Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

UM EXÉRCITO PARA CONTROLAR O MUNDO

 
 

Bem, aí vai um trecho do livro de Daniel Estulim :

http://www.4shared.com/get/CpsG46BT/A_Verdadeira_Historia_do_Clube.html



Como nota final, 200 membros da Comissão Trilateral tiveram um encontro de vários dias de duração, no fim de março de 1993, em Washington, no qual discutiram e acordaram a criação de um Novo Exército Mundial e a soberania das Nações Unidas nas decisões políticas de imigração dos Estados individuais. Durante a noite de 28 de março, seus representantes jantaram com funcionários chaves do Governo Americano e apresentaram suas «recomendações». No dia seguinte, fizeram o mesmo em um café da manhã com o Bill Clinton, segundo uma informação publicada pela excelente página de Toronto, New World Order Intelligence Upd ate. [40] Este encontro chave aplainou o caminho à Cúpula do Milênio das Nações Unidas que teve lugar em setembro do ano 2000 e que (surpreendentemente) apenas recebeu a atenção dos meios de comunicação.


Uma das propostas mais sinistras, que jamais se fez, é a de estabelecer um exército permanente da ONU, instalações para suas tropas e a criação de uma Unidade de Inteligência completamente operativa. Apesar de que os meios de comunicação de massas não se ecoaram disso, segundo o artigo do Richard Greaves, «Who really runs the world?», a proposta demandava suficiente capacidade militar «para derrubar qualquer Governo nacional que não tratasse a seu povo em conformidade com os critérios da ONU sobre Direitos Humanos e Justiça Social».

 «Direitos humanos» e «Justiça Social» são as palavras chaves que os globalizadores usam para referir-se ao recorte de liberdades individuais e ao maior controle que deveriam exercer as Nações Unidas. Nenhuma nação será capaz de trabalhar por conta própria, nem ser independente, porque a independência será vendida às massas como a incapacidade de um governo «para tratar a seu povo em conformidade com os critérios da ONU». Esta lógica não é nenhum oximóron. Quando uma nação resistir à agressão da ONU e sua pretensão de roubar a liberdade e a independência em nome do Governo Global, a ONU lhe imporá umas sanções atrozes para vencer a resistência. As sanções tomarão a forma de retirada de créditos, fornecimentos, < em>status de comércio preferenciais e demais. Como resultado direto dos castigos impostos pela ONU, as dificuldades sofridas pelos cidadãos aumentarão, como no caso de Kosovo em 1999. Então, o poder global arremeterá sem piedade contra aqueles que não queiram passar pelo aro, como já passaram: Iraque, Afeganistão; Yugoslavia e outros. A ONU intervirá em nome de uma «missão humanitária», através da OTAN, ou a força de reação européia, num esforço para eliminar todo vestígio de resistência. Este plano, elaborado pelo Clube, foi posto em prática em 1999 quando a OTAN declarou que tinha o direito de intervir sobre Kosovo, porque a comunidade internacional «achava» que o Estado iugoslavo não respeitava os Direitos humanos. Os membros do Clube Bilderberg levam muito tempo pedindo que a ONU desempenhe um maior papel militar, com a esperança de convertê-lo em um Po licial Global, conforme nos explica Jim Tucker em um artigo da revista Spotlight.[41]


Os membros do Clube Bilderberg planejam usar, como passo intermediário, a ONU como Polícia Global com o propósito de erodir ainda mais a independência e a soberania nacional na Europa. No portal da Internet www.european-defence.co.uk, explicam-se as linhas gerais do projeto. Esta propaganda promocional diz que é de fundamental importância para os globalizadores que Áustria, Suíça, Finlândia e Irlanda acessem a participar da força da União Européia, porque isso lhes permitirá adquirir um status maior ao de observador da VE ou membros da Sociedad e para a Paz da OTAN, sem comprometer-se completamente com a defesa coletiva e pôr em perigo seu status neutro.


Em segundo lugar, sua participação cria um marco, que mais tarde será utilizado, para aprovar seus emaranhados acordos com o deliberado propósito de evitar o debate público. Trata-se, uma vez mais, de outro passo para o Governo Mundial Único. A Áustria destinou 2.000 soldados para «Missões de Paz» da ONU; Finlândia, 2.000; Suécia, 1.500; e Irlanda, 1.000. [42]


Acredito que é apropriado acabar este capítulo dedicado a descrever a Comissão Trilateral e seu abraço mortal sobre o mundo e a visão sinistra da globalização do David Rockefeller com a seguinte citação do clérigo do século XIX, Edwin H. Chapin: «Nenhum exército e nenhuma nação fez avançar à raça; mas aqui e lá, no transcurso do tempo, sempre houve um indivíduo que se levantasse e projetasse sua sombra sobre o mundo.»

 

 

publicado por conspiratio às 00:18
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 24 de Outubro de 2010

A NOVA ORDEM MUNDIAL E O SOCIALISMO

 
 

 


 A NOM tem agendas diversificadas, adaptáveis às múltiplas circunstâncias e momentos, no entanto convergentes para os seus objetivos finais. Acho possível que 1 plano B para a América Latina seja centralizar os poderes preenchendo os cargos de presidente com ditadores mais ao nosso estilo.

Acho que precisamos aproveitar a Internet para cruzar informações, porque fragmentadas e dispersas perdem o sentido e a força. Essa do pré-sal é uma. Parece que petróleo para os Illuminati é como lixo para as moscas... Eles sentem o cheiro de longe e vêm correndo.


Bem, aí vai um trecho do livro "A VERDADEIRA HISTÓRIA DO CLUBE BILDERBERG" de Daniel Estulin, que expõe alguns dados sobre a ligação da NOM com o socialismo:


http://www.4shared.com/get/CpsG46BT/A_Verdadeira_Historia_do_Clube.html



Comissão Trilateral, uma organização particularmente sofisticada


«Como se explica a sutil interdependência que mantém o Norte industrial com o Terceiro Mundo?», pergunta Holly Sldar. [10] Em 1991, o economista Doug Henwood, colaborador da importante publicação americana The Nation, disse em Left Business Observer, um boletim informativo fundado por ele em 1986: «Cada membro da tríada reuniu sob seu seio um punhado de países pobres que lhe proporciona mão de obra barata, assentamentos e minas para explorar: os Estados Unidos tem a América Latina; o CE, a África e a Europa do sul e do este; e Japão, ao sudeste da Ásia. Em alguns poucos casos, dois membros de tríadas diferentes comparti lham um país: Taiwan e Singapura estão divididos entre o Japão e Estados Unidos; Argentina, entre os Estados Unidos e a Comunidade Européia; Malásia, entre a Comunidade Européia e o Japão; e a Índia, entre os três...»

Will Banyon acrescenta, no periódico de investigação australiano Nexus, que «a estratégia do Rockefeller também revela algo fundamental a respeito da riqueza e do poder: não importa quanto dinheiro se tenha; o poder real de uma grande fortuna não sai à luz até que se empregue para seqüestrar e controlar às organizações, ou às pessoas, que produzem as políticas e as idéias que guiam aos governos». [11]


David Rockefeller, presidente do Chase Manhattan Bank, escreveu em 20 de agosto de 1980 uma carta ao editor do New York Time explicando que «a Comissão Trilateral é, em realidade, um grupo de cidadãos responsáveis, interessados em gerar uma mais ampla compreensão e colaboração entre aliados internacionais».


 



O leitor terá outra impressão, entretanto, ao ler as palavras do senador dos Estados Unidos, Barry Goldwater, sensivelmente menos eufemísticas. Em seu livro, With No Apologies, qualificou à Comissão Trilateral da última conspiração internacional de David Rockefeller, e acrescentou: «Seu objetivo é consolidar, em nível multinacional, os interesses comerciais e financistas das grandes empresas através do controle da política do Governo dos Estados Unidos.»

(...)
O fato de que Jimmy Carter fosse eleito presidente a dedo ilustra, magnificamente, o grande poder que possui o Clube Bilderberg, a Comissão Trilateral e o CFR, desconhecidos para a maior parte do mundo. Estes grupos de poder, super-secretos e estreitamente vinculados, podem colocar ou defenestrar a qualquer presidente, ou candidato à presidência. Não surpreende, pois, que cada um dos presidentes e candidatos à presidência «pertençam» às sociedades secretas que os promoveram. Eles construíram a figura do Jimmy Carter (da mesma forma que fizeram à Ford, Mitterrand, Felipe González, Clinton, Karzai, etc) e abortaram as pretensões de chegar à presidência do senador Barry Goldwater, um confesso caluniador da globaliza ção, da mesma forma que arremeteram contra Margaret Thatcher. Tanto John Kerry como George W. Bush pertencem à mesma combinação de associações: o CFR e o Clube Bilderberg. Realmente não importa quem ganhe. O verdadeiro poder sempre segue em mãos dos globalizadores, aos quais os guia uma só missão chamada Governo Único Mundial.



Não deveria nos surpreender, à luz de toda a evidência que mostramos até o momento neste livro, que desde sua fundação essa tríada globalizadora chamada Comissão Trilateral esteve trabalhando para ver o final da soberania dos Estados Unidos. A seguinte seleção de entrevistas do Between Two Ages mostra a cerca do pensamento do Brzezinski a respeito do fundador do CFR, o marxista Edward Mandell House.



Na página 72, Brzezinski escreve: «O marxismo é simultaneamente uma vitória do homem ativo sobre o homem passivo, da razão sobre a crença.» Na página 83 afirma: «O marxismo, espalhado a nível popular em forma de comunismo, representa o maior avanço na habilidade do homem para conceptualizar sua relação com o mundo.» E na página 123 encontramos: «O marxismo proporciona a melhor compreensão da realidade contemporânea.»



Na primeira parte de seu livro, The Insiders: 1979 The Carter Years, John McManus do The John Birch Society (uma organização dedicada a restaurar e preservar a liberdade que propugna a constituição dos Estados Unidos) escreve: «Em nenhum lugar diz o senhor Brzezinski à seus leitores que o marxismo "em forma de comunismo", o qual ele elogia, foi responsável pelo assassinato de, aproximadamente, 100 milhões de seres humanos, durante o século XX, da escravidão de um bilhão mais e da necessidade, privação e desespero de todos seus cidadãos, à exceção de uns poucos criminosos que dirigiram as nações comunistas.» [14]

A completa convergência entre os planos da Comissão Trilateral e da administração do presidente Carter para pôr fim à soberania dos Estados Unidos fica ainda mais clara no seguinte conjunto de citações incriminatórias.

 



Na página 260 do livro do Brzezinski, seu autor propõe: «A direção deliberada do futuro dos Estados Unidos […] com o […] planejador como legislador e manipulador social chave.» Quer dizer, o monopólio e o controle de massas, práticas habituais da família Rockefeller. John D. Rockefeller, o pai do David, odiava a competência. Ensinou que a única competência que valia a pena ter era aquela em que você controla as duas partes da equação. Desde aí o amor do John e David pelo monopólio globalizador como, por exemplo, os planos do Rockefeller de que a CT unisse aos blocos econômicos d a Comunidade Européia, o norte e o sul da América e da Ásia sob o guarda-chuva de um governo mundial controlado por Rockefeller e companhia.

(...)


De fato, embora os paralelismos entre os Rockefeller e os soviets há muito que foram suprimidos, o segredo maior de todos, que o financiamento da revolução bolchevique procedeu dos super-capitais americanos, segue enterrado porque a família Rockefeller, através de suas organizações, a CRF, a CT, o Clube Bilderberg, etc, possuem os principais meios de comunicação e empresas editoriais dos Estados Unidos. O doutor Anthony Sutton, em Wall Street and the Bolshevik Revolution, explica: «Não se tem escrito virtualmente nada a respeito da estreita relação que tiveram, n o século passado, os Rockefeller com seus supostos arquiinimigos, os comunistas. Existiu uma aliança contínua, embora escondida, entre os capitalistas e os revolucionários socialistas por seu mútuo benefício.» [16] Sutton efetua um trabalho muito destacável, documentando a insidiosa traição da elite americana dos arquimilionários, entre os que se encontravam John D. Rockefeller e os banqueiros da Wall Street, ao financiar a Revolução e ao Governo mais brutal de todos os tempos. Se alguma vez se perguntou por que os mais ricos desejaram ter relações com o comunismo, aqui está a resposta que procuravam. Gary Alien; em O expediente Rockefeller, ecoa se dos descobrimentos e sentimentos do Sutton, quem afirma: «e o mais surpreendente é a quantidade de provas públicas que já existe a respeito.»


Por que multimilionários como os Rockefeller financiam e colaboram com uns comunistas e marxistas que juraram publicamente acabar com eles?; pergunta-se o jornalista de investigação Gary Alien em seu já citado livro. As vantagens dos comunistas são óbvias. Mas, que benefício tiraria o Ocidente, o caudilho do capitalismo e da liberdade, de tudo isso?


A palavra mágica é monopólio, «um monopólio que abrange tudo, não só o controle do governo, o sistema monetário e todas as propriedades, mas também um monopólio que, como as empresas que emula, se autoperpetua e é eterno». [17]


Gary Alien segue falando da existência «de evidentes influências» detrás dos comunistas quando diz: «Enquanto que o objetivo do J. P. Morgan era o monopólio e o controle da indústria, a finais do século XIX, J. D. Rockefeller, a alma mater do Wall Street, entendeu que a melhor maneira de conseguir um monopólio inamovível era pela via geopolítica; fazer com que a sociedade trabalhasse em favor dos monopolistas com a desculpa do interesse público.»

Frederick C. Howe explica em Confessions of a Monopolist (1906) como funciona a estratégia na prática: «Estas são as regras dos grandes negócios: consiga um monopólio e faça com que a sociedade trabalhe para você. Enquanto acreditarmos que os revolucionários e os capitalistas internacionais estão à grenha, deixaremos de ver um ponto crucial [...] a associação entre o capitalismo monopolista internacional e o socialismo revolucionário para seu mútuo benefício.»


 



O plano Marburg
O plano Marburg ─ o diabólico plano dos bancos para controlar entre bastidores o socialismo internacional ─, desenvolvido no início do século XX, foi financiado pelo Andrew Carnegie, da Fundação Carnegie, hoje sob controle do Clube Bilderberg. Estes financeiros internacionais, apolíticos e amorais, conforme explica o doutor Anthony Sutton em Wall Street and the Bolshevik Revolution, «procuravam negociadores que pudessem explorar monopolisticamente sem medo da competênc ia». [18] Sutton não deixa pedra por remover quando afirma que em 1917 os banqueiros puseram seu olhar sobre a Rússia, seu «mercado cativo de eleição».


O objetivo do plano, escreve Jennings C. Wise em Woodrow Wilson: Disciple or Revolution, era unificar aos «financistas e socialistas internacionais em um movimento que desse lugar à fundação de uma liga [a Liga das Nações, a precursora da ONU] para reforçar a paz [...] e controlar as organizações governamentais [e assim] achar um remédio para todas as enfermidades políticas da humanidade». [19] Isto coincide com as palavras do Zbigniew Brzezinski: «A direção deliberada do futuro dos Estados Unidos [...] com o [...] planejador, como legislador e manipulador social chave.» Quantos milhões morreram no processo? A palavra chave é monopólio. Pense simplesmente na antiga União Soviética, onde o estado cont rolava e fiscalizava tudo. Como planejadores sociais, os soviéticos tinham apenas problemas trabalhistas, já que a legislação social estava controlada pelo estado central. Isso é exatamente o que Rockefeller, e por extensão seu cão mulherengo Brzezinski, anseiam.


Não é demais dizer que, para «garantir a paz» se necessita o pre-requisito da guerra. (Agora já sabe por que os globalizadores necessitavam da Revolução Russa.) Como explica o doutor Sutton, «Rússia era então, e é agora, sem explorar, o maior mercado do mundo.

A Rússia então, a partir deste momento, constituía a ameaça potencial mais importante para a primazia industrial e financeira americana. Wall Street teria calafrios quando a Rússia fosse o segundo gigante industrial mundial. Mas, por que permitir que a Rússia se converta em um competidor e ponha em perigo a supremacia americana? No final do século XIX, Morgan, Rockefeller e Guggenheim já tinham demonstrado sua preferência pelo monopolismo. Em Railroads and Regulation 1877/1916, Gabriel Kolko demonstrou que eram os proprietários da ferrovia, e não os granjeiros, que queriam que o estado controlasse a ferrovia com a intenção de preservar seu monopólio e acabar com a competência. Assim q ue a explicação mais simples com nossos dados é que tudo foi obra de um sindicato de financistas de Wall Street, que decidiram ampliar suas ambições monopolistas em escala global. O gigantesco mercado russo tinha que se converter em um mercado cativo e numa colônia a explorar por uns poucos financistas americanos e pelas empresas sob seu controle. O que não podiam conseguir a Comissão Interestadual do Comércio e a Comissão Federal do Comércio nos Estados Unidos, podia obtê-lo um governo socialista no estrangeiro, com o apoio e os incentivos de Wall Street e Washington D.C».


A Revolução Russa


Segundo um testemunho do Congresso dos Estados Unidos de outubro de 1919 [20] o apoio financeiro do John D. Rockefeller (à Lenin e Trotsky) provocou a (fracassada) Revolução Comunista de 1905. A biografia do Rockefeller omite um detalhe «insignificante», isto é, a afirmação feita em público por parte do banqueiro investidor da família Rockefeller e presidente da empresa de investimentos de Nova Iorque, Kuhn, Loeb & CO, o jesuíta Jacob Schiff, também fundador da Reserva Federal, de que sem sua influência financeira a revolução russa nunca teria êxito. Quer dizer, segundo os documentos do Congresso do doutor Sutton, na primavera de 1917, Jacob Schiff começou a financiar ao Trotsky com o propósito de que prosperasse a Revolução Socialista na Rússia. A maneira em que Sutton descobriu esses incríveis documentos é realmente surpreendente! Esses preciosos documentos se encontraram em um expediente a mais do Departamento de Estado dos Estados Unidos (861.00/5339). O documento mais importante data de 13 de novembro de 1918. Entretanto, o que é mais incrível ainda é o fato de que em privado Schiff estava contra o apoio ao Regime Bolchevique, como se demonstrou, e de novo, documentos reservados, descobertos pelo doutor Sutton (como o Documento nº 3), demonstram que Jacob Schiff, do Kuhn, Loeb e Company, também tinha financiado secretamente aos japoneses em sua guerra contra a Rússia.


Outro fato omitido é que o emissário pessoal do John D. Rockefeller, George Kennan, passou vinte anos promovendo a atividade revolucionária contra o czar da Rússia segundo o livro Rape of the Constitution: Death of Freedom de Gyeorgos C. Hatonn. Quem financiou ao Kelman e por que? A que custo? Além do desejo de criar um monopólio globalizador tinha, John D. Rockefeller, alguma razão pessoal para desejar a queda do czar e apoiar a revolução? Depois, Rockefeller já não era nenhum adolescente idealista.


A resposta segue hoje tão atual como há cem anos: pelo petróleo! Antes da Revolução Bolchevique, a Rússia sucedeu aos Estados Unidos como o maior produtor de petróleo do mundo. [21] Em 1900, os campos de azeite de Bakú, na Rússia, produziam mais petróleo cru que todo os Estados Unidos e em 1902 mais da metade das extrações mundiais eram russas.


O caos e a destruição da revolução destruíram a indústria petrolífera russa. Em seu livro, Wall Street and the Bolshevik Revolution, o doutor Sutton escreve: «Por volta de 1922 a metade dos poços estavam parados» [22] e a outra metade apenas funcionava devido a falta de tecnologia para fazer os produtos.


A outra razão, que tampouco se menciona na biografia de Rockefeller, é a concorrência. Como afirma Gary Alien, «a revolução eliminou durante vários anos a concorrência russa de Standard Oil nos quais a empresa americana pôde mover as peças e fazer-se com parte do negócio do petróleo russo».



Movendo as peças do tabuleiro


Quando a revolução de 1905 fracassou, os banqueiros reagiram. Em seu livro, Rape of the Constitution; Death of Freedom, Gyeorgos C. Hatonn explica como «Lenin foi "armazenado" na Suíça até 1907 [fora de perigo]. Trotsky foi levado aos Estados Unidos, onde viveu sem pagar aluguel em uma propriedade da Standard Oil em Bayonne, Nova Jersey» [24] Como anedota, o doutor Anthony Sutton explica em Wall Street and the Bolshevik Revolution que Leon Trotsky visitou a Espanha depois de ser expulso da França, em setembro de 1916, por escrever artigos «incendiários» em um periódico parisino escrito em russo. Foi, segundo Sutton, «escoltado educadamente até a fronteira espanhola». Alguns dias depois, a polícia de Madrid deteve-o para interná-lo em uma «cela de primeira classe» a um preço de uma peseta e meia ao dia. Depois, Trotsky foi transladado ao Cádiz e depois à Barcelona, «onde finalmente subiu a bordo do Montserrat, um vapor da Companhia Transatlântica Espanhola. Trotsky e sua família cruzaram o Atlântico e desembarcaram em Nova Iorque em 13 de janeiro de 1917.


Quando o czar abdicou em 1916, Trotsky ─ com dez mil dólares de Rockefeller para gastos de viagem ─ foi conduzido ao Kristianiafiord (deixou Nova Iorque em 26 de março de 1917) com trezentos revolucionários comunistas de Nova Iorque. De onde tirou Trotsky seu passaporte? Quem o pagou? Quem lhe arrumou o trâmite e por que? Foi o mesmo Rockefeller quem conseguiu um passaporte especial para o Trotsky através de Woodrow Wilson, o presidente dos Estados Unidos, e enviou Lincoln Steffens, um comunista americano a serviço de Rockefeller, «co m ele para assegurar-se de que retornaria são e salvo à Rússia». [25]

Segundo arquivos desclassificados do Governo canadense, em 13 de abril de 1917, quando o navio se deteve no Halifax, funcionários do Serviço Secreto canadense e pessoal da marinha britânica levaram imediatamente ao Trotsky (sob instruções oficiais recebidas por cabograma de Londres em 29 de março de 1917) para confiná-lo em Amherst, Nova Escócia, como prisioneiro de guerra alemão. O cabograma advertia da presença de Trotsky em «Kristianiafjord [dizendo que deveria ser] retido à espera de mais instruções, [já que] esses socialistas russos viajam com o propósito de começar uma revolução contra o atual governo russo, em razão do qual, Trotsky levava consigo 10.000 dólares doados pelos socialistas».

Mas por que foi detido? «Porque o serviço secreto fora informado que Trotsky tiraria a Rússia da guerra, liberando assim aos exércitos alemães para atacar às tropas (...) da frente ocidental», matiza Eustace Mullins. [26]


O que aconteceu depois, assemelha-se ao clima político atual no erroneamente chamado o «Canadá Livre». Como no Canadá de hoje ─ a influência dos Rockefeller está atrás dos movimentos separatistas de Quebec, os políticos de então estavam sob a influência da família Rockefeller.


Gyeorgos C. Hatonn no já citado livro Rape of the Constitution; Death of Freedom explica: «O primeiro-ministro Lloyd George enviou ordens urgentes, por cabo, de Londres ao Serviço Secreto canadense para que liberassem imediatamente ao Trotsky, mas aquele fez caso omisso. Trotsky foi finalmente liberado graças à intervenção de um dos escravos mais fiéis ao Rockefeller, o ministro canadense Mackenzie King, um antigo "especialista em laborismo" dos Rockefeller. King obteve pessoalmente a liberação de Trotsky e destacou-o como emissário dos Rockefeller com a missão de ganhar a Revolução Bolchevique. Portanto, o doutor Annand Hammer, que proclamava em voz alta sua influência na Rússia, como am igo do Lenin, teve um papel insignificante, em comparação com o respaldo que deu Rockefeller ao comunismo mundial.»


Por que o implacável John D. Rockefeller apoiou ao Trotsky? Porque Trotsky, o revolucionário bolchevique, como John D. e o resto de sua família advogava pela «revolução e pela ditadura mundial, por sua uniformidade ideológica e seu compromisso com o internacionalismo liberal. Os bolcheviques e os banqueiros, então, têm algo em comum: o internacionalismo», explica uma e outra vez Anthony Sutton. Tanto Alien como o doutor Sutton chegam a mesma conclusão: a revolução e as finanças internacionais têm os mesmos objetivos comuns: a erradicação dos poderes descentralizados, muito mais difíceis de controlar, e o estabelecimento de um Governo Mundial Único, um monopólio do poder que se perpetue no tempo.
< /span>


Graças ao heróico trabalho das outras impressionantes obra do doutor Sutton, as provas da implicação dos Rockefeller na «organização, patrocínio e apoio à revolução bolchevique são tão inumeráveis e avassaladoras que simplesmente não admitem discussão». [27]

Possivelmente, poderia resumir o grau de crueldade com um exemplo: «Para os Rockefeller o socialismo não é um sistema para redistribuir a riqueza (e muito menos para redistribuir sua própria riqueza), senão um sistema para controlar às pessoas e à concorrência. O socialismo, põe todo o poder nas mãos do governo. E como os Rockefeller controlam os governos, isso significa que eles têm o controle. de fato, mesmo que você não saiba, não significa que eles não saibam!» [28] Como curiosidade, Trotsky se casaria depois com a filha de um dos banqueiros mais ricos, Livotovsky, quem também respaldou a Revolução Bolchevique.



 


Tecnologia americana nas mãos dos comunistas


Em 1926, a Standard Oil de Nova Iorque, do Rockefeller, e sua subsidiária, a Vacuum Oil Company, através do Chase National Bank, [29] «fechou um acordo para vender petróleo soviético nos países europeus». [30] Nesse momento se informou que John D. Rockefeller fazia um empréstimo aos bolcheviques de 75 milhões de dólares, «parte do preço do acordo». Como resultado do trato, diz Alien, «em 1927, o sócio secreto da Rússia, a Standard Oil de Nova Iorque, construiu uma refinaria de petróleo na Rússia». Portanto, John D. Rockefeller, conclui o autor, o caudilho do capitalismo, ajudou «à recuperação da economia bolchevique». O Governo dos Estados Unidos não reconheceu oficialmente ao Estado soviético até 1933. Como é possível que cidadãos privados, por mais ricos e influentes que sejam, tenham colaborado com o regime soviético assassino, quando isso ia, explicitamente, contra da lei, segundo o Congresso dos Estados Unidos? Além disso, não eram só cidadãos privados os que colaboraram na criação do monopólio soviético, mas sim, mesmo o presidente Wilson aprovou tal colaboração. O doutor Sutton acrescenta em seu livro, «este foi, o primeiro investimento dos Estados Unidos na Rússia da revolução».


Isto é o que o congressista dos Estados Unidos Louis McFadden, presidente do Comitê Bancário da Câmara de Representantes, que se opôs corajosamente aos manipuladores do sistema da Reserva Federal na década de 1920 e 1930, tinha que dizer em um discurso aos congressistas em 10 de junho de 1932: «Abram os livros do Amtorg, a organização comercial do Governo soviético em Nova Iorque; os do Gostorg, o escritório geral da Organização do Comércio Soviético; e os do Banco Estatal da URSS, e se surpreenderão de quanto dinheiro americano saiu do Tesouro dos Estados Unidos em benefício da Rússia. Averíguem que transações se efetuaram entre o Banco Estatal da URSS e o Chase Bank de Nova Iorque (Rockefeller).» Como nota à parte cabe assinalar que a persistente oposição do McFadden à Reserva Federal, uma entidade ilegal que control a o Tesouro dos Estados Unidos, custou-lhe três atentados. Finalmente, morreu em condições ainda não esclarecidas.

Como se sentiria se lhe dissessem que os Estados Unidos financiaram e ajudaram a construir o imponente poder dos soviets, o mesmo estado comunista que assassinou a uns setenta milhões de seus cidadãos? E que o poder na sombra responsável por isso era também a primeira família banqueira dos Estados Unidos que representa os ideais da sociedade capitalista? Que os Estados Unidos transferiram secretamente à Rússia a tecnologia mais sofisticada e cara do momento, para assim criar um inimigo visível, para justificar os novos métodos de coerção e terror; e agora o fazem com a China, as custas de seus próprios compatriotas?

Tristemente, tudo isso forma parte do grande desenho da Nova Ordem Mundial. Para conseguir o Governo Mundial Único, controlado pelos globalizadores, devem unir-se diferentes nações. Para que o público geral aceite inicialmente os «benefícios» do Governo Mundial Único/CE, deve vender a idéia de que tal união tem vantagens e benefícios, como que o bloco de comércio livre não suporá uma perda de soberania. O problema é que já hoje perdemos nossa soberania. O CE invadiu todos os aspectos de nossa vida, atando-nos uns tratados desconhecidos, umas leis e umas regulações obscuras, muito difíceis de compreender. O Tratado de Maastricht é muito complexo e para entendê-lo minimamente deve ler-se em conjunçã o com o Tratado de Amsterdam, o Tratado de Roma e a Lei Única Européia. Será que os membros das Cortes tiveram tempo e os conhecimentos necessários para estudá-los? Quantos sabem realmente o que implicam? Como ilustração só direi que no debate parlamentário, que houve na Inglaterra, a respeito dos tratados mencionados (um passo que supunha, nada menos, que subtrair as liberdades aos cidadãos, para transferí-las ao organismo europeu), deu aos membros do Parlamento britânico um resumo de duas páginas de ditos tratados e supõe-se que deveriam tomar uma decisão que se baseasse nesse único material.


 


Como se crê nessa cacarejada igualdade entre nações e simultaneamente se converte aos Estados Unidos em uma província mais da Nova Ordem Mundial? Em primeiro lugar, usando o dinheiro dos contribuintes, o saber tecnológico e, tal como explica Gary Alien, «o equipamento do que só a gente dispõe, para alimentar à concorrência, e ao mesmo tempo, usar todas as matreiras estratégias imagináveis para debilitar e empobrecer a seu país» [31]; ao mesmo tempo, que se fortalece ao inimigo, assusta-se à população dizendo-lhe que a cooperação é necessária porque sem acordos bilaterais o inimigo atacar-nos-á.

Agora já sabe por que, da Revolução Russa ─ que não foi um levantamento espontâneo ─ [32] os defensores da Ordem Mundial defenderam e efetuaram as políticas dirigidas a incrementar o poder da União Soviética. Em essência, a Comissão Trilateral de Rockefeller foi fundada para acelerar a consecução do objetivo globalizador.

O professor Anthony Sutton, o maior perito no estudo da contribuição da tecnologia ocidental à criação do Estado Soviético, oferece uma evidência irrefutável, [33] de que a capacidade industrial e militar soviética plasmada em «caminhões, aviões, petróleo, ferro, petroquímicas, alumínio, ordenadores e demais, foi construída, às custas dos contribuintes americanos, para benefício da União Soviética, o mesmo país que tinha jurado destruir aos Estados Unidos. Tudo com o propósito de fabricar um inimigo e criar a paridade que permitiria, eventualmente, a convergência em um Superestado, conhecido como Governo Mundial Único». Como diz Gary Alien, «ninguém tentou sequer refutar as fortes palavras desse estudioso chamado Sutton ». [34]


Em Wall Street and the Bolshevik Revolution, Surton, afirma: «A tecnologia soviética não existia na realidade. 90-95 % procedia direta, ou indiretamente, dos Estados Unidos e seus aliados.» Quantos bilhões gasta os Estados Unidos para defender-se contra um inimigo fantasma, criado, alimentado e mantido por eles mesmos? Os custos justificam os meios? Supostamente sim! Recorde, a Grande Fusão será controlada pelo mesmo Grupo Bilderberg-CFR-CT que está orquestrando entre os bastidores os blocos regionais e as uniões monetárias «temporários» .

«Embora pareça estranho ─ reflete Surton ─ parece que os Estados Unidos querem que o inimigo continue inimigo.» Sem um inimigo visível e justificável, nenhuma população, apesar da manipulação, cederá voluntariamente seus direitos e liberdades individuais. Sutton oferece milhares de provas documentadas de seus achados. Por exemplo, a Marinha Mercante Soviética, no momento de escrever seu livro, era a maior do mundo, com 6.000 navios. Anthony Sutton declarou em 1972 ante um subcomitê do Partido Republicano para dizer: «Uns dois terços foram inteiramente construídos fora da União Soviética e quatro de cada cinco motores desses navios foram construídos também fora do país.

E continua Sutton, «todos os automóveis, caminhões, [armas, tanques, aviões] e tecnologia soviética procede do Ocidente. A organização Gorki, construída pelas empresas Ford e Austin, produziu a maior parte dos caminhões utilizados para levar o armamento subministrado pelos soviéticos ao Ho Chi Minh. As empresas de automóveis também podem utilizar-se para construir tanques. A mesma organização Gorki, sob o disfarce de um "comércio pacífico", produziu em 1964 o primeiro sistema antitanque guiado. Os soviéticos têm a maior montadora de ferro e aço do mundo. Foi construída pela Corporação McKee. É uma cópia de uma fábrica de aço de Indiana, nos Estados Unidos». [36]


 


Surton sustenta que o governo dos Estados Unidos é responsável direto pelo assassinato de 100.000 soldados americanos, mortos por meio de tecnologia americana, como afirma de maneira cortante: «A única resposta de Washington e da Administração [dos Estados Unidos] é esforçar-se para esconder o escândalo.» [37]

Nada do que digo tem sentido, se acreditarem nas mentiras propagadas pelo poder a respeito dos «malvados» comunistas. A não ser, é óbvio, que o comunismo seja um chamariz necessário, a ferramenta de uma conspiração muito maior para deixar o mundo nas mãos de multimilionários ávidos de poder, então tudo aparece perfeitamente lógico. [38]

Rockefeller, entretanto, não é absolutamente um poder independente. Como explica Eustace Mullins em Murder by Injection: The Medical Conspiracy against America, «os Rockefeller operam sob esferas de influência claramente definidas. As organizações "caridosas", as empresas e os grupos de influência política, trabalham sempre conjuntamente. Nenhum departamento do Grupo toma iniciativas por si mesmo ou formula uma política independente. Não há justificação para isso, porque tudo funciona sob o controle da estrutura financeira mundial, o que significa que, qualquer dia, toda a abundância de uma pessoa ou organização pode ver-se reduzida a zero, mediante uma hábil manipulação financeira. Este é o controle final que assegura que ninguém possa sair da organização. Não só lhe retirariam todos os seus recursos, mas também, entraria imediatamente na lista de um capanga». [39]

O congressista Larry McDonald, em seu prólogo ao livro O expediente Roekefeller, escreveu: «Esta é uma exposição concisa e arrepiante, da que foi certamente a história mais importante de nosso tempo: a idéia dos Rockefeller e seus aliados de criar um Governo Único Mundial que combine o super-capitalismo e o comunismo sob um mesmo teto, tudo sob seu controle [...] os Rockefeller e seus aliados levam ao menos cinqüenta anos seguindo um cuidadoso plano para controlar os Estados Unidos e o resto do mundo; fazendo-se com o poder político através de seu poder econômico.» Em 31 de agosto de 1983, McDonald morreu em um «acidente» a bordo de um avião comercial do Korean Airlines 007 em espaço aéreo soviético. < /p>
__________________________


Zbigniew Brzezinski, former national security advisor, admitted in a video interview that unelected private interests, think tanks and power brokers circumvent the system and write policy as well as manipulate & influence world affairs

 


Posted on January 19th, 2010 by David-Crockett
http://www.oilforimmigration.org/facts/?p=5233
http://www.youtube.com/watch?v=WzX62zhZjf8&feature=player_embedded

 

Olavo de Carvalho- O Brasil perante os conflitos da Nova Ordem Mundial

http://youtu.be/DNGkOCi9Zi8

 

 

 

publicado por conspiratio às 23:45
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010

LIBERDADE NA INTERNET PODE VIABILIZAR DEMOCRACIA?




A Internet pode viabilizar a democracia, se algum espírito de porco (com o perdão dos porcos) não vier a controlá-la?

Algumas informações úteis:

 EDUARDO AZEREDO

http://pt.wikipedia.org/wiki/Eduardo_Azeredo


É autor da "Lei Azeredo", que foi apelidada de AI-5 Digital, pois obrigaria provedores de Internet a monitorar todos dados trafegados pelos cidadãos.
Em 2003, foi autor do Projeto de Lei 1503/03, que foi sancionado como a Lei 10.740/03. A lei fez com que as urnas eletrônicas brasileiras passassem a produzir um arquivo digital, criptografado e assinado digitalmente, chamado Registro Digital do Voto, substituindo o requerimento anterior, da Lei 10.408/02, de que as urnas eletrônicas produzissem uma cópia impressa do voto, para auditoria após as eleições.

Mais em :
http://www.cut.org.br/destaques/20128/democracia-tucana
______________________________


Petição-


http://www2.camara.gov.br/participe/fale-conosco/fale-com-o-deputado?DepValores=526177-PA-M-PP&partidoDeputado=PP&sexoDeputado=M&ufDeputado=PA





Diga NÃO à censura da Internet


PARTIDO PIRATA
http://partidopirata.org/?page_id=8

MEGA NÃO
http://meganao.wordpress.com/

___________________________

Vídeos sobre o direito de comunicar:


DEMOCRACIA : DIREITO DE EXPRESSÃO - MARILENA CHAUI
http://www.youtube.com/watch?v=xexPPsXuaMU


Intervozes - Levante sua voz - by Pedro Ekman


http://www.youtube.com/watch?v=2-TT5Nbbm5k  
http://www.youtube.com/watch?v=gr6qFODxkAA  

_____________________________________

Paulo Henrique Amorim : 3 famílias controlam a mídia no Brasil, mas não a Internet
http://www.youtube.com/watch?v=NwTxjNhGpOM&feature=related
_____________________________
VIGILÂNCIA É O QUE MANTÉM A DEMOCRACIA
Hélio Bicudo 
http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/a/u/0/PivjXsCcXGs

____________________________________
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

publicado por conspiratio às 23:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

WEBBOT, O ROBOT PROFETA DA INTERNET, SONDA NOSSA MENTE COLETIVA PARA FAZER PREVISÕES

Ele capta o que vai no ar, através das palavras que emitimos pela Internet.
E nós: estamos captando ou criando?




Último relatório Webbot: Início da WW3 entre Novembro e Dezembro 2010 !


Numa entrevista da rádio Coast2Coast, os fundadores do webbot, Cliff High e George Ure, revelaram os últimos resultados do relatório do programa que alguns chamam de “o profeta da Internet”, anunciando ,entre outras coisas, a Terceira Guerra Mundial para final de 2011!


Pequena introdução ao conceito de webbot


Web bot é um programa que varre a internet aleatoriamente, a fim de ter uma idéia do inconsciente coletivo. E, portanto, prever os acontecimentos que se aproximam. Começou a ser utilizado nos inícios dos anos 90 para antecipar o fluxo de bolsa. Mas alguns dados relativos a humanidade começaram a surgir. E ao acaso.


Em Junho de 2001, web bot previu que, nos próximos 60 a 90 dias, um evento de tamanha importância iria alterar radicalmente a vida dos americanos. No dia 11 de Setembro, aviões destruíram as Torres Gêmeas e como sabem, muito mais !


Em 2004, Web Bot anuncia enorme terremoto, com devastadoras ondas, e um pesado veredicto de 300 000 vítimas. No entanto, o tsunami devastou as costas do Sudeste Asiático s’abat, em Dezembro de 2004.


Web bot também havia antecipado o “apagão” na costa oeste dos Estados Unidos em 2003 e em 2005 a devastação do furacão Katrina.


Alguns factos apontados pelo WebBot para os próximos meses


As seguintes previsões foram reveladas durante uma entrevista de rádio com Cliff High e George Ure em pessoa.


Guillaume Thuillet, o tradutor oficial do webbot em França, diz que se trata de “possibilidades do futuro”. “O Webbot reflecte em grande parte os medos do povo, os receios que marca o imaginário colectivo. Mas o medo que o evento ocorra não significa necessariamente a sua actualização no mundo real.”


Como é óbvio, não pudemos levar estas previsões à letra, pois o Web bot também já previu muita coisa que não aconteceu, como também não previu muita coisa que aconteceu…


Relatório:


- Não haverá guerra entre Israel e o Irão antes de Novembro de 2010.


- Colapso do dólar em Novembro de 2010.


- Distúrbios sociais relacionados com os preços dos produtos alimentares durante o inverno de 2011.


- Grande Depressão económica e financeira, desencadeada pelo desemprego em massa, falências e um crash bolsista.


- Em Abril de 2011, muitas “perturbações costeiras” (tsunamis, marés mais altas do que o habitual), a situação pode ser preocupante para uma parte da humanidade.


- Em Maio de 2011, as colheitas serão destruídas devido a um desregulamento da magnetosfera (principalmente no hemisfério norte), resultando em distúrbios sociais por causa da fome no inverno e primavera.


Tipping Point emergente: a III Guerra Mundial


Um “Tipping Point” na estrutura linguística que utiliza o Web Bot, define um momento para o qual converge um feixe de dados. Entre esses Tipping Point , existe um que retorna com mais insistência: a III Guerra Mundial .


Cliff High e George Ure revelaram que o Web Bot relatou um “ponto de viragem” em Novembro de 2010 para uma guerra nuclear global, provocada por um erro militar israelita contra o Irão”:


11 de Novembro de 2010 – O webbot adverte contra um grande “ponto de viragem” – A preparação de uma terceira guerra mundial está claramente mencionada!


14 de Dezembro de 2010 – O webbot prevê o lançamento dos primeiros mísseis que desencadearão a Terceira Guerra Mundial


De acordo com Guillaume Thuillet tradutor e especialista francês dos relatórios webbot: “A data do “Tipping Point” está correta. No entanto, trata-se de uma “possibilidade webbot”, não uma previsão ou profecia. O webbot disse isso? Sim. Mas é uma extrapolação de algumas previsões. As informação são exactas mas são possibilidades webbot com base no que as pessoas dizem na internet.”


Segundo Cliff High e George Ure, o webbot relata que uma “Nova Ordem Mundial será implementada por volta do ano 2012, após esta guerra devastadora.”


As previsões não são as melhores, mas como já foi dito, não podemos levar estas informações muito a sério, no entanto, temos de ter em conta que a realidade é criada pela consciência global, e o webbot é uma forma de medir a consciência global,… ora, sabendo que a Internet é composta por toneladas de bits de diversos temas e mesmo assim é o tema “3ª Guerra Mundial” que mais se destaca, é de facto preocupante…
provafinal



http://sobre2012.blogspot.com/2010/10/ultimo-relatorio-webbot-inicio-da-ww3.html
___________________________






Webbots


Projetos de "redes bots" (rede de computadores sob controle de um hacker) prevêem que em 2012 ocorrerá uma catástrofe sem precedentes na história da humanidade, de acordo com informações do Terra Chile.


O Web Bot Project, cujo objetivo inicial era programar um método conhecido como web spidering para navegar na rede, buscando palavras ou números que poderiam relacionar-se e desse modo prever uma alta ou baixa de ações na bolsa de valores, seria capaz de prever também acontecimentos de outros tipos.


Em julho de 2001, o Web Bot Project informou que um fato ocorreria nos Estados Unidos, modificando os rumos da política mundial. Em 11 de setembro do mesmo ano, grupos terroristas derrubaram as Torres Gêmeas de Nova York e atacaram o Pentágono em Washington.


Agora o mesmo Web Bot Project detectou que outro fato de conseqüências devastadoras pode ocorrer em 2012, mas não determina que tipo de acontecimento seria este.




Talvez alguns de vocês já ouviu falar de O Web Bot Project, mas para aqueles de vocês que não têm, é muito intrigante. A Web Bot Project, desenvolvido no final da década de 1990, foi criado para auxiliar na tomada de bolsa previsões. A tecnologia utiliza um sistema de aranhas para rastrear a Internet ea busca por palavras-chave, bem como um motor de busca faz. Quando uma palavra-chave está localizado, o bot programa tira um instantâneo do texto anterior e seguindo a palavra-chave. Esta imagem de texto é enviada para uma localização central, onde é filtrada, em seguida, para definir o sentido.


O conceito é projectos visam a exploração do inconsciente coletivo do universo e é habitantes.Como assim, existe um interessante conceito tempo envolvidos e um invulgar conceito de uma "tipping point" em relação ao passado, actuais e futuros tempos.


Portanto, esta vai um pouco mais profundo do que simplesmente ver o que aqueles de nós na Internet estão a dizer, pessoal.


Em 2001, o bot operadores começaram a notar que o mercado acionário previsões não eram as únicas questões a ser rigorosamente previsto pelo programa e começaram a tomar conhecimento das ocorrências e com a coincidência é ainda mais explorado. Uma das primeiras previsões exactas do programa bot teve lugar em Junho de 2001. Naquela época, o programa prevê que uma vida alterando evento terá lugar nos próximos 60-90 dias. Uma ocorrência de tal proporção que os efeitos seriam sentidas em todo o mundo. O programa é baseado na sua previsão filtrada chatter conteúdo da web que, na minha suponho que você poderia dizer, em última análise, representa o inconsciente coletivo da sociedade.


Lamentavelmente, o programa da predição provou precisas e as Torres Gémeas caíram em 9/11/2001.


Isto é onde ela começa a se tornar interessante. O programa também prevê um bot calamidade mundial a ter lugar no ano 2012. Para aqueles de vocês que estudam astrologia, profecias, e similares, você pode já estar familiarizado com esta data. (Neste ponto, não entendo como alguém poderia não ser. Estou vendo-lo e ouvir sobre isso em todo lugar agora.) Como você pode já saber, os maias são considerados grandes "videntes" por muitos e eles construíram uma sociedade que é centrada em estudos tempo, sincronicidade, e consciência. O calendário Maia prevê que a humanidade vai terminar no ano 2012. Um período que também significa o fim da era atual no calendário maia. Mas antes que você comece hiperventilando, apenas relaxar. Porque isso pode representar um efeitosimbólico muito mais do que um literal final. Uma mudança na consciência, como uma sociedade em uma mudança espiritual idade a partir de uma teoria científica um - um "salto evolucionário", se você - pela humanidade. (Francamente, pessoal... Sobre o seu tempo não lhe dizer?) Muitos derivados semelhantes previsões a partir do I Ching ou da China "Livro das Mutações". O I Ching foi escrito em 2800 aC e até hoje é reverenciado na China.


Um Deputados pelo nome de Terrence McKenna estudou o I Ching intensamente e começou a ver um padrão emergente. A partir desse padrão ele produziu um tempo linha gráfica e chamou-lhe a "Time Wave Zero" teoria. Terrence linha do tempo derivado do I Ching terminou no ano 2012 - 21 de dezembro de 2012 para ser exato. Solstício de inverno.


Mais intrigante é o fato de que muitos sugerem que não há provas científicas que apontam para uma ocorrência muito rara astrológica tendo lugar o ano de 2012. Por milênios, os maias acreditavam na existência de uma fenda escura no centro da galáxia Via Láctea, que considerou fato. Só recentemente que cientistas modernos descobrir que ela realmente existe. Anterior a isso, homem moderno foi cético das antigas sociedades crença. Então, certo castigai-pancadinha no meio da nossa galáxia é um buraco negro. E no ano de 2012, sugere-se que o sol ea terra estará em directo o alinhamento com este buraco negro. Grande coisa? Sim, um bocado. . . talvez. Você vê, os cientistas especulam que mudanças magnéticas poderia ocorrer como um resultado. Na sua essência, é teorizou que poderia inverter os pólos. Os postes foram substituídos antes e Einstein, ele próprio, tinha sugerido este pólo mudando teoria em 1955.


E depois há Merlin. Eu tenho certeza que muitos de vocês já ouviu falar de o mago Merlin. Merlin foi acreditado para ser um xamã celta que muitos de seus dias considerado um "homem louco da floresta." Como resultado, durante os tempos que ele era referida como "Merlin o Selvagem". Mas o que muitos não percebem é que Merlim foi considerado o maior da Europa oráculo ou "vidente". E este "louco homem da floresta" predisse que os planetas vão "correr motim" através das constelações completamente fora das suas vias normais de rotação. Os cientistas especulam que, se isso acontecesse, seria um resultado da mudança é rotação da terra - ou nos pólos mudar. Merlin também previram que a utilização de "pedras falando" vai ter lugar durante este período de arruaceiros. E para aqueles de vocês que já não sabem isso - é a pedra base da nossa tecnologia moderna. Quartzo pedras em particular. Quartz tecnologia é usada em telefones celulares, bem como computadores. Há um pouco de cristal de quartzo em seu celular e do computador que você está lendo este na direita agora. E aquela pequena pedra é o motivo pelo qual você pode recuperar as informações armazenadas em seu computador. Você vê, silicone quartzo armazena informações que podem então ser recuperadas em uma data posterior.


Já ouviu falar dos Maias cristal crânios ou "falar caveiras", como eles foram referidos pelos antigos? O Mayans cobiçadas do cristal crânios que foram esculpidos a partir de cristal de quartzo natural e que custou a crânios falei com eles e deu-lhes informações. Será que eles realmente fizeram? Com base em nosso conhecimento sobre as capacidades de cristal de quartzo e é utiliza para a tecnologia-, parece perfeitamente possível. Hewlett Packard, em 1970, estudaram os crânios e os seus resultados foram surpreendentes (vê-los).


Mesmo uma das mais antigas tribo dos Estados Unidos, o Hopi tribo indígena, acreditavam que o mundo foi criado e destruído quatro vezes anteriormente. O Hopi's acredito que estamos à beira do Quinto Mundo e eles previram que esta ocorrência seria precedido por submersão (subida águas), o sol ficar mais quente (aquecimento global), ea terra ocorrências (furacão's, tornados, enchentes e de massa) . O Hopi's também previram que o mundo neste momento seria Criss-atravessada por uma aranha da web (Internet). Eles acreditavam que o fim do Quarto Mundo seria seguido do início do Quinto Mundo e que a evolução da vida exige violência. Triste, mas é verdade.


E parece que todas essas crenças estão em conformidade com as previsões feitas a partir de um dos maiores livro de profecias jamais escrito - a Bíblia Sagrada - e no Livro do Apocalipse, em particular. A History Channel criou um especial que aborda este tema intitulado: Dia do julgamento de 2012, The End of Days. Além disso, explora o significado desta data, em doomsday antigas profecias, e textos escritos. Se você ainda não viu ainda, check it out (e pensar sobre ele por um tempo.)






Aqui vão mais profecias, dessa vez dos Webbots, falando a respeito dos meses de setembro e outubro de 2008, até 2009. Detalhe para a parte que fala sobre a data em torno de 7 de outubro…


Fontes:
Conversa entre Cliff (quem comanda o Webbot Project) e Jean Rense, no programa de rádio de Rense.
http://www.godlikeproductions.com/forum1/message579087/pg1(21/06/08)
http://www.godlikeproductions.com/forum1/message601811/pg1(02/09/08)


As frases a seguir foram faladas durante a conversa de Cliff e Jean no dia 21 de Julho de 2008.


Cliff disse que 2009 seria o ano das enchentes, assim como 2008 está sendo o ano dos ventos (tornados recorde, etc). Eles (webbots) estão pegando mensagens como ‘pessoas acampando/comendo nos telhados’ e ‘paredes de lama’. As inundações começarão nesse inverno (considerar que inverno no Hemisfério norte é lá pra dezembro), serão persistentes (não-temporárias), e poderão ser relacionadas ao clima. [...]
O tópico então mudou para os eventos circundando 7 de Outubro deste ano (2008). Cliff disse que eles escolheram o horário de 7:10 am UTC (greenwich time) arbitrariamente, mas que isto foi na verdade escolhido em uma janela quando um evento irá ocorrer que terá ramificações à nível mundial. Nós estivemos em um longo, lento período de tensão sendo construída, e que este evento irá mudar o planeta todo para a linguagem de liberação (essa linguagem é a que precede eventos de grande importância). Ele disse que eles sabiam disso à aproximadamente um ano, e que isso será grave. Um número de cenários diferentes poderiam tomar lugar, mas parte disso seria financeiro. Ele disse que depois que eles pegaram aquela data – baseada na versão própria dos Webbots de um calendário lunar – eles descobriram que o Yom Kippur (o Dia do Perdão) será no próximo dia, 8 de Outubro. As quebras financeiras de 1929 e 1987 também aconteceram em um Yom Kippur, que também é marcado pelo calendário Lunar.
A verdadeira má notícia é que o evento inicial será seguido por cinco meses de disfunção. Parece que poderia ser 30% econômico, 30% militar e 30% causado por ‘intrusos de terra (aspectos geológicos e climáticos)’. Cliff disse que se nós tivermos sorte, a parte econômica seria APENAS o total colapso do dólar e/ou o fechamento do comércio global. Jeff perguntou sobre o aspecto militar, e Cliff disse que eles não sabem qual será o fator de precipitação. O aspecto da terra é refletido na expectativa de um grande terremoto em 10-12 de Dezembro, assim como ‘recente inundações de inverno’ e um ‘clima excepcionalmente estranho’. Todos esses fatores irão contribuir para os cinco meses de pessoas andando de um lado para outro sem saber o que fazer e têm o efeito de manter a tal linguagem de liberação.
[...]
Essa conversa aconteceu dia 2 de Setembro de 2008 entre Cliff e Jeff Rense, novamente em seu show:
Os Web Bots vêem 22 a 27 de Setembro de 2008 como datas precursoras do ponto principal de mudança, 7 de Outubro de 2008. Observe atentamente eventos durante 22 a 27 de Setembro de 2008 para dicas do que esperar em 7 de Outubro de 2008.


Cliff disse que independente de quando ‘isso’ acontecer e no que ‘isso’ acabará se transformando, ‘isso’ será uma data na história que como você lembra do 11 de Setembro (WTC), lembrará do 7 de Outubro.
Os Web Bots prevêem que 7 de Outubro de 2008 a 19 de Fevereiro de 2009 (aqui eu acredito que esse foi o ano que quiseram dizer) será cheio de intensidade emocional e que a duração do período de liberação (linguagem) será extraordinária. Os Web Bots nunca haviam captado nenhum evento que durasse tanto. Em comparação, a duração do 11 de Setembro foi 10 dias. Esse evento será quatro meses de altas emoções.
Os Web Bots prevêem a sociedade de consumo entrando em colapso no meio de Novembro de 2008.
Os Web Bots prevêem um terremoto de grande escala na área da Costa Oeste/Vancouver em torno de 12 de Dezembro de 2008.


Os Web Bots prevêem que o inverno no Noroeste (dos EUA) será muito frio este ano, fazendo com que algumas escolas fechem e então reabram mais tarde como abrigos para pessoas que não têm como aquecer seus lares. A Linguagem sugere que a escassez (no aquecimento) será causada ou devido ao suprimento, ou o custo do combustível, ou ambos.


Comentário do usuário do fórum onde essa mensagem foi transcrita:


Não há nada acontecendo na Geórgia exceto alguma discussão entre os EUA e a Rússia atualmente. Os Bots não deixaram isso passar. Até então isso foi um não-evento.


Porém se algo está para acontecer em torno de 7 de Outubro, isto nos deixa em um estado emocional como nos 10 dias antes do 11 de Setembro, e isso continua por quatro meses, então haverá algo espetacularmente maior/principal. Uma troca nuclear limitada? Um terremoto realmente intenso, grande o suficiente para destruir Los Angeles ou São Francisco? Tsunami atingindo a costa leste dos Estados Unidos? Naves Alienígenas aparecendo e nos ameaçando? A segunda vinda de Cristo (versão raio azul talvez)? O que mais você pode pensar que colocaria o mundo num estado emocional como antes do 11 de Setembro, e ainda que isso dure por quatro meses? Lembre que o mundo assistiu as torres gêmeas caírem no 11/09 completas com inúmeras pessoas pulando do telhado e das janelas em TV nacional e internacional. E isso colocou o mundo num limiar emocional de 10 dias no máximo.
[...]


Agora eu digo…


Fica a cargo de cada um retirar o sentido que quiser e depositar o quanto quiser de sua confiança no que foi dito acima. Algumas observações: os webbots ‘previram’ o 11/09, e existem algumas transcrições que apontavam o crash da economia americana e do dólar a vários meses atrás. Será que algo de grandes proporções está por vir em outubro mesmo? Os webbots dizem que algo acontecerá no dia 7, outros dizem que algo acontecerá no dia 14.
Será mesmo?


E aqui está a transcrição de alguns pontos levantados na entrevista de George Ure pro Coast2Coast Am, onde eles tratam dos mesmos assuntos, as previsões dos Web Bots para os próximos meses:


Notas do show do C2C:


Date: Wednesday, 2 January 2008, 3:49 a.m.
http://www.rumormillnews.com/cgi-bin/archive.cgi?read=116161


Arquivo pdf para baixar:
http://www.urbansurvival.com/c2csnotes20080102pdf


Aqui está outro vídeo de uma entrevista entre os caras do WebBot Project e o George Noory da C2C, que não sei se foi a mesma onde aqueles pontos foram levantados.
http://br.youtube.com/watch?v=zyRd9G_AXb0
(tudo em inglês)


Detalhe: Aquelas notas foram passadas no show em 2 de JANEIRO de 2008, e dessas notas, algumas já previam claramente o colapso econômico que estamos vendo em primeira mão:
Highlights
• Catastrophic collapse of the dollar is possible – as the language is active around that concept.
• Global economic collapse possible in Fall 2008 cascading of the US woes
October
• Global emotional release event begins – largely economic.
• Think of the US economy as a lit fuse that is lit over the early part of 2008
• In late 2008 the rest of the world’s currencies are ‘touched off’ by the dollar and US decline.
• May be a global replay of what the 1932 bond crash in the Great Depression was.
Só pra deixar claro o quão interessante é a transcrição acima feita das previsões do Web Bot em 2 de Janeiro de 2008, para o resto do ano nos EUA:


Verão de 2008 (Verão no Hem. Norte)
- Assim como você cobre sua cabeça sobre uma grande mudança, outra irá vir e será muito maior e difícil de absorver
Setembro
-Humor da população aumenta: Pessoas tem um senso renovado de otimismo que a elite pode e será substituída nas eleições e o ‘EUA contra eles’ cresce
-Possibilidade que as eleições serão seguradas cedo, mas isso poderia ser somente linguagem sobre aquele ‘meme’ (memeerism é a palavra usada no Webbot Project para descrever a criação de traumas ou ansiedade nas massas através de eventos importantes, acredito eu)
Outubro
-Evento global de liberação emocional começa – amplamente econômico
-Pense nos EUA como um fusível, que é aceso sobre a primeira parte de 2008
-No fim de 2008 o resto das moedas correntes do mundo serão afetadas pelo declínio do Dólar e dos EUA
-Pode ser uma reprise global do que o crash das hipotecas de 1932 na Grande Depressão foi
Balanço de 2008
-O que era ruim fica pior
-Os maiores subterfúgios de retorno das pessoas provavelmente serão:
-Redução do débito/contas a pagar
-Entrar em forma
-Ter modestas lojas de comida/vestuário
-Mente ágil para se adaptar a qualquer mudança
-Planos de retrocesso e salvamento – como parentes em outra cidade/estado – este tipo de coisa
-Aprender a pensar independentemente e ter uma visão do futuro antes que ele chegue, para que então você possa se mover à frente das multidões e assim manter sua liberdade de ação.
De novo eu coloco em destaque, as previsões do Webbot para o crash da economia americana foram feitas com mais de 7 meses de antecedência.
É bom que fiquemos de olhos abertos para o que vem pela frente...




Fonte: http://thyenys.wordpress.com/








Internet anuncia catástrofe para 2012
Uma rede de computadores garante ser capaz de cruzar informações e predizer os rumos das bolsas e mercados. Seus criadores dizem ter descoberto também que podem prever outros acontecimentos, como aconteceu nos ataques de 11 de setembro, e agora crêem que outra catástrofe deve acontecer em quatro anos.


Muitos sites na Internet têm data e hora para o fim do mundo, o qual não estaria muito distante. Projetos de "redes bots" (rede de computadores sob controle de um hacker) prevêem que em 2012 ocorrerá uma catástrofe sem precedentes na história da humanidade, de acordo com informações do Terra Chile.


Esta intrigante tecnologia surgiu no fim dos anos noventa, quando a Internet começava a se popularizar. Entre diferentes sistemas, o principal é o Web Bot Project, cujo objetivo inicial era programar um método conhecido como web spidering para navegar na rede, buscando palavras ou números que poderiam relacionar-se e, desse modo, prever uma alta ou baixa de ações na bolsa de valores.


O mesmo tipo de técnica é comumente usado por mecanismos de busca para automatizar e melhorar os processos de pesquisa na Internet. O problema é que ela é utilizada hoje também para bots malignos e atividades fraudulentas. O objetivo de quem os cria é que os usuários acessem as redes bot e, sem saber, baixem um código malicioso. O conteúdo de sites é copiado para ser usado em fraudes phishing, envio de spam e ataques DDoS (ataques distribuídos de negação de serviço).


Segundo o Web Bot Project, as redes bots não apenas são capazes de anunciar movimentos futuros da bolsa, mas também acontecimentos de outro tipo. Em julho de 2001, o Web Bot Project informou que um fato ocorreria nos Estados Unidos, modificando os rumos da política mundial. Em 11 de setembro do mesmo ano, grupos terroristas derrubaram as Torres Gêmeas de Nova York e atacaram o Pentágono em Washington.


Agora o mesmo Web Bot Project detectou que outro fato de conseqüências devastadoras pode ocorrer em 2012, mas não determina que tipo de acontecimento seria este.


Fonte: Redação Terra


http://sites.google.com/site/novarealidade2012/webbots

____________________


Confirmado: EUA criaram rede de espionagem dos cidadãos após 11/9


Posted: 20 Dec 2010 10:01 AM PST


Fonte: google.com/hostednews/afp/article/  
WASHINGTON — O governo dos Estados Unidos iniciou uma grande rede nacional de espionagem para coletar dados de seus cidadãos depois dos atentados de 11 de setembro de 2001, informa o jornal Washington Post.
A rede está integrada por agentes do FBI (polícia federal), das polícias locais, agências estaduais de segurança interna e investigadores da polícia militar, completa o jornal.
O objetivo é coletar, armazenar e analisar informações sobre milhares de moradores e cidadãos americanos, muitos deles nunca acusados de nenhum crime.
Segundo o Washington Post, a rede inclui 4.058 organizações federais, estaduais e locais, das quais pelo menos 935 foram criadas depois dos atentados de 11 de setembro. Todas têm responsabilidades e jurisdições na luta antiterrorista.
O jornal completa que o custo da rede de espionagem é difícil de avaliar, mas o Departamento de Segurança Interna concede desde 2003 subsídios de 31 bilhões de dólares a governos locais e estaduais para a área de Segurança Interna e para melhorar a capacidade de combate ao terrorismo.

Do site O LIBERTÁRIO
http://www.olibertario.org/
publicado por conspiratio às 19:58
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 5 de Outubro de 2010

OS MEIOS SÃO OS FINS


Os Meios são o Fim


Tempos atrás nós discutimos sobre meios e fins e aprendemos que na prática do Budismo não há nenhuma distinção entre meios e fins, e que os meios deveriam ser considerados como os fins por si mesmos. Esta é uma prática muito intensa e nós deveríamos nos apoiar no Sangha para fazer isto.


Quando você vai para o Salão de Buda ou para o Salão de Dharma sabe que tem algo a fazer lá: meditação sentada, ouvir uma palestra de Dharma ou limpar o salão, mas ir para lá também é uma prática. É solicitado que vocês limpem o salão de meditação com consciência, é esperado que vocês se sentem belamente enquanto escutam a uma palestra de Dharma, é esperado que vocês se concentrem, estejam atentos durante sua meditação sentada, e assim a prática acontece no salão de meditação, mas deveríamos saber que a prática também acontece durante sua caminhada até ali.


Eis por que deveríamos tentar estar praticando durante o tempo em que caminhamos para o salão de meditação, e se você for bem sucedido em todo passo que você der, a meditação sentada, a palestra de Dharma ou a limpeza do salão de meditação serão também um sucesso. Como temos o hábito de fazer as coisas sem eficiência, tendemos a negligenciar, menosprezar o valor dos meios.


Nesta época no Outono, eu normalmente limpo as folhas do eremitério. Eu faço isto a cada três dias mais ou menos e uso um ancinho. Eu sei que limpar as folhas significa ter um caminho limpo para caminhar, fazer meditação caminhando e assim por diante. Eu corro diariamente pelo menos duas vezes - eu pratico a meditação correndo e limpo as folhas deste modo, conscientemente. Limpar as folhas não significa apenas ter um caminho limpo para correr ou caminhar, mas também significa simplesmente gostar de limpar as folhas. Assim, eu seguro o ancinho de tal modo que possa estar contente e sólido durante o tempo de usar o ancinho. E todo movimento que faço, quero fazê-lo como um ato de iluminação, um ato de alegria, um ato de paz, assim eu não tenho pressa, porque vejo que o ato de limpar é tão maravilhoso quanto ter um caminho limpo. Eu não estaria satisfeito com menos do que isso. Todo golpe que eu dou deve trazer alegria, solidez e liberdade para mim. Devo ser completamente eu mesmo durante o ato de limpar as folhas, e limpar as folhas, deste modo não será mais um meio para se chegar a um fim chamado "ter um caminho limpo".


E você não precisa esperar por muito tempo; se puder dar um golpe assim, um movimento assim, investindo completamente você mesmo no ato de limpar as folhas, então imediatamente será recompensado. Essa é uma obra de arte perfeita que você faz porque cada movimento é uma obra de arte.


O mesmo é verdade quando você pratica a caminhada. Cada passo que dá deveria ser uma obra de arte perfeita, cada passo pode lhe trazer solidez, soberania, pois você não caminha como um escravo, caminha como uma pessoa livre. Caminha como um Buda porque quis ser um discípulo, uma filha ou um filho do Iluminado. Você quer ser a sua continuação, eis por que é capaz de dar um passo com soberania, estando completamente no controle si mesmo. Você está completamente presente no aqui e agora, e desfruta daquele passo. Assim, a meditação andando não é chegar ao salão de meditação. Chegar ao salão de meditação é o que você quer, mas você quer mais do que isso, porque alcança o salão de meditação várias vezes ao dia e às vezes dez ou vinte chegadas como esta não fazem nenhuma diferença. Assim, um passo é o bastante para você chegar. Eu cheguei! Com um passo.


Essa é a nossa prática, mas há uma energia de hábito que lhe impede de fazer assim. Você está acostumado a correr por acreditar que a felicidade não é possível aqui e agora, a felicidade só é possível no futuro. Este tipo de convicção, este tipo de energia de hábito tem estado presente por muito tempo, transmitido por muitas gerações de antepassados e vir à Plum Village é ter uma chance de perceber isto; que você é governado por sua energia de hábito, pela tendência de correr todo o tempo. Você não é capaz de estar no aqui e no agora para tocar as maravilhas da vida que estão disponíveis.


Nós temos muitas chances para praticar. Sabemos que lavamos roupas, lavamos pratos, varremos o solo, cuidamos do jardim, há muitas coisas que vocês podem fazer, mas não façam isto do modo como fazem isto no mundo. Façam como uma prática, uma boa prática, e vocês serão recompensados imediatamente, saberão que estão lidando com sua energia de hábito. A energia de hábito nos diz: "rápido, rápido, vá, rápido, rápido, termine logo! O prazo final está próximo!", mas a prática está lhe dizendo o oposto: "não corra, desfrute, o aqui e o agora é a única coisa que você possui, a felicidade não pode ser possível fora do aqui e do agora", assim você tem duas coisas que contradizem uma à outra. Eis por que a palavra "treinamento" significa superar a energia de hábito lentamente e cultivar outra energia de hábito, que é boa. A energia de hábito que você quer cultivar é a capacidade de estar no aqui e agora, e viver todos os momentos de sua vida diária profundamente. Limpe as folhas, desfrute! Faça o café da manhã! Desfrute completamente deste ato de arte culinária. Lave os pratos! Desfrute completamente o ato de lavá-los.


Diariamente no Mosteiro eu lavo os pratos, diariamente eu fervo o arroz e cuido das flores, das plantas, e minha prática é de desfrutar todos os minutos enquanto estou fazendo estas coisas. Sim, escrever um poema é maravilhoso, escrever um artigo é maravilhoso, dar uma palestra de Dharma é maravilhoso, mas é igualmente maravilhoso cuidar do arbusto, cuidar das plantas, lavar os pratos e assim por diante. Por ser muito enriquecedor, muito recompensador, isto pode trazer muita paz, alegria e solidez para você.


Nós sabemos que a felicidade não seria possível se não tivéssemos nenhuma estabilidade e solidez, porque sem o solo da estabilidade e solidez nenhuma paz real, nenhuma felicidade real poderia ser possível. Eis porque aprender a limpar as folhas, aprender a varrer o solo, aprender a lavar os pratos é muito importante. Não diga que a meditação sentada é mais importante ou que a meditação caminhando é mais importante, ou ouvir uma palestra de Dharma é mais importante. Você escuta a palestra de Dharma para poder limpar as folhas. Você escuta a palestra de Dharma para poder lavar os pratos, corretamente e sabendo desfrutar isto.


Em Plum Village nós temos a vantagem de ter muitos irmãos e irmãs que fazem o mesmo e quando vemos um deles praticando nos sentimos apoiados. Eles não fazem nada demais. Eles apenas praticam, não dizem nada a nós; eles simplesmente fazem. E quando nós os vemos agir, temos uma chance de nos voltar para nós mesmos e fazer isto também.


A comunidade de prática é um grande presente, como o raio de sol. Muitos franceses talvez tenham um dia de sol hoje mas talvez porque muitos não tenham a capacidade de habitar no aqui e agora, o raio de sol não significa muito para eles. Mas se você sabe como inspirar e ficar consciente do raio de sol, terá um tipo diferente de sol. O sol existe para você mas não para esses que estão tão ocupados, e que perdem tanto tempo nas suas preocupações, no passado, no futuro. Pressupomos que a lua exista para todos mas há alguns de nós que jamais vêem a lua, nunca obtêm algo da lua, nunca desfrutam a lua.


Nós vivemos juntos em Plum Village durante uma semana, durante um mês ou três meses, durante um ano, e praticamos juntos. Existem alguns de nós que estão bastante contentes, contudo existem alguns de nós que não estão tão contentes; o mesmo ambiente, a mesmo Sangha, a mesma prática e ainda assim recebemos diferentemente o volume de felicidade, paz, estabilidade e alegria. E o que faz esta diferença? A diferença é nossa capacidade de pôr em prática o ensinamento que nos é dado. O Buda foi bastante claro nisto, a vida só está disponível no aqui e agora, com todas suas maravilhas. Se você continuar correndo, estas maravilhas da vida não serão suas. Assim, pare! Sorria ao sol, sorria à lua, sorria para seus irmãos ou irmãs e especialmente, sorria para você.


Reconheça que você está presente. Você precisa ser nutrido pela paz, pela alegria. Você tem se privado destes elementos. É você mesmo que se privou da paz, alegria, nutrição e cura. Agora o Dharma existe para lhe ajudar a parar este curso de vida. Olhe-se, sorria para você, seja amável com você, trate-se com a prática. Aprenda a caminhar, aprenda como respirar e sorrir, aprenda a limpar as folhas no jardim do pátio. É muito importante. O Reino de Deus, a Terra do Buda está aqui mesmo para você tocar.


Se você observou os monges e as monjas, se os observou em Plum Village, notará que enquanto eles caminham não falam, quando falam eles param para falar e escutar, e depois de falar e escutar, eles retornam ao seu andar. Por que eles fazem assim? Porque quando eles falam e escutam, querem investir 100% de si no ato de falar e escutar. Eis porque eles não falam enquanto estão caminhando; eles querem investir 100% de si no ato de andar. Eles querem dar passos reais, passos que podem trazer estabilidade para eles, solidez, liberdade porque sabem que a estabilidade, a solidez é o solo da felicidade, assim eles caminham para ao mesmo tempo cultivar e desfrutar disto.


Eis porque, se você vier a Plum Village e seguir este tipo de exemplo, se unirá à prática. Não falar durante o caminhar não é uma regra porque nós não queremos ser vítimas de regras, não queremos absolutamente nenhuma regra, simplesmente queremos praticar. Se não falamos, é porque queremos praticar. Não é que falar seja um crime. Mas se você falar durante a prática, estará destruindo-a.


Nos ensinamentos do Buda, estar preso a regras é algo que vocês não são encorajados a fazer. Deveríamos olhar para isto como uma prática e não como regras, como os dez preceitos do noviciado que nós temos aqui e que vocês ouviram ontem. Eles não são regras para o noviço. Elas não existem para restringir a liberdade e a felicidade dele. Elas existem para ajudá-lo a levar uma vida de noviço feliz. Porque estes preceitos devem ser considerados como sendo a prática da consciência plena e se vocês praticarem adequadamente preservarão sua liberdade, sua beleza, sua felicidade. Se vocês pensam que estas dez coisas são regras às quais tem que se submeter, tem que se render, vocês não entenderam, vocês não perceberam o sentido real; eis porque o Buda disse: não seja escravo de regras e rituais. Rituais e regras, nós não precisamos deles; precisamos apenas da prática.


Quando entramos no salão de Dharma todo o mundo se levanta e une as palmas. Isso não é uma regra, é a prática. Quando o professor entra no salão, não é afetado pelo respeito que é mostrado a ele. Ele também pratica caminhando, conscientemente, a prática do andar atento é a sua prática. Andar conscientemente é a sua prática, e o levantar-se, respirar e mostrar respeito são as práticas de vocês. Estas duas coisas são igualmente importantes. E se vocês olharem isto como um ritual, estarão errados. Se olharem isto como uma regra, estarão errados, vocês devem ver isto como sua prática, e a boa prática sempre pode ser reconhecida. Quando o professor caminha, ele deveria ser uma pessoa livre, não é afetado pelo orgulho, complexo de arrogância, esta é sua prática. Sua prática é ser respeitoso com o professor, gostar de se levantar desta forma, inspirar, expirar, sorrir e tocar as muitas gerações de professores na história. Quando você está em contato com seu professor, você está em contato com o professor de seu professor, o professor de sua professora, e você está em contato com muitas gerações de professores, está em contato com o Buda, portanto esta é sua prática.


Eis porque você não reclama que deve se levantar muito cedo e que o professor está caminhando muito lentamente. O professor vive a prática dele e você a sua, todo o mundo está usufruindo disto, e você saberá se sua prática está correta ou não. Você sabe por si se a prática o está fazendo feliz, calmo, sólido. Você sabe que o professor cuida da prática dele e você da sua, e nós não deveríamos olhar isto como uma regra ou um ritual, caso contrário, estaremos presos a formas de rituais e regras, e o Buda é contra rituais, meros rituais e regras.


Quando você segura um copo de água e a bebe conscientemente, o ato é tão bonito e se parece com um ritual, certo? Mas aquele que está segurando o copo e está bebendo não tem qualquer intenção de fazer disto um ritual, uma performance. Ele simplesmente gosta de segurar o copo e beber. Mas porque a plena consciência está lá, muito profunda, muito forte, assim o ato se parece um ritual, mas não é ritual, é a prática.


Quando você se curva assim e sente que sua mente e seu corpo estão unidos em concentração, em plena consciência, e sente que está totalmente presente orientado para algo bom, verdadeiro e bonito, a natureza da iluminação, a natureza do despertar em si, você recebe algo, usufrui disto e não pensa nisto como um ritual. Mas se você faz isto como uma máquina e quando vê pessoas simplesmente as imita sem entender, isso é um ritual, é uma coisa ridícula de fazer, completamente vazia. Este tipo de ritual está completamente vazio e nós não deveríamos fazer assim.


Assim em grandes retiros na América Norte temos sempre pessoas novas, às vezes 50 ou 60% das pessoas que se juntam ao retiro são pessoas novas e elas ficam envergonhadas, elas pensam nisto como um ritual, elas não estão confortáveis. Eis porque eu sempre começo dizendo, se curvar ou não se curvar, esta não é a questão! Curvar-se é um ritual, assim não fique preso pelo ritual. Prática. Se você pensar que fazer isto lhe trará concentração, insight e reverência, isso então irá lhe fazer bem, isso o fará feliz e então você fará isto e estará livre de rituais, livre de regras.


Assim os dez preceitos do noviciado são práticas que se direcionam para ajudar o noviço a ser livre, estar contente, ser sólido e se você considerar os preceitos como algo que limita sua liberdade, está errado, estará preso a rituais, será preso a regras e isso é contra o espírito budista.


(Discussão de Dharma ministrada por Thich Nhat Hanh em Plum Village em 5 de dezembro de 1999)


(Transcrito e editado por Carol Fegan, Chan An Cu, Traduzido ao Português por Claudio Miklos)


Comente esse texto em http://sangavirtual.blogspot.com


http://www.viverconsciente.com:80/textos/os_meios_sao_o_fim.htm




http://sangavirtual.blogspot.com/2010/12/paz-e-o-caminho.html


Não há um caminho para a paz. A paz é o caminho.
Não há um caminho para a liberdade. A liberdade é o caminho.
Não há um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.

...
publicado por conspiratio às 22:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CAUSAS DO CAOS BRASILEIRO...

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. UM POUCO SOBRE ABDUÇÃO E ...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. BLOSSOM GOODCHILD E A NAV...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. CONTRA A CAMPANHA CONTRA ...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. VOAR É COM OS PÁSSAROS?

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. AGENDAS DE DOMINAÇÃO GLOB...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. 3 elites globalistas(6)

. a corporação(9)

. acobertamento(13)

. agenda illuminati(13)

. alex jones(8)

. amor(20)

. animais(29)

. arqueologia proibida(4)

. atenção(7)

. auto-realização(33)

. autoritarismo(7)

. bancos terroristas(8)

. benjamin fulford(5)

. bíblia(7)

. big pharma(12)

. bilderberg(8)

. budismo(24)

. calar a democracia(5)

. censura da internet(15)

. cérebro(22)

. codex alimentarius(15)

. comunismo(13)

. concentração(14)

. consciência(7)

. conspiração(94)

. conspiração antidemocrática(6)

. conspiração financeira(11)

. controle da informação(17)

. controle da internet(22)

. cura(25)

. daskalos(7)

. david icke(9)

. denúncia(10)

. depopulação(6)

. despopulação(8)

. deus(10)

. ditadura(14)

. ditadura através da mentira(6)

. ditadura através da saúde(11)

. documentários ufológicos(7)

. ecologia(35)

. educação(7)

. ego(25)

. engenharia social(9)

. ensonhar(11)

. eqm (experiência de quase-morte)(12)

. extraterrestre interferência(11)

. filosofia(6)

. globalistas(5)

. goldsmith(8)

. google(9)

. governo oculto(31)

. gripe suína(8)

. história(17)

. história da nom(5)

. illuminati(54)

. integração(9)

. internautas conheçam seu poder(6)

. internet censura(11)

. intraterrestres(8)

. jesus(8)

. krishnamurti(13)

. lei cala-boca da internet(5)

. liberdade(8)

. livre-arbítrio(6)

. manipulação da informação(13)

. manipulação da mente(8)

. manipulação das massas(8)

. medicina natural(10)

. mentecorpo(5)

. microchip(7)

. milton cooper(7)

. monsanto(6)

. movimento revolucionário(9)

. neurociência(20)

. nom(43)

. nova ordem mundial(83)

. obama(7)

. olavo de carvalho(31)

. poder da internet(5)

. poder da mente(97)

. poder das farmacêuticas(5)

. política(16)

. predadores da humanidade(16)

. problema-reação-soluçao p-r-s(7)

. profecias(9)

. project camelot(11)

. psicanálise(5)

. pt(9)

. rauni kilde(6)

. realidade(7)

. rockefeller(7)

. saúde(19)

. sonho lúcido(22)

. totalitarismo(9)

. totalitarismo global(9)

. ufo(46)

. universo(16)

. vida(31)

. xamanismo(15)

. todas as tags

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.links

.links

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO