Terça-feira, 30 de Março de 2010

UFOS - A INCRÍVEL DECLARAÇÃO DO EX-VICE-PRIMEIRO-MINISTRO DO CANADÁ

*



Discurso de Sr. Paul Hellyer, ex-Vice-Primeiro-Ministro do Canadá, ex-ministro da Defesa



"Eu gostaria de estar de bom humor, mas não estou.


Nós dirigimo-nos para a destruição do nosso planeta, e eu acho que não fazemos caso algum disso.


Décadas atrás, visitantes de outros planetas vieram nos avisar sobre a direcção que tínhamos tomado e ofereceram-nos ajuda.


Mas ao invés disso, nós, ou pelo menos alguns de nós, interpretaram suas visitas como uma ameaça e decidiram "disparar" primeiro e perguntar depois.


O resultado inevitável é que alguns dos nossos aviões foram perdidos. Mas quantas dessas perdas se devem as medidas de retaliação, e quantas são, de facto, o resultado da nossa própria estupidez, é um ponto discutível.


Wilbert Smith, um dos primeiros canadenses a ter tido um interesse activo no estudo de OVNI´s, pediu aos visitantes as razões da destruição acidental de um avião que voava nas proximidades de uma de suas naves.


A resposta foi que, se alguns de nossos aviões conheceram um triste fim, foi resultado da incrível estupidez por parte dos nossos pilotos, eles tomavam medidas correctivas para evitar os nossos aparelhos.


Perguntei-lhes o que tinha acontecido e eles disseram: "Bem, os campos a volta das naves, que asseguram assim a propulsão produzindo gravidade diferencial, produz, por vezes, devido ao diferencial do campo temporal necessário ao movimento, combinações de campos que reduzem a resistência dos materiais para o ponto onde eles já não são suficientes para suportar as pressões para que foram calculados."


Como sabemos agora, alguns aviões, especialmente de tipo militar, foram construídos com um factor de resistência relativamente baixo, e nas juntas da estrutura, os materiais já não eram suficientemente resistentes para suportar as tensões mecânicas induzidas , e os aviões, simplesmente, desfaziam-se.


Isso não satisfez os nossos chefes militares que devem ter pensado que era mais importante garantir a superioridade nuclear americana - mesmo que usá-la possa resultar na nossa própria destruição - do que aceitar a sugestão dos visitantes e começar a eliminar o risco para o planeta de um holocausto global.


Os militares foram, e ainda são, tão paranóicos que acham que é melhor usar a tecnologia dos visitantes para forçá-los a retirarem-se ao invés de aceitá-los como parceiros de desenvolvimento - embora tenham sido ajudados por alguns renegados que os assistiram no que podemos perceber como progressos diabólicos.


Stephen Bassett, diz que falar de OVNI faz parte do passado, agora devemos falar de Exopolítica. Em teoria concordo, mas na realidade, temos um problema porque a política oficial dos Estados Unidos afirma que os OVNI´s não existem.


O véu do sigilo deve ser levantado agora, antes que seja tarde demais.


É irónico que os Estados Unidos tenham começado uma guerra devastadora - supostamente à procura de armas de destruição maciça - enquanto os desenvolvimentos mais perturbador nessa área ocorrem nos bastidores.


É irónico que os Estados Unidos possam empreender guerras monstruosamente caras no Iraque e no Afeganistão - supostamente para levar a democracia a esses dois países - enquanto que a própria não pode legitimamente reivindicar ser chamada de uma democracia quando triliões de dólares são gastos em projectos em que o Congresso e o comandante-em-chefe, são deliberadamente mantidos afastados.


O que foi realizado em sessenta anos de actividade febril por algumas das mentes mais instruídas dos Estados Unidos?


Será que a América desenvolveu discos voadores que são indistinguíveis das dos visitantes, como alguns afirmam?


E se assim for, o que se propõem a fazer com eles?


De uma maneira mais crítica ainda, que progressos foram feitos no desenvolvimento de fontes de energia não poluentes, que podem substituir os combustíveis fósseis e evitar, assim, que o planeta se torne impróprio para a vida?


Quem tem as respostas? Alguns, mas aparentemente eles não dizem nada, nem aos secretários de Defesa, nem aos Presidentes, porque esses não precisam de saber.


Numa história relatada pelo Dr. Stephen Greer, o presidente Clinton quando foi questionado por Sarah McClendon, uma repórter da Casa Branca, sobre o porquê dele não fazer nada sobre a divulgação do fenómeno OVNI, respondeu "Sarah, há um governo dentro do Governo e eu não o controlo."


Desculpem-me, mas será que o comandante-em-chefe, ou seja, a pessoa que tem o controle do fogo nuclear, não tem o direito de saber o que os seus subordinados andam a fazer? ...


Os cidadãos dos Estados Unidos, que pagaram as facturas, têm o direito de saber.


Os Cidadãos do mundo tem o direito de saber porque, para os nossos descendentes, também, o perigo mortal está aqui.


É hora de o povo dos Estados Unidos lançarem uma nova guerra contra o flagelo da mentira, do engano, das trevas, e todos estão envolvidos, a fim de ganhar a vitória da verdade, da transparência e da luz."


Honorável Paul Hellyer


(Discurso proferido a 19 de Abril de 2008)



VIDEO

http://www.youtube.com/watch?v=xuEUmnEVJQk&feature=player_embedded

Mais em:
http://www.cubbrasil.net/index.php?option=com_content&task=view&id=503&Itemid=108

*
publicado por conspiratio às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 24 de Março de 2010

ABDUÇÕES E HIBRIDIZAÇÃO ALIEN-HUMANA





David M Jacobs e David Icke são dois autores que afirmam que o programa de hibridação (cruzamento) entre aliens e humanos é um meio de Ets se infiltrarem em postos chaves e prepararem terreno para uma dominação global. Abaixo uma entrevista com Jacobs:


EVIDÊNCIAS DE QUE AS ABDUÇÕES SÃO REAIS





David Jacobs , é um dos maiores nomes da pesquisa de abduções extraterrestres. Professor de História da Universidade de Temple, Pensilvânia, ele estuda uma área ainda muito discutida e "nebulosa";



Provavelmente é o maior entendido sobre abduções extraterrestres em todo o mundo.
David Jacobs, é um dos maiores nomes da pesquisa de abduções extraterrestres. Professor de História da Universidade de Temple, Pensilvânia, ele estuda uma área ainda muito discutida e "nebulosa";



Entrevista realizada em de junho de 1999


Quais as evidências sobre as abduções que são reais?


Uma das mais importantes áreas de evidências é a convergência das memórias sobre a estrutura das abduções. Os detalhes das lembranças de tantas pessoas diferentes no país e ao redor do mundo. A precisão das lembranças são tão grandes que nós compreendemos a função de certos instrumentos durante a abdução mesmo que os abduzidos não consigam se lembrar disso. Também é importante se lembrar que embora a hipnose seja utilizada como a principal ferramenta, grande número de eventos são recordados sem a ajuda da hipnose, mas em estado consciente. As pessoas se lembram dos eventos acontecidos na hora em que eles ocorreram. Além disso, nós temos investigado várias abduções, na qual as pessoas vêem outros seres serem abduzidos. Algumas vezes, pessoas avisam os abduzidos sobre alguma atividade estranha, quer dizer, os vizinhos lhes informam sobre estranhas luzes desceram sobre a sua casa na noite anterior, como se um helicóptero a sobrevoasse. Neste momento, dentro da casa, a pessoa está sendo abduzida. As pessoas perdem todas as suas funções motoras na hora da abdução. Embora críticos sempre falem do caso Maureen Puddy na Austrália, onde ela disse que estava sendo abduzida na frente de uma testemunha, que não viu muita coisa, nós deveríamos ter milhares de casos desse jeito, mas na verdade não temos, e o caso de Puddy, não é um caso de abdução. Certos tipos de evidências físicas são apresentadas como evidências: cicatrizes e problemas físicos, curas e manchas nos corpo e nas roupas. Ainda, é extraordinário que não exista quase nenhuma pessoa que foi hipnotizada e depois venha dizer que tudo aquilo não tenha acontecido. Alguns existem sim, eu concordo, mas acho que exista uma comunidade de abduzidos com organizações dedicadas a fazer hipnoses e investigações e induzem as pessoas a achar que são algo que na verdade não são. Isso seria a Síndrome da Falsa Memória e o meu palpite é que isso poderia afetar também os abduzidos. O fato de que tal coisa não existe é baseada na qualidade das memórias ligadas aos aspectos físicos do fenômeno.


Existe algum implante que foi provado ser de origem extraterrestre?


Até agora, nenhum implante foi provado ser extraterrestre. O problema é que todos os elementos no universo são essencialmente os mesmos. Se um implante é removido, o objeto vai imediatamente para uma discussão - seria ele um objeto feito na Terra ou não? A resposta para a pergunta é sempre sim, isso poderia ser feito na Terra porque ele é feito com elementos encontrados no planeta. Se um implante for encontrado, o importante é provar a sua utilidade. Sem fazer isso, provar que algo é extraterrestre é muito difícil.


Os abduzidos tem algo em comum?


Os abduzidos tem duas coisas em comum: 1º - eles são humanos; e 2º - seu pai ou mãe já forma abduzidos. Não sabemos de mais nada em comum. Infelizmente, essa é uma questão que só pode ser respondida com dinheiro. Se necessita de muito dinheiro para levar os abduzidos aos hospitais para serem examinados detalhadamente e comparar os resultados. Ainda não fizemos isso e até isso acontecer não poderemos dizer com certeza o que há de comum. É importante entender a natureza global deste fenômeno. Pessoas de todo o mundo tem falado que estão sendo abduzidas. São milhares de pessoas dizendo isso. Finalmente, para mim essa escolha é feita aleatoriamente.


Como a comunidade científica vê o seu trabalho?


Acho que esta questão pode ser respondida em dois níveis: como a comunidade científica vê os OVNIs e a abdução e como vêem especificamente o meu trabalho. Nos EUA, e provavelmente na maior parte do mundo, a maioria das comunidades científicas acham que a ufologia é um estudo ilegítimo. Eles acham que é um assunto sem nexo, um bom exemplo de pseudoconsciência. Um das maiores falhas da pesquisa ufológica neste meio século é não poder provar a legitimidade do fenômeno. A comunidade científica vê os pesquisadores de abduzidos e o meu trabalho com certa antipatia. A maioria dos cientistas acham que o fenômeno da abdução é um problema fisiológico. A minha incapacidade em entender o "fato" é visto por eles como sendo um exemplo da minha própria falta de julgamento e intelecto.


Você acha que temos que ter o apoio do governo para conseguirmos que seja aceito a verdade sobre os alienígenas?


Eu acho que se não houver uma revelação repentina sobre os alienígenas (aterrissagens, avistamentos em massa...), a próxima coisa a fazer é uma declaração dos EUA ou da ONU que o fenômeno é real.


Como você explicaria o porquê das pessoas acharem que os alienígenas são "bonzinhos", se quando eles abduzem causam pânico e são indiferentes e sem compaixão?


Essa é uma pergunta muito difícil. Eu acho que nós temos a situação de vários níveis diferentes. Primeiro, muitas pessoas que não conhecem uma hipótese séria, não sabem o que está acontecendo com eles, tem durante a suas vidas encaixado os alienígenas em estruturas benevolentes e confortáveis. Por causa do movimento da Nova Era, eles aprenderam que existem seres superiores, que são mais avançados do que os humanos, tecnologia e espiritualidade. Prendendo-se à essa idéia, muitos abduzidos decidiram que esses seres "superiores espiritualmente" têm sido responsáveis pelos seus contatos. Eles foram "escolhidos" porque são pessoas especiais. Então eles não seriam abduzidos no sentido clínico, mas sim fariam parte de um grande projeto para ajudar a Terra, a humanidade e o futuro. Isso permite à eles pensar que não são vítimas e isso os "envolve" numa esfera de amor, não importa o que os seus fragmentos de lembrança possam indicar. Permite que eles enfrentem suas experiências de um modo que faça sentido para eles. Existem também procedimentos que os alienígenas utilizam nos abduzidos que causam estímulos sexuais, sentimentos de afeição e amor. Depois de uma abdução, podem restar "resíduos" de algum sentimento. Isso faz com que os abduzidos pensem que os alienígenas são "bonzinhos", que os amam e se interessam pela saúde da pessoa. Eles criam um sentimento positivo em relação aos alienígenas e acham que eles estão aqui por nos amarem. Os hipnólogos incompetentes e ingênuos frequentemente com seus pensamentos, vão algumas vezes hipnotizar os abduzidos e sutilmente influenciá-los para a idéia de que os "escolhidos" seriam parte de um plano para ajudar a Terra. Os pesquisadores "ecologicamente corretos" acham que os alienígenas estão aqui para nos ajudar em relação aos danos causados ao planeta ultimamente. Os alienígenas são benevolentes e nos querem vivendo num mundo melhor. Todas essas idéias tem sub-idéias: Não importa o que aconteça à essas pessoas, é para um futuro melhor. Quando alguém leva o seu animal de estimação ao veterinário, o gato ou o cachorro não sabem que vão tomar uma injeção para ficarem curados da sua doença. Desse modo, um tem que sofrer um pouco de desconforto e medo para o seu próprio bem. Essas idéias também sugerem que os alienígenas são de alguma forma mais sábios do que nós, eles sugerem que os humanos são quase como crianças e irresponsáveis. Eles têm a fé permanente de que os alienígenas estão fazendo a coisa certa. Neste sentido, essas idéias estão mais próximas da religião do que da lógica.


É possível que eles tenham boas intenções para conosco?


É claro que isso é possível. Nós não saberemos até eles implementarem o seu plano, e pela perspectiva deles, esse plano é maravilhoso e desejável. Mas essa pode não ser a perspectiva que devamos seguir. Devemos lembrar que isso é um fenômeno secreto. É secreto porque eles não querem que nós saibamos o que eles fazem. Se acharmos isso maravilhoso e benevolente, então alguém dirá que nós deveríamos dar boas vindas à eles e eles deveriam saber disso.


Existe algum vínculo ancestral entre os alienígenas e nós?


Eu ainda não descobri nada sobre isso. Esse é um fenômeno recente que começou por volta de 1890. São poucas ou nenhum as evidências que o fenômeno da abdução tenha existido antes desta data. Acho que o mesmo vale para o fenômeno dos OVNIs em geral.


Os alienígenas entram em contato telepático com as vítimas antes da abdução?


Normalmente não, entretanto, segundos antes da abdução a vítima fica vulnerável. Ele ou ela não podem se mover, não podem correr, ligar para a polícia, nem gritar. Isso é feito através de manipulação neurológica à distância. Mas até agora eu não encontrei uma evidência com credibilidade de que os alienígenas entram em contato telepático com as vítimas antes da abdução. O problema é a telepatia. Toda a comunicação com os alienígenas dentro da nave é telepática (é telepática com os híbridos, mas algumas vezes pode ser também aural). Pela telepatia o abduzido diz receber uma "impressão" na sua mente que automaticamente de transforma em palavras. O maior problema é que na maioria das vezes as pessoas confundem o próprio pensamento com os pensamentos vindo dos alienígenas. Além disso, o processo de telepatia é desconhecido. Nós não temos certeza de como eles fazem isso, se eles utilizam os implantes para a judá-los. Nós também não temos certeza se existe um resíduo de manipulação neurológica, que causa um estímulo ao cérebro.


Nós conhecemos as raças que nos abduzem?


Alguns pesquisadores afirmam que várias civilizações estão abduzindo os humanos. Um disse que existem 247 diferentes espécies de alienígenas. Outros sugerem que existem mais de 100 espécies. O problema aqui são as lembranças conscientes e as resgatadas através da hipnose. As pessoas tendem a confabular de várias maneiras diferentes nas hipnoses, mas 3 são características: a descrição do alienígena, o seu diálogo e os objetivos e metas deles. Essas áreas são perigosas e o hipnólogo pode ser facilmente enganado pelo testemunho dessas pessoas, principalmente na 1ª e na 2ª sessão. O problema é que a maioria dos hipnólogos vão fazer somente 2 sessões. Deste modo, os abduzidos vão descrever os alienígenas de várias maneiras, antes de terem certeza e se sentirem seguras para recordar com exatidão. Um vez "confortável" e começando a se lembrar mais profundamente, eles então falarão ao hipnólogo sobre o alienígena, que primeiramente fora descrito como tendo 3,00m e usava capacete, mas que na verdade não tinha capacete algum e na verdade media 1,20m de altura, além de ser careca. Quando um hipnólogo competente controla as ações, o abduzido tende a relatar 4 tipos básicos de extraterrestres: os altos e baixos tipos "grey", os que se parecem com insetos, os que se parecem com lagartos, e os híbridos, que são conhecidos como "nórdicos". O ponto-chave é: todos eles são vistos juntos. Todos trabalham com os mesmos propósitos. Todos fazem as mesmas coisas. Eles estão sempre dentro do mesmo tipo de disco voador. De acordo com os meus estudos não existe outros tipos de alienígenas que abduzem pessoas. Não existe uma outra civilização que faça isso. Esse programa é feito por um só grupo, os do tipo insetos. Eles estão utilizando os outros para seu benefício.


O Caso Travis Walton é uma fraude?


Eu achava que sim. Entretanto, depois de conhecê-lo e falar com ele e com os outros envolvidos no caso, e aprendido mais sobre o fenômeno da abdução em geral, eu acho que realmente o Caso Walton seja verdadeiro. O problema é que ele só se lembra de 20 minutos dos 5 dias em que esteve desaparecido, e portanto nem ele ou ninguém sabe o que realmente aconteceu.


Por que a maioria das pessoas relaciona os "greys" às abduções?


Porque eles são os mais vistos. Eles parecem conduzir a maioria dos procedimentos da abdução, mas a organização, logística, e planejamento é possivelmente feito pelos seres parecidos com insetos. Mais uma vez, o problema da confabulação e da descrição. Alguns abduzidos e investigadores confundem os "grays" com os seres-insetos. Muitas vezes é difícil dizer quem é quem. Entretanto, em relação à esse problema, os grays parecem ser os que mais abduzem.


Até quanto a hipnose é válida e é possível instigar memórias nas pessoas?


A hipnose é difícil de ser feita. É fácil cometer erros. É fácil achar que o que a pessoa fala é verdade quando na verdade não é. Hipnólogos espirituais e da nova geração (New Age), podem facilmente focalizar nestes aspectos do testemunho, o qual eles pensam que é importante e aumenta a sua importância, pois teriam mais evidências. Esse é um enorme problema. Hipnólogos incompetentes podem conduzir as pessoas à essas fantasias. A maioria das pessoas entretanto não podem ser manipuladas. A maioria delas quando vão a um hipnólogo tomam cuidado com duas coisas principalmente: eles não querem que o hipnólogo lhes coloque falsas memórias e também não querem que a imprensa fique sabendo dos fatos. Muitas pessoas são sensíveis à esse problema. O melhor investigador faz perguntas muito especiais para despistar o abduzido e comprovar se ele está sendo influenciado. De fato, a maioria não é. Quando fazem uma pergunta para induzir de propósito, o abduzido freqüentemente diz "Não. Isso não aconteceu assim". Eles se recusam a se lembrar de coisas que não aconteceram à eles. O problema é que as pessoas vão dizer coisas que não são verdadeiras e nem eles sabem disso. O hipnólogo é enganado pelas perguntas e respostas e pede ao abduzido mais informações ou induz algo para que tais informações sejam válidas.


Qual foi o caso mais impressionante que você já estudou?


Para mim não existe o caso mais impressionante e sim os abduzidos. Nós temos muitos casos que forma pesquisados por outras pessoas, que tem outras evidências além dos relatos. Ultimamente esse é o abduzido que mais me impressiona. Estou trabalhando com um que me impressiona muito pela sua sinceridade, inteligência, precaução e precisão. Nem todo mundo é como este, infelizmente. Muitas pessoas não podem ser consideradas sinceras e não conseguem sustentar as suas afirmações. Muitas tem uma grande dificuldade em entender o que está acontecendo com ela. Eles ficam procurando por respostas sem achá-las. Eles não tem a habilidade de pensar claramente no que lhes aconteceu. Alguns, no entanto, ficam assombrados ao saber da situação e da sua própria situação. Eles tem uma profunda percepção de que podem colocar lugares e idéias num contexto.




Qual o caso que você está pesquisando ou o mais recente?


Estou trabalhando no caso de um homem que no final dos seus trinta anos foi abduzido juntamente com outras 3 pessoas em Portugal. As suas experiências eram perfeitamente típicas e semelhantes às outras centenas de casos que eu investiguei. Quando vemos o evento superficialmente, tudo o que sabemos são as memórias que ele e seus amigos tem conscientemente de estarem andando por uma rua em direção a casa de um deles quando perceberam que se haviam passado 2 horas. Eles ficaram confusos. Quando se acalmaram viram um telefone público e pediram para que viessem buscá-los. As pessoas que os esperavam na casa de um dos amigos mandou uma pessoas ir buscá-los imediatamente. Eles não se recordavam de ter saído da rua enquanto andavam ao seu lado. O caso é típico, com exames, implantes, coleta de esperma, imagens nas suas mentes e tudo mais. Nada de diferente do que eu já vi.


Baseado no seu trabalho, existe algum famoso caso de abdução que você considere falso?


Eu não fui o pesquisador principal em muitos casos famosos, por isso não posso julgar os estudos dos outros ufólogos. Num contexto geral, no entanto, os pesquisadores encontraram poucos casos falsos. De vez em quando uma pessoa, normalmente um escritor, tentará convencer um pesquisador sobre um história falsa. Essas pessoas são logo descobertas. Eu considero que alguns casos podem sim ser falsos.


Pode o inconsciente distinguir a diferença entre as experiências reais e as imaginárias e essas experiências imaginárias podem ser duplicadas em laboratório?


Algumas vezes os abduzidos não podem diferenciar estas duas experiências. É importante para o hipnólogo ser capaz de distinguir o que é real e o que não é. Isso é muito difícil, mas existem métodos... Os pesquisadores de abdução sérios podem ver esta diferença sim, é importante esperar o maior número de confirmações do maior número possível de abduzidos antes de fazer uma afirmação específica ou sobre o que está acontecendo. Alguns abduzidos podem saber esta diferença também, ou pelo menos saber se há algum problema com as suas lembranças. Eles simplesmente me dirão nas sessões de hipnose: "Eu não posso dizer com certeza que esse procedimento aconteceu comigo, ou se não. Sobre outros procedimentos eles saberão com clareza o que aconteceu. Em outras palavras, eles podem dizer a diferença entre as duas lembranças. Por exemplo, quando coisas não fazem sentido, isso os aborrece. Quando uma lembrança é particularmente "nebulosa" eles me falam. Recobrar a memória não é exatamente igual à acelerar um filme em vídeo. É muito mais complicado. Deve-se lembrar também que alguns acontecimentos são recordados sem a hipnose. Isso não garante que as lembranças sejam acuradas, mas isso descarta sim os problemas com a hipnose. Em outras ocasiões, muitos abduzidos se lembram o que ocorreu um dia ou uma semana depois. Eles não estão se lembrando de algo que aconteceu à anos atrás. Finalmente, alguns pesquisadores dizem que podem duplicar uma abdução usando estímulos elétricos no cérebro. O que eles fazem é liberar uma descarga elétrica nos lóbulos temporais de uma pessoa e ela pensa estar flutuando. Algumas vezes elas sentem a presença "deles". Outras vezes vêem luzes num tunel, e algumas pessoas dizem até que viram pequenos seres. Isso pode acontecer, mas em 99% dos casos de abdução não é essa a explicação. A maioria desses pesquisadores sabem muito pouco do fenômeno da abdução e pensam ter descoberto o mistério dos OVNIs. Isso é muito frustrante.


Vale à pena trabalhar numa área que é considerada ilegítima pela ciência tradicional?


Eu sou um felizardo por poder devotar a minha vida adulta na tentativa de solucionar os mistérios dos OVNIs. Entretanto, isso tem afetado a minha carreira e a Universidade de Temple. A Comunidade Acadêmica é muito hostil em relação ao assunto e eu não acredito que eles mudem de opinião assim tão rápido. Eu diria para qualquer um que quizesse estudar este fenômeno para que seja muito cuidadoso.


Você já tem uma conclusão final baseada no seu trabalho?


Eu aprendi a não gostar muito do fenômeno da abdução. Eu acredito que este seja um programa de exploração fisiológica de uma espécie em outra. Acredito que os alienígenas estão fazendo isso em segredo porque não querem que nós saibamos disso. Acho ainda que este programa tem um início, um meio e um fim. No final acho que veremos um programa de integração de alguma forma onde os alienígenas irão se integrar com os humanos. Essa é a minha conclusão após quase 35 anos de pesquisas...e isso não me agrada nem um pouco.


Leia mais sobre em (E-BOOK):


A Ameaça




http://www.anjodeluz.com.br/davidjacobs.htm


_________________________





publicado por conspiratio às 21:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 11 de Março de 2010

UFOS, ABDUÇÕES, ALUCINAÇÕES INDUZIDAS - JACQUES VALLEE

*


Jacques Vallee


No filme “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”de Steven Spielberg, tem um cientista francês chamado Claude La Combe, interpretado pelo diretor da Nouvelle Vague François Truffaut. Bem, La Combe é baseado em um personagem real: Jacques Vallee, astrofísico, folclorista, sociólogo, projetista de computadores e obcecado por discos voadores.


Francês, naturalizado americano, ele consegue a rara proeza de ser um herege entre os hereges. Suas teorias causam estranheza até na comunidade ufológica, que costuma abraçar as teses mais estapafúrdias.


Vallee acredita que os discos voadores são um fenômeno psicossocial não muito diferente das outras mitologias humanas. Nisso ele concorda com as teses de Carl Gustav Jung, que afirmava que os OVNIs são uma manifestação do inconsciente coletivo. Mas as semelhanças param aí. Vallee vai do ceticismo militante à paranóia delirante em segundos. Especula, por exemplo, que OVNIs sejam um “mecanismo de controle” para manipular a humanidade.


Outros fenômenos bizarros e aparentemente distintos (milagres, aparições da virgem, visões de seres estranhos) seriam ações do mesmo “mecanismo”. Vallee suspeita que dividimos o planeta com uma raça superior que se mantém oculta e vigia de perto nossa evolução espiritual. É como se alguém tivesse acesso ao inconsciente coletivo (Vallee prefere o termo “Data Base Cósmica”) e resolvesse produzir crenças sob encomenda. Mas nem por isso ele duvida da existência física dos discos voadores. Au contraire. O fenômeno é real e, segundo Vallee, envolve campos magnéticos e pulsos de microondas. Esta combinação afetaria o cérebro humano, provocando alucinações. Vallee acha que a abdução alienígena nada mais é do que uma alucinação induzida. O conspirólogo, no entanto, tem o cuidado de nunca afirmar nada. Ele apenas fornece as pistas e, espertamente, deixa as conclusões para o leitor. Ou, nas palavras do próprio Jacques Valleee, “o importante não é oferecer respostas, é fazer as perguntas certas.”




Fonte: CONSPIRAÇÕES, de Edson Aran




***

 


JACQUES VALLÉE





É formado em Tecnologia da Informação, é astrônomo e ufólogo. Jacques Vallée nasceu no dia 24 de Setembro de 1939 em Pontoise, perto de Paris - França. É mestre em matemática pela Sorbonee e também ensinou astrofísica na Universidade de Lile.

Na adolescência em Pontoise, duas coisas mudaram a sua vida: o avistamento de um OVNI no céu da sua cidade natal, "clássico, prateado e refletindo o Sol, com uma espécie de cúpula transparente" e a leitura de um livro de Amié Michel em 1958. Após a leitura deste livro de Amié Michel, Vallée passou a se corresponder com Amié Michel.

Durante seus estudos de astrofísica, Vallée observou outros OVNIS, que não teve como explicar.

Em 1961, começou a sua carreira profissional como astrônomo no Observatório de Paris.

Em 1962, deixou a França para fazer astronomia na Universidade do Texas (Estados Unidos). Ali desenvolve o primeiro mapa informatizado de Marte para a NASA.
Logo depois, Vallée começou a estudar na Northwestern University onde obteve um doutorado em Tecnologia da Informação.

Foi investigador do projeto NSF de rede de computadores, que desenvolveu o primeiro sistema de conferência sobre o ARPANET anos antes da aparição da Internet.

Trabalhou no Comitê do Conselho da Universidade de Michigan e na Escola de Engenharia.

Foi em 1961 que a sua primeira obra de ficção científica, "O Sub Espaço", foi publicada por Georges H. Gallet, diretor do "raio fantástico". Com esta obra, Vallée ganha o prêmio Jules Verne sob o pseudônimo de Jérome Série.

Depois Vallée é convidado para integrar a inteligência artificial e se junta ao projeto Blue Book.

Vallé sempre se interessou incessantemente pelos óvnis, e em 1966 propôs um sistema de classificação das observações de óvnis.

Foi escolhido por Steven Spielberg como modelo para o personagem Lacombe, o cientista francês interpretado por François Truffaut no seu famoso filme Contatos Imediatos do Terceiro Grau.

Formado em Tecnologia da Informação, é astrônomo e ufólogo. Jacques Vallée nasceu no dia 24 de Setembro de 1939 em Pontoise, perto de Paris - França. É mestre em matemática pela Sorbonee e também ensinou astrofísica na Universidade de Lile.
Na adolescência em Pontoise, duas coisas mudaram a sua vida: o avistamento de um OVNI no céu da sua cidade natal, "clássico, prateado e refletindo o Sol, com uma espécie de cúpula transparente" e a leitura de um livro de Amié Michel em 1958. Após a leitura deste livro de Amié Michel, Vallée passou a se corresponder com Amié Michel.

Durante seus estudos de astrofísica, Vallée observou outros OVNIS, que não teve como explicar.

Em 1961, começou a sua carreira profissional como astrônomo no Observatório de Paris.

Em 1962, deixou a França para fazer astronomia na Universidade do Texas (Estados Unidos). Ali desenvolve o primeiro mapa informatizado de Marte para a NASA.
Logo depois, Vallée começou a estudar na Northwestern University onde obteve um doutorado em Tecnologia da Informação.

Foi investigador do projeto NSF de rede de computadores, que desenvolveu o primeiro sistema de conferência sobre o ARPANET anos antes da aparição da Internet.

Trabalhou no Comitê do Conselho da Universidade de Michigan e na Escola de Engenharia.

Foi em 1961 que a sua primeira obra de ficção científica, "O Sub Espaço", foi publicada por Georges H. Gallet, diretor do "raio fantástico". Com esta obra, Vallée ganha o prêmio Jules Verne sob o pseudônimo de Jérome Série.

Depois Vallée é convidado para integrar a inteligência artificial e se junta ao projeto Blue Book.

Vallé sempre se interessou incessantemente pelos óvnis, e em 1966 propôs um sistema de classificação das observações de óvnis.









JACQUES VALLEE NA ATUALIDADE
UMA ENTREVISTA - PARTE I



Aos 15/04/1995, James Mosely publicou "Sauce Smear" uma carta de Jacques Vallee que dizia, entre outras coisas,: -"Minha decisão de deixar o campo ufológico é consistente com a observação de que otrabalho científico construtivo e sério, é impossível nas condições presentes. Nos últimos anos a ufologia malbaratou perto de um milhão de dólares... em trabalhos absurdos e não científicos centrados na "pesquisa" de abduções, no fiasco de Roswell... e em várias investigações do tipo Roswell e Gulf Breeze. Não posso permanecer associado a nada disto, portanto, é o tempo de me retirar silenciosamente." - Jacques Vallee.

A explicação dada pelo seu editor é a de que Vallee, somente, deseja colocar distância entre ele e o sensacionalismo que invadiu e não quer deixar esta área. Agora, ano de 2002, ainda presenciamos os mesmos espetáculos que desgostaram Jacques Vallee. Os casos que continuam em pauta já foram explicados muitas vezes, pelos seus próprios promulgadores, os falsificadores foram desmascarados, alguns deles em público, como Bill Moore o fez com prejuízo próprio... mas ninguém abandonou a arena, tudo tinha e tem que ser da forma como acreditam e querem que seja. O marasmo tomou conta da ufologia!



"Vallee não deseja associar-se com estes chamados questionários sobre as abduções alienígenas e mutilações do gado", diz Richard Grossing em 30/04/1997.



"Tendo sido responsável, através da sua obra, por elevar o nível da ufologia como digno de um sério estudo científico, será muito desanimador se a comunidade séria dos investigadores de UFOS ficar privada, não só de uma das poucas vozes remanescentes da razão nesta área, mas também do deão dos ufólogos." J. R.



Atualmente - (Entrevista)



"As pessoas julgaram que eu tenha me retirado, para subir ao topo de uma montanha e filosofar. A razão pela qual abandonei a cena da ufologia, é a de que eu queria trabalhar na investigação de UFOS e estava cansado de comparecer a congressos e encontros onde só se falavam nas mesmas coisas. O que acontecia era somente, muita falação. Penso que o caminho do conhecimento nesta área, não é o de se dialogar uns com os outros e sim o de dialogar com as testemunhas. Isto é o que eu quero fazer e o farei em primeiro lugar. Eu desejo ser capaz de ir ao local, encontrar-me com as testemunhas e monitorar o que aconteceu dentro de um certo período de tempo. Portanto, a minha maior prioridade são os casos de primeira mão que não foram publicados ou comunicados aos grupos ufológicos, porque, no momento o qual eles se tornam parte de muita discussão, ficam polarizados. Quero produzir pesquisas a longo tempo. Em dez anos, acumulei cerca de 200 destes casos. Meu livro (Confrontations) é realmente um sumário dos casos mais interessantes."



Como você contatou estes casos?
"Através de pessoas que me escreveram, presentes às minhas palestras, ou leitores dos meus livros. Recebo várias cartas, diariamente, desde que DIMENSIONS foi publicado, há um ano. Pego as mais interessantes, constantemente, são mandadas por pessoas que ocupam posições importantes, como a de um vice-presidente da IBM. A última coisa que ele deseja fazer é encaminhar-se a uma organização ufológica. Não quer a mínima das publicidades. Não deseja ver seu nome em nenhum livro, mas teve um "avistamento" que é muito válido."



A quais conclusões a sua pesquisa o levou?
"Sinto que posso comparecer a um comitê de cientistas e convencê-los de que existe uma evidência avassaladora de que o fenômeno UFO existe e é um irrreconhecido e inexplicado fenômeno para a ciência, mas o que sinto posso provar.
Minha convicção pessoal é a de que este fenômeno resulta de uma inteligência e que esta inteligência é capaz de manipular o "espaço-tempo" de um modo incompreensível para nós. Posso convencer um comitê, das minhas observações atentas de que o fenômeno é real, é físico e que não o compreendemos. Só não posso convencê-los de que as minhas especulações são corretas, talvez existam outras especulações. A conclusão essencial: minha tendência é a de que a origem do fenômeno e da inteligência não são, necessariamente, extraterrestres.



Você diz que encara uma interpretação multidimensional que não especifica a existência de humanóides de outros planetas aterrissando aqui fisicamente? Parece-nos que, algumas vezes, você fala sobre o fenômeno como sendo um tipo de sentimento religioso jorrando do espírito humano. Outras vezes, fala como se houvesse uma força potencialmente maléfica que é imposta de fora como um sistema de controle.



"Penso que é uma oportunidade de se aprender alguma coisa muito fundamental sobre o universo, porque, não existe apenas o fenômeno ou tecnologia capazes de manipular o espaço-tempo de formas que não entendemos, esta força está manipulando a ambientação psíquica da testemunha. Tentei introduzir esta idéia quando escrevi "Le College Invisible". Nesta época, a comunidade ufológica não estava madura para isto. A New Age e a parapsicologia e suas comunidades, interpretaram as minhas conclusões crendo que eu me referia aos DEVAS do mundo dos sonhos, que não são físicos, ou de que o aspecto físico não era importante, Na verdade, penso que estamos lidando com algo que é ao mesmo tempo, tecnológico e psíquico, e parece possuir a capacidade de manipular outras dimensões."



"O que eu disse não é pensamento irreal nem especulação pessoal, da minha parte. É a conclusão de entrevistas feitas com testemunhas muito críticas, escutando o que elas tinham a me dizer. E o que tinham a dizer não era que haviam visto uma nave espacial descendo dos céus e depois retornando a ele. Na maioria das vezes reportavam que haviam visto algo aparecer instantaneamente, tomar uma forma física, às vezes trocando a forma e desaparecer, algumas vezes mais depressa do que num piscar de olhos. Em uma ocasião, este algo desapareceu num local fechado, começando a ficar transparente e depois desvanecendo ou se concentrando apenas em um ponto. Um exemplo comum quando me relatam estes fatos é o efeito de quem desliga a TV e a imagem dá um "zoom" transformando-se num simples ponto."



"Não tenho uma resposta plausível para a questão de porque a tecnologia parece acontecer e usar a forma de imagens que se encontram no nosso próprio inconsciente. Estaria brincando se dissesse que compreendo. Há casos de observações repetidas onde o fenômeno se inicia amorfo e depois começa a preencher as expectativas das testemunhas. Há duas maneiras de se interagir intelectualmente com isto. Uma delas é dizer que este é um fenômeno cerebral, é muito bom reconhecer imagens em coisas amorfas como nuvens e manchas de tinta. Portanto, as testemunhas talvez, estejam sendo usadas por este fenômeno e estão começando a ler coisas dentro dele. Esta não é a explicação. Pode ser que o fenômeno esteja usando as nossas reações a ele, de forma a se tornar em alguma coisa esperada ou compreendida por nós. Nós podemos estar carregando a matriz das imagens e algo as retira de nós. Um bom exemplo é o de Fátima. As aparições testemunhadas em Fátima não se iniciaram em 1917. Começaram a surgir dois anos antes. Algumas daquelas crianças envolvidas no evento de Fátima, pois havia outras crianças, de início viram um globo de luz com um tipo de ser dentro. Então, começaram a chamar o ser de Anjo, e o Anjo dialogou com elas e lhes forneceu uma prece. O caso se desenvolveu em estágios e culminou em 1917, mas até mesmo a Virgem Maria não foi vista por nenhum dos presentes ao evento."



"Nos casos contemporâneos de UFOS, você tem também objetos que são vistos por parte da multidão, mas a outra parte não os percebe. Estava em um programa de rádio, cerca de um ano atrás, e alguém me telefonou de Sacramento e me forneceu, exatamente, este tipo de reportagem. A pessoa estava à beira de um lago com a sua família e testemunhou um objeto que se dirigia para o lago e as pessoas que estavam com ela também o viram. Havia pessoas junto ao lago também, mas estas pessoas não viram coisa alguma. O que estaria lidando com este evento é um fenômeno interessante que possui dois aspectos: um psíquico e um físico."



O que é interessante é que as pessoas observaram o objeto, viram o mesmo objeto ou não viram? Ou isto pode variar?



"Usualmente, há um consenso nos aspectos maiores dos parâmetros físicos do fenômeno, mas as pessoas podem discordar, por exemplo, quando há inteiração com as entidades. Pessoas podem percebê-las de formas diferentes."



Depois que você vê alguma coisa como esta você imagina o consenso de processo interativo, Você começa a combinar os fatos entre si.



"Mas há um aspecto social e muito lógico nisto também, que pode ser muito mágico ou enganoso. Penso que é importante explica-lo para que as pessoas estejam alertas quanto a isto, especialmente, desde a publicação de Communion. Há um grande marketing detrás de Communion, que fez muito sucesso. Verdade, é um livro poderoso, mas Communion também tocou as pessoas que jamais o leram, porque o livro tem uma capa poderosa. O rosto da capa tornou-se no modelo da nossa sociedade de como os alienígenas deveriam ser. Este modelo atingiu um tal ponto que, quando uma testemunha não descreve algo de semelhante, algo que, pelo menos, lembre o rosto que está estampado na capa de Communion, ela é rejeitada como farsante. Os ufólogos não aceitam as pessoas que descrevem visões que se afastam deste modelo. Então, estes casos são postos de lado e não fazem parte das datas bases. Assim, a análise científica tende a recuperar mais e mais padrões que correspondem a estes padrões que esperamos, em primeira instancia. Há uma profecia envolvida, o que é muito mágico e enganador."



Você encontrou nos casos que estudou desde que Communion foi impresso, de que uma grande maioria de pessoas está encontrando este tipo de ser?



"Sim, mas recentemente estive estudando outros casos nos quais os seres são radicalmente diferentes. Novamente, uso a palavra "seres" como citação, na verdade, não sei o que eles são.



Com a chegada do milênio, espero ver o fenômeno noticiado de uma forma que exceda tudo o que já vivemos até agora, pela razão de que o povo espera por mudanças e esta expectativa, por si própria, é o campo fértil para que estas mudanças ocorram.



"Penso que o modo de estudarmos os UFOS nos acarretou problemas, nós misturamos todos os níveis envolvidos no fenômeno. Misturamos o nível físico, o psicológico e o mitológico ou social. Desejo identificar, claramente, estes três níveis porque necessitamos de um tipo de mitologia diferente, para lidarmos com cada nível e com cada grupo de eventos. No nível físico tudo o que sabemos, é de que há objetos físicos, materiais, pelo menos uma parte do tempo. Deixam rastros; interagem com o ambiente, expelem fumaça e acendem luzes e, provavelmente, pulsam, microondas de maneiras muito importantes. Eles contêm uma grande potência energética. Coloquei alguns cálculos de energia no livro CONFRONTATIONS."



"Penso que fiz um grande progresso nos últimos anos, na compreensão dos níveis psicológicos e fisiológicos. Há alguns padrões, muito claros, que variam de queimaduras a conjuntivites. Às vezes ocorre a cegueira temporária. Outras vezes as testemunhas reportam uma forma de paralisia, onde perdem o controle dos seus músculos durante o tempo o qual o objeto esteve presente. Penso que nisto há implicações médicas muito interessantes. As testemunhas, na sua maioria, se desorientam. Em CONFRONTATION, cito um caso que investiguei, onde as pessoas pensavam estarem dirigindo na direção norte quando estavam dirigindo para o sul. Esta confusão do espaço - tempo, na maioria das vezes, contribui para que os cientistas avaliem que estas pessoas não são dignas de atenção e não são confiáveis. Não sabemos muito a respeito do efeito da pulsação do microondas no cérebro humano. Um destes efeitos pode ser o de alucinações. Você pode, finalmente, encontrar testemunhas contando-lhe estórias inacreditáveis, porque submetidas a estranhos efeitos psicológicos colaterais de algo que, realmente, estava ali. Não penso que a maioria da comunidade ufológica está apta para lidar com isto, Também não penso que a comunidade científica também possa. Entretanto, há o terceiro nível, o mitológico e o sociológico. Neste nível, a realidade física do UFO verdadeiro, é totalmente irrelevante. Provar que Jesus Cristo jamais existiu, jamais ocasionará um mínimo efeito na nossa sociedade em termos de sistema de crenças; neste ponto, a influência de Jesus permanecerá, mesmo sem o Jesus histórico."



Porque você decidiu concentrar-se no estudo de tantos casos? Temos milhares de estudos de casos. Qual a vantagem de se acrescentar a eles um milhão a mais?



"Penso que esta é uma pergunta justificável. Número um, eu não publiquei todos os estudos dos casos. Só publiquei os selecionados, os que ilustram certos pontos. O que desejo fazer é iniciar, gradualmente, desde o lado físico, enfocando os casos que envolvem rastros físicos. O que desejo fazer é voltar aos básicos, processá-los passo a passo, e descobrir o que sabemos sobre o fenômeno. Para realizar isto, concentrei-me nos casos que todo o cientista refuta. O primeiro deles, no corpo do livro, é o caso no qual existiam dois submarinos franceses ancorados na baía da Martinica. Um dos submarinos e todos os seus marinheiros e oficiais, viram um objeto que se colocou sobre a baía e executou três grandes acrobacias, desvaneceu-se e reapareceu cinco minutos depois. E repetiu a mesma coisa. Havia cerca de duzentas e cinqüenta testemunhas. Mantive muitas conversas em particular com uma delas, o homem do leme do submarino francês, o mais veloz do Mediterrâneo. Ele era alguém que possuía um golpe de vista muito bom e era, também, ótimo observador. Não somente ele viu o objeto, quanto teve o tempo necessário para ir à torre e voltar com seis pares de binóculos, que deu aos seus amigos oficiais. Todos eles observaram a coisa através dos binóculos. Havia também, um observatório metereológico no morro que se sobrepõe a baía, e todos os que estavam no observatório viram o evento. Você não pode afirmar que não aconteceu. Você não pode afirmar que era um meteoro ou um cometa ou qualquer coisa no gênero. Estou tentando usar casos, como este, para estabelecer a realidade física do fenômeno e partir dali."



"Também selecionei casos onde fui ao local, esperando encontrar algo que seria fácil rejeitar, apenas, para encontrar um jogo de circunstâncias completo que hoje, levaram-me à conclusão de que os eventos foram realmente ufológicos. Incluí, também, os caos nos quais esperava por evidências apontando para um UFO real e encontrei, ao invés disto, uma explicação trivial. Finalmente, há caos que, francamente, não compreendo o que aconteceu."



Parece-me que você está criando sua própria maneira de filtrar o mecanismo - selecionando estes casos para estudar, porque seguem padrões, enquanto descarta os que merecem análise irrelevante.



"Deixe-me explicar o que fiz. Os casos selecionados foram escolhidos, não porque dizem alguma coisa sobre UFOS, mas porque dizem algo específico a respeito de metodologia. A questão que estava tentando responder era: Como poderemos investigar estas coisas, fornecendo as únicas características do fenômeno? Propositalmente, selecionei casos de um tipo e de outro para ilustrar a complexidade desta espécie de pesquisa. Penso que a mensagem principal que persigo é esta, mesmo que você despenda, cinco ou dez mil dólares investigando um caso, não saberá coisa alguma a mais do que já sabia, de princípio. Creio que é muito importante que todos realizem isto."









 ___________________________





publicado por conspiratio às 19:08
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 2 de Março de 2010

PROJETO CAMELOT ENTREVISTA O UFÓLOGO TONY DODD

Uma entrevista com 'John Robie', um investigador aposentado

Sentimos que podemos revelar agora que a nossa fonte foi o bem conhecido e altamente respeitado pesquisador britânico de OVNI Tony Dodd, que morreu no começo deste ano, de um tumor cerebral. Ele sempre suspeitou que sua doença foi planejada e estava diretamente relacionada ao seu trabalho.


Nós o homenageamos aqui.


Por favor, clique aqui para a nossa página de homenagem a ele.


__________________________



"...Dos quatro grupos diferentes, todos humanóides, um grupo era tão humano, exatamente como nós, eles poderiam se sentar ao nosso lado em um restaurante, eles poderiam se sentar ao seu lado em um teatro, e você nunca saberia."

"Esses eram os que mais preocupavam os almirantes e generais. Que esses caras poderiam estar caminhando para cima e para baixo nos correodres do quartel general da SHAPE... ou no Pentágono... ou na Casa Branca."

 
De nossa primeira entrevista com Bob Dean (Parte 1, 22:23 mins)

_____________________________

 
Após a publicação desta entrevista, mais informações sobre este assunto tem vindo em nossa direção. Também fomos informado, em termos inequívocos, de que estas informações são extremamente perigosas de se conhecer ou revelar.

Por isso, convidamos você, leitor, para copiar e distribuir essas informações amplamente na internet, contando que elas permanecem inalteradas.

Temos chamado a nossa fonte de John Robie, após o carismático personagem interpretado por Cary Grant no filme clássico de 1955, To Catch a Thief (Para Pegar um Ladrão). O seguinte diálogo foi por e-mail. Verificamos a identidade e a boa fé da nossa fonte.


Por favor nos diga um pouco sobre você.
Vamos apenas dizer, para o registro, que eu sou aposentado de um grande governo ocidental. Tenho contatos em algumas altas esferas e tenho investigado as áreas de que Bob Dean falou por muitos anos, em muitos países

Você pode falar o que especificamente você investigou?

Agora estou muito mais próximo das complexidades envolvendo o campo dos OVNIs e do envolvimento do governo. Há certamente uma grave ameaça por parte de alguns OVNIs visitantes e outros problemas causados pelos visitantes alienígenas que estão integrados em nossa sociedade, possivelmente ocupando cargos importantes no governo. Estes alienígenas - que se parecem conosco - estão aqui por razões desconhecidas, e isso está causando muitos problemas para aqueles que tentam encontrá-los.

Ouvimos um pouco disso de Bill Hamilton e também de Bob Dean, como você sabe. Em nossa opinião pessoal: esses alienígenas que são muito parecidos com humanos e são considerados uma ameaça, eles realmente são uma ameaçe para nós, ou só considerados uma ameaça pelos Poderes que Serão? Em outras palavras, eles são realmente benevolentes ou malevolentes?

Há pouca dúvida de que eles estiveram aqui por muitos anos e, ocasionalmente, eles têm tido reuniões com algumas pessoas de escalões muito alto. Alguém de um muito alto posto militar escreveu sobre uma tal reunião. Estas reuniões são raras e poucas e o indivíduo é escolhido pelo alienígena para essas reuniões que se realizam sob extremo sigilo.

Estes alienígenas operam acima do conhecimento do governo normal e eles são perseguidos por caçadores assassinos altamente treinados de diversas nacionalidades, que trabalham para eliminá-los. As pessoas normais chegando perto da verdade do que está acontecendo, estão entrando em áreas muito perigosas e terão um acidente fatal em breve. Eles não vão permitir que ninguém balance o barco. Eu fui advertido que seria morto por causa de alguns dos meus trabalhos.

Os alienígenas são muito inteligentes e têm obtido posições, possivelmente, a um nível muito alto e isso é um motivo de grande preocupação para as autoridades. Segundo me informaram, a única maneira deles poderem ser reconhecidos, é por uma deformação em um dos dedos da mão deles. Para esconder isso, eles geralmente usam luvas ou uma atadura no dedo como se tivessem um machucado.

O fato de que eles se parecem conosco e se misturam entre nós secretamente levanta as perguntas: Por que eles estão aqui e quais são as intenções deles? Por que eles são tão secretos? Há pessoas em muito altos escalões que os consideram uma ameaça e têm esquadrões lá fora procurando por eles com a intenção de matar. Isto é sem dúvida o porquê de permanecem em segredo. A verdade é que temos medo daquilo que não entendemos.
Você também descobriu de onde eles são – e se eles, realmente, se parecem conosco, ou se eles alteraram a aparência deles para se parecerem conosco como um disfarce? O dedo deformado pode sugerir que essa é a verdadeira aparência deles. Por que você acha que esses seres se parecem conosco - ou se essa é a aparência real deles? Eles são nossos ancestrais, ou, talvez, nossos descendentes?Não se sabe qual é a verdadeira forma deles. O dedo deformado sugere fortemente que não se parecem conosco, em sua forma verdadeira. De qualquer maneira eles são, obviamente, muito inteligentes e muito à frente de nós tecnicamente. Não se sabe o planeta de origem deles... ou se são viajantes do tempo, eles nunca divulgaram isto, tanto quanto sabemos.
Você tem alguma idéia de qual o relacionamento ou conexão que possa haver (se alguma) entre esses alienígenas e os outros vários visitantes?Não.Há qualquer figura pública bem conhecida, em qualquer parte do mundo, que você suspeitaria ou que seja suspeita de ser um não humano?Eu não sei. Se se soube que havia uma tal pessoa, certamente ela iria desaparecer em um tempo muito rápido. As autoridades imediatamente a submeteriam a interrogatório, em um esforço para descobrir quantos deles estavam aqui e quais eram as intenções deles. É por isso que eles permanecem em segredo. Porém, mais uma vez, devemos questionar para que eles estão aqui e quais são as intenções deles. Lembre-se sempre: durante todo o curso da história, uma raça mais avançada sempre escravizou a raça menos avançada. Isto é o que preocupa as autoridades.
Qualquer um desses alienígenas foi, realmente, morto com 'sucesso', que você saiba? Se sim, que meios foram usados?Não sei.Você suspeita ou acredita que você já tenha encontrado qualquer um desses alienígenas pessoalmente?Tenho encontrado pessoas muito interessantes, mas nenhuma que tenha admitido ser um alienígena. Assim, novamente, tenho que dizer que não sei.

Você tem liberdade de dizer como você chegou a todas essas informações? Você pode, por exemplo, dizer mais sobre a procedência das suas informações? Isto é, o material vem de uma única fonte, ou você ouviu isso de múltiplas fontes? Se suas fontes são denunciantes privilegiados, qual o nível/ramo ou inteligência/ militar/ governo deles? Quanto você acredita neles?

Meu conhecimento da inteligência foi muito útil e tenho viajado o mundo me encontrando com contatos. Minha informação veio de fontes do alto escalão militar, científico e político. Isso é o suficiente de se dizer.

Essa é uma situação reconhecida e nas mentes das autoridades em outros países altém dos Estados Unidos? Sim. Após os Estados Unidos, as autoridades líderes são a Rússia e o Reino Unido.

Podemos publicar essa informação, dado que não haveria nenhuma pista para levar a você?

Esteja avisado que alguma das informções que dei a vocês são muito perigosas de se cohecer. Rebebi muitas ameaças de morte. A informação com respeito à caça e exterminação dos alienígenas leva a uma região muito perigosa. Sejam muito cuidadosos.Muitas pessoas envolvidas nessa área acabaram em em um acidente muito horrível e fatal.

Você pode usar a informação que lhe dei, mas sob nenhuma circunstância a associe comigo.Essa é uma questão inteiramente separada. O que nos pode dizer sobre o real propósito e funções do estabelicmento mostrado no link abaixo - no melhor que você saiba ou acredite? Foi nos dito, claramente, credível mas não especificamente, que há uma conexão com Marte.http://mapper.acme.com/?ll=54.00979,-1.68975&z=14&t=H

Não há nenhuma dúvida, houve uma corrida pelas grandes potências para ser o primeiro em Marte, em primeiro lugar para examinar as estruturas fotografadas por satélite. Também não há dúvida, houve uma civilização em Marte ... ou ainda há.
A questão é esta: eles são nossos descendentes? Ou eles são realmente alienígenas, e se é assim, que tecnologia pode ser encontrada? É possível que os desembarques já foram feitos pelos veículos muito avançados, usados pelo altamente secreto Comando Espacial Americano. Esta organização e a tecnologia que possuem, estão anos luz à frente do que é permitido o público saber ...





Comentário do Projeto Camelot




Várias pessoas têm escrito para nos apontar a semelhança entre este relatório e a descrição dos alienígenas infiltradores na série de TV Os Invasores.


A questão dos alienígenas de forma humana terem se infiltrado do governo e nas forças armadas não é nova, é claro, e no ano passado foi levantada por Bob Dean, que também está certo da sua informação ... e ele estava bem colocado para o saber.


Nós fomos colocados em contato com 'Robie' por alguém que o conhece, e que tinha visto a nossa entrevista com o Bob e percebeu que este era o mesmo material que havia sido pesquisado por ele por muitos anos de forma independente.


Assinalou-se a nós (bem antes de publicarmos esse artigo) que esta era uma das características da série de TV Os Invasores. Imediatamente voltamos a Robie. Ele insistiu que ele tinha recebido isto de uma série de contatos de alto nível, em momentos diferentes, em lugares diferentes e em países diferentes.


Robie, que é um investigador extremamente experiente, agora na aposentadoria, foi inflexível em dizer que esta informação era real. Ele avisou-nos muito claramente que se tratava de informações perigosas de se saber, e tinha certeza que tinha sido atacado e fisicamente maltratado, especificamente, porquê ele estava chegando demasiado perto desta verdade e a estava compartilhando com muitas outras pessoas.


O que acontece, ele explicou (e nós concordamos), é que partes da informação real são frequentemente plantadas em material de ficção - apresentadas geralmente em TVs ou filmes - como uma espécie de "fusível no circuito". Portanto, se a verdade um dia aparecer, ela é imediatamente ridicularizada como: "Ah, isso foi apenas um show de TV. Quer dizer que você realmente acreditou que era de verdade? Uma operação psicológica muito inteligente, tem que ser admitido.


O filme Stargate e as séries de TV é um caso em questão: há uma grande dose de verdade lá. No entanto, o público pensa Stargates são ficção científica. Não é assim. Há um grande número de outros exemplos disso. Total Recall, 2001, ET... a lista é longa.


Nós pensamos que esta é uma informação real, e convidamos outras testemunhas a se apresentarem, dentro ou fora de registro, para confirmar ou acrescentar sua própria perspectiva. Esta é uma das razões por que postamos o que fazemos, e assumimos os riscos que nem todos os outros websites tomam.


Como nota final, já ouvimos de uma outra testemunha que descreve em detalhes um encontro com uma pessoa muito estranha em um trem há muitos anos atrás (semelhante ao bem conhecido Timothy Good 'encontro com um alienígena' em Nova York, publicado em Acima de Altamente Secreto, que ele acredita que não era humano. Esta pessoa, ele nos contou, ficou olhando para as mãos dela de uma forma muito estranha.

Fonte:
http://projectcamelot.org/lang/pt/john_robie_pt.html

*




publicado por conspiratio às 18:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

.mais sobre mim

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. CONTROLAR VOCÊ É TUDO O Q...

. SOL, SERENIDADE E CURA - ...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. TOTALITARISMO - SONHANDO ...

. INTERNET - MEDIDAS DE CON...

. GOVERNO NEGOCIANDO COM O ...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas