO É

De: CanalMSM  | 22/11/2011  | 2,428 exibições


Entrevista concedida a Rachel Costa, no dia 9 de novembro de 2011.

Revolução ou manipulação?
Desde a década de 30 as revoluções são articuladas pela elite (NOM?).


Video relacionado

OLAVO DE CARVALHO - A NOVA ORDEM MUNDIAL E OS MOVIMENTOS SOCIAIS

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=-pMlawkIhUw


publicado por conspiratio às 14:50
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

A REDE DE PODER POLÍTICO-FINANCEIRO RASTREADA

É um começo. Mas se não o fizerem logo, a rede vai impedí-los. Porque o sigilo é elemento fundamental deste grande negócio chamado nova ordem mundial.




Exemplo de apenas algumas conexões financeiras internacionais. Em vermelho, grupos europeus, em azul norte-americanos, outros países em verde. A dominância dos dois primeiros é evidente, e muito ligada à crise financeira atual. Somente uma pequena parte dos links é aqui mostrada. Fonte Vitali, Glattfelder e Fattiston, http://j-node.blogspot.com/2011/10/network-of-global-corporate-control.html


Abaixo, trechos de artigo de Ladislau Dowbor em seu site.


http://dowbor.org/wp/index.php/artigos/a-rede-do-poder-corporativo-mundial/


A rede do poder corporativo mundial

Todos temos acompanhado, décadas a fio, as notícias sobre grandes empresas comprando-se umas as outras, formando grupos cada vez maiores, em princípio para se tornarem mais competitivas no ambiente cada vez mais agressivo do mercado. Mas o processo, naturalmente, tem limites. Em geral, nas principais cadeias produtivas, a corrida termina quando sobram poucas empresas, que em vez de guerrear, descobrem que é mais conveniente se articularem e trabalharem juntas, para o bem delas e dos seus acionistas. Não necessariamente, como é óbvio, para o bem da sociedade.
(...)
Uma característica básica do poder corporativo é o quanto é pouco conhecido. As Nações Unidas tinham um departamento, UNCTC - United Nations Center for Transnational Corporations -, que publicava, nos anos 1990, um excelente relatório anual sobre as corporações transnacionais. Com a formação da Organização Mundial do Comércio, simplesmente fecharam o UNCTC e descontinuaram as publicações. Assim, o que é provavelmente o principal núcleo organizado de poder do planeta deixou simplesmente de ser estudado, a não ser por pesquisas pontuais dispersas pelas instituições acadêmicas, e fragmentadas por países.

O documento mais significativo que hoje temos sobre as corporações é o excelente documentário "A Corporação (The Corporation)", estudo científico de primeira linha, que em duas horas e doze capítulos mostra como funcionam, como se organizam, e que impactos geram. Outro documentário excelente, "Trabalho Interno (Inside Job)", que levou o Oscar de 2011, mostra como funciona o segmento financeiro do poder corporativo, mas limitado essencialmente a mostrar como se gerou a presente crise financeira. Temos também o clássico do setor, "Quando as Corporações Regem o Mundo (When Corporations Rule the World)" de David Korten. Trabalhos deste tipo nos permitem entender a lógica, geram a base do conheciment o disponível.
 Mas nos faz imensa falta a pesquisa sistemática sobre como as corporações funcionam, como se tomam as decisões, quem as toma, com que legitimidade. O fato é que ignoramos quase tudo do principal vetor de poder mundial que são as corporações.


É natural e saudável que tenhamos todos uma grande preocupação em não inventarmos conspirações diabólicas, maquinações maldosas. Mas, ao vermos como os principais setores de atividade corporativa se reduziram a poucas empresas extremamente poderosas, começamos a entender que se trata sim de poder político. Agindo no espaço planetário, e na ausência de governo mundial, manejam grande poder sem nenhum controle significativo.


A pesquisa do ETH - Instituto Federal Suíço de Pesquisa Tecnológica (2) vem pela primeira vez nesta escala iluminar a área com dados concretos. A metodologia é muito interessante. Selecionaram 43 mil corporações no banco de dados Orbis 2007, de 30 milhões de empresas, e passaram a estudar como se relacionam: o peso econômico de cada entidade, a sua rede de conexões, os fluxos financeiros, e em que empresas têm participações que permitem controle indireto. Em termos estatísticos, resulta um sistema em forma de bow-tie¸ ou “gravata borboleta”, onde temos um grupo de corporações no “nó”, e ramificações para um lado que apontam para corporações que o “nó” controla, e ramificações para outro que apontam para as empresas que têm participações no “nó”.







A inovação, é que a pesquisa aqui apresentada realizou este trabalho para o conjunto das principais corporações do planeta, e expandiu a metodologia de forma a ir traçando o mapa de controles do conjunto, incluindo a escada de poder que às vezes corporações menores detêm, ao controlarem um pequeno grupo de empresas que por sua vez controla uma série de outras empresas e as sim por diante. O que temos aqui é exatamente o que o título da pesquisa apresenta, “a rede do controle corporativo global”.
(...)
O que resulta da pesquisa é claro: “A estrutura da rede de controle das corporações transnacionais impacta a competição de mercado mundial e a estabilidade financeira. Até agora, apenas pequenas amostras nacionais foram estudadas e não havia metodologia apropriada para avaliar globalmente o controle. Apresentamos a primeira pesquisa da arquitetura da rede internacional de propriedade, junto com a computação do controle que possui cada ator global. Descobrimos que as corporações transnacionais formam uma gigantesca estrutura em forma de gravata borboleta (bow-tie), e que uma grande parte do controle flui para um núcleo (core) pequeno e fortemente articulado de instituições financeiras. Este núcleo pode ser visto como uma “superentidade” (super-entity), o que levanta questões importantes tanto para pesquisadores como para os que traçam políticas.(3)
(...)
“Este tipo de estruturas, até hoje observado apenas em pequenas amostras, tem explicações tais como estratégias de proteção contra tomadas de controle (anti-takeover strategies), redução de custos de transação, compartilhamento de riscos, aumento de confiança e de grupos de interesse. Qual que seja a sua origem, no entanto, fragiliza a competição de mercado… Como resultado, cerca de ¾ da propriedade das firmas no núcleo ficam nas mãos de firmas do próprio núcleo. Em outras palavras, trata-se de um grupo fortemente estruturado (tightly-nit) de corporações que cumulativamente detêm a maior parte das participações umas nas outras”. (5)
(...)
A primeira vista, sendo firmas abertas com ações no mercado, imagina-se um grau relativamente distribuído também do poder de controle. O estudo buscou “quão concentrado é este controle, e quem são os que detêm maior controle no topo”. Isto é uma inovação relativamente aos numerosos estudos anteriores que mediram a concentração de riqueza e de renda. Segundo os autores, não há estimativas quantitativas anteriores sobre o controle. O cálculo consistiu em identificar qual a fração de atores no topo que detém mais de 80% do controle de toda a rede. Os resultados são fortes: “Encontramos que apenas 737 dos principais atores (top-holders) acumulam 80% do controle sobre o valor de todas as ETNs… Isto significa que o controle em rede (network control) é distribuído de maneira muito mais desigual do que a riqueza. Em particular, os atores no topo detêm um controle dez vezes maior do que o que poderia se esperar baseado na sua riqueza.”(6)

Combinando o poder de controle dos atores no topo (top ranked actors) com as suas interconexões, “encontramos que, apesar de sua pequena dimensão, o núcleo detém coletivamente uma ampla fração do controle total da rede. No detalhe, quase 4/10 do controle sobre o valor econômico das ETNs do mundo, por meio de uma teia complicada de relações de propriedade, está nas mãos de um grupo de 147 ETNs do núcleo, que detém quase pleno controle sobre si mesmo. Os atores do topo dentro do núcleo podem assim ser considerados como uma “superentidade” na rede global das corporações. Um fato adicional relevante neste ponto é que três quartos do núcleo são intermediários financeiros”.
(...)

Capitalismo revelado

Saber que as corporações regem o planeta não é novidade. Saber como estão articuladas, quem são e quanta riqueza e poder controlam, bem como as ramificações das suas decisões, devidamente quantificado e demonstrado, é novidade sim, e ajuda imensamente na luta por uma economia que funcione. Este poder articulado explica muito melhor para os não economistas do planeta porque não se conseguem os 300 bilhões anuais que liquidariam a miséria no planeta, e se transferem em meses trilhões para banqueiros que sequer reinvestem, e aprofundam a especulação e a desorganização econômica.


Os números em si são muito impressionantes, e estão gerando impacto no mundo científico, e vão repercutir inevitavelmente no mundo político. Os dados não só confirmam como agravam as afirmações dos movimentos de protesto que se referem ao 1% que brinca com os recursos dos outros 99%. O New Scientist reproduz o comentário de um dos pesquisadores, Glattfelder, que resume a questão: “com efeito, menos de 1% das empresas consegue controlar 40% de toda a rede”. E a maioria são instituições financeiras, entre as quais Barclays Bank, JPMorgan Chase&Co, Goldman Sachs e semelhantes(3).


Algumas implicações são bastante evidentes. Assim, ainda que na avaliação do New Scientist as empresas se comprem umas às outras por razões de negócios e não para dominar o mundo, não ver a conexão entre esta concentração de poder econômico e o poder político constitui evidente prova de miopia. Quando numerosos países, a partir dos anos Reagan e Thatcher, reduziram os impostos sobre os ricos, lançando as bases da trágica desigualdade planetária atual, não há dúvidas quanto ao poder político por trás das iniciativas. A lei recentemente passada nos Estados Unidos, que libera totalmente o financiamento de campanhas eleitorais por corporações, tem implicações igualmente evidentes. O desmantelamento das leis que obrigavam as instituições financeiras a fornecer informações e que regulavam as suas atividades passa a ter origens claras.

Outra conclusão importante refere-se à fragilidade sistêmica que geramos na economia mundial. Quando há milhões de empresas, há concorrência real, ninguém consegue “fazer” o mercado, ditar os preços, e muito menos ditar o uso dos recursos públicos. Esses desequilíbrios se ajustam com inúmeras alterações pontuais, assegurando uma certa resiliência sistêmica. Com a escala do poder corporativo, as oscilações adquirem outra dimensão. Por exemplo, com os derivativos em crise, boa parte dos capitais especulativos se reorientou para commodities, levando a fortes aumentos de preços, frequentemente atribuídos de maneira simplista ao aumendo da demanda da China por matérias-primas. A evolução recente dos preços de petróleo, em particular, está diretamente conectada a estas estruturas de poder(4).


Os autores trazem também implicações para o controle dos trustes, já que estas políticas operam apenas no plano nacional: “instituições antitruste ao redor do mundo acompanham de perto estruturas complexas de propriedade dentro das suas fronteiras nacionais. O fato de séries de dados internacionais bem como métodos de estudo de redes amplas terem se tornado acessíveis apenas recentemente, pode explicar como esta descoberta não tenha sido notada durante tanto tempo”. Em termos claros, estas corporações atuam no mundo, enquanto as instâncias reguladoras estão fragmentadas em 194 países, sem contar a colaboração simpática dos paraísos fiscais.


Ponto fundamental, os autores apontam para o efeito de poder do sistema financeiro sobre as outras áreas corporativas. “De acordo com alguns argumentos teóricos, em geral, as instituições financeiras não investem em participações acionárias para exercer controle. No entanto, há também evidência empírica do oposto. Os nossos resultados mostram que, globalmente, os atores do topo estão no mínimo em posição de exercer considerável controle, seja formalmente (por exemplo, votando em reuniões de acionistas ou de conselhos de administração) ou por meio de negociações informais.”


Finalmente, os autores abordam a questão óbvia do clube dos superricos. “Do ponto de vista empírico, uma estrutura em “gravata borboleta” com um núcleo muito pequeno e influente constitui uma nova observação no estudo de redes complexas. Supomos que possa estar presente em outros tipos de redes onde mecanismos de “ricos-ficam-mais-ricos” (rich-get-richer) funcionam… O fato de o núcleo estar tão densamente conectado poderia ser visto como uma generalização do fenômeno de clube dos ricos (rich-club phenomenon).” A presença esmagadora dos grupos europeus e norte-americanos neste universo sem dúvida também ajuda nas articulações e acentua os desequilíbrios.


Conclusões gerais a se tirar? Não faltam na internet comentários de que o fato de serem poucos não significa grande coisa. Na minha análise, é óbvio que se trata sim de um clube de ricos, e de muito ricos, que se apropriam de recursos produzidos pela sociedade em proporções inteiramente desproporcionais em relação ao que produzem. Trata-se também de pessoas que controlam a aplicação de gigantescos recursos, muito mais do que a sua capacidade de gestão e de aplicação racional. Um efeito mais amplo é a tendência de uma dominação geral dos sistemas especulativos sobre os sistemas produtivos. As empresas efetivamente produtoras de bens e serviços úteis à sociedade teriam todo interesse em contribuir para um sistema mais inteligente de alocação de recursos, pois são em boa parte vítimas indiretas do processo. Neste sentido, a pesquisa do ETH aponta para uma deformação estrutural do sistema, e que terá em algum momento de ser enfrentada.



Link para a resenha do New Scientist traduzida para o português no site Inovação Tecnológica:
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=rede-capitalista-domina-mundo&id=010150111022&mid=50


Link para a resenha em inglês no site New Scientist:
http://www.newscientist.com/article/mg21228354.500-revealed–the-capitalist-network-that-runs-the-world.html?DCMP=OTC-rss&nsref=online-news

 


NA EUROPA O PODER É DA GOLDMAN SACHS
Eles pertencem à rede que o Goldman Sachs teceu no Velho Continente e, em diferentes graus, participaram da mais truculenta operação ilícita orquestrada pela instituição americana. Além disso, não estão sozinhos.


A reportagem é de Eduardo Febbro e publicado pelo Página/12, 23-11-2011. A tradução é do Cepat.


Os adeptos das teorias conspiratórias estão vendo suas expectativas se cumprirem. Onde está o poder mundial? A resposta cabe num nome e num lugar: na sede do banco de negócios Goldman Sachs.


O banco americano consegue uma façanha rara na história política mundial: colocar os seus homens à frente de dois governos europeus e do banco que rege os destinos das políticas econômicas da União Europeia. Mario Draghi, o atual presidente do Banco Central Europeu; Mario Monti, presidente do Conselho italiano, que substituiu Silvio Berlusconi e Lucas Papademos, o novo primeiro-ministro grego; todos pertencem à galáxia do Goldman Sachs.


Estes governantes, dois dos quais Monti e Papademos, são a ponta de lança da anexação da política pela tecnocracia econômica, pertencem à rede Sachs e participaram das mais truculenta operação ilícita orquestrada pela instituição americana. Além disso, eles não estão sozinhos. Pode-se também mencionar Petros Christodoulos, hoje à frente do organismo que administra a dívida pública grega e ex-presidente do Banco Nacional da Grécia, a quem Sachs vendeu o produto financeiro conhecido como swap e com o qual as autoridades gregas e Goldman Sachs orquestraram a maquiagem das contas gregas.


O dragão que protege os interesses de Wall Street conta com homens chaves nos postos mais decisivos, mas não apenas na Europa. Henry Paulson, ex-presidente do Goldman Sachs, foi nomeado secretário do Tesouro americano, enquanto que William C. Dudley, outro das altas esferas do Goldman Sachs, é o atual presidente do Federal Reserve de Nova York.


Mas o caso dos líderes europeus é mais paradigmático. O lugar de honra cabe a Mario Draghi.
O hoje, presidente do Banco Central Europeu, BCE, foi vice-presidente da Goldman Sachs para a Europa entre 2002 e 2005. O título de seu cargo era “empresas e dívidas públicas”. Precisamente nessa cargo, Draghi teve como missão vender o incendiário produto swap. Este instrumento financeiro é chave na ocultação da dívida pública, ou seja, na maquiagem das contas gregas. Foi essa ardilosa armação que permitiu a Grécia se qualificar para fazer parte dos países que entrariam no euro, a moeda única europeia. Tecnicamente, e com o Goldman Sachs como operador, transformou-se a dívida externa da Grécia de dólares para euros.
Com isso, a dívida grega desapareceu dos balanços negativos e Goldman Sachs (GS) levou uma suculenta comissão. Logo depois, em 2006, Goldman Sachs vendeu parte desse pacote de Swaps ao principal banco comercial do país, o National Bank of Greece, liderada por um outro homem da GS, Petros Christodoulos, um ex-corretor da Goldman Sachs e atual diretor do órgão de gestão da dívida da Grécia que ele mesmo e, os citados anteriormente, até então ajudaram esconder.


Mario Draghi tem uma história pesada. O ex-presidente da República Italiana, Francesco Cossiga acusou Draghi de ter favorecido Goldman Sachs na adjudicação de grandes contratos, quando era diretor do Tesouro da Itália e estavam em pleno processo de privatização. A verdade é que agora o diretor do Banco Central Europeu, aparece como o grande vendedor de Swaps em toda a Europa.


Neste emaranhado de falsificações aparece o chefe do Executivo grego, Lucas Papademos. O primeiro-ministro foi o governador do banco central grego entre 1994 e 2002. Esse é precisamente o período em que Sachs foi cúmplice na ocultação da realidade econômica grega. Papademos, responsável pela entidade bancária nacional, não podia ignorar a armação que estava sendo montada. As datas em que ocupou o cargo fazem dele um operador da montagem.
Na lista de notáveis segue Mario Monti. O atual presidente do Conselho italiano foi conselheiro internacional do Goldman Sachs desde 2005.


Em síntese, muitos dos homens que fabricaram o desastre foram chamados agora para tomar as rédeas de postos chaves, com a missão de reparação às custas dos benefícios sociais do povo, conseqüências que eles mesmos criaram.


Não há dúvida de estamos vendo o que os analistas chamam de "um governo Sachs europeu”.


O Português Antonio Borges dirigia até pouco tempo – acaba de renunciar - o Departamento Europeu do Fundo Monetário Internacional. Até 2008, Antonio Borges foi vice-presidente do Goldman Sachs. O sumido Karel Van Miert – Bélgica –, foi comissário europeu da Competividade e também um quadro do Goldman Sachs. O alemão Ottmar Issing foi sucessivamente presidente do Bundesbank, conselheiro internacional do banco de negócios americano e membro do Conselho de Administração do Banco Central Europeu.
Peter O'Neill é outro homem do emaranhado: presidente do Goldman Sachs Asset Management, O'Neill, apelidado de O Guru do Goldman Sachs, é o inventor do conceito Brics, o grupo de países emergentes composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Acompanha O'Neill outro peso pesado, Peter Sutherland, ex-presidente da Goldman Sachs International, membro da seção Europeia da Comissão Trilateral, assim como Lucas Papademos, ex-membro da Comissão de Competividade da União Europeia, fiscal-geral da Irlanda e influente mediador do plano que desembocou no resgate da Irlanda.


Alessio Rastani é que tem toda a razão. Este personagem que se apresentou diante da BBC como um trader disse faz poucas semanas: "Os políticos não governam o mundo. Goldman Sachs governa o mundo". Sua história é exemplar do duplo jogo, como as personalidades e as carreiras dos braços mundiais do Goldman Sachs. Alessio Rastani disse que ele era um trader londrinense, mas logo depois descobriu-se que nada tinha de trader e que fazia parte do Yes Men, um grupo de ativistas que, através da comédia e da infiltração nos meios de comunicação, denunciam o liberalismo.


Ficará para as páginas da história mundial a impunidade desses personagens. Empregados por uma empresa americana, orquestraram uma dos maiores golpes já conhecidos, cujas conseqüências estão sendo pagas hoje. Foram premiados, agora, com o leme da crise, planejada por eles mesmos.


_________________________

Veja também:

A NEO-ARISTOCRACIA NO PODER DA NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO

http://holosgaia.blogspot.com/2011/11/os-neo-aristocratas-no-poder-da-nova.html


TERRORISMO BANCÁRIO
http://videosvitais.blogspot.com/search/label/terrorismo%20banc%C3%A1rio

OLAVO DE CARVALHO - Controle Mundial da Alimentação, Monopólio das Sementes e a Nova Ordem Mundial
http://www.youtube.com/watch?v=FRsgHpv7qLc



publicado por conspiratio às 22:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 22 de Novembro de 2011

A MULTA DE R$550,00 POR SEMANA QUE KASSAB INVENTOU PARA OS MOTORISTAS QUE ATRASAM A INSPEÇÃO VEICULAR, É ILEGAL?


Pensa um pouco: eles querem limpar o ar ou querem seu dinheiro? Se a prioridade fosse o ar, haveria muito mais o que fazer ANTES de sobrecarregar o contribuinte, a parte mais fraca. Por exemplo: exigir a modificação radical nos motores, nos combustíveis, pressionar o fabricante, MELHORAR O TRANSPORTE PÚBLICO, incentivar a população a usá-lo e a outras modalidades (bicicleta, carona,), cuidar melhor da iluminação, sinalização, faixas das vias de tráfego, etc.

Mas o ar não é a preocupação real. O propósito é arrecadar mais, e fazer vc ceder aos absurdos ditames do poder ditatorial. É a nova ordem mundial tentando te deixar de quatro Os maiores bandidos não estão na cadeia, estão na política! 
(Idem para os novos limites de velocidade em algumas avenidas em Sao Paulo.)

 (Vejam também sobre o CLIMAGATE )

____________________


O Ministério Público Estadual (MPE) contesta a legalidade e quer derrubar a multa de R$ 550 aplicada pela Prefeitura de São Paulo aos motoristas que não fazem a inspeção veicular. Desde 6 de dezembro, radares escondidos pela cidade multam carros flagrados em situação irregular. Em sete meses, a Prefeitura aplicou 141,7 mil autuações ambientais por causa da inspeção ou uma multa a cada dois minutos na cidade.
Do jeito que a Prefeitura multa atualmente, os motoristas pagam mais do que deveriam (R$ 550), mas seus veículos não ficam apreendidos, continuando a poluir a cidade. O MPE defende que exista a multa, mas que seja a definida pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB): cinco pontos na carteira, R$ 127 e carro apreendido para regularização.
A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social de São Paulo quer ainda que todos os motoristas que pagaram a multa sejam ressarcidos pela Prefeitura. Somadas, as autuações chegam a R$ 77,9 milhões. A promotoria enviou notificação à Secretaria Municipal dos Transportes em 2 de julho, alertando-a sobre a ilegalidade das autuações. A pasta informou que vai prestar “todos os esclarecimentos ao
MPE”

Caso a Prefeitura mantenha as multas, a promotoria deve questioná-las na Justiça. A ameaça que paira sobre as autuações é mais um imbróglio envolvendo a inspeção veicular na capital. O Estado revelou em agosto estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo (Fipe) que mostrou desequilíbrio econômico no contrato entre Controlar -concessionária do serviço - e Prefeitura. Para resolver o problema, a tarifa atual teria de ser reduzida de R$ 61,98 para R$ 49,30, medida defendida  pelo prefeito Gilberto Kassab (sem partido).
ILEGAIS -  Na notificação assinada pelo promotor Roberto Antonio de Almeida Costa, o MPE afirma que a legislação municipal em que se baseia a multa de inspeção é inválida desde 1998, quando foi sancionado o CTB. A primeira lei municipal que trata de inspeção veicular é a 12.157, do ex-prefeito Paulo Maluf, aprovada em 1996. Essa norma criou a multa municipal para quem circula com carros em certificação ambiental. O MPE, porém, entende que ela foi revogada com a sanção do CTB - lei federal que “tratou da matéria de forma integral”, não sobrando espaço para o município criar punições.
Assim, toda a legislação municipal posterior sobre o tema também seria ilegal - entre elas, a lei de 2008, de autoria de Kassab, que determinou a multa de R$ 550, um decreto e uma portaria de 2010 que estabelecem as normas de fiscalização.

LEIA MAIS:
Preço da inspeção veicular vai ficar mais barato




http://www.zap.com.br/revista/carros/ultimas-noticias/promotoria-quer-derrubar-141-mil-multas-por-inspecao-veicular-em-sp-20110912/

Kassab propõe acordo ao MP para evitar ação

http://levin.blog.br/2011/05/kassab-propoe-acordo-ao-mp-para-evitar-acao/


Ilegalidades nas leis de inspeção veicular da Cidade de São Paulo

http://sendajuridica.wordpress.com/2009/02/03/ilegalidades-nas-leis-de-inspecao-veicular-da-cidade-de-sao-paulo/

Ação quer inspeção veicular cancelada
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/11048-acao-quer-inspecao-veicular-cancelada.shtml


Para Ministério Público, processo de contratação da Controlar, que presta o serviço, está cheio de irregularidades
Ação pede que Kassab, seu secretário do Verde e empresa devolvam cerca de R$ 1 bilhão para os cofres públicos
ROGÉRIO PAGNAN
DE SÃO PAULO



O Ministério Público ingressou ontem com ação civil pedindo à Justiça o cancelamento da inspeção veicular na cidade por suspeita de irregularidades no contrato da Prefeitura de São Paulo com a empresa Controlar.
Na ação, a Promotoria pede o afastamento imediato do prefeito Gilberto Kassab (PSD) e o sequestro de seus bens como forma de garantir o ressarcimento aos cofres públicos de supostos prejuízos provocados à população.
Segundo a ação, a contratação utilizou um "pretexto humanístico da preservação do meio ambiente e da vida", mas que só serviu para o "enriquecimento ilícito" dos acionistas da Controlar.
Assinam esse documento os promotores Roberto Antonio de Almeida Costa e Marcelo Duarte Daneluzzi.
Além do prefeito, que está em Paris, são alvos da ação o secretário Eduardo Jorge (Verde e Meio Ambiente), dois funcionários públicos e as empresas -e seus responsáveis- ligadas à Controlar.
A Promotoria também pede o sequestro dos bens desse grupo, do qual faz parte a CCR, atual dona da Controlar. Acionistas da CCR, Camargo Correa e Serveng aparecem entre as principais doadoras de campanha de Kassab.
A ação está avaliada em cerca de R$ 1 bilhão.
Prefeitura e Controlar negam qualquer irregularidade.
Se a ação for julgada procedente, e o grupo condenado, as taxas e multas pagas pelos proprietários deverão ser devolvidas com juros.
Por ser uma ação de improbidade, estão entre as penas previstas a suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário.
'TUDO ERRADO'
De acordo com os promotores, Kassab e Eduardo Jorge ressuscitaram, em 2007, um contrato para inspeção veicular cheio de irregularidades, desprezando pareceres do Tribunal de Contas e dos técnicos do município.
Entre os motivos que pensavam contra essa decisão estava o tempo desde a contratação da empresa (mais de dez anos) e sua condenação (em segunda instância) por improbidade administrativa justamente nesse contrato.
A recomendação interna era que fosse realizado um novo processo de licitação.
Nas 596 páginas da ação, os promotores enumeram uma série de irregularidades na contração da empresa desde 1995. Desde a falta de "capacitação técnica econômica e financeira" da Controlar.
"Se você perguntar o que está errado nesse contrato, eu lhe digo: tudo. Está tudo errado. Esse contrato é uma fraude", disse Costa.
O valor cobrado anualmente pelo serviço de inspeção veicular obrigatória em São Paulo, de R$ 61,98, também é considerado alto demais pelo Ministério Público.
Colaborou FLÁVIO FERREIRA
KASSAB CORTA VERBA DO POVO:
http://redemapt.blogspot.com/2011/01/arquivo-mapt-materia-postada-no-blog-da_31.html


CLIMAGATE - A FRAUDE DO AQUECIMENTO POR CO2 - OLAVO DE CARVALHO
http://www.youtube.com/watch?v=-SThZORPukg

Promotoria quer derrubar 141 mil multas por inspeção veicular em SP

publicado por conspiratio às 18:08
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

DAVID ICKE EXPÕE OBAMA ILLUMINATI EM 2008




Já estudei em grande pormenor os programas e técnicas de controle mental dos militares e do Governo, nos últimos 20 anos, e o 'fenómeno' Obama é a mais gritante operação de controle mental sobre a população que poderíamos ver. No seu âmago, o objetivo foi tornar Obama em tudo aquilo que podemos desejar e acreditar. Foi por isso que foi vital não especificar a 'esperança', 'mudança' e 'acreditar'. Contudo, irei dizer-lhe o que significam estas palavras no contexto Obama. Significam aquilo em que quiser acreditar na sua cabeça. A idéia é que você projecte tudo aquilo que deseja, na pessoa Obama, e, deste modo, ele torna-se um símbolo de si e da forma como você vê o mundo. Especificar iria fazer ruir aquele 'serei aquilo que vocês quiserem'. Não o querem retratar somente como o Messias, mas também como Abraham Lincoln, JFK ou Buda - qualquer figura que deseje. Ele é uma página vazia e um fato e gravata sem conteúdo. Obama é um líder 'faça-se a si mesmo', uma projeção das nossas mentes (isto é, se estiver a dormir. Se você estiver desperto, ele não passa de um livro aberto).

Não há maneira mais poderosa de manipular as pessoas, do que dizer-lhes exactamente aquilo que elas querem ouvir, ocultando tudo o que não querem ouvir. Os melhores vendedores são peritos em apanhar uma conversa a meio
e perceber aquilo que os seus potenciais clientes gostam e querem ouvir. Obama veio do ramo das vendas mas, a uma escala gigantesca, com controladores e conselheiros que são versados na arte de manipular as mentes, opiniões e ações. Os discursos escritos para Obama não vêm do seu coração, mas do teleponto. A parte do 'coração' vem do seu treino extensivo e da sua capacidade 'Bill Clintonesca' de 'sentir, enquanto o diz', um estado de performance que vai além da mera atuação. Tony Blair foi treinado da mesma forma. Mas se recuarmos, e olharmos para estas pessoas desapaixonadamente, podemos ver claramente as técnicas que usam conscientemente. Blair é a maior fraude, na forma como fala, pára a meio da frase para dar ênfase e, olha para baixo, para um efeito emocional. Obama é um pouco mais sofisticado, mas nem tanto assim. Podemos ver a sua mente a funcionar,  a alternar entre a câmara esquerda e a direita e, usando depois a câmara central, para as suas mensagens-chave. Os oradores 'do coração' não fazem isto; estão demasiado absortos nos seus sentimentos, para se lembrarem destes pequenos truques. Trabalhei em televisão por mais de uma década, a ler muitas vezes um teleponto, enquanto um produtor me dizia qual a câmara para a qual me devia virar de seguida. Desde o início dos anos 90 que falo em público, do fundo do coração, um pouco por todo o mundo. Sei, portanto, a diferença entre uma mensagem entregue pelo teleponto
e outra entregue a partir do coração, sem recurso de guias. Obama, repito, vem do teleponto e não do coração. Os discursos de Obama são uma massa de técnicas de controle mental e de Programação Neuro-linguística (ou PNL), sendo cuidadosamente construídos para implantar crenças e percepções na mente do espectador.

Todo o circo Obama é um exercício de controle mental em massa e só tem tanto sucesso porque a maior parte das pessoas vive as suas vidas em transe.

Tudo isto me leva aos paralelos incontornáveis com a Alemanha Nazi, a Itália Fascista e outros regimes da história. Obama pode não ser parecido com Hitler, nem soar como ele, mas os temas são os mesmos. A Alemanha estava num terrível estado econômico e militar nos anos 30, no rescaldo da Primeira Guerra Mundial, estando obrigada a pagar gigantescas compensações de guerra, devido ao Tratado de Versalhes, forjado pelos Rothschild controlados pelos Illuminatl, em 1919. De entre o caos surgiu um homem, no qual os Alemães viram muito daquilo que os Americanos vêm hoje em Obama. O seu nome era Adolf Hitler e a sua retórica e oratória, baseadas em excelsas técnicas de controle mental, tornaram-no no 'Messias' Alemão, o 'Obama' Alemão. Hitler prometeu 'mudança', 'esperança' e algo em que 'acreditar', no meio das consequências da Guerra e do desastre financeiro. Falava em grandes comícios de seguidores e surgiu um movimento massivo, que apoiava a nova visão de Hitler para o 'Amanhã'

Podem parecer completamente opostas, mas as técnicas são igualzinhas. Como realçou o escrito Webster Tarpley, o fascismo, no seu sentido lato, não é só um Estado Policial, imposto por uma pequena hierarquia. Pode acabar por se transformar nisso, mas chega primeiro ao poder através do apoio das massas, que nem sequer fazem idéia do que quer dizer 'mudança, 'esperança' e 'acreditar'. Eles apenas sabem o que querem, porque acreditam em Obama ou Hitler. Só mais tarde compreendem aquilo que escolheram. Obama é muito mais perigoso que Bush, porque é capaz de ser convincente e Bush não distinguia a colher da sopa, do garfo. Bush era um idiota transparente, sem qualquer poder de comunicação, que precisou fraudar  as eleições (duas vezes!), para ficar no poder quase uma década. Ele nunca conseguiria inspirar uma população com 'esperança', 'mudança' e 'fé'. Mas Obama consegue. Um dos seus alvos principais (dos seus controladores), é a juventude, tal como Hitler, com a Juventude Hitleriana. De acordo com este tema, o site worldnetdaily publicava:

O site oficial do Presidente-Eleito Barack Obama, Change.gov, anunciava originalmente que Obama iria "requerer" aos estudantes das escolas básicas, que participassem de programas de serviço comunitário; mas depois de uma enchente de Blogs ter protestado sobre o "arrasto" de crianças para o Corpo de Juventude de Obama, o texto do site foi suavizado'.

'Originalmente, na divisa "A América Serve", lia-se em Change.gov
que "O Presidente-Eleito Obama irá expandir a nível nacional, programas como AmeriCorps e PeaceCorps, criando um novo ClassroomCorps [alunos voluntários nas escolas], para ajudar os professores nas escolas desfavorecidas. No alvo estão também o HealthCorps [hospitais e centros de saúde], CleanEnergyCorps [energias renováveis] e VeteranCorps [veteranos de guerra]".

"Obama irá chamar cidadãos de todas as idades para servir a América, desenvolvendo um plano que exige 50 horas de serviço comunitário para os alunos do ensino básico e 100 horas de serviço comunitário para alunos do ensino secundário, em cada ano", anunciava o site'.

Obama disse num discurso, em Julho de 2008, em Colorado Springs, que 'gostaria de ver uma força civil de segurança nacional', que fosse tão poderosa e bem formada como os Fuzileiros, Marinha e Força Aérea. Como escreveu Joseph Farah, fundador de WorldNetDaily:

'Se vamos criar uma espécie de polícia nacional, tão grande, poderosa e bem treinada como as nossas forças militares combinadas, isso não será demais? Pensava que os Democratas acreditavam que os EUA já gastavam muito dinheiro com os militares.

Como é possível que o seu candidato esteja a procurar criar uma força gigantesca, mas secreta, que seja maior que o exército, a marinha e a força aérea, no seu conjunto? Será que Obama fala a sério quando diz que quer fundar uma força destas? Se não, então porque o disse? O que queria ele dizer com Isto?

Obama quis dizer,  por entre floreados, que não é a favor nem da paz,
nem da liberdade. É um demagogo de fachada, controlado pelos mesmos mestres que controlaram Bush filho, Clinton, Bush pai, Reagan, Carter e upa upa; com a diferença de que foi eleito num histerismo tal, que poderá safar-se com muito mais coisas do que os exemplos anteriores, pelo menos até que a realidade se abata sobre os seus apoiadores hipnotizados. E isso pode, claramente, ainda vir a demorar. Quando era jornalista, há 30 anos atrás, descobri uma técnica que alguns repórteres dos tablóides usavam, para fazer as pessoas prestarem declarações. Trabalhavam em pares. Um deles batia à porta de uma qualquer família e dizia trabalhar para um outro jornal, que não o verdadeiro, procurando forçar as declarações e tratando mal as pessoas, transtornando-as. É claro que as pessoas lhe fechavam a porta na cara. Um segundo jornalista, muito mais simpático, abordava as pessoas, dizendo que se falassem consigo, assegurar-se-ia que aquele outro tipo nunca mais os importunaria novamente. As pessoas geralmente concordavam em falar e o esquema funcionava. Aconteceu praticamente o mesmo com Bush e Obama. A ala Neocon 'Republicana' controlou Bush durante oito anos e isso levou o país a enfiar-se em guerras no estrangeiro, enquanto- mergulhava num caos financeiro (PROBLEMA); agora a ala 'Democrata', liderada pelo infame Zbigniew Brzezinski, apresentou o 'Salvador da Pátria', Barack Obama, para nos irradiar de 'esperança' e 'mudança' (SOLUÇÃO). Daí que até mesmo algumas pessoas mais cientes digam 'pelo menos não é o Bush'.

Para além das não especificadas 'esperança', 'mudança' e 'crença', poucos fazem idéia de quais serão as políticas de Obama. Isso passa-se porque Obama se apresentou à votação em 'impressão de rascunho' e só se apresentará como 'impressão de qualidade', quando os votos estiverem no seu bolso. Existe uma 'imagem' de que Obama se opõe à guerra, mas isso não é verdade. Ele diz ser contra a invasão do Iraque, mas veremos o que ele faz quando tomar posse (lembre-se que escrevo estas linhas em Novembro de 2008, antes da tomada de posse). Como pode um homem, que pretende reunir mais forças, incluindo tropas Europeias, para enviar para o Afeganistão, ser contra a guerra? Ele também já disse estar preparado para bombardear o Paquistão e empregar força militar no Irã, para impedir que este país desenvolva tecnologia nuclear. Obama não é de todo contra a guerra e, se os seus controladores o conseguirem, Obama irá mergulhar a América em ainda mais conflitos externos, enviando soldados para matar e serem mortos. Ele afirma ser um 'unificador', exactamente o que disse Bush, após ter tomado posse. A Alemanha Nazi tinha unidade nos primeiros anos da guerra, mas será que isso era bom? 0 que importa é que a 'unidade' de Obama 'inspire' a população a aceitar o Estado Orwelliano dos Illuminati. A sua constante retórica de 'unir as pessoas' pode ser usada para unir a América ao México e ao Canadá, gerando a União Norte Americana. Esse acto pode ser usado para unir aqueles que apoiem a decisão, condenando todos os outros, precisamente o que Hitler fez, quando queimou livros de livres pensadores e suprimiu todos os que se lhe opuseram. O potencial da Obamamania é interminável, no que toca a promover o fascismo, disfarçado de 'esperança, 'mudança' e 'liberdade' para uma 'Nova América, uma 'Nova Ordem' [Mundial]. Bush e Cheney eram belicosos transparentes e teriam tido uma grande resistência do povo, se pretendessem tornar o alistamento militar obrigatório. Mas no actual clima, isso não seria um problema para Obama. Pelo amor de Deus! Ele já está a falar em criar 'voluntariados' obrigatórios para os alunos da escola e de criar um exército civil Americano! É por isso que digo que Obama é muito mais perigoso para a liberdade, do que Bush. Nos últimos oito anos, Bush só conseguiu implementar o fascismo em parte. Obama tem o potencial para terminar a tarefa, por todos os motivos que já mencionei.

Peço-lhe que se concentre na Cabala por detrás de Obama, com as pessoas
que já começou a nomear para a sua Administração, para ver a 'mudança' que já está planeada.



O seu mentor e principal controlador, Zbigniew Brzezinski, foi conselheiro de Segurança Nacional de Jimmy Carter e co-fundador com David Rockfeller, da Comissão Trilateral. Brzezinski admitiu publicamente ter sido ele a financiar e treinar no Afeganistão, aquilo a que chamamos hoje 'terroristas', para se oporem ao governo controlado pela União Soviética, que se instalou em Cabul, no final da década de 70. A idéia, disse ele, era aliciar a União Soviética a invadir o Afeganistão, para proteger o regime de Kabul e dar à super-potência rival, o seu próprio 'Vietname'. O plano funcionou, com o custo de um milhão de vidas Afegãs, durante a ocupação Soviética, que foi de 1979 a 1989, uma consequência que não tira o sono de qualquer maneira a Brzezinski.

Os 'lutadores pela liberdade' de Brzezinski viriam mais tarde a ser conhecidos como 'Mujahideen', depois como Talibãs, no que agora é mais frequentemente conhecido como 'AI-Qaeda' * É este o homem por detrás do 'anti-guerra', Barack Obama.

Era do conhecimento público que o Presidente Carter não fazia nada em termos de política estrangeira, sem o 'Ok' de Brzezinski, o co-fundador da Comissão Trilateral, que escolheu Carter para Presidente. A Comissão Trilateral e a mais ampla rede de Brzezinski, incluindo as fachadas Illuminati como a Fundação Ford,  escolheram agora Barack Obama e a situação vai ser a mesma. Brzezinski é quem comandará na realidade; o trabalho de Obama será simplesmente ser figura pública perante o povo e convencê-lo. Isto é bastante alarmante, especialmente porque Brzezinski quer desencadear um conflito que envolva a Rússia e a China. As 'políticas' de Obama vêm direitinhas dos livros de Brzezinski. Aqui fica uma citação de Brzezinski, que poderá reconhecer e que foi proferida antes de Obama concorrer para Presidente:

'Reajuste social necessário... pode ser encorajado através da educação cívica deliberada que realce a noção de serviço a uma causa superior a si próprio . Como já ocasionalmente alguns sugeriram, um grande passo nessa direcção
seria a adopção de um período obrigatório de serviço nacional para todos os jovens adultos, talvez envolvendo obras de beneficência, na América ou no estrangeiro, de forma aprovada pelo Congresso.'

Hum... Onde é que eu já ouvi isto antes?

Como operacional Illuminati, o objectivo de Brzezinski é a criação de
um governo mundial, um banco central mundial, moeda única e um único exército – uma ditadura global – implementada numa população mundial submetida por microchips implantados, ligados a um sistema de controle por satélite. Ele escreveu no seu livro em, 1970, 'Entre duas Idades: O Papel da América na Era Tecnotrônica', no qual descreveu a sociedade global que os Illuminati tentam impor:

'A era tecnotrônica implica o surgimento gradual de uma sociedade mais controlada. Tal sociedade seria dominada por uma elite, livre de valores tradicionais. Em breve será possível impor uma vigilância quase contínua sobre cada cidadão e manter arquivos actualizados e completos com as informações pessoais mais importantes. Estes ficheiros estarão instantaneamente disponíveis às autoridades.'

Ele também disse no mesmo livro, há cerca de 40 anos:

'Hoje estamos a testemunhar de novo a emergência das elites transnacionais... [Cujos] laços atravessam as fronteiras nacionais... É provável que as elites sociais da maior parte dos países avançados sejam internacionalistas ou globalistas em espírito e visão... A nação-estado está gradualmente a perder a sua soberanidade... Mais progressos irão exigir sacrifícios maiores aos Americanos.  Terão de ser empreendidos esforços mais intensivos para moldar uma nova estrutura monetária mundial, com alguns riscos consequentes para a actual posição favorável da América.'

E o que diz a sua marioneta, Obama, aos Americanos, para os convencer
da sua 'mudança'? 'Precisamos de fazer sacrifícios'. Como disse a Sra. Demagoga, Michelle:
'Precisamos de uma liderança diferente, porque as nossas almas estão feridas. Precisamos de ser inspirados... a fazer os sacrifícios necessários para nos levar a um novo lugar'.

Pode apostar que estes sacrifícios irão incluir a perda de mais soberania
e liberdade individual, no caminho para a ditadura mundial descrita por Brzezinski há décadas. O filho de Brzezinski, Mark, foi 'conselheiro' na campanha de Obama  (a fazer o que o pai lhe dizia) e, tendo em vista 'o Partido único Americano, o seu outro filho, Ian, foi conselheiro para a política estrangeira na campanha de McCain (a fazer o que o pai lhe dizia). A filha de Brzezinski, Mika, comentou as campanhas na televisão MSNBC. Obama foi escolhido há muito tempo, um facto que é apenas do conhecimento de alguns, nos círculos mais fechados e o seu relacionamento com Brzezinski data desde o início dos anos 80, altura em que frequentou a Universidade da Columbia, da Liga Ivy e fortemente Illuminati, onde foi chefe do Instituto para os Assuntos Comunistas. Obama recusa-se categoricamente a falar deste período. E uma pergunta: será que alguém acredita realmente que alguém, um 'homem do povo', iria surgir do nada para gerir uma das mais inteligentes e bem financiadas campanhas presidenciais da história Americana? Ele foi seleccionado há muito, por aqueles que querem escravizar as mesmas pessoas que Obama diz querer 'libertar'.




Depois há o caso do financiador  George Soros, o multi-bilionário e sócio de Brzezinski, que está intimamente envolvido no financiamento da campanha
e marketing de Obama. Soros é um antigo membro da administração do Conselho de Relações Internacionais e um Illuminati, financiando a porção Europeia do CRI. Resumidamente, está bem por dentro destes assuntos. Podemos certamente identificar as técnicas de Soros/Brzezinski na 'revolução' Obama nos Estados Unidos. Foi a complexa e secreta rede de Soros, de fundações e organizações, ligadas às agências secretas Americanas e de Israel, que treinaram e financiaram estudantes na Ucrânia, Geórgia e países afins, na arte dos protestos em massa e derrube de governos. Estes protestos manipulados eram mostrados ao mundo como uma 'revolução do povo, mas acontece que enquanto estavam sob os antigos regimes, os fantoches de Soros e Brzezinski, estavam logo ali, prontos para assumir
o poder naqueles países.

Obama é mais do mesmo, um grande sorriso, suspenso em cordelinhos,
manipulados pelas redes Illuminati, que o escolheram, treinaram, promoveram e manipularam. Foram eles que esconderam os seus muitos esqueletos no armário e, assim ficarão, desde que ele cumpra as suas funções



Ele é apenas mais um prostituto dos Banqueiros, a prostituir-se pela fama e poder e foi por isso que ele apoiou fortemente o    sistema bancário e porque ele estará sempre a pôr os interesses deles acima dos do povo. Os seus conselheiros financeiros vêm directos da 'selecção A' de Wall Street, incluindo Paul Volker (Comissão Trilateral, Conselho de Relações Internacionais, Grupo Bilderberg),  o Presidente da Reserva Federal entre 1979 e 1987 e Illuminati até à ponta dos cabelos. Outro deles é o Bilderberger Sionista Timothy Geithner, nomeado para seu Secretário do Tesouro, tendo sido Presidente do Banco da Reserva Federal de Nova Iorque, o mais poderoso no cartel das Reservas Federais, que age como um 'banco central' da América. Geithner é antigo funcionário do Conselho de Relações Internacionais e um dos sócios de KissInger. A equipe do Tesouro de Obama fecha o seu ciclo com o sionista Robert Rubin, Director e Conselheiro sénior do CitiGroup. É também co-Presidente do Conselho de Relações Internacionais. Rubin foi Secretário do Tesouro de Bill Clinton e cedeu o seu lugar a Larry Summers - outro dos nomeados de Obama, para a sua equipa de 'mudança'. Summers é um fanático apoiante do 'livre comércio' (liberdade para explorar) e da 'globalização' (ditadura mundial, tendo escrito um memo em 1991, enquanto economista chefe do Banco Mundial, a dizer que o banco deveria depositar resíduos tóxicos  nos países pobres, porque os custos subsequentes dos tratamentos de saúde nesses países iriam baixar, com o aumento das mortes. Quando esse memo veio a público, o então Secretário do Ambiente do Brasil, José Lutzenburger disse a Summers:

 'o seu raciocínio é perfeitamente lógico, mas perfeitamente doido... Os seus pensamentos [fornecem] um exemplo concreto da inacreditável alienação, pensamento redutor, intolerância social e ignorante arrogância de muitos 'economistas' convencionais, sobre a natureza do mundo em que vivemos... Se o Banco Mundial o mantiver como Vice-Presidente, então irá perder toda a sua credibilidade. Para mim iria confirmar aquilo que digo frequentemente... Que a melhor coisa para o Banco Mundial, era desaparecer'.


Lutzeburger foi demitido, pouco tempo depois de ter escrito estas palavras, enquanto que um horrível Summers foi promovido a Secretário do Tesouro, por Bill Clinton. O mesmo Larry Summers foi agora nomeado pelo Sr. 'mudança', para liderar o Conselho Económico Nacional. É um conto de fadas. Bloomberg.com lançou a notícia de que o Centro de Progresso Americano (CAP, Center for American Progress), a apenas três quarteirões da Casa Branca, se tornou uma grande fonte de iniciativas políticas para o Partido Democrata de Obama. Quem financia o CAP? George Soros. Trata-se simplesmente do projecto Neocon do Plano para o Novo Século Americano PNSA e do Instituto das Empresas Americanas, sob outro nome. Estas duas organizações desenvolveram e ditaram as políticas de Bush, de guerra e de supressão, e farão o mesmo por Obama. A política de Bush era escrita pelos Illuminati e também a de Obama o é.

Bush estava rodeado de perseguidores dos interesses de Israel e o mesmo acontece com Obama. O Sr. 'mudança', 'esperança' e 'acreditar', comprometeu-se a apoiar Israel a tal ponto que mete nojo e o seu Vice-Presidente Joe Biden, é um veemente Sionista que tem pelo menos a virtude de dizer que irá apoiar Israel a todo o custo. Obama nomeou o arqui-Sionista Rahm Emanuel, como seu chefe de pessoal e outro Judeu super-Sionista, Dennis Ross, para seu conselheiro de políticas para o Médio Oriente. Deus ajude os Palestinianos. Ross esteve também envolvido nas Administrações Bush pai e Clinton. Muitas 'mudanças', já se vê. Rahm Emanuel, um Congressista nascido de Chicago, é o filho de Benjamin M. Emanuel, que era membro da organização Judaica terrorista e assassina, a Irgun, que ajudou a bombardear e a aterrorizar Israel. O site 'OpenSecrets' expõe que Emanuel foi o maior recipiente para a campanha de 2008,  de 'fundos off-shore, firmas privadas e das maiores empresas de investimento', Emanuel foi também nomeado por Clinton para a administração do gigante  das hipotecas, Frecidie Mac, em 2000, e o seu mandato coincidiu com um grande escândalo e irregularidades financeiras. A empresa teve de ser salva pelos contribuintes, após a queda do mercado imobiliário.


Um amigo próximo de Emanuel, é o Sionista de Chicago, David Axelrod,
que geriu o fundo da campanha de eleição de Obama e que será, indubitavelmente de grande importância na administração Obama. Axelrod é um veterano da política de Chicago, uma das mais corruptas do mundo. Trabalhou para muitos presidentes de Câmara de Chicago desde os anos 90 e na campanha de Obama para o Senado, em 2004. Bill Clinton levou a sua cabala do Arkansas para a Casa Branca, quando se tornou presidente em 1993 e Obama está a fazer o mesmo com a Máfia de Chicago, entregando-lhes posições-chave, de influência nacional. E estes tipos, nenhum deles agradável, não costumam fazer prisioneiros. Não estamos perante uma 'mudança'. Obama é uma monumental fraude, que conta uma boa história, mas vive sob regras muito diferentes do que as que prega. Ganhou o seu primeiro cargo político, como Senador no Estado de Chicago, em 1996, não através do poder das suas políticas, mas através de um abuso calculista dos processos eleitorais. Em vez de concorrer lealmente e deixar o povo decidir, desafiou centenas de partidários do Partido Democrático a concorrerem, tendo todos eles sido eliminados da corrida por causas 'técnicas' e Obama ganhou a corrida eleitoral, sem oposição. Um dos antigos opositores de Obama, Gha-is Askia, diz que o comportamento de Obama estava dissimulado pela sua aparente imagem de campeão do Zé-ninguém e Cavaleiro dos direitos do povo:

'Porquê dizer que é a favor de um 'novo' amanhã e depois,
fazer uma jogada política ao estilo de Chicago, eliminando todos os concorrentes? Ele fala de honra e democracia, mas que honra existe em livrar-se de toda a concorrência, para poder concorrer sem oposição? Porque não deixar o povo decidir?'

Porquê? Porque provavelmente perderia e Obama não está interessado
em perder por jogar limpo. Ele procura ganhar a qualquer custo. O único direito do eleitor em que ele está interessado é no direito de votar nele próprio. Obama é um oportunista classicamente corrupto, nascido da fossa política de Chicago. As suas relações próximas com 'homens de negócios' e fraudulentos parceiros, como o agora encarcerado Tony Rezko, são exatamente o que seria de esperar. Mas para já não há resquícios de provas que façam os apoiadores zombies de Obama deixarem de acreditar nele. Terá de haver uma situação particularmente corrosiva, para rebentar com esta bolha de protecção e isso poderá demorar algum tempo, mas então os dissonantes cognitivos terão de admitir que foram enganados. O mesmo se aplica a todos os negros que votaram nele, simplesmente para fazerem dele o primeiro Presidente dos EUA negro, mas na verdade ele é um homem de máscara, a representar os interesses da cabala branca Illuminati, as mesmas famílias que geriam o tráfego de escravos. Não quero ser o mensageiro da desgraça ou o destruidor de sonhos, mas honestamente, tenho este dever. O homem é um charlatão, controlado por super-charlatães.

É um fantoche, controlado por um ainda maior fantoche, que serve o mal sombrio. Para os seus mestres, Obama é apenas uma ferramenta e se assassiná-lo servir os seus interesses, para desencadear uma guerra civil e promover a confusão nos estados Unidos, então é mesmo isso que farão.

Texto de David Icke

_____________________

OLAVO DE CARVALHO - NOVA ORDEM MUNDIAL, OBAMA, PERMISSÃO PARA MATAR
http://www.youtube.com/watch?v=jNICnvsw5BI&feature=socblog_th

Olavo de Carvalho - Sobre Obama
http://www.youtube.com/watch?v=1VWpzkZibEU

http://www.youtube.com/results?search_query=%27OLAVO+DE+CARVALHO%27+-++OBAMA&oq=%27OLAVO+DE+CARVALHO%27+-++OBAMA&aq=f&aqi=&aql=&gs_sm=s&gs_upl=13969l18031l0l20359l2l2l0l0l0l0l250l422l0.1.1l2l0
publicado por conspiratio às 19:31
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

LEI PARA CENSURA DA INTERNET VAI SER VOTADA - PETIÇÃO


POLÍTICOS QUEREM MUDAR A INTERNET ANTES QUE ELA MUDE A POLÍTICA.

PETIÇÕES

Assine:
http://www.avaaz.org/po/save_the_internet/?vl
http://www.avaaz.org/po/save_brazils_internet/
http://www.idec.org.br/campanhas/facadiferenca.aspx?idc=24
http://www.petitiononline.com/veto2008


Caros amigos,


Nesse exato momento, o Congresso dos EUA está debatendo uma lei que pode conferir ao país o poder de censurar a Internet do mundo inteiro -- criando uma lista negra que pode ter o YouTube, Wikileaks e até mesmo a Avaaz como alvos! Agora, se apoiarmos alguns membros-chave do Congresso dos EUA, podemos derrotar essa tentativa de centura global da Internet. Clique aqui e ajude a construir uma petição global unca antes vista por uma internet livre e aberta:

http://www.avaaz.org/po/save_the_internet/?vl 

Nesse exato momento, o Congresso dos EUA está debatendo uma lei que pode conferir ao país o poder de censurar a Internet do mundo inteiro -- criando uma lista negra que pode ter o YouTube, Wikileaks e até mesmo a Avaaz como alvos!

Sob essa nova lei, os EUA podem forçar os provedores de Internet a bloquearem qualquer website que seja suspeito de violar as leis de copyright e propriedade intelectual, ou que falhem em policiar suficientemente as atividades de seus usuários. E, por conta da maioria dos serviços de hospedagem de Internet estarem localizados nos EUA, essa lista negra poderia reprimir a web livre para todos nós.

A votação pode acontecer a qualquer dia, mas podemos ajudar a impedir isso -- alguns membros do Congresso querem preservar a liberdade de expressão e nos informaram que um clamor internacional ajudaria a aumentar a força deles lá dentro. Vamos urgentemente levantar nossas vozes de todos os cantos do mundo e criar uma petição global como nunca antes vista, apelando para que os tomadores de decisão nos EUA rejeitem esse projeto de lei eimpeçam a censura da Internet. Clique abaixo para assinar e, em seguida, encaminhe para a maior quantidade de pessoas possível -- nossa mensagem será entregue diretamente para membros do Congresso dos EUA antes da votação crucial:

http://www.avaaz.org/po/save_the_internet/?vl  

Durante anos, o governo dos EUA condenou países como a China e o Irã pela repressão ao uso da Internet. Mas o impacto das novas leis de censura na América do Norte pode ser ainda pior -- efetivamente bloqueando sites para todos os usuários de Internet ao redor do planeta.

No ano passado, um projeto de lei de censura da internet semelhante foi impedido antes de chegar ao Senado dos EUA, mas agora esse projeto está de volta em uma forma diferente. As leis de copyright e direitos autorais já existem, e são aplicadas pelas cortes. Mas essa nova lei vai muito além -- garante ao governo e a grandes corporações poderes enormes para forçar os provedores de serviço e ferramentas de busca a bloquearem websites, baseando-se somente em alegações de violações -- sem um julgamento ou prova de que o crime aconteceu!

Os defensores da liberdade de expressão nos EUA já ativaram o alarme, e alguns senadores estão tentando reunir apoio suficiente para impedir esse perigoso projeto de lei. Não temos tempo a perder. Vamos apoiá-los para garantir que os legisladores americanos preservem o direito por uma Internet livre e aberta como uma maneira essencial das pessoas ao redor do mundo trocarem ideias, comunicarem-se e trabalharem coletivamente para construir o mundo que queremos. Assine abaixo para impedir a censura nos EUA, e salvar a nossa Internet:

http://www.avaaz.org/po/save_the_internet/?vl

Nos últimos meses, da Privamera Árabe ao Movimento Occupy ao redor do mundo, temos visto em primeira mão como a Internet pode estimular, unir e mudar o mundo. Agora, se ficarmos juntos, podemos impedir esse novo ataque contra a liberdade da Internet. Já conseguimos isso antes -- no Brasil e na Itália, os membros da Avaaz conseguiram grandes vitórias na luta pela liberdade da Internet. Vamos fazer dessa uma luta global, e nos mobilizarmos para derrotar a mais poderosa ameaça de censura que a Internet já viu.

Com esperança,

Luis, Dalia, Diego, Emma, Ricken, Aaron, Antonia, Benjamin e o restante da equipe da Avaaz

Mais infomações:

Sites aderem à campanha "Parem com a Censura" na web (Terra)
http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5473579-EI12884,00-Sites+aderem+a+campanha+Parem+com+a+Censura+na+web.html

Editorial: Projeto de Lei da lista negra permite que juízes federais removam sites da Internet (em inglês) (Digital Journal)
http://digitaljournal.com/article/313463

A Desastrosa Legislação de IP Está de Volta – E pior do que antes (em inglês) (EFF)
https://www.eff.org/deeplinks/2011/10/disastrous-ip-legislation-back-%E2%80%93-and-it%E2%80%99s-worse-ever

Legisladores do Vale do Silício se opõem à lei de pirataria online (em inglês) (SFGate)
http://www.sfgate.com/cgi-bin/article.cgi?f=/c/a/2011/11/15/BUO81LV0KI.DTL

A Lei para Impedir a Pirataria: resumo, problemas e implicações (em inglês)
https://www.cdt.org/files/pdfs/SOPA%202-pager%20final.pdf  

__________________


Mais em:
http://holosgaia.blogspot.com/2011/08/politicos-querem-mudar-internet-antes.html

___________________

Gente, acorda! Estão em vias de impõr o controle da Internet e a moeda global via chip. ao mesmo tempo:

http://www.revelacaofinal.com/2011/11/fim-dos-tempos-onu-propoe-moeda-global.html

Sem Internet fica difícil lutar.

______________________


Projeto prevê até seis anos de prisão para 'hackers'
http://www.mp.mg.gov.br/portal/public/noticia/index/id/27183

O senador Jorge Viana (PT-AC) apresentou, na última quinta-feira (14), um projeto de lei para estabelecer pena de prisão para os hackers - pessoas que invadem sistemas digitais usando a internet. O PLS 427/11 tem como objetivo coibir ataques como os que foram realizados em junho contra sites do governo federal. O projeto altera o Código Penal e propõe a punição de dois a quatro anos de prisão para quem "atentar contra a segurança de meio de comunicação informatizado". A pena pode ser aumentada em 50% se, além da violação, houver divulgação ou uso de informação acessada sem autorização. De acordo com a definição da proposta, são considerados "meios de comunicação ou serviço de comunicação informatizado" computadores, telefones celulares e redes de telefonia fixa ou móvel e instrumentos de armazenamento de dados eletrônicos ou digitais. A lista inclui ainda redes de televisão, de internet, programas de computador "ou qualquer outro dispositivo capaz de processar, capturar, armazenar ou transmitir dados de forma eletrônica ou digital". Ao justificar o projeto, Jorge Viana argumenta que há muitos anos o país espera por uma lei que trate dos chamados "crimes cibernéticos". Ele lembra que o Senado aprovou em julho de 2008 o Substitutivo do PLC 89/2003 (PL 84/99, na Câmara), mas a proposta continua parada na Câmara, onde aguarda aprovação final. "Enquanto isso, os crimes cibernéticos continuam a acontecer, e de forma cada vez mais danosa. Recentemente, vários sítios eletrônicos da Presidência da República foram invadidos por hackers, inclusive a caixa pessoal do correio eletrônico da Presidente Dilma Rousseff" - justifica o parlamentar. No Senado, o projeto será examinado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Fonte: Senado



publicado por conspiratio às 23:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

O GOVERNO SECRETO - MILTON COOPER - PARTE 1




Portanto, não os temais; porque não haverá nada encoberto que não seja revelado, nem oculto que não seja descoberto”. Mateus, 10:26.

O GOVERNO SECRETO - 1

FONTE: http://www.bibliotecapleyades.net/sociopolitica/esp_sociopol_mj12_1.htm

A origem, identidade e propósito do PROJETO MAJESTIC-12 e suas consequências.

Por Milton William Cooper, Extraído do livro "Behold a Pale Horse"

Tradução: thoth3126@gmail.com



“Os sinais estão aumentando. As luzes no céu aparecerão em vermelho, azul, verde, rapidamente. Alguém está vindo de muito longe e quer conhecer as pessoas da Terra. Reuniões já foram realizadas. Mas aqueles que os têm realmente visto tem ficado em silêncio”. O Papa João XXII - 1935

Livro Behold The Pale Horse

PERSPECTIVA
Muitas fontes de informação foram utilizadas para a pesquisa deste capítulo.

Eu originalmente escrevi esta peça como um trabalho de pesquisa. Ele foi o primeiro entregue no Simpósio MUFON em julho 2,1989, em Las Vegas, Nevada. A maior parte deste conhecimento vem diretamente de, ou é resultado de minha própria pesquisa no material TOP SECRET / MJ-12 que vi e li entre os anos de 1970 e 1973 como membro da Equipe de Briefing de Inteligência do Comandante em Chefe da Frota Naval do Pacífico.

Uma vez que alguma destas informações foi obtida a partir de fontes que não posso divulgar por motivos óbvios, e de fontes publicadas que eu não posso garantir, este capítulo deve ser chamado de uma hipótese. Acredito firmemente que se os extraterrestres são reais, essa é a verdadeira natureza da besta. É o único cenário que tem sido capaz de apreender todos os diversos elementos que envolvem o assunto. É o único cenário que responde a todas as perguntas e coloca vários mistérios fundamentais em uma arena que faz sentido.

É a única explicação que mostra a cronologia dos acontecimentos e demonstra que as cronologias, quando montadas fazem um casamento perfeito. A maior parte deste volume de informações eu acredito ser verdade se o material que eu vi na Marinha for autêntico. Quanto ao resto, eu não sei, e é por isso que este paper deve ser chamado de uma hipótese. Outras históricas e atuais evidências disponíveis suportam esta hipótese.

Antes do Majestic-12

Durante os anos seguintes a Segunda Guerra Mundial o governo dos Estados Unidos foi confrontado com uma série de eventos que foram além da previsão para mudar seu futuro e com ele o futuro da humanidade. Estes eventos foram tão incríveis que desafiou a crença vigente. Um atordoado Presidente Truman e seus principais comandantes militares encontraram-se virtualmente impotentes depois de terem acabado de ganhar a guerra mais devastadora e cara na história. Os Estados Unidos tinham desenvolvido, usado, e era a única nação da terra na posse da bomba atômica. Esta nova arma tinha o potencial para destruir qualquer inimigo, e até mesmo a própria Terra. Naquela época, os Estados Unidos tinham a melhor economia, a tecnologia mais avançada, o mais alto padrão de vida, exercendo a maior influência política, e possuindo a maior e mais poderosa força militar da história.

Podemos apenas imaginar a confusão e preocupação quando a informada elite do Governo dos Estados Unidos descobriram que uma nave alienígena pilotada por seres de cultura extraterrestre totalmente incompreensível havia caído no deserto do Novo México (ROSWELL). Entre janeiro 1947 e dezembro de 1952, pelo menos 16 espaçonaves alienígenas caíram ou foram abatidas, com 65 corpos de alienígenas, e um alienígena vivo sendo recuperados. Uma nave alienígena adicional tinha explodido e nada foi recuperado a partir desse incidente. Destes eventos, 13 ocorreram dentro das fronteiras dos EUA, não incluindo a espaçonave que se desintegrou no ar.

Dessas 13 espaçonaves, uma foi no Arizona, 11 foram no Novo México, e uma foi em Nevada. Três ocorreram em países estrangeiros. Destes, um foi na Noruega e os 2 últimos foram no México. Avistamentos de UFOs eram tão numerosos pela população em geral que uma investigação séria e de mascarar cada relatório tornou-se impossível, utilizando os recursos de inteligência existentes (de acordo com outros relatórios, de outras fontes, também houve resgates de tais artefatos na RÚSSIA e na ALEMANHA ainda antes da década de 1940 se iniciar).



Presença Alienígena na Terra

Uma nave alienígena foi encontrada em 13 de fevereiro de 1948, em uma meseta perto da cidade de Aztec, estado do Novo México. Outra aeronave foi localizada em 25 de março de 1948, em White Sands Proving Ground. Esta tinha cerca de 100 pés (34 metros) de diâmetro. Um total de 17 corpos alienígenas foram recuperados a partir destas duas espaçonaves. De importância ainda maior foi a descoberta de um grande número de partes de corpos humanos da Terra armazenados dentro de ambos os veículos. Um demônio elevou sua cabeça em seguida e a paranóia rapidamente tomou conta de todos os que "sabiam" do assunto UFO. A “Cobertura” de Segredo imediatamente tornou-se uma Cobertura TOP SECRET e foi aparafusada bem apertado em sua tampa. O cobertor de segurança ficou ainda mais apertado do aquele que foi imposto sobre o Projeto Manhattan (que desenvolveu a bomba atômica em segredo).

Nos anos seguintes, esses eventos se tornaram os segredos mais bem guardados na história do mundo dentro dos EUA. Um grupo especial de cientistas do topo do meio acadêmico da época dos Estados Unidos foi organizado sob o nome de Projeto SIGN em dezembro de 1947 para estudar o fenômeno. Todo o negócio desagradável foi contido. O Projeto SIGN evoluiu para o Projeto Grudge, em dezembro de 1948. Uma coleção de baixo nível e projeto de desinformação sobre o assunto UFO chamado Livro Azul (Blue Book Project) foi formado sob o manto do Projeto Grudge. Dezesseis volumes (de pura desinformação) foram produzidos assim, sob o Projeto Grudge.

"The Blue Teams (As Equipes Azul)" foram colocadas juntos para recuperar os discos que cairam e os corpos alienígenas mortos ou vivos. As Equipes Azul foram mais tarde evoluindo para as equipes Alpha já no Projeto POUNCE. Durante estes primeiros anos nos Estados Unidos a Força Aérea e a Agência Central de Inteligência exerceram o controle completo sobre o "segredo alienígena." Na verdade, a CIA foi formada por decreto presidencial primeiro como o Grupo Central de Inteligência com o propósito expresso de lidar com a presença alienígena na Terra. Mais tarde, o National Security Act foi aprovado, estabelecendo-a como a Agência Central de Inteligência (CIA-Central Intelligence Agency) dos EUA.

O Conselho de Segurança Nacional (National Security Council-NSC) foi criado para supervisionar a comunidade de inteligência e, especialmente, o esforço de tratar do caso “alienígena”. Uma série de memorandos do Conselho de Segurança Nacional e ordens Executivas removeram a CIA da única tarefa de tratar do assunto extraterrestre, lentamente, mas completamente foi "legalizando" a sua ação direta na forma de atividades secretas em território norte americano e no exterior.


A COLETA DE INTELIGÊNCIA

Em 9 de dezembro de 1947, o Presidente Truman aprovou a emissão de NSC-4 (National Security Council-NSC), intitulado "A Coordenação de Ações de Informações sobre a Inteligência Alienígena" a pedido dos secretários Marshall, Forrestal, Patterson, e o diretor de Planejamento do Departamento de Estado da Política de Pessoal, George Kennan. A Política Externa e Militar de Inteligência, Livro 1, " Relatório Final da Comissão Especial para Estudar as operações governamentais com relação às Atividades de Inteligência , "Senado dos Estados Unidos, 94° Congresso, 2 ª Sessão, Relatório N º 94-755, Abril 26,1976, p. 49, afirma: "Esta diretiva dá poderes ao Secretário de Estado para coordenar as atividades de informação no exterior destinadas a lutar contra o comunismo." Top Secret Um anexo a NSC-4, NSC-4A, instruiu o diretor de Inteligência Central a realizar atividades secretas psicológicas em busca dos objetivos constantes no NSC-4.

A autoridade inicial dada à CIA para operações secretas sob NSC-4A não estabeleceu procedimentos formais para qualquer coordenação ou aprovação dessas operações. Ele simplesmente dirigiu o DCI para "empreender ações encobertas e para garantir, por meio de ligação com o Estado e da Defesa, que as operações resultantes fossem coerentes com a política americana." Mais tarde NSC-10 / 1 e NSC-10 / 2 foram para substituir NSC-4 e NSC-4A e expandir as habilidades secretas ainda mais. O Escritório de Coordenação Política (OPC), foi encarregado para levar a cabo um programa de expansão de atividades encobertas. As NSC-10 / 1 e NSC-10 / 2 validando práticas ilegais e extralegais e procedimentos como sendo agradáveis para a liderança da segurança nacional. A reação foi rápida. Aos olhos da comunidade de inteligência "não havia mais limites para a atuação da CIA ser exercida."

Sob o NSC-10 / 1 um Grupo de Coordenação Executiva-ECG foi criada para rever, mas não aprovar, propostas de projetos secretos. O ECG foi secretamente incumbido de coordenar os projetos alienígenas. NSC-10 / 1 e / 2 foram interpretadas para significar que ninguém no topo queria saber sobre qualquer coisa, até que o programa fosse bem sucedido. Essas ações estabeleceram um amortecedor entre o Presidente e as informações recolhidas. Pretendia-se que este “pára-choque” servisse como um meio de o Presidente negar conhecimento se escapasse e fosse divulgado o verdadeiro estado de coisas com relação à visita (quase uma invasão) extraterrestre que estava ocorrendo no planeta. Este tampão foi utilizado nos últimos anos com a finalidade (INTENCIONAL ?!) de efetivamente isolar os seguintes vários Presidentes dos EUA no sucesso de qualquer conhecimento da presença alienígena,a NÃO SER AQUILO que o (a partir desses eventos e momento) Governo Secreto e a comunidade de inteligência queria que eles soubessem (N.T. ASSIM SURGIU O GOVERNO PARALELO ao governo constitucional dos EUA e principal responsável pela debacle dessa nação e que realmente conduz os destinos do povo dos EUA desde então).

O Ato NSC-10 / 2 estabeleceu um painel de estudo que se reunia secretamente e era composto pelas mentes científicas e mais brilhantes daqueles dias. O painel de estudo ainda não foi chamado MJ-12. Outro memorando NSC, NSC-10 / 5 delineou melhor as funções do painel de estudo. Estes memorandos e ordens executivas do NSC (National Security Council) preparou em segredo o terreno para a criação do Projeto MJ-12 apenas quatro anos mais tarde.



A "Primeira" vítima do encobrimento

O Secretário de Defesa James Forrestal opôs-se ao sigilo da presença alienígena na Terra. Ele era um homem muito idealista e religioso. Ele acreditava que ao público deveria ser contado tudo. James Forrestal foi também um dos primeiros abduzidos conhecido. Quando ele começou a conversar com líderes do partido da oposição e líderes do Congresso sobre o problema dos alienígenas, ele foi convidado a demitir-se pelo Presidente Truman. Ele expressou seus temores para muitas pessoas. Legitimamente, ele acreditava que ele estava sendo vigiado. Isto foi interpretado por aqueles que eram ignorantes dos fatos como paranóia. Mais tarde foi dito que Forrestal sofreu um colapso mental. Ele foi condenado a internação sob vigilância na ala de doentes mentais do Hospital Naval de Bethesda. Apesar do fato de que a Administração Federal não tinha autoridade para tê-lo trancafiado em um manicômio, a ordem foi realizada. Na verdade, temia-se que Forrestal começasse a falar abertamente de novo.

Ele teve que ser isolado e assim foi desacreditado. A sua família e amigos tiveram negada a permissão para visitá-lo. Finalmente, em 21 de maio de 1949, o irmão de Forrestal tomou a decisão fatídica. Ele notificou as autoridades que pretendia remover James Forrestal de Bethesda em 22 de maio. Em algum momento no início da manhã de maio de 22, no ano de 1949, agentes da CIA amarraram um lençol em volta do pescoço de James Forrestal, amarrando a outra ponta em um aparelho dentro de seu quarto, em seguida, jogaram James Forrestal para fora da janela e assim Forrestal "morreu cometendo suicídio".

O lençol se rasgou e ele caiu direto para sua morte. Os diários secretos de James Forrestal foram confiscados pela CIA e foram mantidos na Casa Branca por muitos anos. Devido à demanda do público os diários foram eventualmente reescritos e publicados em uma versão “higienizada”. As informações do diário real foi depois fornecida pela CIA em forma de livro a um agente que publicou o material como ficção. O nome do agente é Whitley Strieber e o livro é Majestic. James Forrestal se tornou uma das primeiras vítimas do encobrimento do fenômeno UFO.


O Alienígena EBE

O alienígena vivo que tinha sido encontrado vagando no deserto depois do acidente em ROSWELL foi nomeado de EBE. O nome foi sugerido pelo Dr. Vannevar Bush um acrônimo para Entidade Biológica Extraterrestre. EBE tinha uma tendência para mentir , e durante mais de um ano daria apenas a resposta desejada para as perguntas feitas. As questões, que teriam resultado em uma resposta indesejável ​​não eram respondidas. Em algum ponto durante o segundo ano de seu cativeiro, ele começou a se abrir. Então as informações resultantes do EBE foram surpreendentes, para dizer o mínimo. Esta compilação de suas revelações se tornaram a base do que viria a ser chamado de o "Livro Amarelo"(N.T. Aqui parece haver um equívoco, pois em outro depoimento e material o Livro Amarelo é uma compilação sobre a vida no Universo feita no Planeta EBE de SERPO pelos seus habitantes).

Fotografias foram tiradas do EBE, que, entre outras coisas, eu fui ver anos mais tarde após o Projeto Grudge. No final de 1951 o EBE ficou doente. O pessoal médico foi incapaz de determinar a causa da doença dele e não tinha conhecimentos suficientes sobre sua biologia. O Sistema de circulação do EBE era baseado em clorofila e ele processava ​​os alimentos em energia da mesma forma que as plantas o fazem, por fotossíntese. Os resíduos eram excretados do mesmo modo que nas plantas.(N.T.- O EBE era um ser clonado, não possuía aparelho digestivo e nem órgãos sexuais de reprodução)

Vários especialistas foram chamados para estudar a doença. Estes especialistas incluíam médicos, botânicos, e entomologistas. Um botânico, Dr. Guillermo Mendoza, foi trazido para tentar ajudá-lo a se recuperar. Dr. Mendoza trabalhou para salvá-lo até 02 de junho de 1952, quando ele morreu. O Dr. Mendoza, pelo menos se tornou um especialista nesse tipo de biologia alienígena. O filme ET é a história mal disfarçada do alienígena EBE. Em uma tentativa inútil de salvar EBE e para ganhar o favor com esta raça tecnologicamente superior, os Estados Unidos começaram a transmitir um pedido de ajuda no início de 1952 com emissão de sinais de rádio para vastas regiões do espaço. A chamada ficou sem resposta mas o projeto, apelidado de SIGMA, continuou como um esforço de boa fé.

Criação da N.S.A.


O governo do Presidente Truman criou então em 4 de novembro de 1952 a supersecreta National Security Agency (NSA-Agência de Segurança Nacional ), por ordem executiva secreta. Seu objetivo principal era decifrar as línguas e comunicações alienígenas, sua linguagem e estabelecer um diálogo com os extraterrestres. Esta tarefa mais urgente era uma continuação do esforço anterior. O propósito secundário da NSA era monitorar todas as comunicações e emissões de todos e quaisquer dispositivos eletrônicos de comunicação em todo o mundo (hoje o Projeto ECHELON) com o propósito de inteligência, tanto humana como alienígena, e para manter em segredo a presença extraterrestre.

O Projeto SIGMA foi bem sucedido. A NSA também mantém comunicação com a base de Luna e outros programas espaciais secretos. Por ordem executiva do presidente, a NSA está isenta de todas as leis que não especifiquem a NSA no texto da lei como sendo sujeitas a essa lei. Isso significa que se a agência não está CITADA no texto de toda e qualquer lei aprovada pelo Congresso não esta sujeita a essa ou essas leis (N.T.- E assim, junto com a CIA foi se criando um poder paralelo, um segundo e secreto governo dentro do governo formal dos EUA).

A NSA agora executa muitos outros deveres e de fato é a agência principal na rede de inteligência. Hoje, a NSA recebe aproximadamente 75% do dinheiro destinado à comunidade de inteligência. O velho ditado "onde vai o dinheiro nele reside o poder" é verdadeiro. O DCI é hoje uma figura de proa mantida como um ardil público. A tarefa primária da NSA é ainda comunicações alienígenas, mas agora inclui outros projetos extraterrestres também. O Presidente Truman tinha mantido os nossos aliados, incluindo a União Soviética, informados sobre o problema dos alienígenas em desenvolvimento. Isso acabou sendo feito no caso dos alienígenas acabarem por ser uma ameaça para a raça humana (o que aconteceu muito mais tarde). Planos foram formuladas para defender a Terra em caso de invasão. Grande dificuldade foi encontrada para manter o sigilo internacional.

Foi decidido que um grupo externo seria necessário para coordenar e controlar os esforços internacionais, a fim de esconder o segredo do escrutínio normal dos governos pela imprensa.{NT.O Oficial Diretor da Central de Inteligência (D.C.I.) foi o chefe da Agência Central de Inteligência-CIA dos EUA, o conselheiro principal para a inteligência do presidente e do Conselho de Segurança Nacional, e o coordenador das atividades de inteligência entre as várias agências de inteligência dos EUA (conhecidas coletivamente como a Comunidade de Inteligência desde 1981). O cargo existe desde janeiro de 1946 a abril de 2005 e foi substituído pelo diretor de Inteligência Nacional (DNI) e Diretor da Agência Central de Inteligência (D/CIA).}

O resultado foi a formação de um corpo dirigente secreto que ficou conhecida como o Grupo Bilderberg. O grupo foi formado e se reuniu pela primeira vez em 1952. Eles foram nomeados após o local de seu primeiro encontro ser publicamente conhecido, o Hotel Bilderberg. Essa primeira reunião, que foi pública teve lugar em 1954. Eles foram apelidados Os Bilderbergers. A sede deste grupo é em Genebra, na Suíça.Os Bilderbergers evoluiram para um governo mundial secreto que agora controla tudo. A ONU-Organização das Nações Unidas era então, como é agora, uma grande piada internacional.


Um novo presidente assume nos EUA


No início de 1953 um novo presidente ocupava a Casa Branca. Ele era um homem acostumado a uma organização de pessoal estruturada com uma cadeia de comando. Seu método consistia em delegar autoridade e governar por um comitê. Ele tomou grandes decisões, mas somente quando seus conselheiros eram incapazes de chegar a um consenso. Seu método normal foi de ler ou ouvir várias alternativas e, em seguida, aprovar uma.

Aqueles que trabalharam de perto com ele declararam que seu comentário favorito era: "Apenas o que for preciso”. Ele passou muito tempo no campo de golfe. Isso não era incomum para um homem que tinha sido de carreira do Exército com a posição final do Comandante Aliado Supremo durante a segunda guerra mundial, um cargo que lhe valeu cinco estrelas.

O presidente em questão era o General do Exército Dwight David Eisenhower (IKE). Durante seu primeiro ano de mandato, de 1953, pelo menos mais 10 discos/UFOs caíram e foram recuperados, juntamente com 26 aliens mortos e 4 aliens vivos. Dos 10 UFOs,4 foram encontrados no Arizona, 2 no Texas, 1 no Novo México, 1 em Louisiana, 1 em Montana, e 1 na África do Sul. Ainda haviam centenas de avistamentos. Eisenhower sabia que ele tinha de lutar e vencer o problema alienígena. Ele sabia que não poderia fazê-lo, revelando o segredo para o Congresso, no início de 1953, o novo presidente virou-se para o seu amigo e colega do Conselho de Relações ExterioreS-CFR Nelson Rockefeller. Eisenhower e Rockefeller começaram a planejar a estrutura secreta da tarefa de fiscalização dos alienígenas, que viria a ser uma realidade dentro de um ano.

A idéia para a criação do MJ-12 nasceu assim. Foi o tio de Nelson Rockefeller, Aldrich Winthrop que tinha sido crucial para convencer Eisenhower a concorrer à presidência. Toda a família Rockefeller e com eles todo o império Rockefeller, tinha solidamente apoiado Ike. Eisenhower pertencia de coração e alma para o Conselho de Relações Exteriores e da família Rockefeller. Ao pedir à Rockefeller para ajudar com o problema dos alienígenas foi cometido o seu maior erro que Eisenhower poderia cometer para o futuro dos Estados Unidos e talvez para toda a humanidade.

Após uma semana de sua eleição Eisenhower já tinha nomeado Nelson Rockefeller presidente de uma Comissão Presidencial Consultiva da Organização do Governo. Rockefeller ficou responsável pelo planejamento da reorganização do governo, algo que ele havia sonhado por muitos anos. Programas do New Deal foram parar em um cargo de gabinete único chamado o Departamento de Educação, Saúde e Bem-Estar. Quando o Congresso aprovou a posição do novo gabinete em abril de 1953, Nelson nomeou para o cargo de subsecretária Oveta Culp Hobby.



Vindo para a Terra

Em 1953, astrônomos descobriram objetos grandes no espaço, que foram rastreados se movendo em direção à Terra. Primeiro se acreditou que eles eram asteróides. Mais tarde, evidências mostraram que os objetos só poderiam ser naves espaciais. O Projeto SIGMA interceptou comunicações de rádio alienígenas. Quando os objetos chegaram a órbita da Terra tomaram uma órbita geoestacionária muito alta em torno do equador. Haviam várias espaçonaves enormes, e sua real intenção era desconhecida.

O Projeto SIGMA e um novo projeto, PLATO, através de comunicações via rádio utilizando a linguagem binária de computador (criada em 1946), foram capazes de organizar um pouso que resultou no contato face a face com seres alienígenas de outro planeta (denominado pelos aliens de SERPO, situado no sistema estelar duplo de ZETA RETICULLI). Este pouso ocorreu no deserto. O filme, Contatos Imediatos do Terceiro Grau é uma versão ficcionada dos acontecimentos reais. O pessoal do Projeto PLATO foi encarregado de estabelecer relações diplomáticas com essa raça de alienígenas. Uma refém extraterrestre foi deixada com a gente como uma promessa de que eles voltariam para formalizar um tratado. Entretanto, uma raça de alienígenas humanóides (N.T.- Com aparência humana - mas muito mais altos - semelhante a nossa, das Pleiâdes e com certeza pertencente à Federação Galáctica) desembarcou em Homestead Air Force Base na Flórida e com êxito se comunicou com o governo dos EUA.

Este grupo nos advertiu contra a raça que estava orbitando o equador e se ofereceu para nos ajudar com o nosso desenvolvimento espiritual. Eles exigiram que desmantelássemos e destruíssemos nossas armas nucleares como uma condição principal. Eles se recusaram a trocar tecnologia conosco citando que nós ainda éramos espiritualmente incapazes de lidar com a tecnologia que já possuíamos. Essas orientações foram rejeitadas com base em que pareceria tolo se desarmar diante de um tal futuro incerto.

Não houve registro de filmes ou fotos desse evento. Pode ter sido uma decisão infeliz. Um terceiro pouso na Base Muroc, agora a Edwards Air Force Base, ocorreu em 1954. A base foi fechada por três dias e ninguém foi autorizado a entrar ou sair durante esse tempo. O evento histórico foi planejado com antecedência. Existem detalhes de um tratado ter sido acordado. Eisenhower arranjou um modo para estar em Palm Springs em férias.

No dia marcado para o encontro o presidente estava animado para visitar a base. A desculpa que foi dada à imprensa é de que ele foi visitar um dentista. Testemunhas do evento afirmaram que três OVNIs sobrevoaram a base e depois pousaram. Baterias antiaéreas coincidentemente estavam submetidos em treinamento com fogo real e assustaram o pessoal de que os disparos acertassem as espaçonaves quando essas passavam em cima. Felizmente, as balas foram perdidas e ninguém ficou ferido.


CONTINUA ...


’’Meu dever é falar, pois não quero ser cúmplice.’’ (Émile Zola)


thoth3126@gmail.com
publicado por conspiratio às 10:23
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

NOVA ORDEM MUNDIAL É UMA ONG?



Achei curioso este texto com alguns dados para serem pesquisados:

Nova Ordem Mundial

História do termo

A Nova Ordem Mundial é, na verdade, uma Organização Não-Governamental (ONG), fundada nos Estados Unidos da América no dia 27 de janeiro de 1939, pelo então filósofo dirigente (também conhecido como "Mestre") Adam Scott Phillips. A Ordem foi criada para reunir os autodenominados "homens da Terra", que buscariam as possíveis soluções para problemas sócio-universais, como a fome, o desemprego e a concentração de renda (representada pela pirâmide).

Com o objetivo de ganhar poder às custas dos mais respeitados membros da Ordem, o iniciante (primeiro grau na hierarquia da Ordem) Joseph Steven Arrison teria feito um grande trabalho de desinformção dentro da ONG, por meio do roubo de senhas e informações sigilosas e, possivelmente, espionagens à reuniões da "Alta Cúpula da Ordem", o que gerou uma enorme difusão de paranoia entre a população americana e, posteriormente, entre a população mundial. Segundo especialistas, Arrison contou com a ajuda de membros mais influentes, mas seus nomes nunca chegaram a ser informados.

Em 1968, Arrison teria escrito um livro, extremamente desconhecido mundialmente e sem tradução para o português, de título original "What They Really Don't Want You To Read" (O Que Eles Não Querem Que Você Leia Jamais), em que revelaria abertamente os segredos e métodos da Ordem. O livro foi censurado no mesmo ano pelo presidente da época, Lyndon B. Johnson, sendo todas as suas cópias desaparecidas meses depois. Atualmente, ainda acredita-se que a Nova Ordem Mundial seja uma poderosa conspiração que busca implantar um governo mundial e autoritário, uma única moeda e uma única religião no mundo todo.


Illuminati: De Inimigos da Igreja a Conspiradores Mundiais


Os Illuminati foram uma sociedade secreta fundada na Baviera em 1776 por Adam Weishaupt, professor universitário. Seu objetivo era disseminar as doutrinas do Iluminismo do século XVIII de igualdade humana e racionalidade, e atraiu um grupo de seguidores considerável, até que foi suprimido pelas autoridades Bávaras em 1785 por supostamente tramar a derrubar a monarquia e religiões de muitos países europeus.

Porém, de acordo com os opositores da Revolução Francesa, entre eles o padre Augustin Barruel, os Illuminati não tinham deixado de existir em 1785 mas tinham ido simplesmente para a clandestinidade. Os líderes da Revolução Francesa eram Maçons e Illuminati, ou os agentes deles e seguidores, levando a cabo um plano secreto para subverter as monarquias de Europa e a religião Cristã.

Na metade do século XIX os judeus estavam em vários países começando a ser vistos como o inimigo principal pelas forças de reação e clericalismo baseadas no campo.  Este anti-semitismo combinou as idéias medievais do judeu como aliado de Satanás com a idéia da malvada sociedade secreta que manipula eventos políticos, os Maçons seriam simplesmente ferramentas dos judeus.

Foi na Rússia Czarista que o anti-semitismo moderno alcançou sua forma definitiva. O fracasso da revolta de 1905 foi seguido por pogrons oficialmente encorajados e
propaganda anti-semítica, notavelmente um documento intitulado Os Protocolos dos Sábios de Sião. De acordo com seu editor Sergei Nilus, um proprietário de terras que se tornou um maníaco religioso depois de perder sua fortuna, este livro consistia nas minutas secretas de uma reunião de líderes judeus para planejar a dominação mundial.

O plano envolvia o encorajamento do vício e ateísmo para despolarizar a Europa e o uso de movimentos revolucionários e manipulação financeira para provocar o colapso final de governos nacionais e a substituição deles por um império mundial judeu. Este trabalho, em realidade uma falsificação elaborada pela polícia secreta russa, foi tomado seriamente pelo próprio Czar e logo se tornou um texto preferido da extrema-direita russa.

Na Alemanha a publicação deles deu um impulso considerável ao embrionário partido Nazista. Uma vez que os nazistas culparam o colapso da Alemanha na Primeira Guerra Mundial como uma conspiração de judeus, Maçons e Jesuítas. Os resultados do anti-semitismo na Alemanha significaram que os tipos de idéias tratadas neste artigo acabaram se tornando reservados em grande parte a grupos abertamente nazistas.

Porém os últimos anos parecem ter visto um revival de teorias de conspiração. Uma fonte disto parece ter sido o conflito entre os tradicionalistas e liberais na igreja católica romana. Os oponentes da reforma na igreja têm em alguns países como a França disseminado propaganda antimaçônica e anti-semítica do tipo do século XIX, e alegam que os Maçons dominaram a Igreja.

Porém a fonte principal de teorias de conspiração modernas é os EUA. Contudo, os Illuminati passam a posteridade com a reputação de terem constituído uma poderosa sociedade anticristã, de essência quase satânica como Barruel sustentava. Foi essa imagem que Dan Brown, em seu romance Anjos e Demônios, habilmente retomou e explorou: seus Illuminati praticavam o racionalismo, culto do segredo, subversão, ódio a Roma e culto a Lúcifer. Para o autor, os Illuminati teriam se infiltrado na Maçonaria, e sem abandonar seu projeto político subversivo, teriam então “utilizado a rede planetária dos maçons para estender sua influência (…) e financiar seu grande objetivo: a formação de uma Nova Ordem Mundial secular baseada na razão científica”.Os Illuminati constituiriam uma sociedade secreta política que tramava na sombra um complô mundial.

Brown afirma que a jovem democracia americana foi eleita terra dos Illuminati. Argumentando com o fato verídico de que George Washington e Benjamin Franklin, pais da nação, eram maçons, dá a entender que poderiam pertencer à confraria secreta. E como prova: a cédula de um dólar conteria muitos de seus símbolos, em particular o Olho que tudo vê e a pirâmide inacabada que mostram a influência da Maçonaria na fundação dos Estados Unidos. Isto recentemente foi dramatizado no filme A Lenda do Tesouro Perdido da Disney.


Fonte:
http://resistenciabrasilsul.blogspot.com/p/nova-ordem-mundial.html

____________________

Veja também:
Os Neo-aristocratas no poder da NOM
http://holosgaia.blogspot.com/2011/11/os-neo-aristocratas-no-poder-da-nova.html

______________________________

Link para pesquisas:
http://www.blogdlinks.blogspot.com/

publicado por conspiratio às 00:31
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

A NEO-ARISTOCRACIA NO PODER DA NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO


NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ POR TRÁS DE MOVIMENTOS SOCIAIS - OLAVO DE CARVALHO

http://www.youtube.com/watch?v=ytl40ZlclU0&feature=share&list=UUyQT0JE9KAVU0EFJHVKo3cA 

Do Vídeo
 
Olavo de Carvalho- O Brasil perante os conflitos da Nova Ordem Mundial
 
http://www.youtube.com/watch?v=DNGkOCi9Zi8



Discurso do Professor Olavo de Carvalho na OAB: "O Brasil perante os conflitos da Nova Ordem Mundial" em 2004

Olavo inicia falando da absurda ignorância brasileira a respeito do assunto Nova Ordem Mundial (NOM), da ausência total aqui, de livros e publicações a respeito. Cita o livro "A FACE OCULTA DA ONU"

Trechos resumidos da palestra:

"O Establishment, que são as 300 famílias que sempre estiveram no poder nos EUA (ligadas ao Council on Foreign Relations) sempre, em todas as eleições, apoiaram o candidato mais estatizante e socialista. Por que? O Capitalismo produziu uma elite de tal maneira abastada, que chegou ao ponto de não ter mais motivos para se submeter às leis e oscilações do mecado. O mercado que a produziu, daí em diante se torna uma ameaça para ela. Então é preciso cair fora das leis de mercado para garantir a permanência das grandes fortunas para as gerações seguintes. O indivíduo então entra com considerações que já não são de ordem capitalísta mas são de ordem dinástica, com uma perspectiva de poder aristocrático, o qual por definição independe da economia.

Quando estas grandes fortunas começam a raciocinar em termos dinásticos, elas têm que vencer os próprios mecanismos de mercado que as constituiu, e só há um jeito de fazer isso: dominar o estado. São os metacapitalistas e a nova casta aristocrática.Uma estrutura de poder comunista em cima de uma economia mais ou menos capitalista é a fórmula para esta neo-aristocracia da Nova Ordem Mundial: donos do poder econômico e do Partido. É por isso que a Fundação Rockefeller financia, por ex, movimentos socialistas no mundo todo. Vc pode ter certeza de que todos os movinentos comunistas, revolucionários, ONGs, direitos humanos, igualitarismos, etc, são financiados por eles só por causa disso. Isso quer dizer que o próprio impulso de rebelião ou de revolta contra este poder são usados por ele mesmo.

O grande imperialismo que existe hoje é o global que se compõe do Establishment americano aliado aos movimentos "esquerdistas", aos grandes organismos internacionais e ao remanescente do poder soviético. Para vc conferir isto é só perguntar: quem paga quem? quem financia quem? Existe um site http://www.activistcash.com/ , dinheiro dos ativistas, que rastreia: aqui saiu o dinheiro, do banco tal para a ONG tal que repassou para não sei quem, etc. Ai vc vai entender que existe uma rede de sustentação do poder global, que vai desde o establishment novaiorquino até o MST.

Quem está contra isto são os conservadores americanos, a favor da economia liberal e da moral tradicional judaico-cristã. E a esse novo esquema de poder globalista não interessa nem uma coisa nem outra. O estabelecimento da economia liberal o tornaria vulnerável novamente aos altos e baixos da economia de mercado, ao invés de controlá-la; e uma moral de ordem tradicional é uma referência fixa para a conduta das pessoas, e para vc controlar o comportamento delas é preciso que vc invente a moral, vc tem que ter os meios de em poucos anos trocar os valores morais delas, de modo que elas ACEITEM AQUILO QUE ANTES CONSIDERAVAM INACEITÁVEL.

Se vc for investigar a grande revolução dos costumes morais que há no mundo, de onde sai o dinheiro? Dali mesmo. Não porque estejam interessados no conteúdo desses movimentos, o que importa é o efeito objetivo sobre a sociedade. Se vc tem ao mesmo tempo centenas de movimentos corroendo os princípios morais antigos e propondo novos, a própria aceleração da mudança torna impossível às pessoas se adaptarem seriamente a nova situação. Então vc acaba vivendo de simulação, e quando vc começa a viver de simulação vc perde consistência como ser humano, vc não é mais senhor de suas decisões, vc é uma pessoa inteiramente manipulável pelas influências de fora. Para vc ver a rapidez com que as pessoas mudam de opinião, do dia para a noite, só porque á mídia disse isto ou aquilo, experimentem ver o que se passa na área médica. Por ex, "tal coisa faz mal", no dia seguinte todo mundo foge daquilo. Vc não sabe se ela faz mal mesmo. Então, estas campanhas médicas, que alertam contra isso ou aquilo, são uma espécie de laboratório de controle social. Vc pode dizer que hoje o prazo que o establishment necessita para mudar as atitudes da humanidade inteira sobre o que quer que seja é de aproximadamente 3 meses.

A quantidade de informações faltantes para a gente entender e poder mapear a situação da Nova Ordem Mundial é enorme, é inabarcável, eu mesmo comecei muito tarde. Eu comecei a colecionar livros sobre isso há uns 8 ou 10 anos. Deveria ter começado 20 anos antes. Quando eu vejo a profundidade e a seriedade das discussões nos EUA, a consciência que as pessoas têm da complexidade e dos perigos da situação, há mais de 20, 30 anos, eu penso: pô, to chegando agora? O pau tá comendo aí e no Brasil o pessoal tá pensando que a briga é outra?

A dissolução das soberanias nacionais faz parte dos programas da Nova Ordem Mundial 100%, isto é item fundamental. Como é que se faz para destruir as soberanias nacionais? É simples. Vc começa por criar normas de educação que sejam aplicadas uniformemente em todo o mundo. É assim no mundo inteiro. Se vc for na Zãmbia, os parâmetros educacionais são os mesmos.

A grande mudança social, cultural, política que está sendo implantada no mundo não é uma obra de improviso. As pessoas ficaram 100 anos pensando nisto. O primeiro plano de uma nova ordem mundial surgiu em 1650, com um sujeito chamado Jan Amos Comenius. Quando vc vê o plano de Comenius e vê a estrutura da ONU, vc diz é o plano do Comenius, igualzinho. Isto veio sendo discutido por elites intelectuais, financeiras e políticas durante todo este tempo. A bibliografia existente em torno é absolutamente inabarcável. Se vc quiser fazer uma história das idéias de nova ordem mundial, vc vai dedicar sua vida e não vai terminar. No final do século XIX, o milionário inglês Cecil Rhodes criou um sistema de bolsas de estudos para criar uma elite intelectual mundial capaz de discutir essas coisas e eventualmente se chegar a uma nova ordem mundial.

Mas neste mesmo momento, enquanto estamos conversando sobre isso, vc pode ter certeza de que que tem umas 100 ou 200 comissões da ONU, think tanks, elites universitárias, etc, discutindo novas modificações políticas, culturais que reultarão na mundialização do poder. Eles fazem isso dia e noite, praticamente não se faz outra coisa no mundo senâo fomentar a tal da Nova Ordem Mundial, seja sob a forma de servi-la diretamente, seja sob o aspecto de vc criar uma pseudo-oposição que já está financiada e controlada por ela. "

_____________________

OLAVO DE CARVALHO AGENDA 21 E TOTALITARISMO
http://www.youtube.com/user/CEL2076?feature=mhee#p/a/u/0/OpYdaz5jbvg

publicado por conspiratio às 00:59
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2011

TERRORISTA NORUEGUÊS, UNABOMBER, MK-ULTRA: HISTÓRIAS MAL CONTADAS

 

Sempre achei a história do Unabomber mal contada... já era a Nova Ordem Mundial atuando, e eu não sabia. É preciso rever tudo. Olavo de Carvalho afirma que a KGB, com outro nome agora, está por trás de Anders Behring Breivik.

Autor de la masacre en Noruega copió manifiesto del ‘Unabomber’, parte de experimentos de control mental de la CIA

Al parecer Anders Behring Breivik copió su manifiesto ideológico de un texto de Ted Kaczynski, el famoso terrorista estadounidense que participó en el programa de control mental MK-ULTRA de la CIA.


El autor de la brutal masacre y bombardeo en Noruega, Anders Behring Breivik, copió de Theodore Kaczynski, el “Unabomber”, gran parte del manifiesto que circula en Internet en el que describe la ideología que aparentemente lo llevó a matar a 85 jóvenes en la isla de Utøya y a 7 más con una bomba en un edificio gubernamental en Oslo.
En su manifiesto de 1,500 páginas y de cerca de 9 años de preparación, 2083 A European Declaration of Independence, Breivik, miembro también de una logia masónica, describe su acto planeado como “cruel, pero necesario” y llama a la violencia contra los musulmanes y marxistas.
El sitio Documet.no, en el que Breivik publicó sus textos, hizo notar que el noruego copió partes del manifesto del “Unabomber” para el suyo propio, reemplazando los términos “izquierda” e “izquierdista” por “multiculturalismo” y “comunismo cultural”. Pero Breivik es cuidadoso al citar sus fuentes: jamás menciona a Kaczynski.
Kaczynski, un terrorista estadounidense sentenciado a cadena perpetua por enviar bombas por vía postal a universidades y aerolíneas, participó en los experimentos del programa de control mental  de la CIA MK-ULTRA en la Universidad ee Harvard, en los cuales  se administró LSD (esto ha sido dado a conocer oficialmente con anterioridad).
¿Es Anders Behring Breivik parte de un programa de control mental, una especie de, digamos, asesino programado? No podemos afirmarlo con certeza, pero como hemos documentado aquí, existen sospechas razonables de que Breivik pudo haber sido manipulado y hasta “creado” para realizar este abyecto ataque en la isla  de Utøya, donde un día antes se había realizado una reunión pro Palestina. Aunque claramente existen psicópatas capaces de realizar un acto de esta magnitud, también es altamente posible que los medios y los gobiernos manipulan la información para seguir una agenda velada. No es la primera vez que esto pasa y la realidad es que quien practique la antigua duda socrática hoy en día no puede más que verse forzado a investigar por su propia cuenta —más allá de la propaganda habitual del mainstream media.
En tanto que el asesino estará declarando ante la corte en los siguientes días, algunos medios ya reportan que la antigua calma que reinaba en Noruega, donde los políticos podían transportarse sin escoltas de seguridad, ha sido perturbada y de ahora en adelante tendrán que ejercer medidas más estrictas de vigilancia.
[Red Ice Creations]

http://pijamasurf.com/2011/07/autor-de-la-masacre-en-noruega-copio-maifiesto-del-unabomber-parte-de-experimentos-de-control-mental-de-la-cia/

 

Theodore Kaczynski

Origem: Wikipédia,
Theodore John Kaczynski
Nascimento22 de Maio de 1942
Chicago (Estados Unidos)
Ocupaçãomatemático, escritor, ativista anticivilização
Theodore John Kaczynski (Chicago, 22 de Maio de 1942), mais conhecido como Unabomber, é um matemático norte-americano, escritor e ativista político, condenado a prisão perpétua na sequência de uma série de atentados à bomba.
Kaczynski nasceu em Chicago, Illinois, onde, como uma criança prodígio intelectual, se destacou academicamente desde tenra idade. Kaczynski foi aceito em Harvard University, com a idade de 16, onde obteve uma licenciatura, e mais tarde ganhou um PhD em Matemática pela Universidade de Michigan. Ele se tornou professor assistente na Universidade da Califórnia, em Berkeley aos 25 anos, mas renunciou dois anos depois.
Em 1971, mudou-se para uma cabana isolada, sem eletricidade ou água corrente, em Lincoln, Montana, onde viveu como um eremita ao aprender habilidades de sobrevivência em uma tentativa de se tornar auto-suficiente. Ele decidiu iniciar uma campanha de bombardeio, vindo depois a assistir o deserto em torno de sua casa ser destruído pelo desenvolvimento.
De 1978 a 1995, Kaczynski enviou 16 bombas a alvos, incluindo renomados cientistas, universidades e companhias aéreas, matando três pessoas e ferindo 23. Kaczynski enviou uma carta ao The New York Times em 24 de abril de 1995 e prometeu "a desistir de terrorismo" se o Times ou o Washington Post publicasse seu manifesto. Na sua Sociedade Industrial e o seu Futuro (também chamado de "Manifesto Unabomber"), ele argumentou que seus atentados foram extreos, mas necessários para atrair a atenção para a erosão da liberdade humana exigido pelas tecnologias modernas que exigem organização em larga escala.
Antes da identidade Kaczynski ser conhecida, o FBI usou o título "UNABOM" para se referir ao seu caso, o que resultou na mídia chamando-o Unabomber. Apesar dos esforços do FBI, ele não foi preso como resultado desta investigação. Em vez disso, a mulher de seu irmão e seu irmão reconheceram o estilo de Kaczynski de escrever as crenças do manifesto, e avisou o FBI. Advogados de Kaczynski foram nomeados pelo tribunal, mas ele acabou demitido porque eles queriam alegar insanidade para evitar a pena de morte, apesar de que Kaczynski não acreditava que ele era louco. Quando se tornou claro que seu julgamento pendente implicaria a exposição na televisão nacional para Kaczynski, o tribunal entrou em um acordo de confissão, sob a qual ele se declarou culpado e foi sentenciado à prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional. Theodore Kaczynski foi designado um "terrorista doméstico" pelo FBI. Alguns autores anarquistas, como John Zerzan e John Moore, vieram em sua defesa, mantendo algumas reservas sobre suas ações e idéias.
Seus alvos eram maioritariamente cientistas informáticos, geneticistas e outros tecnocratas renomados, também referidos, por entre aqueles que partilham a linha política do Unabomber, como sendo os "arquitetos da Nova Ordem Mundial".

Índice

Bibliografia

Unabomber

 Livros

  • A Sociedade Industrial e o seu Futuro
  • A Estrada Para a Revolução

Ensaios

  • Sem nome
  • Atinja Onde Dói
  • Navio de Tolos
  • Quando a Não-violência Não é Solução

Ver também

Ligações externas


http://pt.wikipedia.org/wiki/Theodore_Kaczynski

___________________________



MANIFESTO DE UNABOMBER
A Sociedade Industrial e o seu Futuro
http://www.sindominio.net/ecotopia/textos/unabomber.html


publicado por conspiratio às 00:21
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CAUSAS DO CAOS BRASILEIRO...

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. UM POUCO SOBRE ABDUÇÃO E ...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. BLOSSOM GOODCHILD E A NAV...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. CONTRA A CAMPANHA CONTRA ...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. VOAR É COM OS PÁSSAROS?

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. AGENDAS DE DOMINAÇÃO GLOB...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. 3 elites globalistas(6)

. a corporação(9)

. acobertamento(13)

. agenda illuminati(13)

. alex jones(8)

. amor(20)

. animais(29)

. arqueologia proibida(4)

. atenção(7)

. auto-realização(33)

. autoritarismo(7)

. bancos terroristas(8)

. benjamin fulford(5)

. bíblia(7)

. big pharma(12)

. bilderberg(8)

. budismo(24)

. calar a democracia(5)

. censura da internet(15)

. cérebro(22)

. codex alimentarius(15)

. comunismo(13)

. concentração(14)

. consciência(7)

. conspiração(94)

. conspiração antidemocrática(6)

. conspiração financeira(11)

. controle da informação(17)

. controle da internet(22)

. cura(25)

. daskalos(7)

. david icke(9)

. denúncia(10)

. depopulação(6)

. despopulação(8)

. deus(10)

. ditadura(14)

. ditadura através da mentira(6)

. ditadura através da saúde(11)

. documentários ufológicos(7)

. ecologia(35)

. educação(7)

. ego(25)

. engenharia social(9)

. ensonhar(11)

. eqm (experiência de quase-morte)(12)

. extraterrestre interferência(11)

. filosofia(6)

. globalistas(5)

. goldsmith(8)

. google(9)

. governo oculto(31)

. gripe suína(8)

. história(17)

. história da nom(5)

. illuminati(54)

. integração(9)

. internautas conheçam seu poder(6)

. internet censura(11)

. intraterrestres(8)

. jesus(8)

. krishnamurti(13)

. lei cala-boca da internet(5)

. liberdade(8)

. livre-arbítrio(6)

. manipulação da informação(13)

. manipulação da mente(8)

. manipulação das massas(8)

. medicina natural(10)

. mentecorpo(5)

. microchip(7)

. milton cooper(7)

. monsanto(6)

. movimento revolucionário(9)

. neurociência(20)

. nom(43)

. nova ordem mundial(83)

. obama(7)

. olavo de carvalho(31)

. poder da internet(5)

. poder da mente(97)

. poder das farmacêuticas(5)

. política(16)

. predadores da humanidade(16)

. problema-reação-soluçao p-r-s(7)

. profecias(9)

. project camelot(11)

. psicanálise(5)

. pt(9)

. rauni kilde(6)

. realidade(7)

. rockefeller(7)

. saúde(19)

. sonho lúcido(22)

. totalitarismo(9)

. totalitarismo global(9)

. ufo(46)

. universo(16)

. vida(31)

. xamanismo(15)

. todas as tags

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.links

.links

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO