Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

NÓS JÁ CHEGAMOS: MEDITAÇÃO ANDANDO




Thich Nhat Hanh

Encontramos no budismo a palavra apranihita. Significa ausência de desejo ou de meta. A idéia é esta: não colocamos nada diante de nós e não corremos atrás disto. Quando praticamos a meditação andando, andamos neste espírito. Apenas desfrutamos do prazer de andar, sem meta ou destino especial. Nosso caminhar não é um meio para um fim. Andamos pela simples razão de andar.A.J. Muste disse: “Não há caminho para a paz; a paz é o caminho”. Andar com a mente alerta traz paz e alegria e toma nossa vida real. Por que pressa? Nosso destino final será tão-somente a sepultura. Por que não andar na direção da vida, desfrutando a paz em cada momento e a cada passo? Não há necessidade de luta. Sinta o prazer de cada passo. Nós já chegamos.

Thich Nhat Hanh



Você nunca vai chegar a nenhum lugar final. Assim, queremos que você se lembre de relaxar e comece a ter diversão no caminho.

Abraham-Hicks - do Seminário em Syracuse, NY/USA,

http://www.abraham-hicks.com/

Tradução: Luciene Lima



publicado por conspiratio às 22:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 28 de Outubro de 2007

SURGIMENTO DE FORMAS ANTROPOMÓRFICAS, POR OCASIÃO DA FUSÃO DE METAIS PUROS

.




O texto a seguir é extraído do livro "INTERNAUTAS DO MUNDO INTERIOR" de Casemiro Victório Tondo, PhD. O autor é um cientista que também faz meditação. Na verdade ele inventou uma forma de meditação, que utiliza o ponto como foco de concentração. Em sua palavras: "Para poder realizar experiências utilizando a visão extrassensorial, proponho o uso de uma técnica original e inédita, que utiliza o formalismo do conceito matemático de uma grandeza infinitamente pequena da Análise Matemática." "Minha técnica leva o operador à construção de uma espécie de "sonda" extrasensorial da consciência que o faz passar para um estado modificado chamado de "quarto estado" de consciência. Onde a sonda for colocada, no interior do corpo ou fora dele, o operador poderá "ver", pela visão extrasensorial (sem a utilização dos olhos), as cenas lá existentes e situadas no "mundo interior" (que é um mundo "paralelo"). É uma técnica de meditação ativa completamente controlada."

No texto abaixo ele descreve o aparecimento de um corpo sutil que ele denomina "duplo-estátua", desta vez ligado aos metais:

"Na ocasião da fusão de uma pequena quantidade de cobre metálico puro, dentro de um cadinho, observa-se (utilizando a "sonda") o aparecimento de uma estátua de cor verde. É interessante lembrar que alguns compostos inorgânicos de cobre têm a cor vermelha. Por outro lado, o espectro de emissão do cobre metálico tem uma banda muito forte na região do verde (514 a 554 nanômetros).
A estátua exibe aparência humana perfeita, porém completamente sem vestígios de vestes. Também não há cabelos na cabeça nem pelos no corpo. Não se percebem características sexuais, apenas contorno humano. Tem aspecto metálico, não faz efeitos de sombra e fica imóvel. Sua luminosidade não é refletida pelo corpo filamentoso cinza-rozado (corpo etérico) da pessoa que realiza a fusão, nem pelo observador. O semblante é imóvel. A estátua verde permanece nítida enquanto a amostra de cobre estiver sendo fundida. Quando o fogo é retirado de cima do cadinho e a temperatura da massa de cobre começa a diminuir, a estátua verde vai perdendo sua nitidez e luminosidade.

Ao solidificar-se a massa de cobre, a estátua verde se desfaz. Enquanto está presente, produz no observador uma intensa sensação de calor, bem diferente daquela prodizida pelo calos do fogo sobre o cadinho, sendo possível distinguir claramente uma da outra.

Fundindo uma pequena amostra de ouro puro, obtém-se um fenômeno semelhante: a estátua formada (observada com a sonda) tem o aspecto metálico e cor amarela, levemente dourada, sendo essa cor muito parecida com a da amostra de ouro em fusão. É maisvolumosa e mais baixa do que a revelada quando da fusão do cobre. Sem vestimentas, cabeça arredondada e sem detalhes anatômicos. Não produz efeito de sombra, é levemente luminosa, mas essa luminosidade não é refletida pelo "corpo filamentoso cinza-rozado" (dito "corpo etérico") do operador.

Ao ser examinada, produz no operador ua forte sensação de calor. Fica imóvel e permanece nítida enquanto o ouro for mantido em fusão. Quando a amostra arrefece, a estátua começa a desfazer-se e termina por desaparecer com a solidificação do metal."

http://www.livrariaeditoralenz.com.br/internautasdomundointerior.htm

http://www.abc.org.br/gina/relatorio.asp?consulta=tondo&lingua=P

publicado por conspiratio às 00:59
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 27 de Outubro de 2007

VIVA PARA SEMPRE - Sondra Ray




Há uma alternativa para a morte física.
É possível continuar vivendo para sempre, sem “abandonar” o corpo físico – embora tenhamos sidos levados a acreditar no contrário. É possível continuar vivendo para sempre. Há pessoas que o fizeram.

Se acha que é impossível, pense mais uma vez. Afinal, esta não é a primeira vez que você ouviu falar em viver para sempre, não é? A idéia de imortalidade, de viver para sempre, ou de continuar com a mesma idade por toda a eternidade, não é uma idéia nova, embora geralmente pensemos que tenha a ver apenas com lendas, mitos, e contos de fadas.

Mas de onde surgiu essa idéia? Ela tem circulado desde os primórdios da literatura. Os mestres espirituais de todas as religiões pregaram essas idéias durantes séculos. Como sabemos que a maioria da grande literatura religiosa não foi inspirada pelos mestres imortais? Por exemplo, na Índia as tradições siddhas adotam a idéia de que alguns indivíduos estão no mundo desde que o corpo humano evoluiu, esperando pacientemente que o resto de nós compreenda isto. Todavia em nossa cultura quem está familiarizado com esta visão? E, apesar de toda a literatura religiosa estar repleta de histórias sobre longevidade e Imortalidade, as pessoas raramente aceitam isso como uma realidade histórica.

“Sim, a vida eterna, em seu corpo físico está se tornando uma possibilidade prática. Mas antes que você possa entender verdadeiramente essa possibilidade, antes que possa abarcar e se agarrar à idéia de viver para sempre – e então persistir em fazer isso – é preciso que algumas verdades metafísicas básicas fiquem bem claras: 1- seus pensamentos produzem seus resultados [por exemplo, pensamentos negativos produzem resultados negativos]; 2- seu corpo obedece às instruções que recebe de sua mente [em outras palavras , a mente governa o corpo em todos os casos]; 3- toda morte é suicídio. Uma vez que tenha aceitado essas verdades metafísicas básicas, então e só então uma compreensão da Imortalidade Física se torna óbvia para você. Daí você começa a ver que a morte é realmente um sistema de crenças. E sistemas de crenças – e crenças – podem ser mudados. “

Há também uma alternativa para o envelhecimento. Veja, o hábito de afirmar o poder (e a inevitabilidade) da morte é o mesmo que causa envelhecimento, doenças e estados de debilidade que levam à morte. Se a vida inteira você ouviu que “vai envelhecer e morrer”, é neste hábito de pensamento que você crê.

Então o que matou mais pessoas do que todas as outras causas de morte combinadas? O pensamento de que a morte é inevitável.

Jesus tentou ensinar isso há 2 mil anos quando disse: “O poder da vida e da morte está na língua.” Em outras palavras, o que você diz é o que você consegue. Jesus também disse: “Vou deitar este corpo e levantá-lo novamente três vezes”, e foi exatamente o que ele fez. Ele não morreu. Ressuscitou e então levou seu corpo com ele.

Você também pode fazer isso se aceitar o desafio de se tornar um mestre espiritual, que é algo que você pode fazer, porque você é uma unidade com Deus. Não é separado de Deus.

A prática da morte física é um costume antigo. Parece que agora é popular morrer por volta dos 70 anos. Muitas pessoas querem manter essa tradição, mas há algumas que estão despertando para o fato de que há outra opção. Pode ser que um dos motivos da popularidade da morte seja o medo que as pessoas têm de questioná-la. Muitos filósofos e cientistas evitaram o estudo da morte porque achavam que ela lhes ocorreria enquanto a estudassem. (Naturalmente isso aconteceu a eles de qualquer maneira, justamente porque eles não a estudaram.) Hoje em dia, a necessidade da morte física está sendo questionada. Há uma quantidade crescente da chamada ‘literatura Imortalista’ [ver bibliografia]. Ao ler essa literatura, você não só se tornará mais vital, feliz e consciente, mas também começará a entender que essa literatura faz pleno sentido.

Quando a Bíblia diz: “A morte é o último inimigo a ser vencido...”, isso significa que a morte pode ser vencida. Se você for cientista e precisar de comprovação científica, terá certeza de que não há prova alguma...a única possível seria realmente viver para sempre. E quem pode mensurar isso? Assim, para você este capítulo pode ser como um Koan para sua mente. Entretanto, encare dessa forma: aceitar a filosofia da Imortalidade Física tem tanto valor quanto uma filosofia voltada à morte. Se eu lhe dissesse que tivesse o pensamento “Vou ficar muito doente e morrer” cem vezes por dia, você não faria isso, faria? Intuitivamente, você sabe que isso funcionaria. Meditar e pensar sobre Imortalidade Física é divertido e estimulante. É um dos melhores jogos do momento.

Talvez você não consiga lidar com o pensamento de viver quinhentos anos, muito menos para sempre. Bem, vamos tentar apenas ter o seguinte pensamento: “Posso viver por quanto tempo quiser em meu corpo físico”. (Isso é Imortalidade Física.) Além disso, Imortalidade Física não é uma coisa mística que você alcança algum dia. Você não fica por aí esperando por ela. É AGORA, AGORA, AGORA. A opção é continuar inteiramente vivo neste segundo e a cada segundo AGORA. Você não fica pensando como faço para chegar lá? Em vez disso, desfruta a Imortalidade AGORA. Você vive cada segundo tão plenamente quanto possível, enquanto afirma a Imortalidade Física em seu coração.

A Bíblia nos conta que Enoque foi o primeiro a vencer a morte. Ele viveu milhares de anos antes de Jesus. Elias viveu vários séculos antes de Jesus e também venceu a morte. Jesus morreu e ressuscitou da morte, porque as pessoas ainda não tinham entendido a mensagem. Ele criou sua morte e ressurreição com auto-sugestão. Ele representou o ego e ensinou que ele não era real. Ele estava usando um estratagema extremo para de ensinamento para transmitir a mensagem.

A Imortalidade Física pode ser definida como uma existência infinita: especificamente, a existência infinita de seu corpo físico em saúde e juventude perpétuas por tanto tempo quanto você quiser.

Sei que há pessoas com mais de 200 anos vivendo neste planeta (encontrei algumas na Índia). Há provavelmente algumas aqui no Ocidente. Elas não revelam suas idades verdadeiras, porque não é seguro fazer isto. Imagine uma pessoa que realmente dominou seu corpo físico, rejuvenesceu-o ou já aprendeu a prevenir o envelhecimento. Ela se pareceria com qualquer pessoa. (Talvez haja muito mais luz a seu redor.) Naturalmente, eu não sei ao certo qual seria a aparência de um corpo depois de 500 anos de controle. Posso imaginar que seria mais translúcido e transparente, pelo menos assim parecia a mulher de 400 anos que conheci na Índia. Doze cachorros se sentavam em círculos em volta dela o tempo todo. Ela não era fácil de encontrar. Duvido que a tivesse encontrado se fosse cética. [do cap.1]

publicado por conspiratio às 15:47
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

A EXPERIÊNCIA DE QUASE-MORTE DE MELLEN-THOMAS BENEDICT

.







A EQM DE MELLEN-THOMAS BENEDICT






Mellen-Thomas Benedict é um artista que sobreviveu a uma experiência de quase-morte em 1982. Ele permaneceu morto por mais de uma hora e meia após ter morrido de câncer. Na hora de sua morte ele saiu do corpo e foi para a luz. Ele estava curioso a respeito do universo, e foi levado pra longe, para as profundezas remotas da existência e além, para o vazio energético do nada que existe por detrás do Big Bang

Durante a sua experiência, ele absorveu uma quantidade enorme de informações sobre a reencarnação. Por causa da sua experiência de quase-morte, ele trouxe de volta descobertas científicas. O Sr. Benedict tem estado profundamente envolvido com os mecanismos de comunicação celular e pesquisas sobre o relacionamento entre a luz e a vida que se chama Biologia Quântica.

O Sr. Benedict descobriu que as células vivas respondem muito rapidamente à estimulação de luz, e isto resulta entre outras coisas, numa cura de alta velocidade. Ele é um pesquisador, inventor e palestrante, que tem seis patentes nos Estados Unidos.

A experiência quase-morte do Sr. Benedict foi re-impressa aqui com autorização dos autores Dr. Lee Worth Bailey e Jenny Yates. O seu livro excelente intitulado
The Near-Death Experience: A Reader publicado pela Routledge, Nova York, em 1996, é altamente recomendável pelo webmaster. Um pedaço da sua experiência de quase-morte também aparece no livro de P. M. H. Atwater, Beyond the Light .
Sobre a experiência de Mellen,
Dr. Ken Ring ressaltou, "Sua história é uma das mais extraordinárias dentro da extensa pesquisa que tenho feito sobre experiências de quase-morte."
http://www.near-death.com/experiences/reincarnation04.html

(link para o original em inglês)



Em 1982 eu morri de um câncer terminal. A doença era inoperável, e todos os tipos de quimioterapia que me davam me faziam vegetar cada vez mais. Os médicos me deram de seis a oito meses de vida. Eu fui um obstinado por informações nos anos 70, e me tornei cada vez mais desanimado por causa da crise nuclear, da crise ecológica e esses assuntos. E, por não ter uma base espiritual, eu passei a acreditar que a natureza havia cometido um engano, e que nós provavelmente éramos um organismo canceroso no planeta. Eu não via nenhuma saída para os problemas que tínhamos criado para nós mesmos e para o planeta. E enxergava todos os humanos como sendo câncer, já que era isso que eu tinha. Foi isso que me matou. Cuidado com a sua visão do mundo. Ela pode voltar pra você, especialmente se for uma visão de mundo negativa. Eu tinha uma visão gravemente negativa. Isto foi o que me conduziu à morte. Eu tentei vários métodos alternativos de cura, mas nada ajudou.

Então eu decidi que isto ficaria apenas entre mim e Deus. Na verdade eu nunca havia encarado Deus antes, nem lidado com Ele. Eu não tinha nenhuma espiritualidade na época, mas comecei uma jornada para aprender sobre ela e curas alternativas. Li tudo o que pude e me agarrei ao assunto, porque não queria ter uma surpresa quando chegasse do outro lado. Comecei a ler sobre várias religiões e filosofias. Tudo era muito interessante e me deu uma esperança de que havia alguma coisa do outro lado.


Por outro lado, eu era um artista liberal que fazia vitrais, e não possuía assistência médica. Então, todas as minhas economias se foram do dia para a noite nos exames médicos. Enfrentei os médicos sem nenhum tipo de seguro. Eu não queria que a minha família se afundasse financeiramente, e decidi lidar com isso sozinho.
Eu não tinha dores constantes, mas apagava de vez em quando. Fiquei de um jeito que nem me atrevia a dirigir, e eventualmente ia parar no hospital. Eu contratei minha própria enfermeira. E fui abençoado por este anjo, que ficou junto comigo na fase terminal. Eu durei cerca de dezoito meses. Não quis tomar muitos remédios, para ficar o mais consciente possível. E comecei a ter tanta dor, que isso era a única coisa que eu tinha na consciência, felizmente por poucos dias de cada vez.

Eu me lembro de acordar um dia em casa por volta das 4:30h da manhã, sabendo que estava acabado. Este era o dia em que eu ia morrer. Então chamei uns amigos para me despedir. Eu acordei minha enfermeira e disse a ela. Eu tinha um acordo particular com ela de que deixaria meu corpo morto sozinho por umas seis horas, porque tinha lido que muitas coisas interessantes acontecem quando você morre. Eu voltei a dormir. A próxima coisa que eu lembro é o começo de uma típica experiência de quase-morte.

Subitamente eu estava totalmente consciente e de pé, mas meu corpo estava na cama. Tinha uma escuridão à minha volta. A experiência de estar fora do corpo foi mais vívida do que as experiências ordinárias. Foi tão vívida, que eu podia ver cada cômodo da casa, eu podia ver o topo da casa, eu podia ver em volta da casa, eu podia ver embaixo da casa.

Tinha uma luz brilhando. Eu me virei para ela. A luz era muito similar com o que muitas outras pessoas haviam descrito nas suas experiências de quase-morte. A Luz é magnífica. É tangível; você pode senti-la. É atraente; você quer ir para ela da mesma forma como você iria para os braços da sua mãe ou do seu pai ideais.
Na medida em que fui me movendo para a luz, senti intuitivamente que se eu fosse até lá, estaria morto.

Então na medida em que ia me movendo para a luz eu disse:- "Por favor, espere um pouco, espere um segundo. Eu quero refletir sobre isto; eu gostaria de conversar com você antes de ir."

Para a minha surpresa, toda a experiência parou naquele ponto. Você está sim no controle de sua experiência de quase-morte. Isto não é como um passeio na montanha-russa. Então meu pedido foi honrado e eu tive algumas conversas com a luz.
A luz estava sempre se transformando em figuras como Jesus, Buda, Krishna, mandalas

(
http://www.near-death.com/archetypal.html),

imagens arquetípicas e simbólicas. Eu perguntei a ela:- "o que está acontecendo aqui? Por favor, luz, esclareça-me. Eu realmente quero saber a verdade sobre esta situação."

Eu não tenho palavras exatas para dizer por que foi um tipo de telepatia. A luz respondeu. A informação que me foi transferida era de que as suas crenças dão forma ao tipo de feedback que você obtém diante da luz. Se você for Budista ou Católico ou Fundamentalista, você terá um feedback relacionado com o que você acredita. Você tem uma chance de olhar e examinar as coisas, mas a maioria das pessoas não faz isso.
Enquanto a luz se revelava para mim, eu me dei conta que o que eu realmente estava vendo era uma matriz de nosso Eu Superior. O que eu posso dizer é que aquilo se transformou em uma matriz, uma mandala de almas humanas, e o que eu percebi foi que o que nós chamamos de Eu Superior em cada um de nós, é na verdade uma matriz. E é também um canal condutor para a Fonte; cada um de nós vem diretamente de lá, como uma experiência direta da Fonte. Todos temos um Eu Superior, ou uma parte além-alma. Ela se revelou para mim na sua forma mais verdadeira. A única forma que eu encontrei para descrever isso é o que o Eu Superior é como um canal. Ele não parece um canal, mas é uma conexão direta com a Fonte que todos nós temos. Nós estamos diretamente conectados com a fonte.




A luz estava me mostrando a matriz do Eu Superior. E ficou bem claro para mim que todos os Eus Superiores estão conectados como um ser só, todos os humanos estão conectados como um ser só, nós somos na verdade o mesmo ser, diferentes aspectos do mesmo ser. Independente de religiões. Este foi o meu feedback. E eu vi a mandala de seres humanos. É a coisa mais linda que já vi. Eu fui até ela e foi simplesmente magnífico, avassalador. Era como se todo o amor que você sempre quis estivesse ali. Aquele tipo de amor que cura, que cicatriza, que regenera.
Enquanto eu pedia que a luz continuasse explicando, eu entendi o que é a matriz do Eu Superior. Nós temos uma rede em volta do planeta onde todos os Eus Superiores estão conectados. É como uma grande companhia, um nível de energia sutil que está próximo, o nível espiritual, pode-se dizer.


Então, após uns minutos, eu pedi por mais esclarecimento. Eu realmente queria saber sobre o universo, e eu estava pronto para saber naquele momento. Eu disse:- "Estou pronto, pode me levar."
Então a luz virou a coisa mais linda que eu já vi até hoje: a mandala de almas humanas neste planeta. E eu com a minha visão negativa sobre o que aconteceu no planeta.


Conforme eu pedia para a luz continuar me esclarecendo, eu vi nessa mandala como nós somos lindos na nossa essência, no nosso núcleo. Nós somos a mais linda criação. A alma humana, a matriz humana, da qual todos fazemos parte, é absolutamente fantástica, requintada, exótica, tudo. Eu não tenho palavras suficientes para expressar como este instante mudou a minha visão do ser humano.
E disse:- "Oh, Deus, eu não sabia o quanto somos belos".
Em qualquer nível, alto ou baixo, em qualquer forma que você esteja, você é a criação mais linda sim.


Eu fiquei atônito ao perceber que não existe nada de mal em nenhuma alma.
E disse:- "Como pode ser?"
E a resposta foi que nenhuma alma era ruim por natureza. As coisas terríveis que acontecem com as pessoas podem levá-las a fazer coisas ruins, mas suas almas não são más. O que todas as pessoas buscam, e o que as sustenta é o amor, a luz me disse. O que distorce as pessoas é a falta de amor.
As revelações vindas da luz pareciam não ter fim, e então eu perguntei:- "Isto quer dizer que a raça humana será salva?"
E a Grande Luz falou ao som de um tipo de toque de trombetas e com uma chuva de luzes espiraladas, "Lembre-se disso e nunca esqueça; você salva, redime e cura a si mesmo. Você sempre pôde fazer isto. Você sempre poderá. Você foi criado com este poder, desde antes do começo do mundo."
Naquele momento eu fui até mais longe. Entendi que NÓS JÁ FOMOS SALVOS, e nós nos salvamos porque fomos feitos para a autocorreção, assim como o resto do universo de Deus. Este é o porquê da segunda vinda.
Eu agradeci à Luz de Deus com todo o meu coração. A melhor coisa que eu pude dizer foram estas palavras simples de agradecimento pleno:
"Oh Deus amado, Universo querido, amado Ser Superior, eu amo a minha vida."


A luz parecia respirar em mim ainda mais profundamente. Era como se a luz estivesse me absorvendo completamente. O amor que a luz é, até esse dia, é algo indescritível. Eu penetrei em uma outra realidade, mais profunda que a anterior, e percebi algo muito, muito maior. Era um fluxo de luz, vasto e repleto, no meio do coração da vida. Eu perguntei o que era aquilo.


A luz respondeu, "Este é o RIO DA VIDA. Beba desta água manancial para satisfazer o seu coração." E assim fiz eu. Tomei um grande gole e depois mais um. Beber da própria vida! Eu fiquei em êxtase.
E então a luz disse:- "Você deseja algo." A luz sabia tudo sobre mim, todo o passado, presente e futuro. "Sim!" eu sussurrei.


Eu pedi para ver o resto do universo; além do nosso sistema solar, além de toda a ilusão humana. A luz então me disse que eu poderia ir com o Rio. Eu fui, e fui carregado através da luz para o fim do túnel. Eu senti e ouvi uma série de estrondos sonoros muito suaves. Que enxurrada!
De repente, eu parecia estar sendo lançado para fora do planeta no rio da vida. Eu vi a Terra voar para longe. O sistema solar, com todo seu esplendor passou por mim a toda velocidade e desapareceu. Mais rápido que a velocidade da luz, eu voei através do centro da galáxia, absorvendo cada vez mais conhecimento. Eu aprendi que esta galáxia, e todo o universo, estão abarrotados das mais variadas espécies de VIDA. Eu vi muitos mundos. A boa notícia é que não estamos sós neste universo!
Conforme eu viajava por este fluxo de consciência através do centro da galáxia, o fluxo estava se expandindo em imponentes ondas fractais de energia. Os superconglomerados de galáxias com toda sua sabedoria ancestral passaram por mim. Aquilo foi uma maravilha inimaginável! Eu realmente estava como uma criança maravilhada; um bebê no mundo da fantasia!


Parece que todas as criações do universo passavam voando por mim e desapareciam num ponto de luz. Quase que imediatamente uma segunda luz apareceu. Ela vinha de todos os lados, e era bem diferente; uma luz composta de mais do que todas as freqüências no universo.
E novamente eu senti e ouvi um monte de estrondos sonoros suaves. Minha consciência ou meu ser, estavam se expandindo para todo o universo holográfico e para além dele.


Conforme eu passava pela segunda luz, eu me dei conta de que eu tinha transcendido a verdade. Estas são as melhores palavras que eu encontrei, mas vou tentar explicar melhor. Conforme eu passava pela segunda luz, eu me expandi além da primeira luz. Eu me encontrei num profundo estado de quietude, além de todo e qualquer silêncio. Eu pude ver ou perceber o ETERNO, além do infinito. Eu era o vazio. Eu estava na pré-criação, antes do Big Bang. Eu ultrapassei o começo do tempo - a primeira palavra - a primeira vibração. Eu estava no centro da criação. Eu senti como se eu estivesse tocando a face de Deus. Não foi um sentimento religioso. Eu estava simplesmente em harmonia com a vida absoluta e com a consciência.


Quando eu digo que pude ver ou perceber o eterno, quero dizer que pude vivenciar toda criação se gerando. Não tinha começo nem fim. Este é um pensamento que desafia a mente não? Os cientistas vêem o Big Bang como um único episódio que criou o universo. Eu vi que o Big Bang é apenas um de um número infinito de Big Bangs que criam universos infinita e simultaneamente. A única imagem que chega um pouco perto disso, em termos humanos, seriam aquelas criadas pelos supercomputadores que usam equações geométricas fractais.


Os povos ancestrais sabiam disso. Eles diziam que a Mente de Deus criava universos novos periodicamente, através da expiração, e des-criava (de-creating) outros universos através da inspiração. Estes períodos, ou épocas eram chamados de Yugas. A ciência moderna chama de Big Bang. Eu estava na consciência pura e absoluta. Eu podia ver ou perceber todos os Big Bangs ou Yugas criando e des-criando a si próprios. Na mesma hora eu entrei neles todos simultaneamente. Eu vi que toda e qualquer parte da criação tem o poder de criar. É muito difícil tentar explicar isso. Eu ainda não tenho palavras.


Depois do meu regresso eu fiquei anos assimilando a experiência do vazio. E o que eu posso dizer é que o vazio é ao mesmo tempo menos do que nada e mais do que tudo que existe. O vazio é o zero absoluto; o caos formando todas as possibilidades. É a consciência absoluta, ainda mais do que a inteligência universal.


Onde está o vazio? Eu sei. Está dentro e fora de tudo. Você, neste momento, enquanto vive, está sempre dentro e fora do vazio simultaneamente. Você não precisa ir a lugar algum nem morrer para chegar lá. O vazio é o vácuo ou o nada entre todas as manifestações físicas. O ESPAÇO entre átomos e seus componentes. A ciência moderna começou a estudar esse espaço entre tudo. Ela o chamou Ponto Zero (
http://www.calphysics.org/zpe.html
). Sempre que se tentou mensurá-lo, chegou-se à conclusão de que não tinham instrumentos com escalas compatíveis, que seriam infinitas, por assim dizer. Existe muito mais ‘Ponto Zero' no seu próprio corpo e no universo do que qualquer outra coisa!




O que os místicos chamam de vazio não é vazio. É cheio de energia, uma energia diferente, que criou tudo o que somos. Tudo desde o Big Bang é vibração, desde a primeira palavra, que é a primeira vibração.
O "Eu Sou" bíblico realmente tem um ponto de interrogação depois.
"Eu Sou? O que Sou Eu?"


Então a criação é Deus explorando a Si Mesmo através de tudo o que se possa imaginar, numa contínua e infinita exploração por meio de cada um de nós. Através de cada fio de cabelo da sua cabeça, através de cada folha, em cada árvore, através de cada átomo, Deus está explorando a Si Mesmo, o grande "Eu Sou". Eu comecei a enxergar que tudo o que é, é o Eu (Self), literalmente; o seu Eu (your Self), o meu Eu (my Self). Tudo é o grande Eu. É por isso que até quando uma folha cai Deus sabe. Isto é porque onde quer que você esteja, este é o centro do universo. Em qualquer lugar que qualquer átomo estiver este é o centro do universo. Deus está lá e Deus está no vazio.



Enquanto eu estava explorando o vazio e todos os yugas ou criações, estava totalmente fora das nossas concepções de tempo e espaço. E descobri nesse estado expandido, que a criação é pura consciência absoluta, ou Deus, vindo para a experiência da vida que conhecemos. O vazio em si é destituído de experiência. Ele é pré-vida, antes da primeira vibração. A Mente de Deus é mais do que vida e morte. Portanto existem muitas coisas além de vida e morte para se experimentar no universo!
Eu estava no vazio e estava consciente de tudo o que já foi criado. Era como enxergar com os olhos de Deus. De repente eu não era mais eu. A única coisa que eu posso dizer é que eu estava vendo com os olhos de Deus. E subitamente eu soube o porquê de cada átomo, e pude enxergar tudo.



O interessante é que fui para o vazio e voltei com o entendimento de que Deus não está lá. Deus está aqui. É isso. Então a busca constante da raça humana de ir para fora para achar Deus. Deus deu tudo para nós, tudo está aqui, é aqui que está. E o que nós estamos vivendo agora é a exploração de Deus sobre Si mesmo em nós. As pessoas estão tão ocupadas tentando se tornar Deus, que elas deveriam entender que nós já somos Deus e Deus está se tornando nós. É exatamente isso.
Quando entendi isso, eu já estava satisfeito com o vazio, e queria retornar a esta criação, ou yuga. Parecia a coisa mais natural a ser feita.
Então, de repente, voltei pela segunda luz, ou Big Bang, e escutei mais alguns estrondos. Eu vim pelo rio da consciência de volta por toda a criação, que passeio! Os superconglomerados de galáxias passaram por mim me dando ainda mais insights. Eu passei pelo centro da nossa galáxia, que é um buraco negro. Buracos negros são os grandes processadores ou recicladores do universo. Você sabe o que tem do outro lado de um buraco negro? Somos nós; nossa galáxia; que foi reprocessada de um outro universo.



Na sua configuração energética total, a galáxia parecia uma fantástica cidade de luzes. Toda energia deste lado do Big Bang é luz. Cada subátomo, átomo, estrela, planeta, até a própria consciência é feita de luz e tem uma freqüência e/ou partícula. Luz é uma coisa viva. Tudo é feito de luz, até as pedras. Então tudo está vivo. Tudo é feito da luz de Deus; tudo é muito inteligente.



Conforme eu vinha pelo rio, eventualmente avistava uma luz enorme vindo. Eu sabia que era a primeira luz; a matriz do Eu Superior do nosso sistema solar. Então o sistema solar inteiro apareceu na luz, acompanhado de um daqueles estrondos suaves.
Eu vi que o sistema solar no qual vivemos é o nosso maior corpo. Este é o nosso corpo local e somos muito maiores do que imaginamos. Eu vi que o sistema solar é o nosso corpo. Eu sou uma parte dele, e a terra é um grande ser criado que somos nós, e nós somos a parte dela que sabe que é assim. Mas nós somos apenas uma parte dela. Nós não somos tudo, mas somos uma parte que sabe que é assim.



Eu pude vislumbrar toda a energia que esse sistema solar gera, e esse é um show de luzes inacreditável! Eu pude escutar a Música das Esferas, (

http://www.stampscapes.com/hand1.html). Nosso sistema solar, assim como, todos os corpos celestes, gera uma matriz única de luz, som e energias vibracionais. Civilizações avançadas de outros sistemas estelares podem localizar vida no universo na forma que a conhecemos pela vibração ou padrão matricial. Como em uma brincadeira de crianças. As crianças da terra (seres humanos) produzem um som abundante neste momento, como crianças brincando no quintal do universo.


Eu fui pelo rio até o centro da luz. Senti-me abraçado por ela conforme ia me levando para dentro de sua respiração novamente, seguido por mais um estrondo. Eu estava na grande luz de amor com o rio da vida fluindo através de mim. E tenho que dizer de novo, esta é a luz mais amorosa e sem julgamentos que existe. É o pai-mãe ideal para a sua criança.



"E agora?" eu me perguntei.
A luz me explicou que não existe morte; somos seres imortais. Nós já estivemos vivos desde sempre. Eu compreendi que fazemos parte de um sistema vivo que se recicla eternamente. Ninguém me disse que eu tinha que voltar. Eu simplesmente soube que eu voltaria. Era natural, a partir do que eu tinha visto.



Eu não sei quanto tempo fiquei com a luz, em tempo humano. Mas chegou um momento em que percebi que todas as minhas perguntas tinham sido respondidas do outro lado, de verdade. Cada ser humano tem uma vida diferente, e perguntas diferentes. Algumas de nossas perguntas são universais, mas cada um de nós explora isso a que chamamos vida de uma forma própria. E assim é com todas as formas de vida, de montanhas até cada folha em cada árvore.



E isso é muito importante para o resto de nós neste universo. Porque tudo contribui para a Grande Figura, a totalidade da vida. Nós somos literalmente Deus explorando a Si Mesmo na dança infinita da vida. A peculiaridade de cada um contribui com toda a existência.
Enquanto eu retornava para o ciclo da vida, nem passou pela minha mente, e também ninguém me disse que retornaria para o mesmo corpo. E também nem importava. Eu tinha total confiança na luz e no processo da vida. Conforme o rio se fundiu com a grande luz eu pedi para nunca esquecer as revelações e as sensações do que eu tinha aprendido do outro lado.



Eu ouvi um "Sim". Foi como um beijo na minha alma.
Então eu fui conduzido de volta pela luz na realidade vibratória novamente. O processo inteiro se reverteu, até com mais informação sendo passada para mim. Eu voltei para casa, e eu estava tendo lições sobre os mecanismos da reencarnação. Eu estava obtendo respostas para todas aquelas pequenas perguntas que eu tinha:
"Como isto funciona? Como aquilo funciona?" Eu sabia que eu reencarnaria.


A terra é um grande processador de energia, e a consciência individual desenvolve-se a partir do interior de cada um. Eu pensei em mim como um humano pela primeira vez, e fiquei feliz por sê-lo. Depois de tudo o que eu vi, eu já ficaria feliz em ser um átomo no universo. Um átomo. Imagine ser a parte humana de Deus... essa é a bênção mais fantástica. É uma bênção que está muito além da maior expectativa do que uma benção pode ser. Para cada um de nós, ser a parte humana dessa experiência é algo imponente, magnífico. Cada um de nós, independentemente de onde estivermos, com problemas ou não, é uma bênção para o planeta, onde estivermos.



Então eu passei pelo processo de reencarnação esperando ser um bebê em algum lugar. Mas eu estava recebendo um ensinamento sobre como a identidade individual e a consciência se desenvolvem. E eu reencarnei de volta neste corpo.



Eu fiquei tão surpreso quando abri meus olhos. E não sei por que, pois eu já tinha entendido isso, mas ainda assim foi uma surpresa estar de volta neste corpo, de volta no meu quarto, com alguém se debulhando em lágrimas por cima de mim. Era minha enfermeira. Ela desistiu uma hora e meia após me encontrar morto. Ela teve certeza de que eu estava morto; todos os sinais de morte estavam lá - e eu já estava ficando enrijecido. Não sabemos há quanto tempo eu estava morto, mas sabemos que se passou uma hora e meia desde que fui encontrado. Ela tinha respeitado o meu desejo de deixar meu corpo recém-falecido a sós por umas horas, o máximo que ela pudesse. Nós tínhamos um estetoscópio amplificado e muitas maneiras de checar as funções vitais do corpo para ver o que estava acontecendo. Ela pode verificar que eu estava morto mesmo.



Não foi uma experiência de quase-morte. Eu experienciei a morte por no mínimo uma hora e meia. Ela me encontrou morto e olhou o estetoscópio, a pressão arterial e o monitor cardíaco por uma hora e meia. Daí eu acordei e vi luz do lado de fora. Eu tentei levantar para ir até ela, mas caí da cama. Ela ouviu o barulho, entrou correndo e me viu no chão.


Quando me recuperei eu estava muito surpreso e ainda atônito sobre o que tinha acontecido comigo. No começo toda a memória da viagem que eu fiz não estava lá. Eu continuava escorregando para fora deste mundo e continuava perguntando, "será que estou vivo?" Este mundo parecia mais um sonho do que o de lá.



Em três dias eu estava me sentindo normal novamente, com mais clareza, embora de uma maneira que eu nunca tinha me sentido antes. Minha lembrança da viagem voltou um pouco depois. Eu não conseguia ver mais nada de errado com os seres humanos como eu via antes. Antes disso tudo eu costumava julgar muito. Achava que muitas pessoas eram problemáticas, na verdade todos eram problemáticos, menos eu. Mas eu curei tudo isso.



Cerca de três meses depois, um amigo me falou que eu deveria fazer exames, e assim eu os fiz. Eu estava me sentindo muito bem, mas fiquei com medo de ter más notícias. Eu me lembro do médico na clínica olhando para os exames de antes e de depois, dizendo, "Bem, você não tem nada."
Eu disse, "Verdade? Isto é um milagre?"
Ele disse, "Não, essas coisas acontecem, e são chamadas de remissões espontâneas."
Ele não se impressionou. Mas foi um milagre, e eu me impressionei, mesmo se ninguém mais o fizesse.



O mistério da vida tem muito pouco a ver com inteligência. O universo não é um processo intelectual mesmo. O intelecto ajuda; é brilhante, mas agora é só com isso que a gente processa, ao invés de nossos corações e a parte mais sábia de nós.



O centro da terra é um grande transmutador de energia, como vemos em filmes sobre o campo magnético da terra. Esse é nosso ciclo, atraindo almas reencarnadas de volta e completando novamente o ciclo. Um sinal de que você está atingindo o nível humano é quando você começa a desenvolver uma consciência individual. Os animais têm uma alma grupal, e eles reencarnam em grupos de almas. Um veado será um veado para sempre. Mas ao se tornar um humano, não importa se um humano deformado ou um gênio, mostra que você está no caminho do desenvolvimento de uma consciência individual. Isto faz parte da consciência de grupo a qual chamamos humanidade.



Eu vi que as raças são conglomerados de personalidades. Nações como França, Alemanha e a China têm cada uma a sua personalidade. Cidades têm personalidades, elas têm grupos de almas que atraem certas pessoas. Famílias têm grupo de almas. A personalidade individual está se desenvolvendo como ramificações de um fractal: a alma grupal se explora na nossa individualidade. As diferentes questões que cada um de nós tem são muito importantes. Esta é a forma pela qual a Mente de Deus explora a si mesma - através de você. Então faça as suas perguntas, realize as suas pesquisas. Você encontrará o seu Eu e encontrará Deus neste Eu, porque só existe o Eu.



Mais do que isto, eu comecei a ver que cada um de nós, humanos, somos almas-gêmeas (

http://www.near-death.com/experiences/experts101.html). Nós somos parte da mesma alma, que se fragmenta (fractaling) (http://math.rice.edu/~lanius/frac/) em diversas e criativas direções, mas ainda é a mesma alma.
Agora quando eu olho pra qualquer ser humano eu vejo uma alma-gêmea, minha alma gêmea, aquela que eu sempre procurei. Além disso, a maior alma-gêmea que você irá encontrar é você mesmo. Somos todos masculinos e femininos. Nós vivemos isso no útero e nos estágios de reencarnação. Se você está procurando por uma alma-gêmea definitiva fora de você, pode ser que você não encontre, ela não está lá. Assim como Deus não está "lá". Deus está aqui. Não procure Deus fora. Procure Deus aqui. Olhe para o seu Eu. Comece pelo maior caso de amor que você jamais teve... com você mesmo. A partir daí você passará a amar tudo.

Eu fiz uma descida ao que vocês chamariam de inferno, e foi muito surpreendente. Eu não encontrei satã ou o mal. Minha descida ao inferno foi uma descida à miséria humana, à ignorância e escuridão do não-saber dentro de cada um. Parecia uma eternidade de miséria. Mas cada uma dos milhões de almas à minha volta tinham uma pequena estrela de luz sempre disponível. Mas ninguém parecia prestar atenção nela. Eles estavam consumidos pela sua própria dor, trauma e miséria. Mas, após o que parecia uma eternidade, eu comecei a buscar aquela luz, como uma criança pedindo a ajuda dos pais. Então a luz se abriu formando um túnel que veio direto para mim e me isolou daquele medo e daquela dor. Isto é o que o inferno realmente é.



Então o que estamos fazendo é aprender a dar as mãos, e nos unir. As portas de saída do inferno estão abertas agora. Nós vamos nos unir, dar as mãos e sair do inferno juntos. A luz veio para mim e se transformou em um enorme anjo dourado. Eu disse, "você é o anjo da morte?"
Ele expressou para mim que ele era minha alma superior, minha matriz do Eu Superior, uma parte super-antiga de nossos seres. Então eu fui levado para a luz.



Em breve nossa ciência irá quantificar o espírito. Não será maravilhoso? Estão aparecendo aparelhos que são sensíveis à energia sutil ou espiritual. Os físicos utilizam os aceleradores de partículas para esmagar átomos e ver do que eles são feitos. Eles chegaram nos quarks e charms, e tudo mais. Bom, um dia eles chegarão àquilo que mantém tudo isso junto e eles serão obrigados a chamar isso de... Deus. Com os aceleradores de partículas, eles não apenas vêem o que está aqui, mas eles estão criando partículas. Graças a Deus a maioria delas tem vida curta de milisegundos e nanosegundos. Nós apenas estamos começando a entender que também estamos criando, conforme caminhamos.
Como eu vi a eternidade, eu vim para uma realidade na qual existe um ponto em que passamos todo o conhecimento e começamos a criar o próximo fractal. Temos o poder de criar conforme vamos explorando. E isso é Deus expandindo seu ser através de nós.



Desde o meu retorno eu venho experimentando a luz espontaneamente, e eu aprendi como ir para aquele espaço quase que em qualquer hora na minha meditação. Cada um de vocês pode fazer isso. Já está no seu equipamento, você já está capacitado.



O corpo é a luz mais maravilhosa que existe. O corpo é um universo de uma luz incrível. O Espírito não está nos forçando a dissolver o corpo. Não é isso que está acontecendo. Pare de tentar se tornar Deus; Deus está se tornando você. Aqui.



A mente é como uma criança correndo pelo universo, exigindo e pensando que ela criou o mundo. Mas eu pergunto para a mente:
"O que a sua mãe tinha a ver com isso?"
Este é o próximo nível de consciência espiritual. Ah, minha mãe! De repente você desiste do ego, porque você não é a única alma do universo.
Uma das perguntas que eu fiz para a luz foi, "o que é o céu?"
Eu ganhei de presente um tour por todos os céus que foram criados: os Nirvanas, os Campos da Fartura, todos. Eu passei por eles. Eles são formas-pensamento que nós criamos. Nós não vamos realmente para o céu; nós somos reprocessados. Mas seja o que quer que criemos, nós deixamos uma parte de nós lá. É real, mas não é a alma toda.



Eu vi o céu cristão. Espera-se que seja um lugar lindo, e você fica na frente do trono, venerando eternamente. Eu tentei. É chato! Isso é tudo que iremos fazer? É infantil demais. Eu não pretendo ofender ninguém. Alguns céus são bem interessantes, e outros são muito chatos. Eu achei os céus dos povos ancestrais mais interessantes, como o dos índios norte-americanos, os Campos da Fartura. Os egípcios têm céus fantásticos. E assim por diante. Existem tantos deles... Em cada um deles tem um fractal que é sua interpretação particular, a não ser que você faça parte do grupo de almas que acredita apenas no Deus daquela religião particular. Estamos muito juntos, no mesmo estádio de baseball. Mas mesmo assim, cada um é um pouco diferente. Tem uma parte sua que você deixa ali. Morte é vida, não é céu.



Eu perguntei para Deus, "Qual é a melhor religião do planeta? Qual está certa?" E a mente de Deus disse, com muito amor, "Eu não me importo."
Isto foi uma graça incrível. Isto significa que nós somos seres que nos importamos. Mas o Deus poderoso de todas as estrelas nos diz, "Não importa em qual religião você está." Elas vêm e vão, elas mudam.


O Budismo não esteve aqui sempre, o Catolicismo não esteve aqui sempre, e todos eles estão prestes a ficar mais iluminados. Mais luz está vindo para todos os sistemas agora. Haverá uma reforma na espiritualidade que será tão dramática quanto a reforma protestante. Vai ter um monte de gente brigando por causa disso, uma religião contra a próxima, acreditando que só ela está certa.



Todo mundo pensa que é dono de Deus, as religiões e as filosofias, especialmente as religiões, porque elas formam grandes organizações acerca de sua filosofia. Quando Deus disse "Eu não me importo", eu entendi imediatamente que é para a gente se importar. É importante, porque somos os ‘cuidadores'. Importa para nós e isso que é importante. O que temos é uma equação de energia na espiritualidade. Em última instância Deus não importa se você é Protestante, Budista, ou, seja lá o que for. Isto é apenas uma faceta do todo. Eu adoraria que todas as religiões entendessem isso e deixassem os outros Serem. Não é o fim das religiões, mas nós estamos falando do mesmo Deus. Viva e deixe viver. Cada um tem um ponto de vista diferente. E todos adicionam algo ao grande quadro; todos são importantes.

Eu fui para o outro lado com um monte de medos sobre lixo tóxico, mísseis nucleares, explosão demográfica, florestas tropicais. E voltei amando cada problema. Amo a radioatividade. Amo aquela nuvem em forma de cogumelo, esta é a mandala mais sagrada que nós manifestamos até agora, como um arquétipo. Esta nuvem, mais do que qualquer religião ou filosofia na terra, nos levou de repente para um outro nível de consciência, todos juntos. O fato de sabermos que nós podemos explodir o planeta 50 ou 500 vezes, nos fez finalmente perceber que estamos todos unidos neste momento. Por um período eles têm que explodir mais bombas para que entendamos. Até que comecemos a dizer, "Nós não precisamos mais disso."



Neste momento estamos no mundo mais seguro que já existiu, e ele vai ficar ainda mais seguro. Então eu voltei amando a radioatividade, porque ela nos uniu. Essas coisas são muito grandiosas. Como Peter Russel (

http://www.peterussell.com/index2.html) diria, estes problemas agora são do "tamanho da alma." Você tem respostas do tamanho da alma? SIM!


A devastação das florestas tropicais vai diminuir, e em cinqüenta anos haverá mais árvores no planeta, como há muito tempo não vemos. Se você gosta de ecologia; você é aquela parte do sistema que está se tornando consciente. Vá com tudo, mas não fique deprimido. Isto é uma parte de um todo maior.
A terra está num processo de domesticação dela mesma. E nunca mais será um lugar tão selvagem como já foi no passado. Haverá lugares selvagens lindos, reservas onde a natureza será vicejante. Jardins e reservas serão as coisas do futuro. O aumento da população estará se aproximando de um alcance ótimo o suficiente para causar uma mudança na consciência. E esta mudança de consciência irá alterar política, dinheiro, energia.



O que acontece quando sonhamos? Somos seres multi-dimensionais. Podemos acessar estas outras dimensões através dos sonhos lúcidos. Na verdade, o universo é o sonho de Deus. Uma das coisas que eu vi é que os humanos são um grão no planeta que é um grão na galáxia que por sua vez é um grão. Estes são sistemas gigantes, e nós estamos em um tipo de sistema mediano. Mas os seres humanos já são legendários em todo o cosmos da consciência. O pequenino ser humano da Terra/Gaia é legendário. Um dos motivos de sermos legendários é o fato de sonharmos. Nós somos sonhadores legendários. De fato, todo o cosmos tem buscado o significado da vida, o significado de tudo. E foi o pequeno sonhador que veio com a melhor resposta de todas. Nós sonhamos e criamos isso. Sonhos são importantes.



Depois de morrer e voltar, eu realmente respeito a vida e a morte. Nas nossas experiências com o DNA, nós devemos ter aberto a porta de um grande segredo. Em breve será possível viver o quanto quisermos viver neste corpo. Depois de viver uns 150 anos mais ou menos, existirá uma sensação intuitiva da alma que fará você querer mudar de canal. Viver para sempre em um corpo não é tão criativo quanto a reencarnação, como transferir energia para este fantástico vórtice de energia que nós estamos. Nós iremos em verdade ver a sabedoria da vida e da morte, e aproveitá-la.



Nós já vivemos desde sempre, assim como estamos vivos agora. Este corpo que você está usando vive desde sempre. Ele vem de um infindável rio da vida, e vai de volta ao Big Bang e além. Este corpo dá vida à próxima vida, na energia densa e na sutil. Este corpo já vive desde sempre.





http://www.redepsi.com.br/portal/modules/smartsection/item.php?itemid=611



.

publicado por conspiratio às 22:12
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

GOLFINHOS - ENTREVISTA COM ILONA SELKE

.
.



De acordo com a mitologia grega, os golfinhos são os anjos do mar. Eles foram reverenciados como salvadores e como seres divinos e recentemente foram considerados como terapeutas para os seres humanos. As pessoas com dor conseguem alívio nadando com os golfinhos, quando nada mais ajuda. Crianças autistas, em contacto com golfinhos, tornam-se cooperativas e interativas, quando antes havia somente uma barreira de silêncio.Muitas pessoas chegam a chorar quando tem um primeiro contacto com golfinhos e uma profunda saudade é despertada nos corações dos humanos.O que move os humanos a esta enigmática resposta aos golfinhos? O que é que nos chama? Ilona Selke passou muito tempo nos últimos seis anos nas águas e no habitat natural dos golfinhos tentando descobrir seus segredos. Ilona nasceu no Himalaia e é telepata natural. Ela estava no meio de sua pesquisa a respeito de anomalias do tempo e do universo holográfico, quando começou a se interessar pelos golfinhos.




Ilona, o que inspirou você a escrever o seu livro “ Jornada ao Centro da Criação”?


Ilona Selke: Eu estava num show num parque marinho e uma orca (este é um tipo de golfinho, chamado erradamente de baleia assassina) estava sendo apresentada. Ela fez alguns truques e eles a alimentavam como recompensa. De repente uma sensação tomou conta de mim. Uma grande onda de tristeza me invadiu e eu comecei a chorar. Eu soube nesse momento que esta grande orca era muito mais inteligente do que acreditávamos. Eu decidi nesse momento que ia me dedicar a estudar a inteligência dos golfinhos e decidi ir para a natureza junto com os golfinhos. Seguiram-se anos de experiências mágicas, treinamento com telepatia e a descoberta de quanto as imagens holográficas e o universo se entrelaçam. O universo funciona holograficamente e os golfinhos me ajudaram a ver o quanto isto se aplica à vida diária.


No seu livro você menciona que uma vez os golfinhos ajudaram a salvar sua vida.


Ilona Selke: Sim. Estava um dia muito bonito e eu e mais duas pessoas fomos a uma pequena ilha de Mauí, no Havaí, para procurar os golfinhos. Quando chegamos, as palmeiras balançavam ao sol e os golfinhos estavam na baía. Nós nadamos mar adentro para ir ao encontro deles. Nós nadamos com eles pelo que me pareceu mais ou menos uma hora. Perdida no tempo, de repente eu ouvi uma mensagem muito clara: “Volte para a praia agora! Você tem apenas energia suficiente para fazer o caminho de volta. Agora!” Imediatamente eu tirei minha cabeça para fora da água. As palmeiras estavam totalmente curvadas. Meus outros dois amigos também tiraram suas cabeças da água no mesmo momento, pois eles também tinham ouvido a mesma mensagem: “Voltem agora”.Na verdade nós havíamos estado por lá durante um longo tempo. Na metade do caminho de volta eu comecei a entrar em pânico. Ainda faltava uma longa distância e eu estava exausta. Começou a parecer que eu não estava conseguindo nadar contra a corrente. Comecei a ter cãimbras na perna direita e a dor era tanta que eu mal podia usá-la. Eventualmente eu vi a areia e atingi a praia. Se as ondas fossem um pouco maiores ou se eu tivesse ficado por lá apenas alguns minutos mais, acho que não teria conseguido. O que é remarcável é que os golfinhos enviaram uma mensagem clara, que nós três ouvimos claramente ao mesmo tempo. Eles devem ter sido capazes de acessar meus limites físicos, calcular a distância e comunicar-se conosco.





Parece que os golfinhos são capazes de ver dentro de nós.

Ilona Selke: É verdade. Eles ficam muito curiosos com uma mulher grávida e usam seu sonar na barriga dela, às vezes bem antes de a mulher saber que está grávida. Eles dão atenção especial a mulheres grávidas. Num outro caso, um golfinho começou a bater com seu rostro (parte onde está a boca) no peito de um homem, sem razão aparente. O homem ficou com medo que isso tivesse fraturado alguma costela e foi fazer um raio-X. Foi encontrado um tumor no seu peito. Eles também parecem influenciar o humor na espécie humana e alterar nossa química. Há muitos relatos de pessoas se sentindo eufóricas na presença de golfinhos ou de pessoas mudando o caminho de suas vidas, reconectando-se com seu lado espiritual e se alinhando para propósitos mais profundos em suas vidas.Uma amiga minha tinha cistos de ovários. Ela decidiu-se a passar dois meses nadando todos os dias com os golfinhos na natureza. Durante este período eles freqüentemente usavam nela o seu sonar. Um dia, aproximadamente vinte golfinhos se reuniram em baixo dela, na água, e apontaram seus rostros em direção a ela. Todos eles pareciam apontar para seu estômago, e ela sentiu como se houvesse uma super-carga de energia. Após 2 meses com os golfinhos, seus cistos desapareceram.


</a>


Vamos voltar à comunicação dos golfinhos com você. Como você os ouve?

Ilona Selke: Eles enviam pensamentos, que para mim soam como se fossem meus próprios pensamentos, mas eles tem uma energia mais poderosa. É como uma voz diferente. Às vezes é o conhecimento de um instante, uma imagem, um pequeno pensamento.
Todos podem ouvir mensagens telepáticas?

Ilona Selke: Bom, em teoria, sim. Todos podem se eles quiserem praticar muito. Em meu livro “Jornada ao Centro da Criação", eu explico muitas maneiras pelas quais pode-se aprofundar a própria intuição. Se uma pessoa já está considerando a possibilidade, ela já está com meio caminho andado. O resto é aprender a focalizar, a diferenciar seus próprios pensamentos, e tendo confiança nas imagens internas que vem para todos nós, o tempo todo. Uma grande ajuda é ser muito honesto consigo mesmo e melhor ainda, sendo honesto com todos. Se tivermos que nos esconder atrás do nosso próprio véu de mentiras, é muito mais difícil sabermos quais pensamentos são nossos e quais vem de outra fonte. Nossa voz interna pode ser muito mais clara quando não temos que carregar as teias de pequenas ou grandes mentiras.

Como você sabe que os golfinhos podem nos ouvir?

Ilona Selke: Eu fiz muitas experiências. Uma vez eu estava num barco para ver um grupo de golfinhos que eu conhecia por nome. Havia 6 pessoas esperando para ver alguns golfinhos, que vinham rodear cada vez que alguém entrava na água. Esperar sempre traz antecipação. De repente, vimos uma nadadeira dorsal. Era o golfinho que chamávamos de Sweetheart. Ele tinha vindo para saudar o barco que ele conhecia tão bem. Mas só havia um golfinho! E nós gostaríamos de nadar com alguns deles; Mentalmente eu pedi a Sweetheart para trazer o resto de sua família. Ele respondeu "OK, eu estarei de volta com os outros em 15 minutos." Quando ele foi embora todos suspiraram com tristeza. Mesmo a chance de nadar com um único golfinho parecia ter acabado. Quinze minutos mais tarde todo o grupo apareceu. Cada um deles saltava com alegria e nós tivemos um grande dia.

Como a sua comunicação com os golfinhos se liga aos trabalhos do universo holográfico?

Ilona Selke: Os golfinhos verificaram para mim a exatidão das imagens internas e da telepatia. Mais tarde eu aprendi que as imagens que eu tenho na minha mente são a melhor maneira de me comunicar com os golfinhos e criar a finalidade desejada. Se eu visse os golfinhos a vinte quilômetros de distância, querendo que eles viessem e se conectassem comigo, eu mantinha uma distância deles como uma cenoura na minha frente. Você necessita ver o resultado final do que você quer, e sentir ao redor e dentro de você que isso é certo. Isto é verdade para todas as experiências de vida.Cada pessoa pode acessar qualquer dimensão através de sua própria intuição, e nosso mundo é muito mais flexível, miraculoso e anômalo do que admitimos. Os golfinhos me enviaram imagens e pediram que eu refizesse as imagens de certas situações de sua sobrevivência. Eu fiz o que eles pediram e ocorreram mudanças. Basicamente, nós precisamos reconhecer que tudo que existe o faz holograficamente. Através da nossa imaginação estamos ligados a tudo no universo. Se eu posso ver e sentir a mudança na minha mente interior, isso também pode acontecer na matriz física.



Como as pessoas podem realmente preencher suas vidas com algumas destas coisas?

Ilona Selke: Usando qualquer tipo de exercício de imagem, mesmo falando mentalmente com seu cão, é uma maneira de afiar a mente intuitiva. Nossa intuição fala conosco através da nossa imaginação e sentimentos. A chave é praticar estas capacidades diariamente. É o caminho da dedicação contínua para contrabalançar a força da entropia, a força que nos faz ficar cansados e diminuir o ritmo. A consciência é uma força sintrópica, a força de elevação, a força que dá forma à energia, aquela que instila a mudança no nosso desenvolvimento humano. O propósito final de incorporar as dimensões sutís em sua vida é o de alinhar-se cada vez mais com a fonte de toda a criação. A voz interior o guiará automaticamente para mundos mais luminosos e mais sutís, aumentando a proximidade com a fonte.

Os golfinhos tem algo a dizer sobre o atual estado de coisas dos humanos?
Ilona Selke: Sim! "Parem de jogar lixo e bombas no oceano." Uma vez eles me enviaram uma imagem para ajudar os golfinhos por causa do perigo que os estava ameaçando por causa de uma detonação subaquática. Era sobre o teste nuclear submarino que a França finalizou desde então. Eu nem sabia qualquer coisa a respeito disso quando recebi a imagem. Demorou dois meses para que eu soubesse o significado daquela imagem.

Qual o papel dos golfinhos na escala universal da evolução?

Ilona Selke: Depende na verdade de como você define esta hierarquia de crescimento. Os golfinhos já foram mamíferos terrestres e tiveram cinco dedos. Então eles tinham a possibilidade de manipular a matéria como os humanos. A mente humana evoluiu de uma maneira mais racional por causa de sua capacidade de formar, criar e construir. Por sua vez, os golfinhos voltaram ao mar; os cinco dedos reverteram e se transformaram em nadadeiras. O cérebro destes mamíferos, que já eram desenvolvidos, foi então usado para se desenvolver em áreas que nós consideramos invisíveis. Começando com o sonar e subindo na escala de freqüências, os golfinhos parecem ter aprendido habilidades que venceriam nossa mente humana.
Minha experiência é que eles evoluíram seus corpos sutis em um grau muito mais avançado que os humanos, que eles podem viajar além dos confinamentos de tempo e espaço e serem conscientes disso. Roberta Goodman, uma co-pesquisadora do Dr. John Lilly, fez uma experiência de telepatia com os golfinhos e descobriu que eles podem ler as mentes humanas a milhas de distância e responder a imagens com detalhes claros. Para mim, em muitas maneiras, os golfinhos são mais evoluídos que os seres humanos, e parece que eles querem ajudar na evolução de qualquer humano que esteja querendo ouvir.
O cérebro do golfinho do Atlântico "nariz de garrafa" pesa 1600 gramas, em média 200 gramas a mais que o cérebro humano. Eles tem mais circunvoluções na massa cinzenta que os humanos, que tem sido considerado um sinal de inteligência superior. Os golfinhos não seguiram a rota do poder externalizado, da tecnologia, no seu sentido mais remoto. Eles escolheram o caminho para dentro. Isto somente deve tê-los colocado no caminho da supra-consciência. Pensem nas baleias, que tem tido comunicações ao redor do mundo por milhares de anos. Os humanos só começaram a fazer isso agora. E nós dependemos somente de forças externas.

Quais são os segredos dos golfinhos? Qual o efeito que os golfinhos tem sobre as nossas almas?
Ilona Selke: Os golfinhos estão muito vivos nas dimensões sutís. Quanto mais elevada a nossa vibração, mais amor nós sentimos, mais alegria nós sentimos. Quanto mais pudermos encontrar a semente de luz na escuridão aparente, mais poderemos viver nos mundos "mais iluminados". Os golfinhos podem fazer isto e eles podem conectar-se conosco intencionalmente, mesmo que não possamos perceber. Muito parecido com o que os anjos fazem. Eles podem ver o mundo de maneira que os humanos que ainda usam os cinco sentidos não podem. entretanto, podemos sentir os golfinhos sentir seu amor dentro e fora da água. Muitas pessoas tem experiências impressionantes com golfinhos, mesmo em sonhos ou em sua imaginação. Os golfinhos podem estar conosco nessas dimensões sutís e gentilmente nos chamar para cumprirmos nosso propósito mais elevado, o de despertar para a Luz Interna. E alguma parte de nós escuta os chamados e responde.

Ilona Selke
Entrevista por Richard Daab
http://www.magicalblend.com

http://www.caminhosdeluz.org/38D.htm


publicado por conspiratio às 16:12
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

EVANGELHO DE TOMÉ - O REINO

.



Estas são as palavras secretas de Jesus, o vivo, que foram escritas por Didymos Tau'ma (Tomé (Tomás), o gêmeo)
Os discípulos perguntaram-lhe: Em que dia vem o Reino?
Jesus respondeu: Não vem pelo fato de alguém esperar por ele; nem se pode dizer ei-lo aqui! Ei-lo acolá! O Reino está presente no mundo inteiro, mas os homens não o enxergam.




.
publicado por conspiratio às 21:01
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

RAMANA MAHARSHI - A VERDADE DE SI MESMO


SRI RAMANA MAHARSHI -

A VERDADE DE SI MESMO



"A verdade de si mesmo é a única que vale a pena ser buscada e conhecida. Realização não é nada a ser adquirido. Ela está sempre aí, mas obstruída por uma tela de pensamentos. Realização é simplesmente a perda do ego. Destrua o ego pela procura da sua identidade. Uma vez que o ego não é nenhuma entidade, ele automaticamente desaparecerá, e a realidade irá brilhar por si mesma. Este é o método direto, enquanto todos os outros se concretizam somente através da retenção do ego"

Sri Ramana Maharshi
publicado por conspiratio às 15:02
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

INTERSER - THICH NHAT HANH

.

INTERSER - Thich Nhat Hanh
“Se você for um poeta, verá claramente que há uma nuvem flutuando nesta folha de papel. Sem uma nuvem, não haverá chuva; sem chuva, as árvores não podem crescer e, sem árvores, não podemos fazer papel. Se olharmos mais profundamente ainda, vamos poder ver raios do sol, o lenhador que cortou a árvore, o trigo que o alimentou na forma de pão e o pai e a mãe do lenhador. Sem todas estas coisas, esta folha de papel não pode existir. Na verdade não podemos apontar para nada que não esteja aqui - tempo, espaço, a terra, a chuva, os minerais e o solo, os raios de sol, a nuvem, o rio, o calor e a mente. Todas as coisas co-existem com esta folha de papel. Assim podemos afirmar que a nuvem e a folha de papel ‘intersão’. Nós não podemos ser apenas nós mesmos; nós temos que interser com todas as demais coisas.”

Thich Nhat Hanh
“O Coração da Compreensão”. Ed. Bodigaya
publicado por conspiratio às 22:17
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

MINHA OCUPAÇÃO É ANDAR

.
.

MINHA OCUPAÇÃO É ANDAR

Acho que o trabalho para um homem é aquilo que ele melhor faz. Para mim é andar. Há vinte anos, quando eu estava com cinqüenta, sai do emprego, relaxei e nunca mais voltei. Vivo de uma pequena pensão de aposentadoria.

Toda manhã acordo cedo, desço a pé a colina até a cidade e começo a passear. Olho para as coisas, penso sobre elas e digo olá e adeus a todos com quem cruzo no caminho. Às vezes vou até o correio verificar minha caixa postal e dar uma espiada na correspondência, ou vou até a padaria tomar um cafezinho. Outras vezes passo horas no ponto de ônibus, observando o tráfego e tomando sol. Entre uma coisa e outra dou uma caminhada.. Levei anos para aprender a fazer isto tão bem.
No princípio, eu ficava me reprimindo, sentia a consciência pesada, aguilhoada por perguntas do tipo:
”O que está produzindo?”
“O que você faz pelas outras pessoas?”
De uma coisa, porém, estou certo: não faço mal a ninguém. Quase todo mundo passa seus dias fazendo bolinhos doces, maçanetas e armas. Eu sinto meu corpo mover-se solto e livre pelas ruas e sei que estou fazendo tanto quanto elas. Aliás, com mais da metade do orçamento americano sendo gasto em armamentos e no sistema de defesa, fico feliz por não ser um contribuinte...

Por isso minha ocupação é andar pelas ruas celebrando a existência das coisas. Alguém tem que fazer isto! Esta cidade é pequena e muita gente aqui talvez pense que eu sou maluco.”Vejam só, um homem diplomado pela universidade de Harvard vagando por ai como um mendigo qualquer!”- mas não ligo a mínima. Estou ocupado demais em apreciar as nuvens, os sons pelos quais a maioria passa apressada, sem perceber. Essas coisas precisam ser celebradas. Como então posso parar e me preocupar com aquilo que não estou fazendo?

Todas as noites quando vou dormir eu morro, e todas as manhãs renasço. Eu caminho, observo e emano minha presença, como o poeta Robert Graves diria. Estou sempre refletindo e me vejo crescer e brilhar cada vez mais, no decorrer dos anos. É uma excelente ocupação de vida; sou bom nisto e não pretendo me aposentar tão cedo.

Vincent


Relato citado no livro "A Jornada Mítica de Cada Um"

publicado por conspiratio às 21:07
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

A FALA DO ÍNDIO - 1557


A FALA DO ÍNDIO - 1557


"Mas este homem tão rico de que me falas não morre?

Jean de Léry incluiu em seus relatos de viagem realizada em
1557 um diálogo travado com um velho tupinambá, a respeito do grande interesse demonstrado pelos franceses na retirada do pau-brasil, revelando o choque de visões entre o nativo e o europeu:
“Por que vindes vós outros, mairs (franceses)

e perós (portugueses) buscar lenha de tão longe para vos aquecer?
Não tendes madeira em vossa terra?”

Jean de Léry respondeu que os franceses não a queimavam mas dela extraíam tinta. Ao que o índio retrucou:

E por ventura precisais de muito?”
Tendo Léry respondido afirmativamente, pois que existiam na Europa grandes comerciantes que acumulavam aquela madeira, o velho tupinambá estranhou aquele desejo pela acumulação:

“Mas esse homem tão rico de que e falas não morre?”

Na seqüência do diálogo, Jean de Léry explicou que, com a morte, os bens passavam para os filhos, irmãos ou parentes mais próximos. O índio, não satisfeito com a resposta, acrescentou:

“Não será a terra que vos nutriu suficiente para alimentá-los
também? Temos pais, mães e filhos a quem amamos, mas estamos certos de que depois da nossa morte a terra que nos nutriu também os nutrirá, por isso descansamos sem maiores cuidados”.

Museu de Porto Seguro, Ministério da Cultura / Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Porto Seguro, 2000, pág. 25"

Não foi em meados do sec. XVIII, o nordeste teve sua primeira grande Seca?

.

.

publicado por conspiratio às 22:33
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

OUSE! - LOU ANDREAS SALOMÉ



LOU ANDREAS SALOMÉ
Ouse, ouse... ouse tudo!!
"Ouse, ouse...ouse tudo!! Não tenha necessidade de nada! Não tente adequar sua vida a modelos, nem queira você mesmo ser um modelo para ninguém. Acredite: a vida lhe dará poucos presentes. Se você quer uma vida, aprenda ... a roubá-la! Ouse, ouse tudo! Seja na vida o que você é, aconteça o que acontecer. Não defenda nenhum princípio, mas algo de bem mais maravilhoso: algo que está em nós e que queima como o fogo da vida!!"
publicado por conspiratio às 22:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 6 de Outubro de 2007

DEUS NÃO CONHECE CIRCUNSTÂNCIAS - EMET FOX




DEUS NÃO CONHECE "CIRCUNSTÂNCIAS"
Emmet Fox

Deus não se preocupa com as circunstâncias. O fato imutável é que Deus tem todo o poder e pode trazer harmonia e cura em qualquer circunstância, a qualquer hora e em qualquer lugar. Ele está além do tempo, do espaço e da mente carnal.

Não faz diferença para Deus o quanto uma determinada dificuldade já durou. Não faz diferença quanta oposição aparente há a superar – Deus não se preocupa com circunstâncias.

Deus não tem que preparar agora, para fazer com que algo aconteça no ano que vem; tampouco é incapaz de fazer algo agora, porque deixou de tomar alguma providência no ano que passou. Deus pode fazer qualquer coisa, em qualquer lugar, a qualquer hora, sem referência a outra coisa ou pessoa.

Nossas mentes carnais estão sempre colocando dificuldades no caminho da demonstração. Dizemos “tarde demais” ou “cedo demais” ou “longe demais” ou “perto demais” ou “demasiado” ou “de menos” e, deste modo, liquidamos a nossa demonstração. Porém tudo isso é funcionamento da mente carnal, e não tem nada a ver com Deus.

Determine hoje que você demonstrará saúde, felicidade e êxito verdadeiro, pela percepção de que Deus está trabalhando em você e através de você para fazer com que essas coisas aconteçam. E não permita, por um só segundo, que a mente carnal lhe diga que isso não pode ser feito. Pode ser feito; e se você levar a sério, será feito.

Deus não se preocupa com as circunstâncias, e, se você se recusar a deixar que elas inibam o seu pensamento, elas não poderão impedir a sua manifestação.

Com Deus todas as coisas são possíveis. – Mateus 19:26

publicado por conspiratio às 19:24
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CAUSAS DO CAOS BRASILEIRO...

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. UM POUCO SOBRE ABDUÇÃO E ...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. BLOSSOM GOODCHILD E A NAV...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. CONTRA A CAMPANHA CONTRA ...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. VOAR É COM OS PÁSSAROS?

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. AGENDAS DE DOMINAÇÃO GLOB...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. 3 elites globalistas(6)

. a corporação(9)

. acobertamento(13)

. agenda illuminati(13)

. alex jones(8)

. amor(20)

. animais(29)

. arqueologia proibida(4)

. atenção(7)

. auto-realização(33)

. autoritarismo(7)

. bancos terroristas(8)

. benjamin fulford(5)

. bíblia(7)

. big pharma(12)

. bilderberg(8)

. budismo(24)

. calar a democracia(5)

. censura da internet(15)

. cérebro(22)

. codex alimentarius(15)

. comunismo(13)

. concentração(14)

. consciência(7)

. conspiração(94)

. conspiração antidemocrática(6)

. conspiração financeira(11)

. controle da informação(17)

. controle da internet(22)

. cura(25)

. daskalos(7)

. david icke(9)

. denúncia(10)

. depopulação(6)

. despopulação(8)

. deus(10)

. ditadura(14)

. ditadura através da mentira(6)

. ditadura através da saúde(11)

. documentários ufológicos(7)

. ecologia(35)

. educação(7)

. ego(25)

. engenharia social(9)

. ensonhar(11)

. eqm (experiência de quase-morte)(12)

. extraterrestre interferência(11)

. filosofia(6)

. globalistas(5)

. goldsmith(8)

. google(9)

. governo oculto(31)

. gripe suína(8)

. história(17)

. história da nom(5)

. illuminati(54)

. integração(9)

. internautas conheçam seu poder(6)

. internet censura(11)

. intraterrestres(8)

. jesus(8)

. krishnamurti(13)

. lei cala-boca da internet(5)

. liberdade(8)

. livre-arbítrio(6)

. manipulação da informação(13)

. manipulação da mente(8)

. manipulação das massas(8)

. medicina natural(10)

. mentecorpo(5)

. microchip(7)

. milton cooper(7)

. monsanto(6)

. movimento revolucionário(9)

. neurociência(20)

. nom(43)

. nova ordem mundial(83)

. obama(7)

. olavo de carvalho(31)

. poder da internet(5)

. poder da mente(97)

. poder das farmacêuticas(5)

. política(16)

. predadores da humanidade(16)

. problema-reação-soluçao p-r-s(7)

. profecias(9)

. project camelot(11)

. psicanálise(5)

. pt(9)

. rauni kilde(6)

. realidade(7)

. rockefeller(7)

. saúde(19)

. sonho lúcido(22)

. totalitarismo(9)

. totalitarismo global(9)

. ufo(46)

. universo(16)

. vida(31)

. xamanismo(15)

. todas as tags

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.links

.links

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO