Quinta-feira, 29 de Julho de 2010

SOL COMO FONTE DE NUTRIENTES

 

IOGUE AUTOSSUSTENTÁVEL

Jani posa para os fotógrafos ao final de mais uma rodada de testes médicos. Ninguém conseguiu demonstrar que ele mente


O indiano Prahlad Jani conseguiu realizar o sonho de boa parte das mulheres. Ele diz que não come nada há mais de 70 anos. Mestre iogue, Jani é uma lenda na Índia. Há duas semanas, o governo indiano resolveu descobrir se o que ele diz é verdade ou se Jani é apenas um farsante. Aos 83 anos, ele ficou 14 dias sendo observado e filmado por uma equipe de 30 médicos escolhida pelo Ministério da Defesa indiano. Segundo os primeiros resultados, o faquir não ingeriu (nem expeliu...) nada no período. A análise final sairá nos próximos meses.


O governo indiano quer aproveitar a habilidade de Jani – se é que ela existe – para usar com soldados e sobreviventes de acidentes. O faquir intriga cientistas há anos. Em 2006, o Discovery Channel fez um documentário sobre ele. Jani concordou em ser filmado durante dez dias e também foi analisado por médicos e cientistas, que não chegaram a uma conclusão nem presenciaram nenhuma impostura. Os médicos apenas atestaram que Jani estava com a saúde perfeita após o jejum. Depois da nova experiência, na semana passada, Jani deu uma entrevista coletiva no hospital Ahmedabad. “Eu estou forte e saudável porque é assim que Deus quer que eu esteja”, disse ele.



O teste do moto-perpétuo humano deve ser visto com cautela e ceticismo. Um ser humano consegue viver até mais de um mês sem comer. Comprovadamente, Jani ficou 14 dias. Ninguém o acompanha há 70 anos em tempo integral para assegurar que ele realmente não come. O que intriga é a falta de água. O limite para viver sem líquido é três dias. Segundo os médicos, Jani ficou duas semanas sem beber nada. O iogue explicou que retira os nutrientes de uma substância chamada “amrit”, produzida no céu da boca. A amrit é citada em vários textos iogues e significa “sem morte” em sânscrito. Em outros textos, amrit é traduzida como “néctar divino” ou “bebida dos deuses”. Segundo o faquir, essa substância é produzida pelas glândulas pineal e pituitária, estimuladas por técnicas avançadas de ioga. Outros iogues indianos também afirmam viver apenas dessa substância, mas Jani é o mais longevo e o que mais se submete a testes.


‘‘Continuamos sem saber como ele sobrevive. Isso não tem precedentes médicos’’ SUDIR SHAH, médico que testou o iogue


No Brasil, a escritora Evelyn Torrence causou alvoroço em 2001 depois de aparecer numa entrevista com Jô Soares afirmando que vivia apenas da luz. Torrence também atribuía às glândulas o segredo da vida sem comida. Ela garante que o corpo é capaz de sobreviver apenas de uma substância chamada Prana, presente na luz do sol. Depois de 21 dias de treinamento, segundo Torrence, o organismo aprenderia a não depender dos alimentos e a produzir nutrientes por suas próprias glândulas. Junto com o marido, Torrence dá palestras sobre o assunto pelo mundo. Se o que eles dizem for verdade, o mundo estaria desperdiçando uma oportunidade de criar pessoas totalmente ecológicas e autossustentáveis, movidas a sol.





LUZ QUE ALIMENTA


Torrence no Programa do Jô, em 2001, e posando sob o Sol, do qual afirma tirar energia. Outra que diz que não come
Cardiologista e médico do Hospital do Coração de São Paulo, Nabil Ghorayeb diz que é impossível viver sem se alimentar. “A pessoa morre entre dois e três dias se ficar sem beber água. Sem comida, morre em cerca de um mês. Isso não existe, você não pode ficar sem nutrientes. De algum lugar ele tem de tirar”, diz ele. O neurologista Sudir Shah, que chefiou os testes de Jani, diz que o caso ainda é um mistério. “Continuamos sem saber como ele sobrevive. Os primeiros exames mostram que ele tem uma saúde melhor do que as pessoas que se alimentam normalmente. Isso não tem precedentes médicos”, diz.


O homem Fome Zero diz que vive como ermitão numa floresta desde os 7 anos. Aos 11, ele virou um seguidor da deusa hindu Amba, que o teria abençoado com o poder de viver sem comer. Em sua homenagem, Jani usa uma vestimenta feminina e um piercing no nariz. Ele afirma que é capaz de caminhar 100 quilômetros sem se alimentar e que nem sequer transpira. Por causa de seus supostos poderes, Jani já está sendo considerado um deus no norte da Índia.


Em 2002, ele foi submetido à mesma bateria de testes pela qual passou agora. Na época, o faquir ficou durante sete dias num quarto monitorado por câmeras, sem banheiro, já que alega não precisar de toalete. Médicos constataram um acúmulo de urina em sua bexiga, que teria sido reabsorvida pelo organismo, mas os exames não foram conclusivos e o governo resolveu fazer novos testes agora.


O frisson em torno de Jani é criticado pela Associação de Racionalistas Indianos. Sandal Edamaruku, secretário-geral da organização, diz que os médicos não permitiram que observadores independentes acompanhassem o teste. “É ridículo achar que alguém pode ficar 70 anos sem comer. Já existem pessoas achando que ele é sagrado e não vai demorar até aparecer alguém morto porque não comeu”, disse. O cético acusa o responsável pelos exames de 2003 de ter pedido verbas à Nasa para ensinar aos astronautas as técnicas de Jani. “Tudo foi feito num hospital particular, conduzido por alguém que não tem credibilidade e já tentou tirar vantagem financeira do caso.” O homem que não come estaria atrás de uma boquinha?




***





Indiano de 82 anos jura não consumir comida e bebida há sete décadas


O indiano Prahlad Jani, de 82 anos, é um religioso que assegura não comer nada desde os oito. Diz que se alimenta apenas de ar fresco. Quando está com fome, abre a boca, põe oxigênio pra dentro e fica saciado.


Essas incríveis habilidades gastronômicas impressionaram cientistas da Índia, que passaram a estudar o homem. Vai que ele dá umas escapadelas e assalta a geladeira à noite, após as orações.
Jani, que já foi tema de documentários, não é o único que garante não consumir nada. Tem gente pelo mundo clamando que só consome "energia cósmica". O médico Sudhir Shah, do Instituto de Fisiologia do departamento de Defesa do governo indiano, em Ahmedabad, noroeste do país, conduziu testes com Jani em 2003 ao lado de uma equipe de cientistas.
O religioso passou dez dias no laboratório sem comer coisa alguma, garante Shah. Em maio de 2010, vão fazer novos testes.


Os pesquisadores ficaram assustados porque, naquele período em 2003, Jadi não foi nenhuma vez ao banheiro. Como não chegaram a nenhuma conclusão, querem descobrir agora qual o segredo do religioso, para depois poder aplicar


o truque em soldados indianos que vivem dias isolados na selva.
Shah não sabe muito ainda sobre a dieta aeróbica do sujeito que não come, mas está bem animado:


- Estamos tentando localizar a fonte de energia de Jani. Seria uma descoberta muito benéfica para militares. Pode também ajudar na elaboração de estratégias de sobrevivência durante calamidades naturais, condições extremas de estresse e exploração extraterrestres, como futuras missões à Lua e a Marte.


Os cientistas prometem não comer poeira durante o processo.




Fonte: http://noticias.r7.com/esquisitices/noticias/cientistas-perdem-folego-com-homem-que-come-ar-20100428.html


VÍDEOS


Viver de Luz - Indiano não se alimenta há 70 anos
http://www.youtube.com/watch?v=qk6kYOzdExk&feature=uploademail
http://www.youtube.com/results?search_query=%22Prahlad+Jani%22&aq=f
http://noticias.r7.com/internacional/noticias/religioso-indiano-diz-que-nao-come-ou-bebe-nada-ha-mais-de-70-anos-20100429.html


***


SOL, VITAMINA D, SISTEMA IMUNOLÓGICO E NERVOSO


http://mais.uol.com.br/view/85r7d735pwrw/sistema-nervoso-0402336EE4B96346?types=A&


Entrevista - Dr Cícero Galli Coimbra , prof da UNIFESP



Ciência admitia a idéia de que o stress provocava apenas alterações funcionais no sistema nervoso, mas agora se sabe que ele dá origem a alterações estruturais e a processos degenerativos.


Nesta entrevista, Dr Cícero G. Coimbra nos fala sobre a influência do stress na destruição de neurônios, resultando nas doenças neurodegenerativas que habitualmente atribuímos à velhice, como doença de parkinson, mal de Alzheimer, doenças autoimunes, etc. Em contraposição, demonstra o papel da serenidade na produção de novos neurônios e consequente preservação ou cura da saúde do cérebro e dos tecidos nervosos. A gênese de neurônios feita pelas células tronco cerebrais, que existe para repor neurônios perdidos, é propiciada pela tranquilidade emocional e bloqueada pelo stress, pela ansiedade, depressão e sofrimento continuados, o que ocasiona inúmeras graves enfermidades. Em resumo, o stress constante mata neurônios e impede que nasçam outros em substituição.


Idosos mais serenos são mais saudáveis e mais ativos. Esta atividade também contribui para manter a juventude do cérebro, porque estimula a produção de células para as áreas utilizadas. O cérebro, assim como um músculo, se desenvolve com exercício e se atrofia com a inércia. Depressão em idades mais avançadas é um alto fator de risco para doenças neurodegenerativas e deve ser tratada com rigor.


Dr. Cícero também aborda a relação entre insuficiente luminosidade solar e incidência de doenças autoimunitárias. Locais mais próximos à linha do equador têm menos lupus, artrite reumatóide, esclerose múltipla, etc. A luz solar sobre a pele produz vitamina D em grande quantidade, e esta impede que o próprio organismo se ataque a si mesmo (doença autoimune). Mas o estilo de vida moderno não expõe o corpo à luz solar em quantidade suficiente, o que eleva o índice de aparecimento dessas moléstias. O grau de virulência das moléstias depende da quantidade de vitamina de D presente no sangue.


A depresão também está associada a falta da luz solar e da vitamina D. A vitamina D não apenas controla a agressão do sistema imunológico contra nosso próprio organismo como também tem outros efeitos benéficos sobre o sistema nervoso.


Observação: é bem melhor depender de si e do Sol que depender das farmacêuticas.

http://www.youtube.com/results?search_query=%223+FATORES+NATURAIS+DE+CURA%22+SERENIDADE+SOL+VITAMINA+D&aq=f

____________________

Informações médicas sobre a prevenção e tratamento de doenças neurodegenerativas e auto-imunes, como Parkinson, Alzheimer, Lupus, Psoríase, Vitiligo, depressão



Entrevista em TV com o Dr. Cícero Galli Coimbra, professor neurologista da Universidade Federal de São Paulo – Unifesp.

Comentário: a principal razão pela qual a medicina atual desdenha estes importantes conhecimentos médicos já antigos e com ampla fundamentação na história recente da medicina e confirmados em vários países, através de diversas publicações, é simplesmente porque ela está subordinada aos interesses extremamente gananciosos da indústria farmacêutica internacional. O SIMERS do RS costuma usar a frase de divulgação de sua existência como “A verdade faz bem para a saúde!”, nos meios de comunicação.

Cabe a pergunta: é verdade que os meios médicos gestores não ocultam a verdade já conhecida na medicina em prol de interesses estranhos aos dos pacientes?
 
Lembrem que há Resoluções do CFM proibindo a divulgação do conhecimento médico para a população e outras que simplesmente atropelam a realidade do conhecimento médico, como, por exemplo, a Resolução Resolução 1752/2004 do Conselho Federal de Medicina, hoje revogada, e que permitia o aborto dos anencéfalos, onde, em seus considerandos, redefinia morte encefálica como sendo morte cerebral e de exclusivo diagnóstico clínico.

Celso Galli Coimbra

http://biodireitomedicina.wordpress.com/2010/08/03/vitamina-d-pode-revolucionar-o-tratamento-da-esclerose-multipla/
http://biodireitomedicina.wordpress.com/2010/03/20/vitamina-d-pode-combater-males-que-mais-matam-pessoas-no-mundo/
publicado por conspiratio às 21:15
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

CEDER DIREITOS EM TROCA DE SEGURANÇA



Na Internet como na vida não há unanimidade, há, sim, liberdade para expressar a diversidade de gostos, opiniões. Sempre há quem goste de mim, sempre há quem não goste, sempre há os que falam bem e os que falam mal. A Internet é a fofoca da vizinha do lado, um amigo ao telefone me contando coisas suas. A Internet é pessoal. Querer calar opiniões por serem agressivas ou discordantes da minha é querer transformar a Internet num veículo midiático como a TV, o rádio, o Jornal, porta-vozes de muitos, nos quais as pessoas creditam um saber e uma Autoridade e baseiam seu comportamento.


Controlar a Internet, restringir esta liberdade é assegurar um direito ou perder um direito? É preciso estudar muito esta questão. Sobretudo porque, depois de algumas vitórias que nós, internautas, conseguimos, já devem estar ensaiando e armando alguma pra nós. (ver : http://holosgaia.blogspot.com/2010/05/internautas-conhecam-seu-poder.html  ),

Lembrando que depois do atentado de 11 de Setembro, os norte-americanos cederam seus direitos para engrossar poderes e leis que lhes garantiriam uma pretensa segurança e bem-estar. Foi este o sinal verde para que uma onda de autoritarismo avançasse legalmente sobre o mundo e nossas vidas (via OMS, ONU, etc).

 "Os americanos de hoje se indignariam se tropas da ONU entrassem em Los Angeles para restaurar a ordem, mas com certeza no dia seguinte essas mesmas pessoas lhes agradeceriam se lhes dissessem que há uma ameaça externa em algum lugar, real ou inventada, que põe em perigo a existência de todos. As pessoas suplicariam então a intervenção dos líderes mundiais para libertá-las de tal ameaça. Todo ser humano teme o desconhecido. Se lhes apresentarmos esse cenário, estarão mais do que dispostos a ceder seus direitos individuais para que o Governo Mundial lhes garanta o bem-estar."
 Henry Kissinger, 1992, no Clube de Bilderberg




Abaixo o artigo da Cláudia Leite, que motivou esta postagem:

 
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz2807201008.htm


Internet, liberdade e responsabilidade
CLAUDIA LEITTE

----------------------------------
Precisamos de uma legislação célere como a própria internet, capaz de responsabilizar e punir com o rigor da Justiça os que dela fazem mau uso
----------------------------------

Passo o ano inteiro viajando e, por meio da internet, consigo me manter atualizada e ter domínio da minha vida, ainda que eu esteja distante. Acesso as câmeras de segurança da minha casa em Salvador pelo notebook, leio livros, jornais e faço pesquisas.
Até onde fama seja sinônimo de reputação, conceito, renome, celebridade, sou uma mulher famosa, mas também sou esposa e mãe, e a internet me ajuda nessa conciliação. É admissível que "preconceituem" minha carreira, muito embora não faça mistério algum em torno da minha vida pessoal, pois sou uma pessoa pública.
Acho graça da criatividade alheia quando afirmam que eu fiz abdominoplastia minutos depois de uma cesárea e por ouvir alguém dizer que pensou que eu havia tomado morfina para aguentar cantar no Carnaval 29 dias depois de dar à luz Davi.
E tudo isso se propaga pela internet como se verdade fosse, sem critérios, sem me darem ouvidos. Eu entendo que é mais difícil aceitar que eu lutei com o corpo e com a mente para estar lá em cima porque tenho amor ao que faço e respeito pelos que precisam do meu trabalho. Mas é justo querer fazer de uma ilação uma verdade?
Conceituar sobre teses sem qualquer fundamento, expondo a vida alheia a tamanho escárnio?
Quantos crimes contra a honra, a história, a família ou a memória, de anônimos ou não, são cometidos todos os dias na internet?
Quantos se valem de uma rede tão valiosa para nossos dias para arquitetar o mal e por meio dela disseminar todo tipo de leviandade, abrigados no perigoso manto da impunidade?
Se o que aconteceu comigo mereceu alguma repercussão por eu ser uma figura pública, quantos anônimos e menos afortunados passam pelo mesmo drama sem ter a quem recorrer? Ou encontram caminhos tão tortuosos a percorrer que desistem pelo meio, deixando mais um crime impune?
Presumo que esse conceito antecipado sobre o "fantástico mundo da fama", associado à ociosidade e ao desrespeito, tenha levado alguém a colocar fotografias minhas num site que financia descaradamente o tráfico de mulheres.
Alguém que não acha que sou gente, que não se lembra que, apesar da suas liberdades de expressão e de escolha, sou filha, esposa e mãe de alguém.
Leis existem, ao menos no papel, mas precisamos de uma legislação célere como a própria internet, capaz de responsabilizar e punir com o rigor da Justiça aqueles que dela fazem mau uso.
E por ser mãe e também cidadã, eu desejo que no mundo virtual existam filtros o mais rápido possível. Enquanto isso não acontece, vou educar meu filho ensinando-lhe que "somos todos iguais, braços dados ou não" e que isso se estende à internet, essa terra de cegos, sem nomes ou imagens.
Também vou aconselhá-lo a ler Saramago: "Dói-me o mundo, não me conformo com o que os homens fazem aos homens".

Claudia Leitte, 30, é cantora.
___________________________

Segurança ou Liberdade?

http://holosgaia.blogspot.com/2011/01/contardo-calligaris-seguranca-ou.html


___________________________

PARTIDO PIRATA
Diga NÃO à censura da Internet
http://partidopirata.org/?page_id=8
publicado por conspiratio às 19:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 26 de Julho de 2010

AUTOCURA - GHISLAINE LANCTÔT - AUTORA DO LIVRO "A MÁFIA MÉDICA"

 La Mafia Médica [ Dra. Ghislaine Lanctot ]

 

http://www.youtube.com/watch?v=EFAxcMOyLDE

 

 

 

 

 

 

ENTREVISTA MADAME GHIS (Ghislaine Lanctôt): La muerte civil

 

http://www.youtube.com/watch?v=6njdE-YNmmg
 

 

 

La mafia Médica (1994) es el libro que le costó a la doctora Guislaine Lanctôt, ahora GUIS, su expulsión del colegio de médicos en Canadá y la retirada de su licencia para ejercer la medicina. Se trata probablemente de la denuncia publicada más completa, integral, explícita y clara del papel que juega a nivel mundial el complejo formado por el sistema sanitario y la industria farmacéutica. Pasados ya 18 años, después de varias amenazas y de haber estado en la cárcel, sigue activa y publicando en contra del negocio de la Medicina, del sistema establecido y a favor de lo que ella llama muerte civil: cuando dejamos de reconocer las autoridades externas para someternos a la única autoridad que existe: la de uno mismo. Ahora vive sin cargos públicos ni títulos académicos, sin propiedades, sin pagar impuestos, sin carnets, sin documentación, sin tarjetas... libre.

He tenido el honor de poder entrevistarla en Quebec (Canadá), de dónde por ahora no puede salir al prescindir también de documentos personales, como el pasaporte. Con ella repasamos su historia y hablamos de temas tan actuales como de la inexistencia de la deuda de los países; de cómo las elecciones (¿democráticas?) son grandes falsas en las que unos cuantos borregos eligen a los pastores que los van a llevar al matadero; de que el SIDA no existe como enfermedad o que el cancer no es ya ningún misterio, sino una enfermedad que se puede curar muy bien, pero cuyos tratamientos están prohibidos.


 

MEDICINA MODERNA PROMOVE A DOENÇA E NAO A SAUDE


Entrevista com a autora do livro A MAFIA MEDICA, escrito pela ex-médica Ghislaine Lanctôt, onde ela desafia o atual sistema de saúde publicada no "La Vanguardia" em 27/11/2002 - relaciona-se também, obviamente, com a questão de não necessitarmos de vacinas para manter a saúde.


"Tenho 61 anos e nasci em Montréal, Canada. Fui médica e hoje sou Ghislaine Lanctôt, médica da alma. Divorciei-me duas vezes, tenho quatro filhos e quatro netos. Política? Soberania individual! Acredite em si mesmo: você é divino e se esqueceu.

A medicina moderna promove a doença, não a saúde: a denúncia sobre isso está em meu livro "A Máfia Médica".


Estou gripado, o que você me receita?
- Nada.


Nem um pouco de Frenadol?
- Por quê? Para encobrir os sintomas? Não. Cuide de seus sintomas, ouça-se! E sua alma vai lhe dar a receita.


Mas eu fico na cama ou não?
- Pergunte a si mesmo e faça o que você sente que lhe convém mais. Acredite em si mesmo!


Mas os vírus não se importam com o que eu acredito!
- Oh, agora vejo: você escolhe o papel de vítima. Sua atitude é: "Eu peguei a gripe. Eu sou uma vítima de um vírus. Preciso de remédio"!


Claro que sim, como todos...
- Bem, aí está... Minha atitude seria: "Eu me dei uma gripe de presente. Eu sou o responsável! Devo me cuidar um pouco". E eu gostaria de ir para a cama, repousaria, relaxaria, meditaria um pouco sobre como eu tenho me maltratado ultimamente...




Você se deu uma gripe de presente, você diz?
- Sim! Sua doença vem de você, e não de fora. A doença é um presente que você faz para se encontrar consigo mesmo.


Mas ninguém quer uma doença...
- A doença reflete uma desarmonia interna em sua alma. Sua doença é o seu aliado, sinaliza que olhe para sua alma e veja o que acontece com você. Agradeça, pois lhe dá a oportunidade de fazer as pazes com você mesmo!


Talvez o mais prático fosse um comprimido...
- Fazer a guerra contra a doença? Isso é o que sugere a medicina de hoje, e as guerras matam, sempre trazem a morte.


Não me diga agora que a medicina mata...
- Um terço das pessoas hospitalizadas o são pelo efeito dos medicamentos! Nos Estados Unidos, 700.000 pessoas morrem anualmente por causa dos efeitos colaterais dos medicamentos e dos tratamentos hospitalares.


Morreriam do mesmo jeito sem medicação, ora.
- Não. Não se mudarmos o foco: a medicina moderna se esqueceu da saúde, é uma medicina da doença e da morte! Não é uma medicina da saúde e da vida.


Medicina da doença? Esclareça!...
- Na China antiga, um acupunturista era demitido se o seu paciente ficasse doente. Ou seja, o médico cuidava de sua saúde! Entende? Toda nossa medicina é, portanto, um fracasso total.


Prefere remédios alternativos, por quê?
- Eles respeitam mais o corpo que a medicina industrial, é claro: a homeopatia (será a medicina do século XXI!) Acupuntura, fitoterapia, reflexoterapia, massoterapia... a prática da yoga... a meditação... são mais baratos... e bem menos perigosos.


Mas eles não salvam ninguém do câncer.
- Diga isso à medicina convencional! Ela o salvaria de um câncer?


Pode fazer isso, sim.
- O que fará com certeza é lhe envenenar com coquetéis químicos, lhe queimar com radiação, lhe mutilar com extirpações...
E, ainda por cima, a cada dia há mais câncer! Por quê? Porque as pessoas vivem esquecendo sua alma (que é divina): a paz de sua alma será a sua saúde, porque seu corpo é o reflexo material da sua alma. Se você se reencontrar com sua alma, se estiver em paz com ela... não haverá câncer!


Belas palavras, mas se seu filho tivesse câncer, o que você faria?
- Alimentaria sua fé em si mesmo: isso fortalece o sistema imunológico, o que afasta o câncer. O medo é o pior inimigo! O medo compromete a sua autodefesa. Nada de medo, nada de se render ao câncer! Tranqüilidade, convicção, delicadeza, terapias suaves...


Desculpe-me, mas faz mais sentido ir a um oncologista, um médico especialista.
- A medicina convencional só deve ser o último recurso, o extremo mesmo... E se sua alma estiver em paz, você nunca irá precisar dela.


Bem, tenhamos então a alma em paz... mas, se por acaso encontrarem a vacina.
- Não! Elas são produzidas com células de ovário de hamster cancerizadas para multiplicá-las e cultivá-las em um soro de bezerro estabilizado com alumínio (Este da hepatite B, com seu vírus): Você injetaria seus filhos com isso?


Já tenho feito isso várias vezes...
- E eu com os meus: Eu era médica, mas ainda não sabia o que sei agora ... No entanto, hoje meus filhos já não vacinam a seus filhos!


Acho que vou continuar com as vacinas...
- Por quê? A medicina atual mata moscas com um martelo: nem sempre morre a mosca, mas sempre se quebra a mesa de cristal. Há tantos efeitos colaterais...


Por que abominou a medicina?
-Tornei-me uma médica para ajudar. Eu me concentrei em Flebologia, as veias varicosas. Cheguei a ter várias clínicas. Mas fui percebendo o poder mafioso na indústria médica, que prejudica nossa saúde, que vive à custa de que estejamos doentes! Denunciei isso... e fui expulsa da faculdade de Medicina.


Ou seja, você já não pode prescrever remédios...
- Melhor! Os medicamentos são fabricados pensando na lógica industrial do máximo benefício econômico, e não pensando em nossa saúde. Pelo contrário: se estamos doentes, a máfia médica continua fazendo dinheiro!


E a quem interessa a "máfia médica"?
- À Organização Mundial de Saúde (OMS), às multinacionais farmacêuticas que a financiam, aos governos obedientes, aos hospitais e médicos (muitos por ignorância)... O que está por trás disso? O dinheiro!


Você não escolhe nenhum inimigo pequeno...
- Eu sei, porém, se eu tivesse me calado, teria ficado doente e hoje estaria morta.


Qual foi sua última doença?
- Dois dias atrás, heheee... uma diarréia!


E para refletir o que em sua alma?
- Oh, eu não sei, eu não analisei... simplesmente limitei-me a não comer... E já me sinto bem!


Mas, e se ficar muito mal, hein?
- Sei, sei... Se a doença for visitá-lo, acolha-a, abrace-a! Faça as pazes com ela! Não saia correndo como louco para encontrar um médico, um salvador... Seu salvador vive dentro de você. Seu salvador é você. Você é Deus!




No youtube:


MAFIA MEDICA


"Lo que comienza como una magistral explicación sobre la mafia médica, el Gobierno Mundial, sus planes eugenésicos y el peligro de la vacunación, termina en uno de los alegatos más vibrantes que jamás haya escuchado sobre la Libertad del Ser Humano. Todos deberíais dar las gracias a "Alvrosda", la persona que está haciendo un grandísimo trabajo por el Bien de la Humanidad al traducir cosas como ésta.¿Cómo?



*
Do mesmo tema:

http://despiertateya.blogspot.com/

Ex Jefe de la industría farmaceutica lo cuenta ..casi todo
Dr John Virapen trabajó por 35 años de su vida en la industria farmacéutica y ahora fuera del negocio sucio se decidió a hablar, a contarnos la verdad que se esconde tras esa verdadera mafia.
Visto: rafapal. Video:avesagu.

Subtítulos: http://detenganlavacuna.wordpress.com/

Dr John Rengen Virapen 1 de 3

http://www.dailymotion.com/video/xdoln6_dr-john-rengen-virapen-1-de-3_news?start=25#from=embed
http://www.dailymotion.com/video/xdokwt_dr-john-virapen-2-de-3_news
http://www.dailymotion.com/video/xdoln6_dr-john-rengen-virapen-1-de-3_news
*

publicado por conspiratio às 17:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 25 de Julho de 2010

ERNESTO BONO ENTREVISTADO


A Grande Conspiração Universal

Entrevista ufológica com Ernesto Bono, feita por Daniel Rebisso


Entrevista efetuada por Daniel Rebisso e publicada na Revista Realismo Fantástico número 6 de Curitiba. Ernesto Bono, autor de A Grande Conspiração Universal, faz incríveis revelações em entrevista concedida a Realismo Fantástico. Pesquisador italo-brasileiro, naturalizado, radicado no Rio Grande do Sul, o ufólogo Ernesto Bono é um dos pioneiros na abordagem filosófica do fenômeno OVNI. Nesta entrevista concedida ao também famoso ufólogo Daniel Rebisso, Bono fala de suas últimas descobertas sobre a grande conspiração dos extraterrestres que estariam dominando planeta.

Realismo Fantástico — Primeira curiosidade: como a Ufologia entrou em sua vida?


Ernesto Bono — Muitos anos antes de me tornar médico e psiquiatra. Foi por volta dos meus 14 anos que comecei a interessar-me profundamente pelo tema e, desde então, nunca mais abandonei essa temática fantástica ou essa manifestação do insólito.


RF – Como conferencista e escritor, observamos que a sua principal preocupação em relação aos OVNIs tem-se voltado para as questões filosóficas ou, como poderíamos dizer, para o aspecto epistemológico e que envolve o conhecimento das coisas. A seu entender, o que a realidade ufológica freqüentemente impõe aos homens?


EB – Eu suspeito que a presença dos UFOs, entre outras coisas, visa modificar nosso modo de sentir, perceber e entender a Vida e o mundo. Eles estariam aí para que, de algum modo, o homem abandone seus velhos esquemas de mal conhecer, esquemas instituídos no Ocidente pela filosofia e epistemologia de Aristóteles e fortalecida por Tomás de Aquino.


Tanto esses velhos filósofos como René Descartes, também filósofo e precursor da Ciência Moderna estabeleceram a primazia da dualidade perceptual. Para eles, sem qualquer dúvida – e para nós também, condicionados pelas idéias deles – existe uma realidade material que se estende e que dura, a qual pode ser encarada por outra realidade que pensa, o corpo-ego-homem, no caso. Esse dualismo ou multiplicidade perceptual acredita, por exemplo, que o homem é um ser à parte, separado, criado por alguém – Deus bíblico ou Acaso científico –, dotado de sentidos e capaz de sentir, pensar e perceber. O homem confrontar-se-ia então com um mundo que estaria à sua frente, mundo que precisa ser bem enfocado, bem percebido, decifrado. Ou melhor, teríamos que raciocinar em cima do que se enxerga e se percebe. Malgrado a impecabilidade dessa postura, ela infelizmente é um modo de conscientizar ou perceber totalmente errôneo e que vem prevalecendo há milhares de anos. Sem qualquer dúvida é prático e cômodo ao Status Quo, mas não passa de uma safadeza e desonestidade da lógica-razão em nós. Tal gnoseologia ou epistemologia é ótima para que os donos do poder alcancem seus fins, e é ótima principalmente para subjugar e dominar os inocentes e desavisados. Os orientais há milênios deram-se conta das mentiras do pensamento comum e da lógica-razão. Esse é o motivo profundo de os sábios orientais nunca se terem permitido criar uma ciência moderna, por exemplo, com seu modo de mal conhecer e de atuar pior. Embora os UFOs nada tenham a ver com a Sabedoria Oriental, talvez estejam tentando romper com nosso esquema enganador de mal conhecer, perceber, senão todos os UFOs, pelo menos boa parte. A presença anômala e escorregadia dos UFOs quiçá esteja sugerindo que conhecer corretamente não é exatamente aquilo que Aristóteles, Ciência e todos os demais filósofos do Ocidente estabeleceram, porque lhes convinha.


RF – Seria então necessário ver ou interpretar o fenômeno OVNI por um outro ângulo que não o científico?


EB – Aprofundando-me no tema, descobri que as humanas possibilidades de conhecer são somente duas: ou prevalece a Direta ou Sentir (do Sábio Autêntico), ou prevalece a Indireta ou pensar (do homem comum, do ignorante, do cientista confuso e conformado). Explico-me melhor: Conhecimento Direto é quando a Mente em SI – ou a Mente num Homem livre do mal pensar – não se separa do dado, ou daquilo que está à sua frente, isto é, a objetividade, que não precisa ser só e sempre material. Tal Mente Pura (ou SENTIR Primevo) comunga com a Objetividade Primordial – ou com o "ISTO" ou também com o Cosmo Verdadeiro. Em tal Saber-e-Sentir há uma interfusão, interpenetração, intercâmbio constante entre o Ser e a Coisa e que em verdade não são dois, mas sim são uma não-dualidade perfeita… No Conhecimento Direto se Sente, se Sabe e se Intui, se Comunga, mas não se rumina a respeito (raciocínio) ou não se discorre propositadamente sobre o percebido, sobre o que se conscientiza. Não existe um ego, ladrão, salteador e mentiroso para tal, e que se meta a distorcer tudo, a ocultar ou a acrescentar lorotas e enganos perceptuais. No conhecimento indireto se pretende que haja um ego-pensante aqui, que se confronta com determinada coisa, lá e que independeria dele, mas que em verdade é só e totalmente pensada. O ego-pensamento em todos nós sempre acha que sente, que sabe, que intuí, que compreende, que atua etc, quando em verdade só pensar em sentir, pensa em agir, pensa em compreender, mas mais mal conhece do que sabe de fato, mais mal lucubra do que intui; tudo raciocina e nada compreende; só pensa em agir, sem conseguir atuar e contento, livremente e alcançar fins verdadeiros. O que o ego-pensamento alcança é exatamente o fruto pensado ou aquilo que se propôs fazer. Longe porém está de usufruir daquele Saber-Sentir Puro, ou de alcançar aquele Isto Primordial, os quais não são tão transcendentes assim nem tão metafísicos. Os discos voadores autênticos são um ISTO Primordial que só o Saber-e-Sentir no Homem vivencia ou senão surpreende e com eles comunga. Há momentos, porém, que certos OVNIs, como uma concessão deles mesmos, transformam-se em objetos vulgares, fugazes, em aparelhos e que qualquer reconhecimento humano ou mal conhecer discursivo pode captar. Só que as experiências que a testemunha-ego tiver sempre serão precárias, confusas, enganadoras, traumatizantes ou até mesmo sofridas. E toda conclusão que de tal experiência o ego quiser retirar sempre será aparências, enganos ou mentiras.


RF – Mas esse tipo de apreensão ufológica nos parece quase um estado de Iluminação Interior. Será preciso tanto?


EB – E por que não poderia ser assim? Aristóteles, Descartes, Kant, Hegel e a ciência moderna inventaram estórias a respeito da objetividade, do viver cotidiano, do Cosmo, onde os UFOs parecem caber. E quem pode nos garantir que o mundo ou a objetividade tem que ser exatamente como eles disseram? E além de ser assim, quem pode nos garantir que uma objetividade tipo UFO tem que se acomodar às leis e dogmas que a ciência inventou, estabeleceu para resultar em PODER. Ou um UFO tem que se comportar conforme a previsibilidade dos preconceitos humanos?


RF – Mas e o conhecimento indireto de que o amigo fala seria só um fornecedor de aparências e ilusões?


EB – Ele é o pai da própria ilusão e tem como base a própria lógica-razão, mãe de todas as aparências e contradições bipolares e polivalentes! A lógica-razão sempre polariza o que nós acreditamos conhecer por meio dela, ou seja sempre resulta num certo e errado, num longe e perto, num alto e baixo, num longo e curto, num duro e mole etc. –, ou senão oculta a Verdade-Isto, ou ainda distorce o Sentir Primevo e Puro, esconde o Real e em seu lugar engendra substitutos enganadores tipo falso mundo, falso universo, falso objeto. O REAL em si, por sua vez, não é nem material nem anímico, não é nada acrescentado nem dependente, nem é algo que o pensamento comum possa decifrar. Na verdadeira VIDA, em cujo seio os OVNIs também pode caber, e com eles outros Cosmos – e não só o modelo de universo científico – não existe "um homem aqui" e "um mundo lá". O que nessa Vida talvez prevaleça é exatamente uma não-dualidade vivenciável, indescritível para a lógica pura, mas descritível para os sentidos e emoções. Digamos, é um todo em que homem-e-meio são algo completo. Sol-e-Raios, Raios-e-Sol. Aí, portanto, não haveria nenhuma necessidade de o homem na condição calhorda de ego-pensante separar-se desse meio e depois tentar conhecê-lo para dele tirar ou não proveito e implantar o PODER institucionalizado. Bastaria a esse homem comungar com seu meio, reconquistando aquela unidade ou aquela não-dualidade sensorial e que sempre é uma união afetiva e inteligente.


RF – A idéia é interessante, mas como se aplicaria esse Conhecimento Direto à pesquisa ufológica, ou senão ao seu correto entendimento?


EB – Para se aplicar o Conhecimento Direto não existe nem como nem porquê. O fato é que, sempre que se levantam os "como" e os "por quê?" em seguida passa a prevalecer o conhecimento indireto, o grande enganador e distorcedor de verdades simples e imediatas, como certos UFOs, às vezes podem ser. A presença UFO não oferece um "o quê" ou um "como" pensar. De algum modo, apenas sugere que o teu modo de conhecer é precário ou está errado e que tens que te modificar. Sua realidade, quando presentes se fazem, em termos aparentemente objetivos e materiais, é sempre um desafio para um ufólogo honesto e livre de escolas. Parece que eles vivem a nos dizer: Pára de pensar tanto e tão mal e começa a sentir-e-saber de outro modo! Esse teu outro modo de sentir-e-saber pode perfeitamente transformar-se num caminho que te conduzirá até nós". E aí voltaremos a ser aquela não-dualidade, Isto-Sentir e Sentir-Isto, em que tanto os homens de boa vontade como os homens cósmicos, seus irmãos mais velhos, acabarão se confundindo e se abraçando no seio de um mesmo PAI-MÃE, de onde tudo surge, mas nada se cria.




RF – Acreditas que todos os UFOs ou melhor, os ufonautas seriam capazes de tal gesto?


EB – É claro que todos não, mas boa parte sim. E é exatamente contra esta boa parte que o Governo Invisível humano e os ETs nefastos do além estão lutando. Boa parte dos ETs devem ser positivamente neutros ou benevolentes; e quem sabe estejam inseridos nesse modo de conhecer direto ou não-dualista. Estes talvez estejam tentando atrair alguns homens inteligentes para levá-los de volta às suas origens, o centro de tudo, onde tudo converge e também desde onde tudo diverge, sem que nada nem ninguém perca aquela condição primordial de Consciência-EU.


RF – E dos demais extraterrestres, dos ETs nefastos, o que poderias no dizer?


EB – Que são velhos aliados de humanos também nefastos daqui mesmo. Tanto a esses ETs velhacos como os seus compadres terrestres do Governo Invisível interessa e convém que prevaleça o famoso conhecimento indireto e indiretíssimo, ou seja, o conhecimento tipo comum ou tipo científico, a moral gananciosa e mesquinha do materialismo niilista, a falsa religiosidade. Esses ETs bandidos ou até mesmo neutros negativos visam o PODER, no além e no próprio mundo, como também o Governo Invisível visa este PODER ou a hegemonia mundial. Ambos não têm qualquer emoção, amor e sentimentos. São máquinas trituradoras e destruidoras sem o emocional-cardíaco, e que é exatamente a alma humana. Eles são os famosos emissários da morte!


RF – Em seu livro A Grande Conspiração há um capítulo inteiro dedicado às revelações de John Lehar e Milton William Cooper a respeito do Majestic-12 e do governo secreto do mundo. O que te levou a crer na validade dessas denúncias?


EB – Exatamente os pormenores das denúncias que ambos fizeram. Como diz William Moore, que os contra-ataca, ambos podem ser apenas simples paranóides, fascistas, farsantes ou quem sabe agentes da CIA disfarçados. Suspeito que William Moore é muito mais do que eles. Para não ter amor à verdade e ao próximo sofrido, Milton William Cooper estaria se expondo demais, pode até correr risco de vida. Nem ele mesmo se dá conta da incrível e espantosa gravidade de suas denúncias. Põe a nu as manobras de um Governo Invisível que efetivamente existe, encabeçado por uma CIA, MJ-12, CFR, TC, Bilderberger, Sociedade Jason, Alternativas l, 2 e 3 etc. como nunca ninguém o fez. John Lear é muito mais prudente e comedido. Mostra o crime, sim, mas acha que ninguém é criminoso. Só os ETs safados é que seriam. M.W.Cooper prova que a maior culpa cabe não aos ETs, mas ao Governo Invisível, que tem atormentado o mundo inteiro, visando o Poder Máximo… O que mais me deixou pasmo foi saber que desde 1947, atrás de um Truman ou de um Eisenhower, já existiam assessores presidenciais humanos, manipulando o governo norte-americano e soviético, constituindo inclusive e com toda felicidade organizações ocultas e prejudiciais aos homens e aos ETs, digamos bem intencionados, como o MJ-12 (ou melhor, projeto Grudge, Sign, Projeto Grudge, Projeto Bluebook, Projeto Yellowbook, Sociedade Jason etc. etc). O que me deixou abismado foi ver como esses humanos em absoluto nada honestos – alguns dos quais representam exatamente a anti-raça humana – se levantaram em bloco, tentando de todas as maneiras possíveis ocultar e bloquear toda e qualquer difusão de verdades ufológicas que não conviessem aos interesses deles. Eles não podiam deixar transparecer que sociedades secretas ou eles próprios, o Governo Invisível, já lidavam com ETs nefastos há milhares de anos. Também não podiam deixar transparecer que sempre houve uma Grande Conspiração Universal, e que, após a Segunda Guerra Mundial, ou após a Segunda Grande Derrota Mundial – pois não foi o homem quem ganhou tal guerra – outros tipos de UFOs e ETs haviam irrompido no mundo, numa tentativa desesperada de alertar os homens ou de ajeitar o que ainda podia ser ajeitado.
 
RF – Mas então o que tens a dizer da falsa alegação de que os governos mundiais manteriam o fenômeno UFO em sigilo a fim de manter a ordem social e perpetuar o bem estar de todos?


EB — Essa tese de manter a ordem social, malgrado as histerias que o programa radiofônico de Orson Welles em 1938 causou, é completamente falsa. Os poderosos que Milton William Cooper denuncia, e que eu julgo extremamente prejudiciais para o gênero humano, foram os que se levantaram após o segundo conflito mundial (ou derrota mundial), tentando esconder e sufocar uma coisa que havia resolvido intervir desde fora, desde o Insólito, e com o qual eles não contavam. Ou seja, as aparições em massa de OVNIs neutros e quem sabe benevolentes, não aliados de certos humanos safados e não ligados à Conspiração Universal. Esta última talvez atinja seu ápice neste fim, de século ou no novo.


RF – Acreditas realmente que seres extraterrestres tenham firmado algum pacto ultra-secreto com as grandes Potências da Terra?


EB – Não que assinaram, mas foram induzidos a firmar pelo Governo Invisível, e que manda em todas essas grandes potências aparentes. Por conseguinte, foram enganados tanto pelos ETs nefastos como por certos humanos safados daqui mesmo. Ao assim me exprimir, estou me baseando em dados históricos, filosóficos, religiosos, espirituais e ocultistas. A Grande Conspiração não abrange somente a área política e econômica, mas abrange tudo, principalmente o pretenso lado religioso, espiritual, ocultista e paranormal da humanidade.


RF – Independentemente de Cooper e Lear, de onde tiraste a tua convicção do pacto entre ETs e humanos safados?


EB – Conhecendo bastante bem um plano geral que está em andamento há milhares de anos. Tenho me apercebido dos interesses em jogo e que são da ordem econômica, militar, política, religiosa, filosófica, científica, mágica, ocultista, sociológica etc. A partir da manipulação disso tudo, pode-se conhecer o que o Governo Invisível pretende e sempre pretendeu: a hegemonia mundial absoluta. E para tal, nada melhor do que os alienígenas aliados deles! Sempre confundimos esse Governo Invisível ou clandestino com uma Fraternidade Branca com uma Shamballa, com Agartha, mas essas não tem nada a ver com isso. Forças ocultas nefastas do além e do aquém movem o mundo há centenas, senão há milhares de anos. E essas forças tanto pertencem aos falsos deuses, a Golem, Moloch, Molokron, a ETs tenebrosos, como pertencem a humanos, em momentos senhores e em outros servos daqueles. É a velha luta entre Deuses inseridos na Lei e Demiurgos fora da Lei, ambicionando o Poder. O homem comum infelizmente, fica no meio, como nas duas últimas guerras mundiais, e sempre leva a pior. Não poucos humanos gananciosos são aliados dos demiurgos há já muito tempo.




RF – Mas esse acordo secreto justificaria toda uma série de fatos aterradores, supostamente causados por determinados extraterrestres, como as desaparições misteriosas de seres humanos, mutilações inexplicáveis de animais, abduções de mulheres e homens por OVNIs e que depois são devolvidos totalmente perturbados.




EB – Que o acordo propriamente dito tenha a culpa do que vem acontecendo na Ufologia, duvido; mas que ele entreabriu a porta, entreabriu. Só que os poderosos dos governos não suspeitavam – e quem sabe sequer os líderes do governo invisível suspeitavam – que com essa abertura de leve, as portas iriam se escancarar, favorecendo as patifarias de certos notórios ETs vampiros, de certas larvas, de certas "máquinas" ávidas de sangue. Muitos estudiosos do assunto sabem que esses acordos não somente permitiram que alguns ETs, e que depois se revelaram insidiosos, se instalassem no nosso meio, como inclusive lhes foi concedida certa liberdade para fazer as experiências que lhes conviessem, em troca de favores e avanços técnicos. Esses mesmos ETs, aliás, velhos aliados do Governo Invisível ou clandestino, sempre estiveram aí. O que faz pensar então que tais coisas já vinham acontecendo há muito tempo, só que de modo mais brando e bem disfarçado. As velhas bruxarias e os diabos teológicos levavam a culpa. Tais ETs nos tempos que correm, infelizmente, estão exagerando na medida. Ninguém mais os segura. Entrementes, o que o Governo Invisível está fazendo com suas Alternativas l, 2 e 3, com sua franca difusão das drogas, com o contrabando de armas sofisticadas, com corrupções generalizadas, com desgovernos provocados no terceiro mundo, com inflações totalmente camufladas, com recessões, com misérias agudas, com fome generalizada como as da África, com futuras leis marciais etc. etc. isso meu amigo é muito pior.


RF – Duas raças supostamente extraterrestres, os reticulianos e os rigelianos (além dos reptilianos) estariam atrás dessas operações e acordos secretos. Quem te garante que sejam elas mesmas as que estão fazendo tudo isso?


EB – As palavras reticulianos, rigelianos, reptilianos, e até mesmo procionianos (ou tipo humano, nórdicos) foram inventadas pelos homens, por certos estudiosos de Ufologia. Não sei quantas raças de ETs nefastos existem, mas um tipo cinzento, e que o homem chamou de reticuliano, é o que geralmente prevalece quando se trata de descrever horrores e circunstâncias desagradáveis na Ufologia. Suspeito que dentre as centenas de tipos de ETs já vistos – (vistos pelo conhecimento indireto e enganador do homem e, portanto, ETs mal descritos; ou quem sabe, alienígenas que nos enganam por causa de nossa precariedade perceptual) – possível seria formar três grupos, sem cair no maniqueísmo do bem e do mal, ou seja: os benevolentes, tolerantes e que talvez tentem nos ajudar (os procionianos, quem sabe!), Os neutros e que às vezes se confundem com máquinas, robôs, andróides, clones, e os nefastos que precisam nos vampirizar e sugar tudo o que fortaleça e garanta a sobrevivência deles… Temo que estes últimos sejam a maioria… O relatório Matrix aponta os reticulianos, os rigelianos e os procionianos como sendo os extraterrestres que mais nos visitam e atuam no nosso meio. Suspeita-se também que as potências mundiais do primeiro mundo foram levadas a fazer acordos com reticulianos e rigelianos,. Os procionianos ou os tipo venusino de George Adamski sempre foram rechaçados pelos governos em geral, não se sabe porque e sempre foram vistos como seres criados pela imaginação humana. (É que esses tais se confundem com os alemães, e por conseguinte com os nazistas que fugiram após a WW2). Adamski, no caso, era o pai dessa imaginação, com propensões místicas. É claro que atrás desse rechaço forçado e imposto estava o próprio Governo Invisível… Por outro lado, levando em consideração os diversos relatos e raptos acontecidos, as vítimas geralmente ou descrevem extraterrestres tipo reticuliano, ou senão tipo rigeliano, mas estes bem menos, reforçando sobremaneira a tese das experiências terríveis que tais alienígenas estariam levando a cabo com homens e animais. Por outro lado, não se tem notícias de encontros com procianianos (ou tipo venusino) e que para o contatado tenha resultado em violências e traumas… Posso estar enganado, pois não é possível memorizar todos os contatos de terceiro, quarto e quinto grau que já aconteceram com ETs, no mundo inteiro.


RF – Esses reticulianos e rigelianos teriam eles entrado no cenário terrestres somente após a Segunda Guerra Mundial? Ou melhor dito, somente depois de 1947?
 
EB – Ai amigo, indiretamente estás me obrigando a tocar num assento delicado. Bem, lá vai, paciência! De fato, certas coisas precisam ser ditas! Como antes sugeri, muito antes de 1947, digamos milhares de anos atrás, certos membros ativos do que hoje mal se suspeita existir como governo invisível já eram aliados de certos extraterrestres. Quero crer que eram aliados de ETs nefastos. Só que estes dificilmente se faziam presentes na superfície do globo. A modo de dizer, viviam invisíveis ou semi-invisíveis em planos imediatos ao plano-Terra. Eles, tranqüilamente sempre efetuaram o comércio do troca-troca… Ou seja, certos bruxos, certos religiosos de mau caráter, sempre estiveram fazendo sacrifícios, geralmente sanguinários, sempre praticavam rituais a favor de tais ETs e que eram vistos como pretensos santos, deuses, guias, líderes de falanges, de egrégoras etc. E estes, em troca, obsequiavam favores e poderes para os seus eleitos, escolhidos ou ritualistas. Talvez alguns do Governo Invisível atuassem assim e tirassem proveito disso. Assim que os pactos ou acordos entre ETs nefastos, necessitando de sangue, hormônios, órgãos, humores, sentimentos, emoções dos seres vivos já são bem antigos. Eles sugam tudo.


RF – Por que razão esse acordo entre ETs cinzentos e grandes Potências, direcionadas por um pretenso governo invisível só foi posto em prática mais intensamente nos últimos anos, digamos, após a Segunda Guerra Mundial.


EB – Vou contar uma piada que parece verdade ou uma verdade que parece uma piada. Conforme ensina a tradição milenar e o próprio Apocalipse, milhares de anos atrás houve um terrível confronto de ETs no céu, confronto que se refletiu na superfície terrestre, de modo catastrófico. Um grupo de ETs benevolentes ou da Luz, capitaneados por alguém, e obedecendo ordens do Centro da Vida, vieram dispostos a eliminar (ou a expulsar) dos céus e da superfície da Terra o Demiurgo usurpador, e seu 1/3 de estrelas (ou ETs nefastos, asseclas, seguidores ou até mesmo outros demiurgos mais). Este Demiurgo usurpador, tomando o lugar do Absoluto, do Ser Primevo, do Deus Pai-Mãe, muito antes fez-se passar pelo deus único, criador do céu e da terra, e que todos deviam obedecer e temer. Em verdade sempre foi e é um farsante, um Titã inimigo dos homens. E tal como conta o Gênesis, em que Abel é atraído para fora por Caim e depois é traído e morto, esse mesmo líder e seus ETs de boa vontade, de algum modo, foram enganados pelo Demiurgo. Tiveram que parar de guerrear contra as hordas do Demiurgo, porque quem estava sendo prejudicado, como de hábito era o homem da superfície terrestre. E, bloqueados, não puderam voltar às suas origens. Para evitar o pior, "esses ETs benevolentes tombaram na superfície terrestre", em pontos especiais e se esconderam por um tempo ou Era. Esses mesmos que se esconderam em algum lugar da terra, como os tempos haviam chegado, por amor ao homem, resolveram reaparecer na superfície. Determinados extraterrestres não derrotados, mas que por força das circunstâncias se ocultaram em mundos subterrâneos e plataformas submarinas, simplesmente resolveram voltar. Juntamente com o retorno à superfície desses, também voltaram a aparecer outros ETs cósmicos, Filhos da Luz, que se situavam muito além do escudo isolador que o Demiurgo havia levantado ao redor da Terra. Com esse aparecimento repentino de ETs positivos do muito além, e os aqui escondidos, o Governo Invisível ou clandestino se apavorou, pois estes, mais, digamos os reticulianos do além, aliados destes, eram inimigos milenares de todos esses outros ETs provavelmente positivos e inclusive inimigos da própria humanidade, que por eles todos sempre foi considerada um pasto aprazível.





RF - Na semana passada, saiu uma grande entrevista na Revista Veja, com Peter Ward, famoso astrônomo, astrofísico norte-americano, o qual afirma, após profundos estudos e pesquisas científicas, que fora do Planeta Terra não existe vida. Sendo ele um renomado cientista que fala assim, num quase coro com os demais colegas de astronomia, o que sobra então para os leigos, para quem não é especialista de astronomia, para os que pretendem ser exobiologistas etc? Por um mero acaso, só a Terra teria vida? E se não existe vida em parte alguma, para que a ciência astronômica, astrofísica vem gastando tanto dinheiro com pretensas conquistas do espaço, viagens para a Marte, para a Lua, com radiotelescópios tipo Arecipo e outros mais?


EB - Sinceramente, malgrado a pretensa seriedade, certos astrônomos deveriam se aposentar ou deveriam ser aposentados. Que nessa visão científica de Marte ou nesse modelo de universo científico não existe vida até dá para acreditar. No caso contudo também se deveria dizer que o que de fato não existe é exatamente esse universo científico, malgrado o falso universo sempre aparece, e que no seu lugar desse universo há Algo mais, o Desconhecido, por exemplo. Conheço bem a pretensa seriedade científica, conheço bem as aludidas provas, a metodologia utilizada para arrancar verdades de um perfeito faz-de-conta.


Por exemplo, eu, feito um cientista ou feito um astrônomo não posso afirmar categoricamente que na minha versão de um Marte científico, ou seja qual for o planeta, não exista vida, e sequer restos de vida que talvez possa ter se existido milhares ou senão milhões de anos atrás. Feito um ufólogo também não posso afirmar categoricamente que no planeta Marte, sinceramente descrito por um pressuposto alienígena autêntico, existe vida por que ele mo disse. Tampouco posso afirmar que num hipotético Marte astralino há vida só porque um pretenso espírito do além, tipo Ramatis, descreveu tal vida, por meio de um médium ou sensitivo. Mas então, se nem o cientista, nem o ufólogo e nem o místico têm razão quem a tem? Digo eu, como a nossa percepção comum e científica está distorcida, como a nossa possibilidade de conhecer não leva a coisa alguma, e quando muito forja ficções e inventa estórias, então ninguém tem razão de coisa nenhuma. Só terá razão aquele que vivenciar o fato e se Aqui e Agora nesse fato couber um planeta Marte, nessa vivência estará a razão.


Os radiotelescópios foram forjados para que a ciência moderna provasse aos contribuintes otários, aos pagadores de impostos, que ela faz alguma coisa de útil, ou senão para pretensamente provar que existem planetas com vida inteligente, planetas que emitem sinais de vida, que existe atividade inteligente perfeitamente captável por meios luminosos e sonoros. Para os UFOs que rolam aos milhares, por aí e inclusive se comunicam, tais astrônomos não dão a mínima importância, mas para captarem falsos sinais de vida a bilhões ou trilhões quilômetros de distância, esses gênios da ciência moderna tudo gastam, em tudo se aplicam. Eles acham que tais radiotelescópios lá pelas tanta inclusive poderiam permitir um intercâmbio de inteligência e informações, pois sim. Custaram uma fortuna, e no entanto, qualquer gaiato em ciência, num paradoxo completo, vem e afirma que não há vida igual a da Terra em nenhum outro planeta. Face a esse paradoxo, as opiniões dos ufólogos são bem menos dispendiosas.


RF - Existe uma imensa presença diante de nossos olhos extasiados que chamamos céu estrelado. Até quinhentos anos atrás, de todo este céu a Terra era o ponto central. Todo o resto girava ao redor. Depois vieram os precursores da ciência, Copérnico, Kepler, Galileu, Newton, e a Terra de central passou à condição periférica. Transformou-se num insignificante terceiro planeta de um banal sistema solar qualquer. O Sol ficou central. De lá para cá, o universo foi-se complicando até o infinito. Bem, mas o Atual modelo científico de universo é de absoluta confiança? Pode-se crer absolutamente nele, ou alguma coisa aí nos estaria enganando, como no tempo do geocentrismo?


EB - Para escândalo de alguns, o atual modelo científico de universo não é algo absolutamente verdadeiro, no qual se possa confiar. Meus amigos, o universo científico nunca falou de por si, nunca provou nada por si mesmo, quem fala por ele é sempre o homem mal pensante, seja este uma pessoa comum, seja este um cientista, seja um contatado, seja um místico, seja um sensitivo. E mesmo que se tente provar que o universo científico é verdadeiro, em realidade aí apenas estão se armando causas e condições que resultam numa ilusão perceptual. Tudo obedece à Lei da Geração Condicionada. (Isto sendo, em pensamento, aquilo aparecem, aquilo se objetiva, aquilo se concretiza se para tal eu executar o ato intencional… E mais) Sou eu que te vejo, ó universo de araque, e vendo-te, me vejo, e vendo-me te faço! Por outro lado, no nosso íntimo existe uma poderosa ferramenta pretensamente perceptora chamada avidya (ou ignorância-ego-pensamento primordial) mas que em verdade distorce tudo o que se coloca na frente dela. Por sua vez, fora de nós existe uma Realidade Desconhecida e que Aqui e Agora só se revela àquele que consegue Vivenciá-la, num Saber-Sentir-Intuir autêntico. E se não for assim, quando a ignorância em nós encara Realidade Cósmica a transforma em mentira, num faz-de-conta, em aparência, ilusão ou em Maya, como dizem os orientais. É por isso que o universo objetivado não é uma realidade lá adiante, em sejam quais forem as versões, não importa se geocentristas, heliocentristas, materialistas, idealistas, animistas etc. etc. Tal máquina universal é um embuste total, é uma completa interdependência entre pessoa pensante e objeto pensado.


RF - A Astronáutica moderna mandou foguetes e sondas para todo o sistema solar, e conforme informam os donos do poder e, por conseguinte os donos da verdade científica, da "verdade conveniente" não há vida nos demais planetas do sistema solar. Parece não haver vida também no tal sistema solar próximo da terra, chamado Alfa Centauro e que estaria a uma distância de 4,3 ou 4,5 anos luz.. Mas e aí de onde vem os tais de discos voadores? Ou será que tais discos não existem e nunca existiram?


EB - Pergunta inteligente mas capciosa. Por causa dela serei obrigado a fazer afirmações diferentes, terei que apresentar teses a respeito da eventual origem dos UFOs. No fundo porém abomino teses, antíteses e sínteses. Mas apesar disso, os discos voadores têm que provir de algum lugar ou senão teriam que provir.


Amigos, um lugar nos dá uma idéia quase clara de espaço e, por conseguinte de tempo. Com isso esses dois embustes universais chamados espaço e tempo físicos se assentariam em termos absolutos, como vêm fazendo a milhares ou milhões de anos. Nós seres humanos vivemos na Terra que seria um pequeno lugar do universo científico. Eles, ETs morariam em outro lugar, em outro planeta desse mesmo universo científico. Segundo a ciência, o Universo científico é constituído e trilhões de trilhões de lugares geométricos-espaciais. Mas será mesmo? Paradoxalmente, porém a ciência, para desgraça nossa, prova que não há planetas habitados. Tal "maravilhosa" conclusão, evidentemente é alcançada por um modo de pensar vergonhosamente deturpador, ou seja, pela inferência, pela elucubração adoidada e por conclusões estapafúrdias. Mas e se os UFOs não viessem de nenhum lugar do universo científico? Digamos que eles não conhecessem os lugares geométrico-espaciais do conhecimento humano!? E se eles simplesmente vêm de outros planos de vida, que não planetas, que não lugares falsamente físicos? Se tais UFOs vierem de outras dimensões que nada tem a ver com a nossa pobre e miserável prisão tridimensional? E se eles são um ponto-instante, ou seja, moram num ponto-instante luminoso, num Aqui e Agora suis generis, que de repente vira um plano existencial, um planeta, um palco de vida etc, a partir do qual eles saem e conseguem se intrometer no nosso meio, manipulando para tal a nossa triste e porca tridimensionalidade, adaptando-se a ela? Tudo isso é delírio minha gente? Delírio absoluto e total, porém, é o modelo científico de universo vigente por meio do qual cientistas e astrônomos arrotam à vontade. Não estou impondo nenhuma tese, e nem quero que tomem defesa do que sugiro ou digo, pois não vale a pena. Minhas palavras, como as de qualquer um "são fantasmagóricas rainhas que criam e matam a outros fantasmas" Amigos, face à evidência gritante dos UFOs e suas intromissões ininterruptas no nosso meio, há já milhares ou milhões de anos, só se pode sugerir, sem nada impor, que eles são extra-situacionais e não extraterrestres. Ou seja, quem sabe, quem sabe, o Cosmo verdadeiro, ao invés de ser constituído de planetas, satélites, sistemas solares, galáxias, nebulosas, buracos negros, quasars, anos luz a serem suplantados e o escambau, pode ser constituído de situações existenciais especiais e que chegam até nós sob a forma de ponto luminoso. Este ponto contudo dilata, encolhe, se aproxima, se afasta, se funde com o nosso meio, simplesmente desaparece etc.etc. Nenhuma certeza amigos, nenhum dogma, apenas conversa bem temperada ou papo de maluco, como diria um senhor Renato Azevedo


RF - Newton, com sua pretensa descoberta da Lei da Gravidade e seu implante, já no seu tempo, transformou o Universo numa verdadeira máquina. E preocupado com isso, arremedou que o Deus, ele a pessoa bíblica, o criador de tudo, estava fora dessa máquina astronômica, daí ele ou os companheiros dele terem dito que Deus é um Deus ex-máchina. Isto é, que Deus estava fora da máquina, estava fora da engrenagem que o pensamento de Newton & Cia forjou. A objetividade universal atualmente se complicou de tal maneira e ficou tão imensa que as idéias, as concepções humanas de Deus criando universos de fato não cabem mais. Quem criou esse universo, deus ou o pensamento humano, pretencioso e delirante?


EB - Escândalo dos escândalos! "Prendam esse homem pois ele está maluco e quer prejudicar nossas instituições tão sagradas e tão proveitosas, pois nos propiciam tanta riqueza e fama!" Qualquer falso puritano, falso cientista, verdadeiro cientificista, cientificóide poderia pensar assim ou poderia gritar assim. Amigos, nunca houve uma criação do mundo, do universo, no espaço e no tempo, primeiro porque estes dois últimos não existem como a astronomia e a física humanas acreditam que sejam. Não existindo espaço, tempo, matéria, energia, plasma, nunca houve também um recipiente prévio, no qual um deus pessoa, barbudo e decorador de bíblias, por meio de taumaturgias começasse a criar o mundo, o sol, a lua, a vida e o homem. Tampouco houve um muito mais ridículo deus acaso da ciência que por meio de uma brutal mentira tipo Big-Bang tenha dado origem à vida, graças ao funcionar de leis físico-químicas-matemáticas que ninguém sabe como vieram a ser, a existir, nem como conseguem criar e conseguem fazer funcionar alguma coisa. Sem impor tese nenhuma, nem conceitos, nem proposições, sugira-se apenas sugira-se, sussurrando, que o Absoluto, que Deus Vivo, Aqui e Agora, livre de espaço, tempo, livre de falsa matéria, falsa energia e falso plasma, Manifesta-se feito Vida, feito Cosmo, e que Aqui e Agora toda essa Manifestação Divina e Extraordinária, também escondida no Coração do Homem, se renova de momento a momento. Por conseguinte nessa Manifestação em constante renovação nada há que uma ciência possa descobrir a nível físico, a nível astronômico, químico, bioquímico, biológico, existencial. E o que a ciência diz descobrir em verdade ela apenas forja, engendra. Tudo o que é descoberto e provado, isso sempre é inventado pelo pensamento humano, o que já é um grande mérito, mormente se determinada forjação manifestar algo positivo e construtivo.


RF - A cada dois minutos ou segundos na superfície da Terra são vistas ou constatadas as mais diferentes presenças celestes, entre as quais os Objetos Voadores não Identificados. Digamos que só 10% disso sejam discos voadores. Se a Terra é o único planeta habitado e está isolado do resto do cosmo, de onde vem tantas presenças anômalas que longe estão de se igualarem a aviões de carreiras?


EB - Essas presenças vêm das infinitas possibilidades do Cosmo Verdadeiro e não necessariamente do universo científico e respectivo modelo. Copérnico-Kepler-Galileu, no século XVII apenas forjaram seu próprio universo quantitativo, Newton o sacramentou por meio de fórmulas físico-matemáticos, e depois disso tal modelo de universo se complicou e entrou em inflação galopante. O universo proposto por esses gênios do pensamento humano é apenas um universo quantitativo e este tinha que entrar em inflação. Brevemente entrará em colapso. A Ciência Moderna se implantou no século XVII graças a essa pretensa revolução astronômica, e eu acho que haverá de modificar-se ou tornar-se uma Ciência científica-filosófica-espiritual graças a outra modificação da concepção astronômica. Certamente quando Jesus, o Mestre da Galiléia disse: "Na casa de meu Pai há muitas moradas ou muitos quartos" estava-se referindo a um Cosmo Autêntico, a um universo qualitativo e não quantitativo, malgrado a frase de Jesus também sugira o lado quantitativo. Sucede porém que "casa e quartos" é algo muito íntimo, muito emocional, muito qualitativo e não quantitativo. Não há nada mais sagrado do que o próprio lar. Só uma casa paterna com muitas moradas encerra infinitas possibilidades cósmicas e existenciais. E desta devem provir os UFOs benevolentes, neutros e até mesmo prejudiciais. E a propósito, os monstros que há milhões de anos tomaram conta da Terra vieram de um anti-universo, vieram da sombra da vida, de um horroroso poço sem fundo, e esses dominam o mundo, e para desgraça nossa, inclusive se intrometem e nos insuflam arremedos de sabedoria, para que essa coisa notável chamada ciência, que derrotou em definitivo as proposições da teologia católica e de alguma maneira eliminou a inquisição, acabe se deturpando até o extremo por simples exageros, falsas certezas absolutas e distorções..


RF - Dr. Bono, em seu livro A Grande Conspiração Universal, o senhor escreve: Eles estão aqui há muito tempo e brigam entre si. O ser humano desavisado está inserido entre dois fogos. Precisamos surpreender quem são os extraterrestres realmente favoráveis ao homem, quais são os neutros e quais os alienígenas nefastos, sem nos comprometer e sem sairmos prejudicados nessa investigação. E principalmente, para que melhor se entenda a temática ufológica, ela tem que se divorciar das idéias científicas de espaço, tempo, matéria, energia, plasma, evolução, porque os paradigmas ou os modos de conhecimento de que os alienígenas se valem são completamente outros. Os ETs não abusam do pensamento como nós. Sentem-e-Sabem que podem fazer determinadas coisas e simplesmente as fazem. Talvez de modo mais mágico do que lógico. Todos esses aspectos têm que ser levados em conta na Ufologia para que alguma luz vingue numa temática tão ambígua. A Ufologia não pode fundamentar-se nos erros da astronomia.


EB -Está muito bem dito, nada a acrescentar.


RF - Os grandes inimigos das viagens espaciais ou astronáuticas são o espaço e o tempo. A matéria, a energia e o plasma até que não são tanto. As distâncias entre os planetas do sistema solar são enormes. Contam-se em bilhões ou trilhões de quilômetros e até em quatrilhões. Entre sistemas solares, então as distâncias são um horror. São medidas em anos luz. A distância que permeia o sistema solar e outro sistema solar mais próximo, e que é o Alfa-Centauro é de 4,3 a 4,5 anos luz.


Um ano luz tem aproximadamente 39 trilhões de quilômetros. Os sistemas solares de nossa galáxia via láctea, digamos as plêiades, ou zeta retículo estão a mais de 100 anos luz de distância. De que maneira ETs ou até mesmo terrestres superariam essas distâncias impossíveis de suplantar?


EB - Quando a ciência astronômica se depara com essas fantásticas distâncias em trilhões de quilômetros tem toda a razão em dizer que os UFOs não existem. Só que eles não se deram conta de que o espaço é uma mentira, o tempo físico também, de que a velocidade da luz em 300.000 km por segundo é um engodo, de que tais distâncias são um absurdo, de que o universo que eles enfocam é apenas uma recriação de suas próprias cabeças. Eles utilizam uma cabeça, um cérebro (tudo mentiras reinventadas), quando em verdade eles utilizam uma mente não material e um pensamento calhorda para perceber e conhecer o que no fundo e em última instância nunca souberam o que era isso. Confiaram em tal enigma perceptor e conhecedor e nunca quiseram ouvir os avisos de outras maneiras antigas de conhecer que já alertavam: "Homem, homem cuidado com o pensamento, porquanto ele é um ótimo servo, um ótimo criado, mas é um péssimo senhor. Se fizeres de teu pensamento (raciocínio, intelecto, falsa percepção) um senhor, ele virará um tirano e te esmagará sempre." Sim, pois o homem não é só mal pensar, mas é principalmente Saber-Sentir-Intuir. "Homem, homem, antes de forjar lorotas e extrojetá-las diante de ti feito um cientista, conhece-te a ti mesmo! Porquanto se te autoconheceres em profundidades, Saberás quem és, de onde vieste e para onde vais. Surpreenderás o trapalhão e salteador ou o ego-pensamento, no teu próprio íntimo forjando mentiras e ilusões com a finalidade de subjugar e dominar o Verdadeiro Homem em ti. Autoconhecendo-te saberás quem é Deus e o que a Vida ou o Universo dentro e fora de ti!"


RF -Enrico Fermi, um dos pais da bomba atômica, pois foi o primeiro a fissionar o átomo em laboratório, como bom cientista descrente que era e em relação aos discos voadores, na década de 1950-1960 declarou: "Não existem seres inteligentes extraterrestres na Terra, agora. Se houvesse outras civilizações inteligentes na via láctea, mais cedo ou mais tarde, elas teriam dominado as viagens interestelares, tendo explorado e colonizado a Galáxia. Como eles não estão aqui e agora, eles não existem!" Este é chamado o paradoxo de Fermi, por meio do qual cientistas e astrônomos acreditam silenciar os argumentos dos ufólogos.


EB - Enrico Fermi não suspeitou o horror que ia desencadear com a sua maneira de pensar e de agir, e que dizem ter sido uma maneira científica de atuar.Ou seja, ele, grosso modo, teria conseguido fissionar o átomo de plutônio, urânio, ou sei lá qual, para que daí aparecesse a explosão atômica. Em verdade ele apenas pôs a Lei da Geração Condicionada em funcionamento como nunca, e incidiu num campo virgem de forjações e manipulações mentais. Daí então saltou fora o seu átomo, as suas pretensas fissões, as suas explosões e tudo o mais, pois sou eu que te vejo, ó átomo de merda, e vendo-me, te vejo, e vendo-me, te faço!" Isto é, sou eu que te vejo, ó átomo de merda, pois eu e tu, em verdade somos não dualidade, não separação, somos unidade. Somos um imã, eu, a parte pensante, sou o pólo A e tu, a parte pensada, és o pólo B. E vendo-me objetivado feito um tu, feito um falso átomo pensado, em realidade me vejo, e vendo-me diferenciado feito um tu, feito um falso átomo, vejo-me obrigado a agir por meio do método científico de experimentação e com isso te faço, te engendro, ó desgraceira, ó poluição máxima, ó imbecilidade atroz!


Enrico Fermi, estimulado pelas pretensas descobertas de Einstein e pela sua fórmula E = mC2 apenas pós a Lei da Geração Condicionada em funcionamento e alcançou um assombro de fruto. "Isto sendo, em pensamento, aquilo aparece, aquilo se sobrepõe, aquilo se objetiva, se concretiza, se para tal eu executar o ato intencional da metodologia científica experimental. Isto não sendo pensado, aquilo não aparece, não se objetiva, não se concretiza porque para tal não somente não penso como inclusive não faço absolutamente nada." "O Paradoxo Verbal de Enrico Fermi", por meio do qual não poucos astrônomos desavisados tanto se ufanam, é puro verbalismo fútil, conversa fiada extremamente requintada e intelectual. Minhas colocações também podem ser pura conversa fiada, por que não? Seres inteligentes em outros planetas, na via láctea, dominando o espaço e o tempo e superando distâncias impossíveis, para finalmente nos dominar é um absurdo total, é contradição completa, é pura conversa fiada, malgrado haja alguns ETs safados, sim, ou extra-situacionais que nos dominam. Só que estes provêm de outras condições existenciais, e estão saturados por um espírito de porco incomparavelmente maldoso ou são verdadeiros demônio, sui generis.


RF - Se a presença dos UFOs na Terra é uma aberração, porque então os poderosos do mundo, o governo norte-americano, principalmente já em 1947, 1948 criaram o projeto Sign (projeto sinal), que evoluiu para o Projeto Grudge (projeto ressentimento), no qual foi elaborado o famoso livro Yellow Book onde se registraram as conversas dos ETs. Porque foi criado o Projeto Blue-book, com suas equipes idiotas, outrora tão conhecidas na televisão brasileira? Por que e para que foram criadas a antiga CIA e a atualíssima NSA (National Security Agency). Por que foram criados o Conselho de Segurança Nacional, o MJ-12, o projeto Red-Light, Snowbird etc.


EB - A hipocrisia das autoridades constituídas mais a do Governo Invisível é tamanha que preenche completamente o universo científico ou o seu pressuposto espaço físico. Por exemplo, a turma governamental do presidente Truman de 1947, quando o acontecimento de Rooswell escorregou e quase se tornou de público conhecimento, correram apressados para tapar o sol com a peneira e aí criaram o Projeto Sign, o Projeto Grude, que iam estudar o vôo das borboletas (ou UFO), igual à expedição da Antártida em que o almirante Bird foi caçar pingüins na Nova Suábia do Pólo Sul. Foi criada nada menos do que a CIA, existente na ocasião só para estudar o escândalo dos UFOs e capturar qualquer objeto voador caído e respectivo tripulante. Depois, a CIA evidentemente evoluiu e se transformou na atual agência de espionagem safada e criminosa. Foi criada essa coisa incrível que praticamente quase suga todas as verbas do mundo ocidental, (Verbas do terceiro mundo, de preferência), ou seja a SNA que lida com os mais incríveis aparelhos eletrônicos só para espionar as mensagens excepcionais saídas de UFOs, ou senão dos meios de comunicação antigos ou também de todos os meios eletrônicos atuais. Tal Security National Agency, via Mossad, pretende inclusive dominar completamente o mundo. E já falam em holocaustos psicotrônicos.


RF - Afinal, existe ou não existe vida fora deste nosso planeta de dor e sofrimento? Houve ou não houve um criador para o milagre chamado Vida? O Universo tem que ser realmente a gigantesca e absurda máquina apontada pela ciência, ou quem sabe ele é algo bem diferente. Ao invés de estar saturado de mundos-bola, opacos ou incandescentes, girando de lá para cá, ou de cá para lá não poderia estar saturado apenas de ilhas-situações existenciais? E se este outro universo não científico não dependesse nem do espaço nem do tempo, aí a impossibilidade de viajar pelo cosmo persistiria? Os ETs ao invés de extraterrestres não poderiam ser extra-situacionais?


EB - Bem, mas esta última pergunta praticamente constitui um resumo de todas as respostas que eu dei. Não se diga porém que outra vida tem que existir fora deste nosso planeta de dor e sofrimento. Esse fora só pode traduzir o universo científico, e este último já ficou mais ou menos evidente que quem sabe não passe de um engano, de uma distorção e talvez sequer exista. Grosso modo, por nossa própria culpa e devido à nossa maneira de mal pensar e pior agir, é que parece estar lá fora, quando o Universo Real deveria estar centrado a Algo mais Verdadeiro. Assim que este nosso mundo supostamente situado nas trevas exteriores, de modo positivo e excepcional só poderia receber visitantes não de trevas mais exteriorizadas ainda (ou espaço científico) e sim de planos existenciais mais equilibrados, de situações cósmicas mais harmônicas e mais centralizadas ao Coração da Vida


Fonte:


http://www.mortesubita.org:80/ufologia/textos-ufologicos/a-grande-conspiracao-universal/?searchterm=ernesto


Vídeos:
Ernesto Bono Estudio 36 Ufologia 1995
http://www.mirrorfox.com/videos/31270/ernesto-bono-estudio-36-ufologia-1995-parte-1.html
http://www.mirrorfox.com/videos/31208/ernesto-bono-estudio-36-ufologia-1995-parte-2.html

Youtube:
http://www.youtube.com/user/bococomo
http://www.youtube.com/user/ruibolla2008

PALESTRAS E ENTREVISTA:

http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/a/u/0/B28HrZPyApk
http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/a/u/1/LPbb30-qvOQ
http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/a/u/2/tCf7rfzFhBU


Dr.Ernesto Bono, Radio Real Beatriz, sobre o filme Sinais, Planeta Marduk, Anunakis

http://www.4shared.com/file/87703355/4753868b/_2__-_03__DrErnesto_Bono_Radio_Real_Beatriz_sobre_o__filme_Sinais_Planeta_Marduk_Anunakis.html?dirPwdVerified=190bb023

Dr. Ernesto Bono, Alternativas 1,2,3 - espíritos ou alienígenas Radio Pampa A.Venzon

http://www.4shared.com/file/87698892/689a8510/-_08__Dr_Ernesto_Bono_Alternativas_123_-_espritos_ou_aliengenas_Radio_Pampa_AVenzon_.html?dirPwdVerified=190bb023


Dr. Ernesto Bono, Gatos, chupa-cabras, generalidades, Radio_Pampa A,Venzon

http://www.4shared.com/file/87696525/fd0d2d18/-_07__Dr_Ernesto_Bono_Gatos_chupa-cabras_generalidades_Radio_Pampa_AVenzon_.html?dirPwdVerified=190bb023


Dr. Ernesto Bono, Radio Real, Beatriz sobre Akakor, click pop
http://www.4shared.com/file/87693987/d728ade8/-_02__Dr_Ernesto_Bono_Radio_Real_Beatriz_sobre__Akakor_click_pop.html?dirPwdVerified=190bb023

Ernesto Bono tem vários livros publicados, entre eles "A GRANDE CONSPIRAÇÃO UNIVERSAL"
publicado por conspiratio às 19:54
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

CRISTAL RETIRADO DE PIRÂMIDE SUBMERSA PELO DR. RAY BROWN

.
 

A pirâmide submersa no Triângulo das Bermudas

"Voltando áquela região, saímos pelas ilhas Bari. Houve uma tempestade violenta e tivemos de parar em uma das ilhas mais próximas até que passasse. Perdemos grande parte de nosso
equipamento durante a tempestade, mas assim que passou, resolvemos entrar na água.


Na água, estava tudo muito turvo. Assim que chegamos sobre a nossa zona das 'ruínas', verificamos que a água, embora turva, revelava as formas das construções - por toda parte aonde nos
dirigíamos, de barco, de um lado para outro, víamos a forma das estruturas debaixo de nós! Escolhemos um ponto, lançamos a âncora e os nossos mergulhadores - como que em pânico - estavam na água.


Éramos cinco. Fui o último a mergulhar. É boa idéia fazer par com outro mergulhador quando se está num local deserto, e de vez em quando eu via um par de pés de pato à minha frente, no meio da água turva, e procurei acompanhá-los. Nisso fiquei exausto e tive de parar. Descansei num pedaço de coral, tentando me orientar.


Eu via o sol dourado filtrando-se pela água turva, rebrilhando, e via toda essa luz saindo por trás da forma de uma pirâmide. Fiquei ali sentado olhando para ela - porque não podia estar ali - e não queria que desaparecesse. O sol estava por trás da pirâmide, a luz brilhando em todas as direções com esse efeito eluzente.


Era como se alguém tivesse pintado aquele quadro fantástico. Fiquei pensando, se ao menos eu tivesse uma câmera! Se eu pudesse capturar aquele momento, seria o espetáculo mais lindo que o homem jamais viu. Era positivamente espetacular! Tinha colorido, tinha uma sensação belíssima.


De repente voltei a 'mim" e percebi que aquilo - fosse o que fosse - era real. Tinha de ser. Portanto, em vez de ficar ali sentado olhando para aquilo, resolvi ir até lá. Não era toda a pirâmide que estava exposta acima do solo submarino, mas apenas parte dela. Vi cerca de 27m de estrutura, e pela forma parecia ser iguais às pirâmides egípcias, se não maior.


A superfície dessa pirâmide era como um espelho. Era de pedra, mas pedras muito polidas, e o trabalho era fantástico. As pedras da superfície eram polidas e encaixadas tão justas que imaginei ser difícil introduzir uma lâmina de gilete entre elas. Não há meio de se imaginar que seres humanos pudessem juntar essas pedras que se encaixavam tão lindamente e apertadas. Havia superfícies chanfradas nas bordas das pedras; elas não se tocavam lisamente.


Nadei em volta da cumeeira. A água estava revolta e era meio
perigoso, junto do topo. Circundei a cumeeira tres vezes. Quando desci, depois da terceira volta, encontrei uma abertura. Nas minhas voltas anteriores, não havia abertura alguma - sei que estava olhando atentamente para a estrutura. Não tenho explicação alguma para o fato dessa abertura estar ali e depois não estar - estou só explicando conforme o que me lembro.


A primeira idéia que tive foi que, se havia uma abertura, devia haver uma porta. Olhei com cuidado em volta do local e não vi nada. Era apenas uma abertura. Não havia porta; nada que eu visse que pudesse ser corrido para abrir alguma coisa.


A curiosidade dominou-me e entrei. Seguindo por um vestíbulo
logo depois da abertura, vi que se abria para uma sala singular.
Essa sala ficaria na parte superior da pirâmide, se se olhasse para o conjunto da estrutura, fora d'água. Ficava aproximadamente na metade da área exposta.


A sala era retangular e o topo em forma de pirâmide. Do pico do aposento havia uma vara metálica, de cerca de 7cm de diâmetro, parecendo ser de ouro - mas não era. No centro da sala havia uma prateleira, esculpida, de pedra, e sobre ela uma couraça de metal com bordas em espiral. Sobre isso havia duas mãos metálicas, de dimensões humanas. Dentro das mãos estava o cristal. Bem sobre ele estava a vara de metal do teto, apontando bem para o cristal. Na ponta da vara havia uma pedra vermelha facetada terminando numa ponta aguçada.


Em volta dessa estrutura havia sete grandes cadeiras, uma ligeiramente erguida sobre uma plataforma acima das outras. Nadei até o teto e coloquei os pés na borda e tentei soltar a vara. Eu tinha certeza de que era de ouro. Ela nem se mexeu. Vi que ia precisar de auxílio para retirar aquele tesouro.


Sabendo que os outros mergulhadores só deviam ter metade dos
tanques de oxigênio e não haviam de querer tornar a mergulhar, resolvi levar de volta ao barco alguma coisa para provar-lhes que ali embaixo havia algo de valor. Peguei minha faca e raspei a vara para ter raspas para pôr dentro de minha luva. Mas em vez de conseguir alguma raspa, estraguei o fio de minha faca. A faca é de um metal dos mais duros que sabemos fabricar - aço temperado. E não fez nem um arranhão na vara!


Depois desci à zona do piso e sentei-me numa das cadeiras grandes. Tinha um formato confortável, de braços. Depois de repousar um momento, meus olhos foram atraídos de volta ao cristal, que irradiava uma espécie de brilho. Eu estava procurando alguma coisa que estivesse solta na sala para levar de volta como prova daquela experiência, pois no fundo de minha mente eu pensava: 'Será verdade? É tão lindo, talvez isso seja tudo imaginação.' Botei a mão entre as mãos e o cristal mexeu-se - estava solto! Estendi a mão e apanhei-o.


As mãos de metal eram cor de bronze, mas por dentro eram cor
de ouro, como a vara; e por dentro também pareciam pretas, como se tivessem sido crestadas por alguma chama ou poderosa energia, e foi um pouco assustador pegar aquela pedra. Se podia queimar aquele metal, o que me faria? Apanhei-a e nada aconteceu. Parei um instante; houve um momento de paz. E de repente houve uma voz - não que se ouvisse, mas era muito forte, e por dentro, por toda a estrutura que me cercava. Como que se irradiava, e no entanto era uma voz que me ordenava: 'Você veio, e já tem o que procurava. Agora vá, e não volte.'


Fato interessante, ao voltar à superfície e entrar no barco, verifiquei que todos os mergulhadores tinham tido experiências semelhantes. Todos tinham sentido a mesma impressão - ou voz. Cada um dos mergulhadores tinha algum tipo de artefato. Alguns eram instrumentos estranhos, semelhantes a calculadoras de bolso com um visor mas nenhuma chave. Nunca conseguimos descobrir como funcionavam. Não sabemos o que são.


Desde aquela época, sou o único sobrevivente daquele tempo. Todos os outros mergulhadores morreram nas águas do Triângulo das Bermudas. Desde então tenho mergulhado no Triângulo, porém não naquela zona. Nem quero entrar na água naquele lugar!


Tenho esperanças, porém, de que algumas das pessoas que estão filmando estejam lá no momento propício, quando as estruturas estejam livres das areias que naquele dia se moveram para nós devido à tempestade, e que possam filmar para vocês a cidade
submersa.


As construções eram um misto do tipo egípcio, algumas semelhantes às encontradas na antiga América do Sul, embora a pirâmide fosse de bordas lisas e não escalonada; e havia muitos prédios com tetos abobadados. Passei todo o meu tempo na pirâmide, só observando as outras estruturas a distância.


Na volta para casa, uma estranha sensação dominou todos os
mergulhadores. Sentiamo-nos isolados uns dos outros e não tínhamos vontade de conversar. Depois daquele dia, só nos encontramos algumas vezes. Desde aquele momento não houve
nenhum laço entre nós, embora devesse haver.


Passaram-se cinco anos até que eu me sentisse com segurança
suficiente para exibir ao público o cristal. E temos esse cristal,
resultado daquela experiência. Se eu na verdade morri, preparando-me para conseguir esse cristal, é coisa que não sei; vocês terão de julgar por si. Hoje sinto-me diferente; minha mente, meu pensamento é bem diferente.


O cristal em si é uma coisa fenomenal. Já o exibimos ao público
cinco vezes, e ele não é exibido em outras ocasiões. Muitas pessoas contam muita coisa que acontece em volta dele. Estamos
pesquisando os efeitos e fenômenos que ocorrem em volta dele.
Há quem diga que foi curado; há outros que dizem que vêem e
sentem coisas. Creio que não houve mais que uma meia dúzia de
pessoas que se tivessem aproximado do cristal, colocado as mãos
sobre ele sem sentir o vento iônico que sopra dele.


O cristal é quartzo. Como pedra, foi avaliado em 1970 em 20.000 dólares. Hoje, como pedra preciosa, vale um pouco mais. Mas claro, não tem preço pelo que é na verdade. É uma esfera perfeita. Natural, forçosamente foi lapidado; os cristais de quartzo não se formam esfericamente. Há uma falha nele. No centro, de quartzo esfumaçado formado naturalmente, há uma pirâmide quase perfeita, e se olharmos para ela veremos três pirâmides, uma empilhada atrás da outra; e no estado alfa há uma quarta pirâmide que aparece atrás das três.


Olhando para ele de lado, vemos que a forma de pirâmide é formada de milhares de linhazinhas gradeadas, como grade eletrônica, no quartzo esfumaçado. Observa-se a forma de pirâmide só pela frente; pelos lados vê-se as linhas gradeadas. Há pirâmides dentro de pirâmides dentro de pirâmides, às avessas, de lado, de todo jeito, mas as principais estruturas de pirâmides são direitas e para a frente."


Quem ouvir o Dr. Brown contar sua história espetacular de como se tornou o guardião do cristal da Atlântida tem imediatamente dúzias de perguntas a fazer. Passo a relatar as que lançam maiores luzes sobre essa bela pedra preciosa recuperada da pirâmide:


P. Onde exatamente é o local dessas ruínas?


R. Não lhe posso dar a latitude e longitude - não sei de cor. Mas
posso marcar o local num mapa. Fica bem próximo ao vértice da Língua do Oceano, apontando em linha reta para as ilhas maiores das ilhas Bari, acerca de 30km da borda da plataforma, caindo na Língua. Fica bem distante de qualquer grande massa de terra; a ilha de Andros fica de um lado; o local habitado mais próximo é Bimini.


P. Até que profundidade a areia foi descoberta, para revelar a
pirâmide?


R. Na base da pirâmide, cerca de 36m. Desse modo a pirâmide
ficou exposta cerca de 27m. Continuava para o fundo. As superfícies de qualquer coisa deixada debaixo d'água são cobertas de algas e um limo de matéria orgânica. Na sala não havia qualquer tipo de vegetação. Tudo estava inteiramente imaculado e a superfície da pirâmide reluzente e limpa como se eu estivesse olhando para um espelho muito polido. Era uma pedra branca. Acima da água deveria ter parecido, a distância, um fragmento gigantesco de mármore branco. Deveria ser magnífico!


P. Onde ficava a abertura da pirâmide?


R. Numa linha central bem no meio. Acho que a vara descia direto da cumeeira. Esta, aliás, parecia ser de lápis-lazúli.


P. Se o vão da porta permanecesse aberto, a areia não encheria a sala?


R. Sim, se permanecesse aberta, quando a areia penetrasse ali,
encheria a sala, estou certo disso. Mas seja o que for que se abriu, fechou-se em algum ponto, com certeza. Não vi nada se fechando, mas suponho que, já que dei a volta e não vi buraco nem abertura e depois encontrei um, aquilo que o fez abrir-se também o faria fechar-se.


P. Havia areia na sala?


R. Não havia indícios de areia na sala. O piso era de pedra branca. Fiquei impressionado ao ver como estava tudo claro e límpido.


P. O que aconteceu com a abertura na pirâmide quando você partiu?


R. Ao que pude observar, a abertura permaneceu aberta. Não vi qualquer tipo de porta. Olhei por dentro, calquei as bordas de pedra e não achei nada. É um mistério.


P. Acha que as paredes eram sólidas?


R. Não tenho meio de saber. Suponho que fossem. Tudo parecia
ser bem pesado e feito de pedra sólida. O vestíbulo, que entrava
cerca de 9m, era feito de pedra sólida, e supus que toda a pirâmidedevia ser sólida.


P. Qual a fonte da luz dentro da sala da pirâmide?


R. Não sei. Não havia foco como uma lâmpada, mas estava tudo
claro. Na minha empolgação, eu tinha deixado a minha lanterna
de mergulho no barco.


P. Havia alguma ligação entre a vara e o cristal?


R. Não. Havia um espaço de talvez 1,20m entre o fim da pedra
vermelha e o cristal em si. O cristal parecia ter sido usado como
dispositivo como parte de algum cerimonial para que era usada
essa pirâmide.


P. O que era a vara de metal?


R. Na verdade, não sei o que era, mas creio que era de ouro, aparentemente tratado por algum tipo de processo de endurecimento.  Os americanos antigos tinham um processo de temperar o cobre, e sei que várias companhias metalúrgicas oferecem uma recompensa a quem revelar de que modo eles temperavam o cobre, para obter uma dureza superior à do aço cementado. Ainda não aprendemos o seu segredo.


P. Em que direção estavam voltadas as cadeiras?


R. Eu tinha uma certa orientação pela disposição de meu relógio, mas na sala não observei indicações de bússola para lhe dizer em que direção estavam viradas as cadeiras. Estavam mais ou menos em círculo em volta daquele pedestal.


P. Quais são algumas das propriedades físicas do cristal?


R. É de quartzo, embora haja alguma coisa estranha nessa pedra. Possui uma propriedade metálica especial, superior à do quartzo. Pode-se ver pela refração da luz que é de quartzo, mas tem o dobro do peso que deveria ter o quartzo. Talvez a forma metálica das linhas gradeadas nele seja metal e não quartzo.


P. Qual a sua experiência ao tocar no cristal?


R. Assim que ele é descoberto, não acontece nada de espetacular; mas depois de alguns minutos, ganha energia e dispara... se você colocar as mãos acima dele, sentirá camadas quentes e frias, tão nítidas quanto tudo o que já observou. Poderá sentir os íons saltando do cristal, e isso provoca uma formigação. Quanto mais próximo você estiver do cristal, mais fraca a energia; quanto mais longe, acima dele, mais forte ela se torna.


P. Conte algumas de suas experiências com a pedra.


R. Muita vezes, quando estou perto da pedra, volto à minha experiência fora do corpo. Passo a olhar as coisas de um modo muito consciente e alerta. As outras coisas são mais difíceis de descrever. Posso passar a ver aquilo que preciso ver para corrigir o problema em que estou trabalhando. Outras pessoas que passaram perto do cristal me escreveram dizendo terem tido experiências semelhantes na resolução de problemas.


Já observamos que essa pedra, às vezes, produz luz sozinha. Pudemos sentir coisas. Tivemos leituras por parapsíquicos
de todo o país, e todas as leituras concordam no fato de que a
pedra é uma coisa fenomenal para o planeta, e que é um dispositivo que amplia o pensamento e a energia de qualquer forma muitas e muitas vezes. Dizem que pode ser perigosa e boa.


Há pequeninos fragmentos nos computadores que fazem coisas fenomenais - são feitos de cristais. Sabemos que os cristais possuem qualidades eletrônicas. Resta saber se as linhazinhas gradeadas em volta dessa coisa são desse tipo. Há pessoas que dizem curar-se de doenças quando se aproximam do cristal.
P. Acredita na reencarnação?


R. Elizabeth Bacon, em Nova York, estava fazendo um preleção
sobre o cristal; havia cerca de 500 pessoas presentes. Ela entrou
em transe e as pessoas fizeram perguntas sobre o cristal e os
dados que transpareceram. Disse ela: "O homem que o possui era chamado 'Thot'."


P. O cristal varia, quanto à forma de pensamento?


R. Sim. Por exemplo, antes eu o exibia sem uma cúpula de vidro e de vez em quando alguém o tocava. Um dia apareceu uma senhora que tinha muita dor no pâncreas. Estava toda curvada. Ela tocou na pedra e a dor passou. A senhora que tocou a pedra alguns minutos depois, adquiriu a dor, que lhe foi transferida pela impressão digital deixada sobre a pedra. Desde então eu a deixo coberta.


P. O que há sobre a meditação?


R. Meditar perto desse cristal é uma coisa inacreditável. É preciso experimentá-lo para saber.


P. É possível dirigir a energia do cristal?


R. Creio que sim. Mas mais pelo pensamento do que apontando a ponta das pirâmide. É possível chegar a olhar para o cristal e
transmitir a energia para outros pontos, mensuravelmente.


P. O que acontece quando se coloca uma bússola acima do cristal?


R. O ponteiro da bússola gira - no sentido inverso ao dos ponteiros do relógio se estiver perto da pedra, no sentido dos ponteiros do relógio se estiver a 5cm acima dela.


P. Observa-se alguma modificação, segundo os ciclos lunares,
etc.?


R. Não. Procuramos encontrar um padrão ou programa segundo o qual a pedra age ou não, e não consegui descobrir qualquer norma para isso.


P. Já tentou fazer uma maquete de uma pirâmide com o cristal no lugar?


R. Sim, se bem que não em pirâmides grandes. Já colocamos o
cristal dentro de estruturas de pirâmides e medimos a energia, e é fenomenal! Quando colocamos uma estrutura de pirâmide sobre ele e o colocamos mais ou menos na mesma posição em que estava na estrutura original, a energia mensurável é notável.


P. Por que você não ficou na zona e fez mais explorações?


R. Depois de ter tido aquela experiência, senti-me realmente nervoso para ficar naquele local. Depois do aviso que recebi, não quis mais passar tempo algum ali. Se você ouvisse uma voz que o fizesse tremer até os ossos, creio que daria ouvidos e seguiria o conselho, por amor à sua vida. Pela experiência dos outros, parece que pagaram a penalidade por não terem dado ouvidos.


P. Acredita que os quatro outros mergulhadores morreram por
terem voltado ao local depois de serem advertidos para não o
fazerem?


R. Suponho ter sido isso o que aconteceu. Todos morreram no
mar. Um deles morreu em Bimini - um mergulhador experiente e capaz. Saltou do barco e quebrou o pescoço - bateu na areia. Outro foi no Haiti; saiu num barco muito pequeno e nunca mais voltou. O último morreu num acidente marítimo em algum lugar ao largo da Jamaica - não sei os detalhes.


P. Poderia encontrar a pirâmide de novo, se desejasse?


R. Poderia levá-lo à zona de 25km por 8km. Não sei se conseguiria levá-lo, exatamente ao topo da pirâmide, para escavar e descobrila. Lembre-se, passamos o verão todo cavando buracos de 20m, e se tivéssemos atingido o local exato, taríamos descoberto a pirâmide, mas não o fizemos. Portanto, a um custo de um milhão e meio de dólares, não encontramos nada. Depois fomos lá num dia de tempestade, e por um golpe de sorte paramos bem em cima!


Agora, claro, aquela areia voltou a cobrir o local e essa cidade
submersa. Vigiamos as configurações das tempestades e quando
as tempestades atingirem aquele local, estou curioso para saber 
se estará na hora de voltar lá para filmar. Mas não me pilharão lá debaixo d'água.


P. Qual a localização do Mar de Sargaços com relação a esse local?


R. A leste, talvez uns 240km.


P. Onde estavam os instrumentos que os outros mergulhadores
encontraram?


R. Dois foram encontrados em uma construção que parecia um
tipo de biblioteca ou galeria de arte - algum prédio grande. Estavam sobre uma mesa de pedra numa posição que mostrava que, fossem o que fossem, eram tidos em alta conta. O outro instrumento, de forma bem diferente, foi encontrado no que parecia ser uma casa. Não sabemos o que é. Era um objeto quadrado, maior. Os outros eram pequenos e muito aerodinâmicos. Os cantos eram arredondados e eram de um metal fosco.


P. Alguém já tentou roubar o cristal?


R. Sim. Levei-o a uma festa dada por um amigo na Califórnia, U.S. Anderson. Um dos convidados, que tinha uma loja que vendia artigos do ocultismo, pediu para vê-lo. Alguns minutos depois, ele e o cristal tinham desaparecido. Estranhamente, na manhã seguinte o cristal estava de volta, no vestíbulo, à espera. No entanto, o homem que o levara nunca mais apareceu. Não voltou para casa nem para o seu negócio. Simplesmente desapareceu.


P. Há mais alguém que tenha um cristal esférico?


R. Há pessoas que lapidam cristais esféricos.


 O meu cristal tem uma energia estranha, uma forma de
energia muito poderosa à sua volta, e carrega outros materiais
colocados perto dele. Essa carga energética tende a ser tornar
mais forte com o tempo, em vez de diminuir. Não tenho explicação para isso.


 A medida que o cristal é exposto, aumenta a sua energia
potencial. Se o levarmos à luz do dia, ele se torna muito forte.
Mas tende a fazer alguma coisa com a energia das pessoas. Sua
energia é maior quando há muita gente em volta.


P. Já mandou datar o cristal pelo método do carbono?


R. Não. O curador do Smithsonian Institute diz que o equipamento necessário para lapidar essa pedra tão perfeitamente não existia antes de 1900.


P. O cristal já foi testado para verificar a radioatividade?


R. Não. Podemos mandar testá-lo na UCLA para verificar por que sai dele esse estranho vento iônico.


P. Foi mesmo direito você ter tirado essa pedra da pirâmide?


R. Parece que era o que eu tinha a fazer. Senti mesmo que era
levado a isso. Para dizer a verdade, não sei qual o propósito de possuí-lo. Estou fazendo coisas com ele, sim, mas não sei mesmo.


P. Acredita que esse cristal seja da Terra?


R. Não. Mas isso é apenas minha opinião.


P. Quais os seus plano futuros para o cristal?


R. Não sei. Estamos no ar. Não é apenas um instrumento de cura, muito embora, estando na arte de cura, é a primeira coisa que devo pesquisar.




"As Profecias da Pirâmide", Max Toth, Editora Record, 1979, Rio de Janeiro, RJ, pp. 266 - 178.




http://br.groups.yahoo.com/group/umanovaera/files/

tags:
publicado por conspiratio às 18:55
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 24 de Julho de 2010

DERRAME DE ÓLEO NO GOLFO: SUSPEITAS SOBRE A BP E OUTRAS NOTÍCIAS

CARTA DO JOGO INWO, QUE PREVIU VÁRIOS ATAQUES ILLUMINATI

Vídeo:
BP - Consequências radicais do Vazamento de Petróleo no Golfo

As consequencias apocalipticas do acidente (negligente ou proposital) provocado pela BP
http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/a/u/0/D-ljzH1cxrg


_____________________________


Notícias censuradas do Golfo: Pessoas com hemorragia interna, milhões envenenadas, em denúncia do EPA




OBS: A tradução foi feita pelo GOOGLE, e contém erros, o texto original se encontra no link >


http://www.examiner.com/x-10438-Human-Rights-Examiner~y2010m7d21-Censored-Gulf-news-Whistleblower-EPA-hiding-gassed-people-bleeding-internally


Temos os golfinhos que estão sangrando. Pessoas que trabalham próximo a ele são uma hemorragia interna. E é isso que dispersantes é suposto fazer … O deputado Markey e Nadler, bem como o senador Mikulski, têm sido heróis … Mark Kaufman, denunciante EPA, Democracy Now!


Intoxicação por milhões de pessoas


No seu relatório, a EPA acusa Whistleblower Agência de encobrir Efeitos de dispersante em BP Oil Spill Cleanup, Democracy Now! afirma que “muitos legisladores e grupos de defesa dizem que o governo Obama não está sendo sincero sobre os efeitos letais de dispersantes,” assim que Amy Goodman entrevistou Hugh Kaufman, analista sênior da política no escritório do EPA de Resíduos Sólidos e resposta de emergência e um dos maiores críticos de a decisão de usar COREXIT “que divulgou como os funcionários estão mentindo sobre muitas coisas relacionadas com a intoxicação catástrofe” milhões de pessoas. “(Ouça: Real Audio Strea ou MP3)


A transcrição apressada inclui Kaufman, dizendo: “E eu acho que a mídia agora tem que seguir o dinheiro, assim como fizeram no Watergate, e dizer ao povo americano que está recebendo dinheiro para o envenenamento de milhões de pessoas no Golfo. (Grifo nosso)


“Embora as preocupações sobre o impacto de dispersantes químicos continuam a crescer, os moradores da Costa do Golfo estão indignados com um anúncio recente de que o fundo de reivindicar $ 20000000000 governo administrado irá subtrair os trabalhadores de limpeza ganhar dinheiro trabalhando para o esforço de limpeza de quaisquer reclamações futuras.


Os “navios de oportunidade” programa tem centenas de empregados da costa do golfo de pessoas trabalham por causa do derrame que Kaufman diz que é visto como yest outro caminho “para limitar o número de ações judiciais contra a BP”.


“E o governo, tanto EPA, NOAA, etc, têm sido fantoches para BP neste encobrimento. (Grifo nosso)


Kaufman concorda com o relatório da MSNBC, na semana passada, que “a finalidade exclusiva no Golfo de dispersantes é manter uma cobertura acima de ir para a BP para tentar esconder o volume de petróleo que tenha sido liberado e economizar centenas de milhões, senão bilhões, de dólares em multas … não para proteger a saúde pública e meio ambiente. .. Muito pelo contrário ”


Ele diz que para seguir o dinheiro, e que leva às pessoas na Administração Obama, de nomeação de Geithner, Summers com laços estreitos com Larry Fink que possui BlackRock que possui mais ações da BP.


Ele comentou sobre as crianças que estão sendo envenenados:


“… Você sabe, quando você está na areia com seus filhos e eles cavam, e há um pouco de água?-Se documentado que havia mais de 200 partes por milhão de resíduos de óleo na água, e não é perceptível para o olho humano … Em cima dela, a contaminação em uma das amostras foi tão grande que quando eles colocam o solvente, como um primeiro passo para identificar o quanto de óleo pode estar na água, a coisa explodiu, assim como ele disse, provavelmente porque havia muito COREXIT em que a amostra em particular. ”


Quando Goodman pediu Kaufman para comentar sobre as semelhanças entre o Ground Zero da catástrofe do Golfo eo que aconteceu no Ground Zero de 911, ele explicou que fez a investigação ombudsman em Ground Zero “, onde EPA fez declarações falsas sobre a segurança do ar “… já provaram ser falsas.


Red Herring: Não são necessárias mais provas. COREXIT conhecido por ser perigoso.


“O maior ingrediente em COREXIT é o petróleo. Mas existem outros materiais. E quando os ingredientes são misturados com óleo, a combinação de COREXIT ou dispersante e óleo é mais tóxica do que o próprio petróleo. EPA Mas tem toda essa informação.


“Essa é uma questão Red Herring sendo levantadas, que temos de alguma forma saber mais informações. Quando você olha para o rótulo e você olhar para as folhas de toxicidade que vêm com ele, o público sabe o suficiente para saber que é muito perigoso. A Academia Nacional da Ciência tem feito um trabalho sobre ele. Toxicologistas da Exxon que desenvolveu ter publicado sobre ele.


“Assim, sabemos o suficiente para saber que é muito perigoso, e dizer que só temos de saber mais sobre isso é uma questão falsa. Sabemos abundância. É muito perigoso.”


“[O] de mídia agora tem que seguir o dinheiro, assim como fizeram no Watergate, e dizer ao povo americano que está recebendo dinheiro para o envenenamento de milhões de pessoas no Golfo.”


Nenhuma menção foi feita pelo denunciante sobre o envolvimento de militares na operação, nem que o DoD tem sido na cama com a EPA, testes disperants em indivíduos inconscientes e grandes populações ao longo de décadas.


Com todos os olhos em grande BP ruim, poderia ser o real arenque vermelho?


http://fimdostempos.net/golfo-envenenadas.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+fimdostempos+%28FimdosTempos.net%29




LEIA TAMBÉM: Assuntos Relacionados
23/07/2010 -- Fundador do Ocean Energy Institute diz que um novo furação exigirá uma evacuação do Golfo (0)
21/07/2010 -- VIDEO: Vazamento de Petróleo no Golfo – Catástrofe realizada e iminente (1)
21/07/2010 -- Vazamento no Golfo: Uma catásfrofe já realizada e uma futura iminente (4)
20/07/2010 -- A afirmação da BP sobre o controle do vazamento é mais uma mentira (0)
15/07/2010 -- A fuga de petróleo no Golfo “pode perdurar anos” se não for travada (0)
15/07/2010 -- Golfo do México: A opção nuclear no furo da BP – Por que a BP está preparando uma “super arma” para evitar uma escalada pesadelo do Golfo (1)
01/07/2010 -- Vazamento de petróleo bate recorde no golfo do México (1)
30/06/2010 -- Fuga de petróleo no Golfo do México poderia provocar uma “zona morta”, com extinção da vida marinha (0)
30/06/2010 -- Comandante da Guarda Costeira dos Estados Unidos sugere planos de evacuação de cidadãos (1)
27/06/2010 -- Desastre da BP: Metano, lei Marcial e Evacuação no Golfo do México (3)
Tagged with




_____________________________

BP falsifica imagens referentes ao desastre do Golfo do México
http://odetriunfante.wordpress.com/2010/07/23/bp-falsifica-imagens-referentes-ao-desastre-do-golfo-do-mexico/
______________________________

Empresa modificou uma foto publicada de sua central de resposta ao acidente no Golfo do México



http://portalexame.abril.com.br/tecnologia/noticias/bp-admite-manipulacao-foto-atividades-golfo-mexico-580429.html
_____________________________




http://br.groups.yahoo.com/group/sosverde/message/4738



Vazou petróleo no mar? Camarão nele!


Ainda não dá para limpar a mancha monstruosa do Golfo do México, porque falta produção em escala. Mas os vazamentos pequenos e médios estão com os dias contados: já está inventada e patenteada a tecnologia brasileira capaz de limpar o petróleo derramado no mar e ainda acelerar a degradação do poluente recolhido.


A ideia começou a tomar forma lá atrás, quando o químico Afrânio Aragão Craveiro, da Universidade Federal do Ceará (UFC), foi procurado pela indústria camaroneira do litoral nordestino para dar destino adequado aos resíduos: montanhas de cabeças e cascas de camarão. Para comercializar as atuais 60 toneladas de camarão cultivado produzidas por ano, por exemplo, antes é preciso extrair pelo menos 20 toneladas de resíduos.


Craveiro descobriu a utilidade de uma substância chamada quitina, presente na carapaça do camarão (também dos demais crustáceos, como lagostas, siris e caranguejos) e criou uma bem sucedida indústria de cápsulas de quitosana, usadas para combater a obesidade, reduzir o colesterol e ministrar remédios com precisão.


A principal característica da quitosana é aglutinar e absorver gordura. “Ora, o petróleo assemelha-se à gordura vegetal, então imaginamos que a quitosana teria a mesma propriedade lipofílica, ou seja, de atração e absorção do óleo”, conta o cientista. Isso foi há três anos, quando Craveiro trabalhava na diversificação de produtos do Parque de Desenvolvimento Tecnológico da UFC (Padetec). Em laboratório, sua equipe reproduziu manchas de petróleo na água do mar e as borrifou com um spray de quitosana. O óleo espalhado se aglomerou numa massa mais fácil de recolher.


Não contentes com o resultado, os pesquisadores magnetizaram a quitosana, acrescentando magnetita às cápsulas de cascas de camarão. “Além de coalescer (ou seja, ficar intensamente aglutinada), a mancha de óleo pode ser recolhida no porão de um navio por meio de um magneto (imã), eliminando a necessidade de toda a parafernália de esponjas e demais equipamentos absorventes utilizados”, acrescenta Craveiro.


Mas ainda não era o suficiente. E a equipe da UFC recorreu novamente à biodiversidade, em busca de um meio de acelerar a degradação do petróleo recolhido. Sob coordenação de Vânia Maria Maciel Melo, realizou-se uma verdadeira garimpagem nos campos de petróleo de Suape (PE), Pecém e Lubnor (CE), para selecionar os microorganismos mais eficientes na degradação do óleo.


A espécie eleita foi a bactéria Bacillus pumilus que, inserida na cápsula de quitosana magnetizada, é capaz de transformar o viscoso poluente recolhido em gases e compostos ambientalmente menos agressivos, como gás carbônico, ácido lático e outros. A degradação leva alguns dias e a quitosana magnética ainda pode ser recuperada de volta.


A nova tecnologia de recolhimento e degradação de petróleo é objeto de uma patente de nome comprido: Microesferas de quitosana com células de Bacillus pumilus imobilizadas para uso na biodegradação de efluentes industriais e domésticos e na biorremediação de ambientes naturais contaminados com petróleo e derivados. E foi premiada pela Petrobras como o melhor invento de 2009, gerando interesse de empresas petroleiras internacionais.


Parte do desenvolvimento da nova tecnologia já contou com recursos da própria Petrobras e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), que continuam apoiando as pesquisas. Agora a equipe do Padetec se prepara para produzir 300 quilos de cápsulas magnetizadas de quitosana por dia e já conta com um reator para multiplicar as bactérias. O objetivo é fabricar o spray em maior escala e realizar testes de campo, a última etapa antes de partir para a produção comercial.


Na outra ponta da cadeia, o Padetec conta com financiamento do Banco do Nordeste para instalar unidades produtoras de quitosana junto aos carcinocultores (criadores de camarão), a quem o pacote tecnológico – sob coordenação de Raul Correa Filho e Erivam Melo – será repassado.


Nada disso libera produtores e transportadores de petróleo da obrigação de evitar vazamentos. Porém, a iniciativa demonstra que a inteligência humana trabalhando junto com a natureza incrementa muito a nossa capacidade de remediar danos e solucionar problemas.


Fonte: http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/biodiversa/vazou-petroleo-mar-camarao-nele-252147_post.shtml


--
_______________________
Anderson C. Porto
(21) 9688-9521
http://www.tudosobreplantas.com.br/


"Viva e deixe viver." "Quem gosta de controlar a vida alheia ainda não se deu conta de que tem a sua própria vida para viver."

____________________________________________________


BP desligou alarme da plataforma

Técnico terceirizado diz a investigadores que empresa não queria acordar funcionários

24 de julho de 2010 | 0h 00
Ed Pilkington - O Estado de S.Paulo
Sistemas de alertas vitais estavam desligados no momento da explosão na plataforma de exploração de petróleo Deep-water Horizon, da British Petroleum (BP), no Golfo do México, para evitar que os funcionários fossem acordados por alarmes falsos, informou ontem um técnico que prestava serviços à companhia.




Segundo Mike Williams, funcionário da Transocean, empresa terceirizada responsável pelos sistemas eletrônicos da plataforma, os sensores e os alarmes estavam em plenas condições de funcionamento, mas o sistema foi programado para não disparar em caso de leitura adversa. Ele deu as informações em depoimento ao um comitê federal que investiga o acidente.


A explosão na plataforma, no dia 20 de abril, provocou a morte de 11 funcionários da BP e desencadeou um vazamento de gás e petróleo no golfo que é considerado o pior desastre ambiental da história dos EUA.


Williams afirmou que os alarmes estavam desligados havia pelo menos um ano. Quando perguntou os motivos, um de seus chefes da Transocean teria dito que "eles não querem que as pessoas sejam acordadas às 3 horas da manhã por causa de alarmes falsos".


A revelação deve aumentar a pressão sobre a Transocean e a BP, porque evidenciaria que as companhias deliberadamente desligaram os mecanismos de segurança.


"As investigações continuam a demonstrar que muitas coisas deram errado e que a responsabilidade está dividida entre diferentes companhias", afirmou na noite de ontem um porta-voz da British Petroleum.


De acordo com uma pesquisa do jornal The New York Times, publicada no início da semana, vários funcionários tinham conhecimento de práticas inseguras na plataforma, mas eles não as denunciavam por medo de represálias.

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100724/not_imp585506,0.php  

_____________________________


‘Algoritmo da Ganância’ das Petroleiras impõe desastre e destruição
http://www.envolverde.com.br/materia.php?cod=78138&edt=1
______________________________

crise da incompetente e ávida BP no Golfo do México
http://www.youtube.com/watch?v=hY7Poncl8j8

A escala quase astronómica da catástrofe que a BP cometeu no Golfo não pára de crescer. Para poupar 500 mil dólares numa válvula, a empresa vai agora gastar pelo menos 25 biliões só a recuperar (parcialmente) as costas do sul dos EUA. E se a fuga estiver por conter até agosto, então quantos milhões de barris dos 80 que se estima conter aquele poço serão vazados no Oceano? Pode uma empresa tão malsana, incompetente, laxista e ávida merecer o direito à existência? Haverá outra opção verdadeiramente realista além da sua nacionalização, onde quer que ela tenha instalações e propriedades? Talvez assim os seus ávidos gestores e acionistas percebam que o Lucro desmedido pode ter custos e consequências
________________________________

EUA convocam diretor da BP para falar sobre caso do terrorista de Lockerbie

O diretor-geral da petrolífera British Petroleum (BP), Tony Hayward, foi convocado para comparecer ante uma comissão do Senado americano para explicar as circunstâncias da liberação do líbio Abdel Baset al Megrahi, condenado pelo atentado de Lockerbie, anunciou nesta quinta-feira uma fonte do Senado
Mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/internacional/2010/07/22/eua-convocam-diretor-da-bp-para-falar-sobre-caso-do-terrorista-de-lockerbie.jhtm
______________________________



Segue excerto do livro de Ernesto Bono “A GRANDE CONSPIRAÇÃO UNIVERSAL”. Reparem que há uma referência à British Petroleum, túneis e ETs, sendo o livro da década de 90.


"Eis aqui também [diz o grupo Audois] o extrato de uma entrevista que recebemos de um dos nossos correspondentes. Efetuamos sua tradução ao francês e julgamos que ela reforça bem a parte do texto de John Lear que em páginas precedentes foi reproduzida."


"'... Lear passou a interessar-se pelo problema óvni em novembro de 1986 depois de uma conversa que teve com certos membros da Força Aérea Norte-Americana, os quais, na base aérea de Bentwaters, perto de Londres, observaram três pequenos extraterrestres indo ao encontro do comandante da base, logo após a aterrissagem de seu veículo ou óvni ...


"Este é o extrato da entrevista que Linda Howe e Ben Jamison fizera com Larry Warren, em maio de 1986 e que trata de um diálogo que Larry Warren tem com A. Bestenza [ou seja, com alguém que esteve em contato com certos EU e inclusive falou coro outros humanos contactados]. Esta entrevista também fala a propósito dos sinais deixados no chão por um óvni após sua aterrissagem em Bentwaters em dezembro de 1980. Linda Howe e Ben Jamison interrogaram Larry Warren, mas à primeira vista parece que o relato se desenrolou com muitas dificuldade, e que certamente eram devidas à postura de Larry Warrem que nunca pôde se afrouxar. Era como se, em suas declara­ções, algo o constrangesse; ou melhor, era como se ele sempre se sentisse constrangido por ter que falar de certas coisas. A tudo isso, acrescente-se também unia grande dificuldade na tradução dos textos. Prosseguiremos, portanto, lia parte inicial desta entrevista concernen­te aos primeiros encontros de Warren com A. Bestenza, para que ele se reporte ao trecho que nos interessa aqui, entrevista esta sujeita a esclarecimentos ulteriores.


Linda Howe: Poderíamos voltar a abordar a conversa que você teve com Bestenza?


Warren: Ele mencionou ter visto uma coisa como uma capa [algo bem grande como uma capa]. Falou-me dos homens de negro.


Howe: Você poderia acrescentar detalhes a respeito do que ele [Bestenza] disse?


Warren: Ele disse que tais homens usavam roupas pretas. Possuíam um carro grande, numerado com uma placa esmaltada ['mineralogi­que'?] de Nova York. Ele, Bestenza, foi obrigado a reencontrar-se com esse veículo. Mal se aproximou de tal viatura, não sei se ele teve um choque ou algo mais, ele simplesmente perdeu os sentidos. Ele se lembra de que no interior do veículo tudo parecia 'brilhar'. O carro parecia bem cinzento, mas brilhava sobremaneira. Ele entrou no veículo com alguém mais, acho que era Burroughs — creio que foi Bestenza que me disse... ‘Burroughs’ e este então subiu na parte de trás da viatura e assim partiram. Ambos só podiam ouvir o barulho do veículo.


Howe: Para onde Bestenza foi? Foram eles para o estacionamento de algum edifício?


Warren: Eles foram exatamente para a parte externa do dormitório onde ele morava. Eles estacionaram por lá [ou se abrigaram por lá]. Ele disse que em certo momento apareceu outro carro.


Howe: E a respeito dos dois homens de preto?


Warren: Esses dois homens estavam com eles, eram eles que dirigiam o carro. Enquanto ele esteve semi-inconsciente, ele não pôde abrir os olhos e por diversas razões, sequer podia mudar de lugar, e isso aconteceu logo depois que entrou no carro, mas ele podia ouvir. Agora eles estavam próximos de uma pista de aviação, porque ouviam aviões aterrissando. Ele disse que se lembrava de ter tido a impressão de estar descendo uma rampa. E a coisa mais recente de que ele pôde se lembrar era que ele esteve comendo numa peça que se assemelhava a uma pequena lancheira. Disse ele que se lembrava disso com minúcias. Recorda-se ter estado num quarto cheio de coisas ou materiais altamente sofisticados [eram engenhos, tudo aquilo que você gostaria de ter ao seu redor].


Contou-me também algumas coisas bem interessantes: 'Nesse tempo, na Inglaterra [dezembro de 1980] por volta dessa época eram difundidos todos esses comerciais da sociedade EXXON (Esso) ou também da British Petroleum, socieda­des que conjuntamente estavam finalmente construindo túneis sub­terrâneos [para quê?]. Bestenza disse que conseguiu olhar para dentro [de tais túneis] e que pareciam sombrios, mas nele havia gente, havia homens. E também lá existia um grande objeto, uma nave espacial escondida. Depois entrou em outro quarto; não se tratava de uma sala comum, mas parecia uma sala de aula. Havia cadeiras confortáveis. Relatou também que diversas vezes não conseguiu girar a cabeça em direção às pessoas que estavam sentadas perto dele. Aí também havia algo que desempenhava o papel de tela, uma espécie de tela cuja luminosidade vinha de trás, e isso impedia ver o que havia atrás dela. Bestenza disse que eles [os ETs que aí se encontravam] estavam sendo comandados por um general ou por um comandante, não se lembra bem quem, e pouco se importou. Depois alguma coisa se moveu atrás da tela, sem que ele pudesse distinguir a silhueta e esta começou a falar-lhe por telepatia. Os que estavam lá presentes contaram-lhe muitas coisas a respeito da religião, de como o governo, o nosso governo [ou o governo norte-americano] e a Rússia não correspondiam à imagem que eles sempre pretenderam dar de si. Disseram-lhe que certas bases [dos ETs] podem ficar invisíveis. Que tudo aquilo que aparece construído sobre essas bases subterrâneas é só faz de conta, uma máscara, que tudo aí é falso. Que certas autoridades vendidas escondem a verdade daquele que está buscando saber de­mais. Eles declararam que os governos estabelecidos [no mundo] não são autênticos, mormente os democráticos, supostamente eleitos pelos povos [ou pela mídia?], e que são uma farsa ou são vendidos. Eu [Warren] teria gostado muito se Bestenza me tivesse explicado isso melhor, mas infelizmente nunca o fez.


Howe: Chegou esse tal de Bestenza a contar a você o que eles revelaram a respeito de Cristo?


Warren: Acho que ele, sabia alguma coisa a respeito, digamos, do papa... Nessa ocasião, contudo, ficou muito sério e calado; de qual­quer modo eu não podia deixar de crer nele.


Howe: Tente representá -lo na ocasião em que ele veio em sua direção, para o seu quarto!


Warren: Bem, ele estava sentado aí, tal como você e eu, agora; eu estava sentado numa cadeira como esta. Ele me disse que eles contaram-lhe que verdadeira religião não era nada daquilo que costumamos crer. Uma religião [seja qual for] é só uma força organizada que tenta amansar ou domesticar as pessoas. Mas há FORÇAS bem mais verdadeiras e importantes no Universo, por cima de que, não importa: mas sempre "Forças Harmônicas" que estão acima de tudo. As corporações militares, disse ele, são totalmente ineficazes, como se não existissem. Não passam de uma brincadeira.


Howe: Você pode se lembrar do que mais Bestenza disse do alienígena?


Warren: Oh, meu Deus! a coisa mais importante, e eu quase a esqueci! .Eis o que Bestenza disse: 'Eles chegaram, eles estão entre nós, você pode distingui-los e conhecê-los. Há muitas pessoas [humanas] que trabalham com eles e para eles!' E então eu lhe perguntei: 'Corno fazem eles para se igualarem entre si e, principalmente, se asseme­lharem a nós? Ou melhor, o que eles fazem para se parecerem com os seres humanos e com estes se confundirem? Bestenza simplesmen­te me respondeu: 'Eles o fazem, eles conseguem imitar a todos e a tudo. E eles se encontram nos postos de mando do mundo, nos governos em geral'. Essa declaração dele foi a que me deixou mais abismado. 'Eles se estabeleceram em todos os níveís do Governo de qualquer país, inclusive nas Presidências. Por exemplo, o presidente dos Estados Unidos que costuma aparecer não é absolutamente ninguém. Ele não passa de um enfeite que encobre outros mais!


Howe: Tente se lembrar um pouco mais!


Warren: Bestenza garantiu-me que por meio deles [ETs] soube que existiam inúmeras bases subterrâneas por todo o mundo. E que por baixo da superfície das inúmeras bases militares, existem quase sempre instalações subterrâneas abrigando alienígenas [nefastos], e que, aparentemente, bases militares com essa dupla faceta são até bem numerosas. Sob determinado local do Estado da Flórida se encontra uma das maiores instalações do mundo. O governo do Peru sabe muito bem qual a instalação que por lá existe, e ele é totalmente impotente para fazer alguma coisa contra. Aliás, eles nem querem se comprometer [tentando alterar algo].


Howe: E que mais ele disse?


Warren: Alguma coisa que eu não me lembro. A conversa dele estava saturada de emoções e o homem estava aí, quase chorando. Depois da experiência da aterrissagem do óvni, o homem que falou com Bestenza contou que ele — e todos os demais —estavam sentados sobre uma base de OVNIs, aqui na Terra [ou seja, em Bentwaters, Inglaterra].


Howe: Muito bem, tente agora se concentrar só naquilo que Bestenza lhe contou.


Warren: Era a propósito de religião e outras coisas mais. Era a propósito da vinda dos ETs para a nossa sociedade [ou sociedade humana], com quem tais ETs se pareciam e o que estavam fazendo. Eles passam a ter identidades escolhidas com capricho pelos próprios governos do mundo, e ninguém desconfia de nada... Bestenza, depois, também falou alguma coisa a respeito dos países do terceiro mundo, porquanto todos estão perdidos, sem saber que rumo tomar... !


Howe: Disse ele também qual é o jogo que vai se desenrolar entre a Rússia e os Estados Unidos com relação aos óvnis?


Warren: A União Soviética conheceu grandes desastres por causa dos óvnis [ou conheceu grandes catástrofes por causa deles]. Dentre os alienígenas, alguns simplesmente não gostam do governo soviético, outros ETs contudo gostam e inclusive fizeram acordos com ele.


Bestenza foi informado que os ETs estão aqui, entre nós, há milhares, senão ha milhões de anos, e que eles sempre estiveram aí. E mais, que nós humanos, somos seus descendentes. E Bestenza prossegue: "Numa noite dessas embarcamos num avião, bem tarde. Fizemos uma parada na Alemanha, depois fomos para a Itália e daí voamos até Atenas, Grécia. .De Atenas seguimos até a Turquia onde coletamos algumas informações. A seguir, fomos adiante até o aeroporto Ben Gurion, em Telaviv, Israel e daí, finalmente, fomos até o Cairo, Egito. Nas terras egípcias, rodamos por longo tempo, tínhamos tendas desmontáveis. Chegamos finalmente ao pé de uma imensa cadeia de montanhas [na península do Sinai?) onde havia unia. enorme torre de radar e outra torre compacta que parecia surgir do nada. Essa cadeia de montanhas nas aparências estava fortemente armada e fortificada.


[Lá havia uma base que] possuía armas nucleares para se autodestruír, caso fosse necessário. Que esconderijo erai esse? Não o saberei jamais. Salientaram-me que aí um trabalho de comunicações estava sendo feito em cooperação com o Serviço de Segurança Egípcio [a mando do 'Bilderburgers' internacional?, e que também se preocupa com o movimento ufológico mundial, principalmente com aqueles óvnis que não estão ligados aos alfa-cinzentos e ao governo invisível], organização que também labuta no setor.


Estava fora de qualquer cogitação conseguir entrar no interior dessa base. Tal instalação era tão grande e extensamente compacta que sua superfície era maior que o Estado de Nova York! [sic]. Nunca pude entrar nela, mas lá havia gente... e a segurança era tão severa que, se um dos membros da Segurança Egípcia, dormisse durante a sua incumbência, ele era morto imediatamente. Eles eram mortos por seus; próprios superiores. [Mas então, se essa história é verdadeira, essa naturalmente não é uma base militar-subterrânea egípcia, mas sim algo mais, envolvendo ETs e humanos nefastos... !] O que pude saber é que tais vigilantes só se encarregavam da segurança externa, e não da segurança interna. No encargo desta havia outros. Vi algumas pessoas saindo desse local. Esse recanto secreto estava fora do alcance dos turistas..., e ninguém nas terras do Egito sabe de sua existência, a não ser uns poucos...!


Howe: O que Bestenza contou a respeito do papa?


Warren: Não sei bem, mas eles [os alienígenas] disseram alguma coisa a respeito do papa e também que eles tinham alguma coisa no Vaticano. Os ETs sabem exatamente o que uma religião é mas nada podem divulgar. Tal revelação os destruiria completamente.


Howe: E aquela coisa que estava atrás da tela?


Warren: A coisa aparentemente falava a cada um na sala, mas de modo individual. Explicaríamos isso como uma comunicação mental. Só Bestenza não podia virar a cabeça.


Howe: Eles [os alienígenas], é verdade que nos criaram?


Warren: A respeito disso, Bestenza foi muito evasivo. Tudo o que pôde dizer é que basicamente nós [humanos] proviemos deles.


Howe: Dentro de todas essas bases, as relações entre os alienígenas e os humanos se desenvolvem normalmente, sem conflitos? E na superfície o que acontece?


Warren: As nossas bases militares são um artifício, são como os cenários de um plano teatral. Bestenza acrescentou que se qualquer base alienígena viesse as ser descoberta, sob o solo de uma base militar de certa importância, ou se alguma coisa inconveniente acontecesse, todas elas desapareceriam imediatamente, como num estalar de dedos. Você sabia, tais bases são talvez a morada deles!


Houve: Mas se eles já se encontram no nosso meio, se eles se assemelham ou tornam-se parecidos conosco, e mais, se eles já controlam tudo o que aqui acontece..., qual será o fim de tudo isso?


Warren: Qual a finalidade disso tudo eu sinceramente não sei. Bestenza disse-me que isso era tudo o que acontecia, mas que não sabia se era para o bem ou para o mal. Tudo isso lhe pareceu uma brincadeira. Os seres humanos, nos postos-chaves do governo, os mandatários, como nós os chamamos, simplesmente atuam como se brincassem. E, simplesmente, enquanto brincam, MILHARES DE INDIVÍDUOS SÃO RAPTADOS E MORTOS...!

____________________________


Morre principal delator da British Petroleum
Matt Simmons: ataque cardíaco ou assassinato?


Por http://theintelhub.com/  09/08/2010 às 22:00


A maioria das estações de notícias informam que ele morreu de um ataque cardíaco, mas pelo menos duas estão relatando que ele se afogou.




Simmons abandonou seu cargo na Simmons & Co. para expor a situação no Golfo e pagou por isso com sua vida. Estamos verificando para isso e vamos mantê-lo informado com as últimas atualizações, a situação revela. A maioria das estações de notícias informam que ele morreu de um ataque cardíaco, mas pelo menos duas estão relatando que ele se afogou. Isso não parece bom. Estou prevendo que depois de hoje ninguém nunca vai falar sobre os relatórios que ele se afogou. Por que emissoras diferentes divulgam causa diferente da morte?


Teoria aqui no Hub Intel temos sido um pouco crítico de algumas teorias de Simmons, mas recentemente também foram comprovadas para ser exato. Simmons falou demais, ao declarar uma zona morta do Golfo.


Este é um dia muito triste. O Hub Intel envia nossos pensamentos e orações à família do Sr. Simmons e amigos.


URL:: http://theintelhub.com/2010/08/09/matt-simmons-has-died-%E2%80%93-heart-attack-or-murder/
___________________________


O corpo de Simmons foi encontrado no domingo à noite em sua banheira de água quente, dosseram os investigadores.


Uma autópsia do pelo legista do estado concluiu segunda-feira que ele morreu de afogamento acidental com a doença cardíaca como um fator contribuinte.


Read more: http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.thestate.com/2010/08/09/1410748/simmons-energy-investment-banker.html&prev=/search%3Fq%3D%2522Matt%2BSimmons%2522%2Bgolfo%2Bdied%26hl%3Dpt-BR%26prmd%3Do&rurl=translate.google.com.br&usg=ALkJrhhTJoE2WQMZgMyTcBgWKVjn87qTGg#ixzz0w9xU8axp




Simmons' body was found Sunday night in his hot tub, investigators said.


An autopsy by the state medical examiner's office concluded Monday that he died from accidental drowning with heart disease as a contributing factor.




http://www.thestate.com/2010/08/09/1410748/simmons-energy-investment-banker.html


http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2010/08/475614.shtml


______________________________




E SE ELE ESTIVER CERTO?


Estados Unidos - Consumo e meio natural


Segunda, 26 Julho 2010 02:00


Resistir.info - [James Howard Kunstler] Exactamente quando a América estava a celebrar o fim provisório do jorro de petróleo Macondo da BP, e a retornar a questões tão importantes como a colecção de fatos de Kim Kardashian, surge Matthew Simmons com um estranho e alarmante protesto acerca de acções no Golfo do México. Os seus protestos contradizem este ambiente de festividade renovada e as reportagens dos media de referência e demais.


...

Mais em:


http://www.diarioliberdade.org/index.php?option=com_content&view=article&id=5060:e-se-ele-estiver-certo&catid=95:consumo-e-meio-natural&Itemid=109

______________________________

Para ver os vídeos acesse o link:
http://acordandoparaaverdade.blogspot.com/2010/08/bp.html




A BP CONTINUA A ENGANAR A POPULAÇÃO MUNDIAL!


A British Petroleum continua a desinformar a população mundial ou forjando filmes em que eles conseguem fechar o poço Deepwater Horizon. Seria impossível fechar um poço de petróleo que jorra com uma pressão de 20.000 a 70.000 psi, não existe essa tecnologia e isso já foi confirmado por cientistas e engenheiros americanos.


Mas apesar da profundidade em que o poço do DeepWater Horizon se encontra ser de 1 milha, eles mostram filmes nos quais você vê algas e vida marinha imcompatível com a profundidade de 1 milha e as águas tem coloração azulada o que também não é real nesse caso. Como esse vídeo abaixo:


http://www.youtube.com/watch?v=d5alY3-ydJ8&feature=player_embedded


Aqui tem uma foto de satélite do dia 28 de Julho que mostra o óleo espalhado pelo golfo até New Orleans por 12 milhas quadradas. Nesse blog, de onde tirei essa imagem de satélite também tem um vídeo que autor do blog fez do lago atrás de sua casa que está coberto de manchas de óleo. Informaçaõ retirada do blog:


http://blog.alexanderhiggins.com/2010/07/31/feds-cant-find-oil-but-satellite-photos-show-bp-gulf-oil-spill-covering-12000-square-miles/


Nesse blog, de onde tirei essa imagem de satélite também tem um vídeo que autor do blog fez do lago atrás de sua casa, em Brick NJ, que está coberto de manchas de óleo.


Esse óleo bruto com certeza já deve estar percorrendo o Oceâno Atlântico e ninguèm vai nos avisar dos perigos que estamos correndo e da destruição que esse desastre pode causar a flora e fauna dos oceanos e rios.


Divulguem essas informações em seus blogs, por e-mail da forma que puderem, porque o governo dos EUA não vão avisar ninguém sobre a catástrofe que eles permitiram que acontecesse.
Aqui tem mais alguns links que vocês podem explorar:


http://www.cstars.miami.edu/deepwaterhorizon/deepwater-horizon/deepwater-horizon


Se você tem Google Earth click em download KMZ e poderá ver a imagem no Google Earth e localizar melhor as imagens.

______________________


O REMÉDIO É PIOR QUE A DOENÇA


(...) Por exemplo, no caso do Exxon Valdez (petroleiro que causou gigantesco vazamento no Estado do Alasca em 1989), a maioria das pessoas que trabalharam com os dispersantes está morta. A média de idade com que morreram foi de 50 anos”, acrescentou Hugh. Utilizar esse tipo de produto é algo “muito perigoso, e não protege nem a economia da BP, nem o meio ambiente e nem o público”, alertou.


(...)
http://www.envolverde.com.br/?busca=BP+&x=10&y=11#
publicado por conspiratio às 11:09
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 5 de Julho de 2010

ERNESTO BONO - UFOLOGIA E CONSPIRAÇÃO

 
*
 
Três Perguntas Básicas da Ufologia Moderna
Ernesto Bono

1. Há acordos entre ETs e autoridades terrestres?

2. Até que ponto os governos da terra escondem os segredos da ufologia?

3. A problemática ufológica estaria inserida numa grande conspiração universal?

 "Atualmente, muitos são os questionamentos e dúvidas que tem se levantado e que envolvem a problemática ufológica. Respondê-los não é tão simples quanto parece, e tampouco a resposta pode ser tão rápida, pois são necessários argumentos plausíveis e uma sistemática reflexão sobre o assunto. Um dos mais polêmicos destes questionamentos é o possível acordo entre os ETs e as autoridades terrestres do primeiro mundo. Nisso, minha resposta é totalmente intuitiva ou até mesmo instintiva, e digo sim, há e houve. E se tais acordos foram realmente realizados, eles são totalmente irregulares e inconstitucionais para qualquer país dito democrático. Ou seja, foram arquitetados em segredo por autoridades de determinados governos, digamos, russo, inglês ou o norte-americano, juntamente com certos tipos de ETs, somente, os greys ou alfa-cinzentos, também conhecidos como reticulianos, rigelianos ou até mesmo reptilianos. É por isso que esses acordos precisam ser mantidos em segredo pelos governos humanos interessados, é claro, em avanços tecnológicos, ou senão em troca de algo mais.

Outro dado que fundamentaria o fato de os UFOs terem se tornado segredo teria ocorrido em 1933, quando Adolf Hitler assumiu democraticamente o poder na Alemanha, com maioria absoluta dos votos. Na época e naquele país, também começaram a aparecer indivíduos estranhos, peculiares, e também começaram a aparecer aparelhos esquisitos, estranhos objetos, além de enigmáticas presenças individuais físicas ou psíquicas. Estas últimas eram complementadas por revelações que tipos incomuns e provindos não se sabe bem de onde forneciam. Já em 1935, na Alemanha, esses aparelhos bizarros começaram a assumir o aspecto de objetos voadores circulares. Tudo leva a crer que os discos voadores dessa época foram aparentemente construídos pelo gênio alemão ou senão inspirados por seres de outras latitudes, situações, dimensões e até mesmo, como diria a Astronomia, eles provinham de outras estrelas e galáxias, como Aldebaran. Atualmente, as evidências e provas a respeito desses fatos que aconteceram no domínio do Terceiro Reich não são poucas. Podemos nos informar através da Internet (há diversos livros e reportagens a respeito), ou através de uma literatura chamada revisionista que cresce a cada ano.

Em virtude da aproximação de certos hitleristas com hipotéticos extraterrestres de Aldebaran, digamos, ou até mesmo seres interdimensionais da Hiperbórea, certos governos do mundo ocidental viram-se obrigados, vamos dizer, a aceitar a presença de outros alienígenas estranhos, outros tipos de ETs e realizar acordos secretos com eles já na década de 1930-40.


Os fortes Governos atuais escondem e esconderão as verdades ufológicas até o limite máximo que puderem, pois estão comprometidos com os acordos secretos que tiveram que fazer. Além disso, heresia das heresias, os aparentes vencedores da Segunda Guerra Mundial jamais quiseram admitir que uma Alemanha da época ou em plena Segunda Guerra Mundial teria alcançado um grande avanço na construção de discos voadores tipo Vrill, Haenebu I, Haenebu II, Haenebu III, VII, Andrômeda etc, por iniciativa própria, ou quem com a com ajuda alienígena. Os aliados tampouco se conformaram com o fato de que todos esses discos, logo após o pretenso fim desse conflito, simplesmente sumiram, desapareceram ou foram se esconder no Pólo Norte, conforme relata e indiretamente sugere o coronel e ufólogo Wendelle Stevens, em seus avistamentos da época. Só que ele jamais falou em UFO alemão, apenas estranhou que o governo norte-americano empenhasse tantos aviões de guerra na vigilância da área do Alasca, Pólo Norte, logo após o término do conflito. Tais discos voadores talvez tenham também se escondido num local secreto do território argentino (Serra de Mendonza, de Córdoba), ou até mesmo no planalto brasileiro (nos restos da antiga Civilização de Akakor. Alguém sabe que algumas pequenas tribos brasileiras foram dizimadas só porque os índios que as constituíam falavam alemão ou senão possuíam algum revólver ou metralhadora alemãs? Alguém tente me explicar os verdadeiros motivos do assassinato de Karl Brugher, autor do livro Crônicas de Akakor, proibido no Brasil, sempre que não sejam as desculpas forjadas pela polícia. Que me explique a morte do bispo do Acre que sem querer entrou na história. Tais pressupostos ufos nazistas ou germânicos podem também ter ido parar nos Andes (en la Ciudad de los Césares), no Pólo Sul, refugiando-se numa eventual Terra Oca e unindo-se aos sobreviventes ou remanescentes de outras antigas e secretas civilizações terrestres, atualmente escondidas.


Hoje todo bom historiador sabe que mais de 120 extraordinários submarinos alemães, os mais avançados e modernos possíveis da época, um pouco antes de aparentemente terminar a Segunda Guerra Mundial simplesmente desapareceram do mapa. Tais submarinos podiam carregar muita gente – muito mais que cem pessoas –, além de transportar outros aparelhos, submarinos e discos voadores desmontados. Esses submarinos do tipo U-23, serviram inclusive como cargueiros, transportando material bélico e de primeira importância da Alemanha para o Japão e vice-versa, entre 1943 e 1945. Tal debandada de submarinos com eventuais discos desmontados fundamenta o fato de que os vencedores; em suas conquistas das bases secretas dos germânicos, situadas no próprio território alemão, ou senão na Tchecoslováquia ou também na Noruega conquistada pelos alemães, etc. jamais se depararam com restos de discos voadores nazistas, malgrado tenham se encontrado com milhares de maquetas, plantas, desenhos, modelos, estudos, gráficos de discos. Nesse ponto, o serviço de inteligência alemão, que ainda vingava antes do término do conflito, só permitiu que americanos, ingleses e russos, pretensamente vencedores, conhecessem como se construíam as convencionais bombas voadoras, V1 e V2. Nem o tão louvado Werner Von Braun, construtor das bombas voadoras alemãs e dos primeiros foguetes espaciais americanos, conhecia nada a respeito dos discos voadores ou dos Haenebus germânicos.


Outra heresia, os alemães, pretensamente derrotados em 1945, desde 1935 ou um pouco mais tarde, já construíam discos voadores inspirados por seres estranhos, que ainda hoje seriam os habitantes da Terra Oca, cujas entradas bem disfarçadas se encontram nos pólos, como a própria Agência Espacial Norte-Americana (NASA) e demais autoridades mundiais sabem.


Os alemães foram derrotados sim, em seu próprio território, mas é de se crer que continuaram e continuam lutando de um modo completamente diferente, nos céus e mares da Terra, derrubando, quem sabe, discos voadores de ETs nefastos, aliados a um Governo Invisível, ou senão até mesmo derrubando caças ou aviões de guerra norte-americanos, ingleses, soviéticos etc, como tem acontecido.


(Heresia, heresia, que horror!) E como a Segunda Guerra Mundial pode não ter terminado, e certos alemães ainda estejam lutando nos ares e nos mares com seus discos voadores, então esta última é a mais terrível verdade que os governos dos Estados Unidos, União Soviética, Inglaterra, Canadá, França, Israel tinham e tem que resguardar ou esconder a todo custo! Afinal, material e literalmente falando, eles eram vencedores daquele conflito.


Em 1947, o almirantes Richard Evelyn Bird e o contra-almirante George Dufek, com uma frota constituída por treze navios de guerra, aviões especiais, veículos armados e quatro mil e setecentos homens especiais, selecionados e preparados para tal missão foi para o Pólo Sul. A frota era constituída pelo navio capitânea Mount Olympus, por um navio guarda-costas e rompe-gelo North Wind, pelo destróier Browson, por uma nave-mãe ou porta hidroaviões Pine Island, por um petroleiro Canisteeo, por um submarino Sennet, por um cargueiro, Yanksey, por outro porta hidro-aviões Curituk,, pelo petroleiro Cacapon, pelo destroier Henderson, pelo rompe-gelo Burton Island, pelo porta-aviões Mar de Filipinas e pelo cargueiro Merrick.. – Todos eles invadiram a Antártida, bem na zona alvo e tentaram ir até o ponto onde os alemães presumivelmente haviam se escondido, num território que os germânicos em 1938 chamaram Nova Suábia. No entanto, americanos, (parece que havia também ingleses, australianos, e outros mais), após uma semana de tentativas e lutas, foram derrotados e tiveram que sair de lá, correndo, depois de perderem quase todos os aviões, muitos homens e veículos. O almirante Bird, desconsolado, declarou ao jornal El Mercuryo, de Santiago do Chile, que a terceira guerra mundial poderia começar e se concretizar a partir dos pólos, devido aos estranhos veículos voadores, aviões ou discos que por lá apareciam e circulavam nos céus da Antártida e do Pólo Norte. Por causa de sua sinceridade e por causa declarações como essa e outras mais, o almirante Bird acabou seu dias num respeitável manicômio norte-americano.


O honrado e respeitável general MacArthur, norte-americano, e governador do Japão rendido e derrotado, na mesma época 1947-1951, depois de ser destituído do cargo pelo presidente Truman também declarou publicamente que a Terceira Guerra Mundial poderia começar não por causa dos russos, mas por causas dos discos voadores, e que na época ainda eram bastante desconhecidos.. E a propósito, poucos sabem que o Ano Geofísico Internacional de 1951 e1952, com a exploração da Antártida, foi um embuste total, coroado pela explosão de três bombas atômicas americanas lançadas sobre a hipotética entrada da Terra Oca. Bombas previamente redirecionadas pelos estranhos inimigos e que explodiram depois no céu, em 1958, e resultaram no buraco da camada de ozônio.


A culpa, conforme a ciência, coube aos sprays, num ponto do globo totalmente desabitado. Pois sim


Atualmente, por exemplo, pôde-se suspeitar com fortes evidências que o famoso disco alienígena caído (por vingança) em Rooswell, em 2/7/1947, em verdade foi derrubado. E antes desse, caiu também outro disco voador em 6 ou 7 de junho de 1947 em Socorro, no Novo México, (ver Revista UFO número 40 de Outubro de 1995), portanto um mês antes, do qual saltou fora o pretenso cadáver do ET de Santilli, com seis dedos, e que todo o mundo considerou um ET falso, um mero boneco, uma falsa revelação, quando nada disso talvez seja a verdade. Santilli não apresentou o alienígena de Rooswell que era um tipo alfa cinzento, mas sim apresentou um quase ser humano com seis dedos nas mãos e nos pés, iguais aos habitantes de mundos subterrâneos da zona do antigo Império de Akakor. O Governo norte-americano abafou com todo rigor a queda do UFO em Socorro, coisa que voltaria a fazer, logo após, em Rooswell. Depois todos os demais governos do mundo inteiro, e o americano em primeiro lugar, desmentiram as possibilidades de autenticidade do filme. O curioso é que o primeiro e pretenso ET de Santilli, projetado em todas as TVs do mundo, tinha seis dedos nas mãos e nos pés, igual aos que os ETs fundadores e habitantes de Akakor (Brasil) apresentavam, cujos cadáveres ainda estão muito bem guardados, conforme relataram Tatunca Nara e Karl Brugher, em seu livro. Há um caso na casuística ufológica mundial, conhecido como O Caso Torper e relatado por Fábio Zerpa, em seu revista Cuarta Dimension, de Buenos Aires, em que a contatada fala de ETs atuais, escondidos no Brasil Central, completamente humanos e que apresentavam seis dedos nos pés e nas mãos. Não eram inimigos dos homens nem maltrataram a contatada.


A queda do disco voador de Rooswell veio a público sim, mas por descuido e por acaso, e foi imediatamente abafada, porque as autoridades militares da base aérea de Rooswell não sabia nada do que havia acontecido a mais de 100 quilômetros de distância de Rooswell ou nas proximidades de Socorro. O quase histórico mas sempre desmentido disco de Rooswell teria sido abatido por um ou mais discos voadores terrestres. Isso porque, é de se crer que segundo o ponto de vista dos habitantes da Terra Oca ou hiperbóreos, dos ETs de Aldebaran, (de ETs de Akakor?) e dos próprios alemães tal UFO era tripulado por ETs greys ou cinzentos, inimigos da Humanidade, como de fato estes últimos parecem ser. Antes de cair tal UFO houve uma tempestade de relâmpagos ou raios secos no local.




No que se refere ao término da Segunda Guerra Mundial, algumas perguntas continuam sem resposta, como por exemplo saber a razão dos antigos aliados não terem concedido um tratado de paz à Alemanha atual e, grosso modo, ainda continuarem tratando esse país como se estivesse em guerra, mesmo que só algo ou alguns desse país ainda estejam e de modo secreto? (A meu entender, isto é pura especulação). Por que a República Federal Alemã, hoje unificada e totalmente submissa aos seus vencedores, tem horror à palavra Deutschland ou Grande Alemanha. (E esta incluía a Nova Suábia da Antártida em sua cartografia, e isso foi eliminado. Hoje se persegue quem sabe disso). É claro que não é a Alemanha do Mercado Comum Europeu ou da Europa atual a que continua em guerra, mas sim, abusando das palavras e exagerando, uma pequena extensão desse país, algo estranho e secreto, e que talvez tenha conseguido sobreviver ao término do segundo conflito mundial. E por incrível que pareça, esse algo secreto tinha um território próprio no Pólo Sul, chamado Neu Schwabenland, conquistado por uma expedição científica alemã em 1938. Depois da derrota do almirante Birds, a Nova Suábia foi profundamente investigada no Ano Geofísico Internacional, e muito depois também. Mas isso não obteve resultados expressivos algum, salvo o buraco na camada de ozônio, atribuído ao gás liberado pelos sprays, no hemisfério Norte e que foi atingir o hemisfério Sul, ou Antártida, Terra do Fogo, Patagônia etc., quase que totalmente desabitadas.


Quando certos seres de outras latitudes, dimensões e situações resolveram se aproximar dos alemães e, quem sabe, com eles se aliaram para a fabricação de discos voadores, muito provavelmente elementos do Governo Invisível invocaram seus aliados, seus iguais, ou seja certos ETs de outras latitudes, de outras dimensões, ETs cinzentos e não terrestres esses que agora já não podiam mais se disfarçar de anjos, santos e demônios, como vinham fazendo ao longo dos séculos. E já nas décadas de 1930 e 1940, tal Governo Invisível exigiu que alguns figurões do Governo norte-americanos hospedassem tais seres não humanos e agora materializados em seus próprios territórios. O objetivo era que, quando fosse o caso ou em algum momento, os greys fizessem frente aos avanços tecnológicos e ufológicos dos alemães e também à misteriosa ciência daqueles seres nórdicos que estavam apoiando o gênio alemão. Tais ETs de outras dimensões tipo alfa-cinzentos e reptilianos, ao que tudo indica, quando vieram para o nosso meio acabaram sendo escondidos e hospedados em bases subterrâneas secretas dos desertos dos Estados Unidos, principalmente junto a tribos indígenas norte-americanas, e isso tudo à revelia do senado e congresso norte-americano. E quem sabe até mesmo à revelia do presidente Franklin Delano Roosevelt, embora alguns entendidos acreditem que este presidente (1932-1945) sabia das coisas, malgrado suas pretensões de ingenuidade e inocência.


É neste ponto que eu encontro uma razão mais forte, e não somente artística, de um gênio tipo Orson Wells apresentar de um modo magnífico e até excessivamente realista a Guerra dos Mundos de H.G.Wells, numa transmissão rádio-teatral em 1938. Acredito que por meio da transmissão dessa novela rádio-teatral, certos figurões dos Estados Unidos e do Governo Invisível testaram o povo norte-americano, para ver até que ponto as pessoas estavam prontas para receber a visita de ETs e com eles conviver, e isso já em 1938. O resultado foi negativo, catastrófico, pois não poucas pessoas se mataram ou simplesmente morreram de susto. O pânico provocado daí em diante transformou-se num motivo capital para não permitir que o povo em geral conhecesse os segredos dos UFOs, supostamente provindos de outros mundos, com seus respectivos tripulantes horrorosos, pois assim os descreve H. G. Wells. Estes acabaram sendo vistos como uma alucinação, como alegava hipocritamente o presidente Dwight D. Eisenhower, já que ele pessoalmente havia se confrontado com os cinzentos, numa base aérea de seu próprio país.


O Governo Invisível, e que sempre mandou no mundo inteiro, além de na década de 30 obrigar os Estados Unidos a esconder e hospedar determinados seres, também induziu seus fiéis vassalos da Inglaterra, do Canadá, União Soviética, França etc. a que fizessem o mesmo, ou seja, um tratado ou acordo secreto com tais ETs, futuros hóspedes. E logo após o segundo conflito mundial, esses acordos secretos quase vieram à tona, como aconteceu por causa dos acidentes de OVNIs em Spitzberger, 1945, em Socorro, Roswell, Madalena, Aztec e outros mais, 1947-1948. Na época, o presidente Harry Salomon Truman ordenou a criação imediata do grupo de estudo e supervisão Majestic-12 ou MJ-12, e do Projeto Sign, Grudge e Blue Book. Foi criada também a Agência Central de Informações (CIA), que inicialmente surgiu com o objetivo exclusivo de investigar os UFOs e depois se transformou numa agência de espionagem. Além dela, surgiu também a National Security Agency (NSA) que, além de espionar todas as comunicações e interceptar todos os meios de comunicação, é o mais rico e poderoso serviço de espionagem do mundo, ironicamente chamado serviço de inteligência. Tudo isso foi criado para impedir que a verdade ufológica se tornasse evidente, transparente e claramente conhecida. Atrás de tais verdades havia muitas lebres. Além dos Estados Unidos, alguns dos países supra citados viram-se também obrigados a construir bases, quem sabe depois de 1945, além de obsequiar vantagens e permitir a ETs nem tão bonzinhos que caçassem, raptassem ou abduzissem seres humanos e animais, para fins escusos. Lamentavelmente só muito mais tarde as atividades anômalas de tais hóspedes ou ETs vieram à tona, e iriam se revelar horrendas.


Por outro lado, admitindo como verdadeira ou até mesmo válida a aliança dos alemães com ETs, (não tenho certeza nenhuma disso) não se têm notícias de que algo tão inconveniente e pavoroso; como as abduções, os raptos, as terríveis experiências laboratoriais tenha acontecido com os habitantes da Alemanha, por causa de seus eventuais aliados, os extra-dimensionais (hiperbóreos) e extraterrestres (Aldebaran).


É claro que a hospedagem desses ETs, sejam quais forem, neutros, bonzinhos ou maus, se deu em virtude de uma troca de favores, como por exemplo, avanços tecnológicos para certos homens. Mas tal troca também resultou em liberdade de ação e de alimentação para alguns outros ETs nefastos. Assim que, enquanto os alemães e os misteriosos seres de Aldebaran ou da Hiperbórea trabalhavam em seus discos voadores tipo Vrill, Haenebu, Andrômeda etc., certos americanos, só certos, juntamente com o Governo Invisível e os ETs alfa-cinzentos trabalhavam de outro modo, quem sabe para pior. Por favor, cogitação, pura cogitação…


Em setembro de 1939 foi deflagrada a Segunda Guerra Mundial. Essa guerra terrível e vergonhosamente sanguinária não foi somente uma guerra entre homens, mas sim também entre homens e ETs, entre ETs contra ETs. E quem sabe seja por isso que certos Governos da Terra se vêem obrigados a esconder as verdades ufológicas. Esta seria a segunda e terrível possibilidade: ter que esconder custe o que custar, o afloramento de um terrível e antigo conflito cósmico, entre ETs e homens… Por sua vez, o tal Governo Invisível, que existe de fato, nunca foi aliado nem dos eventuais habitantes da Terra Oca ou Hiperbórea, nem dos hipotéticos seres de Aldebaran. Ao contrário, possivelmente tal Governo Invisível sempre foi e é um inimigo feroz de todos aqueles seres que tentassem vir de outras latitudes, ou daqueles que não se enquadrassem dentro do establishment, dirigido por privilegiados do Primeiro Mundo, ou senão por uma ex-Sociedade das Nações, por uma Organização das Nações Unidas (ONU), nem sempre louvada, por sociedades secretas e fraternidades pretensamente brancas, mas que em verdade são mais negras que o breu da noite escura.


E assim como tal Governo Invisível nunca foi aliado de ETs benevolentes, de entes estranhos e bons respeitadores das Leis e da condição humana, tampouco era amigo do mandatário da Alemanha e de seu povo, e muito menos de um Hitler hoje visto como monstro. De qualquer modo, e isso é história que ninguém apaga, convém salientar que, já em 1933, quando esse político e estadista ganhou as eleições por maioria absoluta e foi nomeado chanceler e depois presidente daquele país, cabeças do Governo Invisível, sediados em Nova York declararam guerra econômico-mundial à Alemanha.. Pelo jeito, o tal monstro, com seu fantástico modelo econômico que abalou o mundo da época, não compactuava com tal Governo Invisível.


Quanto à problemática ufológica, podemos dizer que está inserida sim numa Grande Conspiração Universal. Esta traduz-se como uma subjugação e manipulação muito antiga da Humanidade em geral, e que envolve extraterrestres, extra-situacionais, seres de outras dimensões, seres humanos comuns, heróis, semideuses, deuses, além de um Demiurgo ou falso deus (deus usurpador que a maioria adora como o Altíssimo, sendo apenas um monstro), e finalmente envolve o próprio Inefável, Altíssimo, o Deus Vivo, o Absoluto, e sua Manifestação perfeita. Esta Manifestação Perfeita do Deus Vivo a nossos olhos parece defeituosa. Mas a falha está em nós e não nela. O defeito ou a precariedade perceptual dos homens foi introduzido pelo deus abjeto (Demiurgo) sob a forma de psicologismo distorcedor ou ego-pensamento. Ademais, devido à orquestração que seres nefastos da Grande Conspiração há muito tempo impuseram aos homens, todos nós acreditamos que a vida, o mundo e o Universo foram criados milhões ou bilhões de anos atrás por um pressuposto deus-persona barbudo, que se parece com o Demiurgo, mas que nada tem a ver com o Deus Vivo e Autêntico. E senão isso, tudo teria sido criado pelo deus acaso da Ciência, dando-se a seguir o tal de Big Bang, bom para nada. Este falso começo de Universo, mundo e Vida em verdade nunca aconteceu. Nem o pretensamente divino (Demiurgo) nem o torpemente casual e materialista da Ciência.


Por conseguinte, não há um Universo científico criado por um falso deus ou criado pelo acaso científico. Em seu lugar, há sim, um Cosmos verdadeiro que, ao invés de buracos negros, nebulosas, galáxias, sistemas solares, planetas e satélites, apresenta situações existenciais, centros de vida, fluxos, planos vitais, que chegam até nós sob o aspecto de pontos luminosos mal interpretados, dos quais centros de vida podem perfeitamente provir os discos voadores, daí eu falar em extra-situacionais. No modelo de Universo científico a existência de UFOs não cabe, principalmente se feitos de matéria bruta ou máquinas pesadas e retrógradas do tipo Star Trek e forjadas pelos homens. A Ciência forjou um universo no qual os UFOs simplesmente não podem existir. De sua parte, os discos voadores em si não são sempre e necessariamente máquinas. Às vezes são entidades vivas, como parece já foi constatado na área 51, mas os norte-americanos não quiseram entender. Estes Seres Vivos podem perfeitamente se transmutar em máquina de todo tipo, com tripulantes aparentes e outras coisas mais. E assim, como elas parecem ser gigantescas naves voadoras, no momento seguinte se transformam num ser vivo arredondado ou num ponto luminoso, lá longe.


Conforme tenho exposto e denunciado em todos os meus livros, hoje já é possível desconfiar que nunca houve o começo de coisa nenhuma. Na verdadeira vida nada dura ou nada é sempre o mesmo ego-ser, permanecendo sempre igual. Tudo pulsa e muda a todo momento. Os discos voadores têm exatamente essa natureza, têm essas peculiaridades. De sua parte, lamento dizê-lo, mas a pretensa matéria, energia, plasma, espaço e tempo do Universo e mundo científicos são um perfeito faz-de-conta, são um embuste, são uma aparência conveniente, são uma ilusão. O que existe ou aparece é uma falsa objetividade envolta por infinitos véus de Maya (aparências). E aqui, outra vez, a maneira de ser e de atuar dos discos voadores, para quem os conhece bem e em profundidade, dá-me a razão, com a qual jamais me vanglorio. Não há pasta material ou matéria bruta e organizada, por meio das quais se faria ou se montaria discos ou aparelhos voadores e seus respectivos tripulantes, com corpo biológico e tudo mais. O que há, a caro custo, é um vácuo aparente, um vazio-pleno surpreendido pela Física Quântica Ondulatória, e pela Física Eletro Magnética Escalar, vazio esse que vira um corpo denso, ou volta a ser exatamente o que era antes. Ele está além das aparências: ou seja, é um vazio-pleno ou uma essência espiritual.


Os discos voadores são exatamente assim. Esta não é nenhuma imposição, tampouco é um delírio, é apenas uma sugestão. Eles violam todas as Leis e pretensões e da Ciência. Em verdade, a Ufologia é um escândalo para a Ciência. E para um Governo Invisível, a Ufologia é como um espinho encravado que, mesmo que doa até os limites máximos do suportável, tem que ser arrancado e negado custe o que custar, pois os ETs nefastos e aliados desse Governo também se valem dos discos ou de naves similares. Talvez os únicos UFOs que não se apresentam tão etéreos ou abstratos assim sejam exatamente os eventuais Haenebus, Andrômedas, Vrills etc., construídos pelos alemães.


Aqui vai outro escândalo: já em 1943 os Haenebus e Andrômedas teriam conseguido chegar na Lua, em Marte e em Vênus, ou pelo menos teriam chegado naquilo que, mal pensando, acreditamos ser tais planetas e satélite. Daí também, conforme denuncia e aponta a Alternativa 3, (por causa do qual segredo ou alternativa muita gente já morreu), os três antigos compadres, ou seja, norte-americanos, soviéticos e ETs nefastos malignos já teriam mandado naves para a Lua em 1958, com tripulantes humanos e tudo o mais, e que foram caçar aqueles hipotéticos precursores terrestres. E isso bem antes dos americanos, a modo de dizer, chegarem oficialmente na Lua em 1969. Daí também e inclusive o empenho da NASA em querer destruir e silenciar os hipotéticos inimigos situados até fora da Terra ou situados na Lua e em Marte.


De mais a mais, nunca houve um começo da raça humana a partir do macaco ou algo parecido, nunca houve uma torpe evolução das espécies com a sobrevivência do mais forte. Em lugar disso, há apenas um Surgir da Vida em estado quase perfeito. Esses hipotéticos começos de tudo foram idealizados pelo homem primitivo, com suas manias teológicas, primeiramente e depois científicas.


Todas essas sugestões, colocações fazem parte do esconde-esconde da Grande Conspiração. Portanto, é bom que se saiba que não há tempo, e sim apenas um Agora ou Momentos em constante renovação. Não há espaço e sim apenas um Aqui ou um espaço peculiar que se estende e não se estende e que, concomitante ao tempo, também se renova a todo momento. Não há matéria nem energia, mas há um vazio-pleno, que se torna denso e parece materializar-se. Disso o próprio Einstein e Stephen Hawking suspeitavam e suspeitam. Tudo é Consciência ou Espírito. Nada persiste, tudo se renova, por isso nada pode ser descoberto. Até a própria Ciência nada descobre; apenas engendra, forja, recria, extrojeta, materializa e faz magia. Nada é sempre a mesma coisa, tudo é sempre outra coisa, outro ser. Nada é só material ou é só espiritual. Tudo é o que é. Nunca houve criação no espaço e no tempo, graças a uma energia, matéria ou plasma, Mas há somente uma Manifestação Primeva que se dá sempre Aqui e Agora, graças ao Deus vivo, ao EU SOU e tal Manifestação é uma eterna novidade. Amigos, me suportem no que digo, mas os UFOs, autênticos vêm exatamente desse outro Cosmos-Novidade; e não de planetas ou orbes do Universo científico. Os discos voadores são exatamente não materiais, não energéticos, não espaciais, não temporais, não plasmáticos. São o que são, como tudo, aliás. Por isso são tão surpreendentes, imprevisíveis, praticamente não capturáveis, indecifráveis para nosso intelecto e impossíveis de se aprisionar com garras, mãos do corpo ou armas especiais, que são extensões desse mesmo corpo ou faz-de-conta.


Amigos, todas essas informações plausíveis nos foram escondidas por desonestos tutores e mentores humanos e pelos cabeças do Governo Invisível.


Esse Governo manda inclusive na atual maior potência do mundo, os Estados Unidos, e é constituído por aqueles que chamo de uns poucos – bem poucos – e que constituem a anti-raça humana, os quais são também senhores de praticamente o mundo inteiro. São donos de todos os bancos, ouro, dinheiro, diamantes, matéria-prima, energia, meios de comunicação, grãos, remédios, grandes indústrias e comércios. E agora querem mercantilizar inclusive, a água e o ar que a Vida nos obsequia gratuitamente. E mesmo assim, esses tais são uma minoria, que há muito tempo, não quer que o homem comum descubra suas outras origens e seu destino verdadeiro. Não quer que o homem conheça o que é a vida, a morte, o que é a objetividade não científica, não religiosa, não filosófica das coisas e que chamamos mundo.


Há milhares de anos, ou quem sabe centena de milhares de anos, por aqui estiveram certos Filhos da Luz ou ETs positivos e benevolentes que quiseram libertar os primordiais filhos e filhas da Terra de sua triste sorte, já que a raça humana só servia de pasto ou alimento para um Demiurgo infame e seus diabólicos servos e aliados. E para tal, esses ETs ou Filhos da Luz, violando sua própria natureza superior, criaram para si mesmos um arremedo de sexo e copularam com as filhas da Terra, numa tentativa de que elas, ao receberem a semente divina, gerassem uma descendência diferente, com espírito. Uma geração que não mais continuasse sendo pasto para uma besta selvagem. De fato, tal descendência surgiu. De meros primatas, muitos homens se transformaram em homens íntegros, homens com caráter, com espírito e tudo mais. Estes, por sua vez, lutando contra os demônios externos e internos, transformaram-se em heróis. Os asseclas de Demiurgo só queriam e ainda hoje querem alimentar-se com a raça humana, ou querem sugar-lhe toda vitalidade, propiciadora de transformação. E esse lamentável destino da humanidade infelizmente ainda persiste. Com tal permutação para melhor, esses heróis antigos transformaram-se em semideuses, depois tornaram-se deuses e estes, por sua vez mergulharam no Absoluto ou no Deus vivo. Esse tipo de evolução e ascensão, aos homens primitivos os ETs positivos quiseram transmitir e transferir.



Tudo o que foi sugerido e denunciado, os ETs de boa índole tentaram e tentam transmitir aos homens de boa vontade. Todavia, humanos pestilentos e de mau caráter, alienígenas inescrupulosos com suas máquinas da destruição, certos governos com seus serviços secretos, nunca deixaram que tudo isso viesse à luz. Ao contrário, manipulando alguns bobos e iludidos, e transformando-os em pretensos canalizados, em médiuns, inspirados, ficam transmitindo suas mensagens, nem sempre verazes, que só servem para subjugar e confundir ainda mais o próximo, e principalmente para desvirtuar essa coisa enigmática e escorregadia chamada Ufologia que, sem qualquer dúvida é o conhecimento mais revolucionário e inconforme que surgiu nos tempos atuais. Porém, a Ufologia deve ser entendida adequadamente, livre de um cientificismo balofo, metido a falso realista, e livre de um misticismo burróide, com canalização e tudo o mais. Só uma alta Sabedoria, científica-histórico-espiritual, é que se aproxima com mais felicidade do enigma que chamamos disco voador.


É por isso que a problemática ufológica está infelizmente inserida na Grande Conspiração Universal. E esta não quer que o aspecto positivo da Ufologia venha à luz, com medo de que o mundo, mal organizado, por ela expluda. Ou pior que isso, os tutores, os mentores da grande conspiração têm medo de perder o Poder Absoluto, que sempre tiveram em mãos. Se tal acontecer, não mais poderão dirigir ou comandar essa desafinadíssima orquestra constituída por uma Humanidade sofrida e injustiçada.
 Ernesto Bono é médico e escritor, e membro do Conselho Editorial de UFO.
Seu endereço eletrônico é – http://blogdoernestobono.blogspot.com/  –
ebono@ez-poa-com.br e bono.ez@terra.com.br

Fonte:
http://www.mortesubita.org/ufologia/textos-ufologicos/tres-perguntas-basicas-da-ufologia-moderna/?searchterm=ernesto  


 Ernesto Bono no Youtube

http://www.youtube.com/user/gaiasohl#p/c/01E3A4CFCC15F611
http://www.youtube.com/user/bococomo


***

Sexto Sentido
Ernesto Bono


(...)
Bem, mas afora isso, pergunto afinal, morrer, desencarnar é o fim de tudo, ou a vida simplesmente se permuta, se transforma em outra condição existencial? E se em verdade ao morrer todos nós nos transferimos, por que os transferidos ou os falecidos não conseguem travar um contato maior com os seus entes queridos que aqui ficaram? E por que os daqui, malgrado os sensitivos e médiuns, também não conseguem uma comunicação clara e perfeita? Por que tantos impedimentos para elucidar melhor o que vem a ser a morte ou o desencarne do homem?
Ora, amigo, porque desgraçadamente, num nível visível-invisível sempre existem os tutores da humanidade, sempre existem os manipuladores da falsa fatalidade que estabeleceram normas e leis fajutas, e não deixam que os de lá se comuniquem com os de cá, sob pena de uma porção de trapaças do mundo invisível virem à tona, como a dolorosa farsa do próprio desencarne. E também não deixam que os de cá, de algum modo acabem entrando em contato com os de lá, de um modo direto e claro. Isso se dá só por meio de uma pretensa viagem ao astral, projeção astralina, que é mais pensante-pensada que fatual. O falso abismo que separa a vida da morte tem que ser mantido custe o que custar e ninguém pode suplantar seus impedimentos, nem ninguém pode violentar o que o falso senhor da vida e da morte, ou seja, o Demiurgo, estabeleceu. Lamentavelmente todas as religiões oficiais trabalham a favor desse monstro, até o próprio espiritismo, porquanto o que este último conta por meio de seus médiuns às vezes são acomodações e mentiras, e não revelações autênticas…

 http://www.mortesubita.org/espiritos-fantasmas/textos-fantasmas/o-sexto-sentido/?searchterm=ernesto


__________________________

 programas de rádio


O DESAPARECIMENTO DE NOSSOS FILHOS

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Este livro é praticamente uma Autobiografia minha. Aqui eu conto como a minha aventura espiritual e literária começou. Como ao longo do tempo fui-me flagrando de todas as mentiras clamorosas que o mundo organizado insiste em impingir a seus filhos ou aos homens.
Fala a respeito da milagrosa cura de minha própria mãe, condenada a uma morte dolorosa e imediata por causa de um pretenso câncer gástrico gravíssimo, diagnosticado cinco vezes. Depois de tal portentosa cura, minha genitora pôde viver ainda ao longo de mais 24 anos. Foi por causa desse fato que eu me tornei um crítico extremado das pretensas verdades religiosas, científicas e, posteriormente, das verdades médicas.
Neste livro volto a falar do intrigante falecimento da filha que Deus me deu, e de tudo o que aconteceu antes, durante e depois do tal lamentável evento.
E esse antes-durante-e-depois, mesmo que se constitua na própria prisão temporal, indica que além de um simples falecimento ou transferência de seja lá quem for, algo mais acontece a esse ou continua acontecendo. Aqui e outra vez é enfatizada a possibilidade de que a morte é uma infâmia, é uma trapaça,
Aqui escrevo também sobre a enorme quantidade de crianças e jovens que desaparecem ou tomam chá de sumiço. Ou senão da grande quantidade de jovens que são atropelados, são mortos, assassinados, ou são intoxicados com drogas fortes e letais, são envenenados por certas bebidas e por programas de TV.

Também enfatizo que possivelmente nunca houve uma criação do mundo, no espaço e no tempo. No lugar disso, há, quando muito, uma Manifestação Primordial que resulta numa Autonatureza. Mas apesar de Aqui e Agora o Homem já existir, desde o começo temporal, ele é confuso e enganado pela sua memória-raciocínio-imaginação (ou pensamento). O homem comum se refaz a si mesmo, como uma pessoa à parte, como um falso ente ego-pensante, refaz-se como corpo denso, como corpo humano, como meio que o cerca e como mundo pensado. Como se não bastasse, nessa recriação toda quase humana, nesse terrível faz-de-conta intrometem-se também sombras terríveis que matam e raptam nossos filhos e filhas.
Entrementes, sem o ego mal pensante, não haveria coisas e meio pensado, supostamente separado do sujeito, e também nenhum mal depois aconteceria. Como em verdade eu disse, existe somente uma Autonatureza que pensamento algum consegue abocanhar e deturpar.
Amigo, apercebe-te, sem este nosso mundo pensado ou objeto não há ego e sem ego não há meio pensado ou mundo reconstruído.
E se o doloroso faz-de-conta prevalece é porque este ego é sempre quem mal pensa, quem inventa histórias e inclusive é quem as explica, quem discorre a respeito delas, provando absurdos e mentiras.
publicado por conspiratio às 23:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 1 de Julho de 2010

OBAMA PRETENDE CENSURAR A INTERNET

*



La administración Obama pretende abiertamente la censura definitiva de Internet.
Posted on 24 Junio 2010 by starviwer

http://starviewer.wordpress.com/2010/06/24/la-administracion-obama-pretende-abiertamente-la-censura-definitiva-de-internet/ 


Hoy la prensa USA abre sus titulares con una noticia preocupante: “La administración Obama pretende abiertamente la censura definitiva de Internet”, la cuestión ha sobrecogido a la mayoría de los medios de comunicación. Los motivos alegados son: Seguridad y emergencia. Reproducimos seguidamente varios medios de comunicación, en los que la noticia está apareciendo.

http://www.disclose.tv/action/viewvideo/47972/President_Obama_to_Get_Internet_Kill_Switch/


Seguidamente, reproducimos la noticia de la CNN.


http://www.disclose.tv/action/viewvideo/48144/INTERNET_KILL_SWITCH_/  
Fuente CNN.




22 Responses → “La administración Obama pretende abiertamente la censura definitiva de Internet.”


mei

24 Junio 2010
Como si el problema fuera Internet!!! Si nada tuvieran que esconder, no les deberia preocupar.En lugar de cerrar Internet, estos politicos, deberian ser mas morales, eticos y mas humanos.

Lo unico que no les preocupa es su falta de verguenza.

Quien iva a creer que le temen tanto a la gente!!!

Donde estan los honestos?? Donde los verdaderos patriotas estadounidenses, que no se deciden a bombardear los H.A.A.R.P.??



Querubin
24 Junio 2010

Esto es debido a lo que viene, que no quieren que nos comuniquemos y nos avisemos. Tendremos que ir pensando en comprarnos una emisora de radio, para no quedar mudos. Lo del pirateo de bajada de pelis y musica, es la “justificación” que buscan para hacerla oficialmente. No quieren que veamos el sol y la gran afluencia de “tráfico” que se espera en fechas próximas. Le quitaré el polvo a mi modesto telescopio. ¿No es así ST?.


Iros preparando que esto se acelera. La crisis es para soliviantar a las masas para ametrallarlas a diestro y siniestro. Buscad la armonia, que es lo único que nos salvará. Saludos


welcomethebest2

24 Junio 2010
Diganme de verdad porque yo no entiendo, Porque hace apenas unos días que se estaba devatiendo la posivilidad de poner el internet de forma gratuita para todos los hogares estadounidenses ó si se debía dejar como un servicio pagando, Una medida como ésta nos arrastraría al retroceso de la raza humana en todos los sentidos… científicos, tecnológicos, económicos, sociales, culturales, nacionales etc. ya no hay forma de parar la verda: “Si ponéis en una balanza la verdad y la mentira, esta se inclinará hacia el lado de la verdad, pués la verdad pesa más.

Curioso
24 Junio 2010
Era cuestión de tiempo, prohibir el acceso a Internet. Hay que comprender que la primera Internet, se llamó Arpanet: una red militar para que en caso de ataque nuclear los nodos de defensa pudieran actuar de forma autonoma. Despues se extendió a la Universidad y más tarde a la población. El problema es que a través de la red podemos identificar las mentiras, como la de la gripe A, se puede acceder a las listas de los Bilderberg, se pueden divulgar datos importantes de la próxima estrategia de los reptilianos. En fin los amos del mundo pierden muchos millones con el acceso a Internet mientras que la población se enriquece de información no sesgada, así que me parece lógico que los amos del mundo lo prohíban, para experimento ya les vale con China.



lydia
24 Junio 2010
Ante noticias de este tipo se me va la energía, me siento desesperada y lo veo todo muy negro. Es tan desanimante y triste! Claro que quieren impedir que la información circule, lo quieren controlar todo. Y Obama es el nuevo Hitler, que quiere controlar el mundo. Pero la pregunta es esta: como es esto que los otros politicos y los otros paises no se oponen a esta decisión que va en contra de todas las constituciones?

¿Que esperan los extraterrestres para venir aqui, raptar a Obama y llevarlo a Marte? con un platano y un mono, así no se aburrirá. Y que nos deje en paz, POR FAVOR.

Hay que empezar a entamar una lista de contactos, y evidentemente comprar una radio onda cortas, yo ya tengo una.
Un abrazo,



 hordashispanicas
24 Junio 2010

Cada dia que pasa su deseperacion y falta de respeto a la vida y dignidad humanas, derechos tan fundamentales como es la libertad de expresion, los estan eliminando con la escusa de un mundo “mejor” mas seguro, seguros de quienes?
Del comunismo??? ……….como nos querian vender hace años
del terrorismo??? El unico peligro de esta humanidad es el secretismo y la desconsideracion con la vida humana con la que actuan sociedades como los illuminati y su red de sociedades encubiertas bajo la tapadera del secretismo, el Bilderberg ya desvelado definitivamente ha sido un trago realmente amargo, pero existen algunos mas la CFR, TRILATERAL….EL FMI otra mafia pensada para endeudar mas a los apises mediante sus crisis inventadas prefabricadas, ya todo el mundo sabe como funciona su timo del dinero papel, basado en tipos de interes que solo sirven par aendeudarnos mas y enriquecerse ellos,

Su sistema bancario es una gran estafa a nivel mundial, ienen miedo, porque todo lo que han ideado para nosotros sus esclavos su masa sucia, esta fracasando, la gente ha despertado ya, algunos activamente otros desde el silencio, pero todos sabemos quienes estan detras de los goiernos y estados “democraticos”


Y como dice el hermano Mei, es cuestion de tiempo que los propios ciudadanos pertenecientes al ejercito, policia y demas cuerpos se revelen tambien, porque estan acabando con millones de personas en todo el mundo, enfermedades como el cancer, el sida, vacunas envenenadas, chematrailes, HAARP, control mental, nos afectan a todos, a sus hijos, esposas, familiares y amigos tambien, y eso se tiene que pagar algun dia…..

Su sueño del NWO esta tocando las ultimas notas y lo saben , habeis fracasado, y ahora todo lo que estan haciendo es fruto de su desesperacion, los ultimos coletazos antes de la muerte definitiva, pero tenemos motivos para creer en que los pocos que todavia no han despertado lo hagan, cambios en el ADN frecuencias Shuman que estan cambiando, ante eso ni con todos sus chemtrails ni HAARP podran hacer nada


Definitivamente cuanto mas ladren los perros mas MIEDO TIENEN todo ha cambiado y juntos VENCEREMOS!!!

NWO———NWO

R/EVOLUCION–>RNWO




Enrique

25 Junio 2010
En realidad yo no creo todo lo que leo o creo, pero se que algo sucederá ahora, y eso se siente ya en el aire. Pero siempre hay una salida. La agrupación de las personas, la unión en comunidades.
Saludos desde el sur del mundo,

Ciudadanos Libres del Sur.mailto:Sur.correomv@hotmail.com

JoseRRa
25 Junio 2010
Pues yo no me lo creo y menos con toda la industria que existe ya alrededor de la red, es mas, noticias como estas nos tendrían que alegrar, son precedentes de que el núcleo de poder económico generado por el capitalismo se encuentra cada vez mas desdibujado (DYV) y es que cada vez tiene mas cachos el pastel. Dejemos que entre ellos se destrullan…

jj
25 Junio 2010

Y nos quejabamos de bush … resultara que hemos cambiado una puta por un ladron.


Martinhache

25 Junio 2010

Hola a todos, si dan ese paso, las mentes que ya están despiertas van a tener difícil llegar a las que aun no lo están. Hasta ahora les ha servido la técnica de bombardearnos con todo tipo de información para que sea complicado ver las cosas con cierta claridad, pero ven que poco a poco, a pesar de la confusión, cada día abren los ojos muchas personas.

Veamos qué pasa y participemos para ponérselo difícil. Saludos.

Tengu
25 Junio 2010
Yo creo que hagan lo que hagan no podrán conseguir nada y lo saben. Por eso van a la desesperada. La naturaleza es más sabia.

Es cuestión de tiempo…


Diego
25 Junio 2010

Cyber-terrorist? jajaja Lo mejor son los nombres de los villanos malvados que se inventan, las amenazas de la democracia bla bla bla… siempre usan las mismas fórmulas, parecen de cómic.


Alfa

25 Junio 2010
Aclarar que hablan de censura, no de eliminar la Internet, es obvio que la Internet es y será un gran negocio, el problema radica en la censura.
Rosa
25 Junio 2010
Espero que no sea cierto, para muchos es un hooby, ahora si es que tienen algo entre manos ya son otros 20 , o que el teme que lo descubran en algo. SR. PRESIDENTE, Digame una buena Razon???????????????????????????????????????????????????????.


Eufralux

25 Junio 2010
Ya es tarde, no pueden hacer nada. El futuro es nuestro.




lydia
25 Junio 2010Tienes razon, ya estamos despiertos. Los que estamos. Pero y los otros? Los que son zombis? A nosotros ya no nos podran tocar, pero la mayoría ni esta enterada del peligro del cierre de Internet.

Siempre recordaré lo que hizo Pol Pot en Cambodgia: lo primero que hicieron los Kmer Rouges fué eliminar a todos los intelectuales del pais, asasinandolos. Fué una masacre y una tragedia increible dejar un pais sin sus pensadores, sus doctores, sus profesores, sus escritores, sus estudiantes, sus artistas. Más de un millon de personas fueron masacradas, quizás más. Luego, lavaron el cerebro “educando” al resto de la populación en campos de concentración y esta educación era evidentemente una educación llena de mentiras. Horrible. Espero que esto no pase en ningún lugar, pero cuando veo a la administración Obama con sus leyes antidemocraticas atacando a los que estan despiertos no paro de recordar la tragedia cambodgiana.
Un saludo,

el-shadai
26 Junio 2010En teoría no sería necesaria Internet si se permitiese que grandes científicos como Oscar Iborra (excelente y erudito blog por cierto: http://www.oscar-iborra.blogspot.com/ / ) llevasen a cabo sus investigaciones sobre telepatía.
Mucha gente cree que es un mito y una “magufada” ¡ja! pobres ciegos, están tan obcecados con su racionalismo que son incapaces de experimentar estas cosas maravillosas de la vida. Yo puedo afirmar que la telepatía es un fenómeno real pues la he experimentado con mi mujer. Mientras hacíamos el amor después de una sesión de meditación fuimos capaces durante un brevísimo lapso de tiempo de sentir los pensamientos del otro. Desde entonces practicamos cada día pero solo obtenemos resultados en contadas ocasiones ya que desconocemos la teoría del fenómeno debido a que los escépticos llenos de miedo (que es justo lo contrario al amor) utilizan sus influencias para impedir que el señor Iborra investigue un tema tan relevante con el dinero de mis impuestos.

¡Vaya! jaja, he empezado a divagar y me he desviado del asunto, perdón pero es que es un tema apasionante y hace poco he descubierto este blog lleno de gente buena e inteligente que casi se me escapan los pensamientos de la cabeza para venir a parar a este lugar tan bello donde nuestras conciencias se tocan para crear algo más grande, lo presiento, el cambio se acerca.


Payasete
26 Junio 2010
La información ya la tenemos, no necesitamos Internet. El boca a boca es más poderoso de lo que parece y sabiendo su agenda podemos prevenir sus movimientos. La partida está ganada.





Como controlar por completo a Rede Internet: DRM, DMCA/EUCD, TPM e ACTA
http://ovigia.wordpress.com/2010/06/30/como-controlar-por-completo-a-rede-internet-drm-dmcaeucd-tpm-e-acta/
*
Projeto de lei dos EUA quer dar ao Presidente poder de "desligar" a internet
http://www.olibertario.org/2010/06/casa-branca-eua-desligar-internet-poder.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+olibertario+%28O+LIBERT%C3%81RIO%29
*
publicado por conspiratio às 16:07
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CAUSAS DO CAOS BRASILEIRO...

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. UM POUCO SOBRE ABDUÇÃO E ...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. BLOSSOM GOODCHILD E A NAV...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. CONTRA A CAMPANHA CONTRA ...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. VOAR É COM OS PÁSSAROS?

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. AGENDAS DE DOMINAÇÃO GLOB...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. 3 elites globalistas(6)

. a corporação(9)

. acobertamento(13)

. agenda illuminati(13)

. alex jones(8)

. amor(20)

. animais(29)

. arqueologia proibida(4)

. atenção(7)

. auto-realização(33)

. autoritarismo(7)

. bancos terroristas(8)

. benjamin fulford(5)

. bíblia(7)

. big pharma(12)

. bilderberg(8)

. budismo(24)

. calar a democracia(5)

. censura da internet(15)

. cérebro(22)

. codex alimentarius(15)

. comunismo(13)

. concentração(14)

. consciência(7)

. conspiração(94)

. conspiração antidemocrática(6)

. conspiração financeira(11)

. controle da informação(17)

. controle da internet(22)

. cura(25)

. daskalos(7)

. david icke(9)

. denúncia(10)

. depopulação(6)

. despopulação(8)

. deus(10)

. ditadura(14)

. ditadura através da mentira(6)

. ditadura através da saúde(11)

. documentários ufológicos(7)

. ecologia(35)

. educação(7)

. ego(25)

. engenharia social(9)

. ensonhar(11)

. eqm (experiência de quase-morte)(12)

. extraterrestre interferência(11)

. filosofia(6)

. globalistas(5)

. goldsmith(8)

. google(9)

. governo oculto(31)

. gripe suína(8)

. história(17)

. história da nom(5)

. illuminati(54)

. integração(9)

. internautas conheçam seu poder(6)

. internet censura(11)

. intraterrestres(8)

. jesus(8)

. krishnamurti(13)

. lei cala-boca da internet(5)

. liberdade(8)

. livre-arbítrio(6)

. manipulação da informação(13)

. manipulação da mente(8)

. manipulação das massas(8)

. medicina natural(10)

. mentecorpo(5)

. microchip(7)

. milton cooper(7)

. monsanto(6)

. movimento revolucionário(9)

. neurociência(20)

. nom(43)

. nova ordem mundial(83)

. obama(7)

. olavo de carvalho(31)

. poder da internet(5)

. poder da mente(97)

. poder das farmacêuticas(5)

. política(16)

. predadores da humanidade(16)

. problema-reação-soluçao p-r-s(7)

. profecias(9)

. project camelot(11)

. psicanálise(5)

. pt(9)

. rauni kilde(6)

. realidade(7)

. rockefeller(7)

. saúde(19)

. sonho lúcido(22)

. totalitarismo(9)

. totalitarismo global(9)

. ufo(46)

. universo(16)

. vida(31)

. xamanismo(15)

. todas as tags

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.links

.links

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO