Sábado, 28 de Janeiro de 2012

NOVA POLÍTICA DO GOOGLE



Usuários criticam nova política de privacidade do Google

Falta da opção de opt-out, que permita recusar a consolidação das informações coletadas em todos os serviços da empresa, já começa a incomodar.

A nova política de privacidade anunciada pela Google esta semana só entra em vigor em março, mas já está provocando polêmica na Internet. O que tem deixado a blogosfera e alguns usuários em alvoroço é a possibilidade da empresa não oferecer aos internautas uma opção de opt-out. Se você não quiser que suas informações do Gmail, YouTube e da ferramenta de buscas sejam combinadas em um único repositório de dados pessoais que pode traçar um quadro detalhado de você, a única opção, dizem, é parar de usar os serviços do Google. A possibilidade de mudança unilateral incomoda esses usuários.
Eitan Bencuya, porta-voz do Google, afirma que a empresa já vem combinando as informações dos usuários em diferentes serviços há algum tempo. Por exemplo, se um usuário começa a digitar um nome para o aplicativo Calendário, o nome será auto-completado com os contatos da conta Gmail do usuário. Com as próximas mudanças, a empresa está expandindo esse esforço e combinando as informações de todos os seus produtos e serviços, disse ele.
Mas muitos usuários estão desconfiados. Uma enquete promovida pelo jornal Washington Post com 13.541 leitores revelou que 66% deles pretendem cancelar as suas contas do Google por causa das mudanças anunciadas. Só 15% disseram que não abandonariam o Google e 19% disseram que não saberiam dizer como iriam reagir.
"As pessoas estão chateados por dois motivos, o primeiro é que o Google só agora está tornando explícita esta utilização de dados, e a segunda é que não há nenhuma maneira de recusar a consolidação e ainda continuar usando qualquer serviço do Google", disse Dan Olds, analista do The Gabriel Consulting Group.
"Não é que a Google esteja coletando mais informações. Ela está combinando informações de todos os seus diversos produtos e serviços e usando-as para segmentar anúncios. Acho que alguns usuários e defensores da privacidade estão olhando para isto como uma prática perigosa."
Mais em
http://idgnow.uol.com.br/internet/2012/01/26/usuarios-criticam-nova-politica-de-privacidade-do-google/


______________________



Esta Política de Privacidade entrará em vigor em 1º de março de 2012 e substituirá as Políticas de Privacidade existentes. Veja nossa página de visão geral para obter mais detalhes.

Existem muitas maneiras diferentes pelas quais você pode usar nossos serviços – pesquisar e compartilhar informações, comunicar-se com outras pessoas ou criar novo conteúdo. Quando você compartilha informações conosco, por exemplo, criando uma Conta do Google, podemos tornar esses serviços ainda melhores – mostrar-lhe resultados de pesquisa e anúncios mais relevantes, ajudá-lo a se conectar com pessoas ou tornar o compartilhamento com outras pessoas mais rápido e fácil. Quando você usa nossos serviços, queremos ser claros quanto ao modo como estamos usando suas informações e ao modo como você pode proteger sua privacidade.
Nossa Política de Privacidade explica:
  • Quais informações coletamos e por que as coletamos.
  • Como usamos essas informações.
  • As opções que oferecemos, incluindo o modo de acessar e atualizar informações.
Tentamos manter tudo o mais simples possível, mas se você não estiver familiarizado com termos como cookies, endereços de IP, pixel tags e navegadores então leia sobre esses termos-chave primeiro. Sua privacidade é importante para o Google, portanto, sendo você um usuário novo ou antigo do Google, por favor reserve um tempo para conhecer nossas práticas. E, se você tiver alguma dúvida, entre em contato conosco.

Informações que coletamos

Coletamos informações para fornecer serviços melhores a todos nossos usuários – desde descobrir coisas básicas, como o idioma que você fala, até coisas mais complexas, como os anúncios que você achará mais úteis ou as pessoas on-line que são mais importantes para você.
Coletamos informações de duas maneiras:
  • Informações fornecidas por você. Por exemplo, muitos de nossos serviços exigem que você se inscreva em uma Conta do Google. Quando você abre essa conta, pedimos informações pessoais, como seu nome, endereço de e-mail, número de telefone ou cartão de crédito. Se você quiser aproveitar ao máximo os recursos de compartilhamento que oferecemos, podemos também pedir-lhe para criar um Perfil do Google publicamente visível, que pode incluir nome e foto.
  • Informações que pedimos a partir do uso que você faz de nossos serviços. Podemos coletar informações sobre os serviços que você usa e como os usa, como quando você visita um website que utiliza nossos serviços de publicidade ou quando você vê e interage com nossos anúncios e conteúdo. Essas informações incluem:
    • Informações do dispositivo
      Podemos coletar informações específicas do dispositivo (como seu modelo de hardware, versão do sistema operacional, identificadores exclusivos de produtos e informações de rede móvel, inclusive número de telefone). O Google pode associar seus identificadores de dispositivo ou número de telefone com sua Conta do Google.
    • Informações de registro
      Quando você usa nossos serviços ou visualiza conteúdo fornecido pelo Google, podemos coletar e armazenar automaticamente determinadas informações em registros do servidor. Isso pode incluir:
      • detalhes de como você usou nosso serviço, como suas consultas de pesquisa.
      • informações de registro de telefonia, como o número de seu telefone, número de quem chama, números de encaminhamentos, horário e data de chamadas, duração das chamadas, informações de identificador de SMS e tipos de chamadas.
      • Endereço de protocolo de Internet
      • informações de evento de dispositivo como problemas, atividade de sistema, configurações de hardware, tipo de navegador, idioma do navegador, data e horário de sua solicitação e URL de referência.
      • cookies que podem identificar exclusivamente seu navegador ou sua Conta do Google.
    • Informações do local
      Quando você usa um serviço do Google capaz de identificar a sua localização, podemos coletar e processar informações sobre sua localização real, como sinais de GPS enviados por um dispositivo móvel. Além disso, podemos usar várias tecnologias para determinar o local, como dados de sensor de seu dispositivo que podem, por exemplo, fornecer informações sobre pontos próximos de acesso Wi-Fi e torres de celular.
    • Números de aplicativo exclusivos
      Determinados serviços incluem um número de aplicativo exclusivo. Este número e as informações sobre sua instalação (por exemplo, o tipo de sistema operacional e o número da versão do aplicativo) devem ser enviados ao Google quando você instalar ou desinstalar esse serviço ou quando esse serviço entrar em contato periodicamente com nosso servidores, como para atualizações automáticas.
    • Armazenamento local
      Podemos coletar e armazenar informações (inclusive informações pessoais) localmente em seu dispositivo usando mecanismos como armazenamento no navegador da web (inclusive HTML 5) e caches de dados de aplicativo.
    • Cookies e identificadores anônimos
      Usamos várias tecnologias para coletar e armazenar informações quando você visita um serviço do Google e isso pode incluir o envio de um ou mais cookies ou identificadores anônimos para seu dispositivo. Também usamos cookies e identificadores anônimos quando você interage com serviços que oferecemos a nossos parceiros, como serviços de publicidade ou recursos do Google que podem aparecer em outros sites.

Como usamos as informações que coletamos

Usamos as informações que coletamos em todos nossos serviços para fornecer, manter, proteger e melhorar esses serviços, desenvolver novos e proteger o Google e nossos usuários. Também usamos essas informações para oferecer a você um conteúdo específico – como fornecer para você resultados mais relevantes de pesquisa e anúncios.
Podemos usar o nome que você fornece em seu Perfil do Google em todos os serviços que oferecemos que exigem uma Conta do Google. Além disso, podemos substituir seus nomes antigos associados com sua Conta do Google de modo que você esteja representado de maneira consistente em todos nossos serviços. Se outros usuários já tiverem seu e-mail ou outras informações que identifiquem você, nós podemos mostrar-lhes suas informações do Perfil do Google publicamente visíveis, como seu nome e sua foto.
Ao entre em contado com o Google, podemos manter um registro de sua comunicação para ajudar a resolver qualquer problema que você possa ter. Podemos usar seu endereço de e-mail para informá-lo sobre nossos serviços, como aviso sobre as próximas mudanças ou melhorias.
Usamos as informações coletadas de cookies e de outras tecnologias, como etiquetas de pixel, para melhorar a experiência de usuário e a qualidade geral de nossos serviços. Por exemplo, salvando suas preferências de idioma, nossos serviços aparecerão no idioma que você preferir. Ao exibirmos anúncios personalizados, não associaremos cookies de navegador ou identificadores anônimos a determinadas categorias, como aquelas baseadas em raça, religião, orientação sexual ou saúde.
Podemos combinar informações pessoais de um serviço com informações, inclusive informações pessoais, de outros serviços do Google para facilitar o compartilhamento de informações com pessoas que você conhece, por exemplo. Não combinaremos informações do cookie “Double Click” com informações de identificação pessoal, exceto se tivermos sua autorização (“opt-in”) para tanto.
Solicitaremos sua autorização antes de usar informações para outros fins que não os definidos nesta Política de Privacidade.
O Google processa informações pessoais em nossos servidores de muitos países do mundo. Podemos processar suas informações pessoais em um servidor localizado fora do país em que você vive.

Transparência e escolha

As pessoas têm diferentes preocupações sobre privacidade. Nosso objetivo é a clareza quanto às informações que coletamos, de modo que você possa fazer escolhas importantes sobre como elas são usadas. Por exemplo, você pode:
  • Rever e controlar determinados tipos de informações ligados a sua Conta do Google por meio do Google Dashboard.
  • Visualizar e editar suas preferências de anúncios, como as categorias que podem interessar a você, por meio do Gerenciador de preferências de anúncio. Você também pode desautorizar (“opt-out”) determinados tipos de serviços de anúncio aqui.
  • Use nosso editor para ver e ajustar a forma como seu Perfil do Google é mostrado a indivíduos em particular.
  • Controle com quem você compartilha informações.
  • Obtenha informações de muitos de nossos serviços.
Você também pode configurar seu navegador para bloquear todos os cookies, inclusive cookies associados com nossos serviços, ou para indicar quando um cookie estiver sendo configurado por nós. Entretanto, é importante lembrar que muitos de nossos serviços podem não funcionar de maneira adequada se seus cookies estiverem desativados. Por exemplo, pode ser que não nos lembremos de suas preferências de idioma.

Informações que você compartilha

Muitos de nossos serviços permitem que você compartilhe informações com outras pessoas. Lembre-se de que quando você compartilha informações publicamente, elas podem ser indexadas por mecanismos de pesquisa, inclusive o Google. Nossos serviços oferecem a você várias opções de compartilhamento e remoção de seu conteúdo.

Acesso e atualização de suas informações pessoais

Sempre que você usa nossos serviços, nosso objetivo é oferecer-lhe acesso a suas informações pessoais. Se essas informações estiverem erradas, nos empenhamos em lhe oferecer maneiras rápidas de atualizá-las ou excluí-las – exceto quando temos de mantê-las para fins comerciais legítimos ou jurídicos. Ao atualizar suas informações pessoais, podemos solicitar que você confirme sua identidade antes de atendermos sua solicitação.
Podemos recusar as solicitações que sejam repetitivas, que requeiram esforço técnico desproporcional (por exemplo, desenvolvimento de um novo sistema ou mudança fundamental de uma prática existente), coloquem em risco a privacidade de outros ou que sejam extremamente impraticáveis (por exemplo, solicitações referentes a informações localizadas em fitas de backup).
Nos casos em que pudermos fornecer acesso e correção de informações, faremos isso gratuitamente, exceto quando isso exigir esforço desproporcional. Nosso objetivo é manter nossos serviços de modo a proteger informações de destruição acidental ou maliciosa. Assim, depois de excluir informações de nossos serviços, não podemos excluir imediatamente cópias residuais de nossos servidores ativos e pode não ser possível remover informações de nossos sistemas de backup.

Informações que compartilhamos

Não compartilhamos informações pessoais com empresas, organizações e indivíduos externos ao Google, salvo em uma das seguintes circunstâncias:
  • Com sua autorização
    Compartilharemos informações pessoais com empresas, organizações ou indivíduos externos ao Google quando tivermos sua autorização para isso. Solicitamos autorização (“opt-in”) para compartilhamento de quaisquer informações sensíveis de caráter pessoal.
  • Com administradores de domínios
    Se sua Conta do Google for administrada por um administrador de domínio (por exemplo, para usuários do Google Apps), então seu administrador de domínio e revendedores que fornecem suporte de usuário a sua organização terão acesso às informações de sua Conta do Google (inclusive dados de e-mail e outros dados). Seu administrador de domínio pode ser capaz de:
    • visualizar estatísticas de sua conta, como estatísticas relacionadas a aplicativos que você instala.
    • alterar a senha de sua conta.
    • suspender ou encerrar o acesso a sua conta.
    • acessar ou reter informações armazenadas como parte de sua conta.
    • receber informações de sua conta para satisfazer qualquer legislação, regulação, processo legal ou solicitação governamental aplicável.
    • restringir sua capacidade de excluir ou editar informações ou configurações de privacidade.
    Por favor, consulte a política de privacidade de seu administrador para mais informações.
  • Para processamento externo
    Fornecemos informações pessoais a nossas afiliadas ou outras empresas ou pessoas confiáveis para processá-las para nós, com base em nossas instruções e em conformidade com nossa Política de Privacidade e quaisquer outras medidas de segurança e de confidencialidade adequadas.
  • Por motivos legais
    Compartilharemos informações pessoais com empresas, organizações ou indivíduos externos ao Google se acreditarmos, de boa-fé, que o acesso, uso, conservação ou divulgação das informações seja razoavelmente necessário para:
    • cumprir qualquer legislação, regulamentação, processo legal ou solicitação governamental aplicável.
    • cumprir Termos de Serviço aplicáveis, inclusive investigação de possíveis violações.
    • detectar, impedir ou abordar de alguma outra forma fraude, questões técnicas ou de segurança.
    • proteger contra dano aos direitos, a propriedade ou a segurança do Google, nossos usuários ou o público, conforme solicitado ou permitido por lei.
Podemos compartilhar informações de identificação não pessoais agregadas publicamente e com nossos parceiros – como sites de editores, anunciantes ou sites relacionados. Por exemplo, podemos compartilhar informações publicamente para mostrar tendências sobre o uso geral de nossos serviços.
Se o Google estiver envolvido em uma fusão, aquisição ou venda de ativos, continuaremos a garantir a confidencialidade de qualquer informação pessoal e avisaremos os usuários afetados antes que as informações pessoais sejam transferidas ou sejam submetidas a uma política de privacidade diferente.

Segurança das informações

Trabalhamos com afinco para proteger o Google e nossos usuários de acesso não autorizado ou alteração, divulgação ou destruição não autorizada das informações que detemos. Especificamente:
  • Criptografamos muitos de nossos serviços usando SSL.
  • Oferecemos a você uma verificação em duas etapas quando você acessa sua Conta do Google e um Recurso de Navegação segura no Google Chrome.
  • Analisamos nossa coleta de informações, práticas de armazenamento e processamento, inclusive medidas de segurança física, para proteção contra acesso não autorizado aos sistemas.
  • Restringimos o acesso a informações pessoais por parte de empregados, contratados e representantes do Google que necessitam saber essas informações para processá-las para nós, e que estão sujeitos a rigorosas obrigações contratuais de confidencialidade, podendo ser processados ou dispensados se deixarem de cumprir tais obrigações.

Aplicativo

Nossa Política de Privacidade se aplica a todos os serviços oferecidos pelo Google Inc. e suas afiliadas, inclusive serviços oferecidos em outros locais (como nossos serviços de anúncio), mas exclui serviços que têm políticas de privacidade separadas que não incorporam esta Política de Privacidade.
Nossa Política de Privacidade não se aplica a serviços oferecidos por outras empresas ou indivíduos, inclusive produtos ou sites que podem ser exibidos a você nos resultados de pesquisa, sites que podem incluir serviços do Google, ou outros sites com links de nossos serviços. Nossa Política de Privacidade não abrange as práticas de informação de outras empresas e organizações que anunciam nossos serviços e que podem usar cookies, pixels tags e outras tecnologias para oferecer anúncios relevantes.

Execução

Revisamos regularmente nosso cumprimento com a Política de Privacidade. Aderimos também a várias estruturas auto-reguladoras. Quando recebemos reclamações formais por escrito, entramos em contato com o autor da reclamação para acompanhamento. Trabalhamos com autoridades reguladoras apropriadas, inclusive autoridades locais de proteção de dados para resolver quaisquer reclamações referentes à transferência de dados pessoais que não podemos resolver diretamente com nossos usuários.

Alterações

Nossa Política de Privacidade pode ser alterada de tempos em tempos. Nós não reduziremos seus direitos nesta Política de Privacidade sem seu consentimento explícito. Publicaremos quaisquer alterações da política de privacidade nesta página e, se as alterações forem significativas, forneceremos um aviso com mais destaque(incluindo, para alguns serviços, notificação por e-mail das alterações da política de privacidade). Também manteremos as versões anteriores desta Política de Privacidade arquivadas para você visualizá-las.

Práticas específicas de produto

Os seguintes avisos explicam as práticas de privacidade específicas em relação a determinados produtos e serviços do Google que você pode usar:
 
https://www.google.com/intl/pt-BR/policies/privacy/preview/

____________________________


OLAVO DE CARVALHO - DESTRUIÇÃO DA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL , DOS EUA E DA INTERNET LIVRE

http://www.youtube.com/user/CEL2076?feature=mhee#p/a/u/2/3gydfDLwAdI




 
Vapera disse...








Pô Célia! De onde tirastes que existe uma censura "relativa" na internet?
Agora mesmo a matéria que coloquei no wikipedia sobre um invento meu, foi tirada do ar por um personagem com problemas de impotência (super braulio) só porque denuncio a BIC de roubo de meu invento, só que tenho provas, mas o bando não quer divulgar a verdade!!
Os sites que "caem", caem de propósito para exatamente o povo continuar a acreditar nesse veículoe continuar a abrirem sueus arquivos, mostrando aos dominantes quem é perigoso ou não.
Pensemos que a net está na mão da estrutura física de comunicações, redes de cabos e tudo o mais, e depende da eletricidade e de programas e finalmente, de um backbone, logo, TUDO está na mão dos plutocratas, nada não está na mão deles.
Quem tem dinheiro para bancar uma logística tal e qual a net, tem que ter muito poder e evidentemente não é um comum.
Nós blogueiros estamos apenas entregando na mão desses lixos nossos modus operandi, nosso know-how, nossa percepção e picardia, exatamente para eles "vetorizarem" as informações bloguicas de acordo com o perfil do usuário. Assim seu texto chega amim, pois me interesso por isso, mas para aqueles que ainda estao alienados, esse seu blog não aparece nunca! Isso tudo é armado, nós só navegamos naquilo que ELES querem.
O objetivo verdadeiro desses tal anonymous é apenas garantir que a popuylação incitada vai fazer exatamente o que quer a agenda mundial, o que chamaria de "primavera não àrabe" ou "primavera ocidental", uma clara incitação ao disturbio com objetivos claros de plotar e exterminar os pensantes.
Só existe uma forma de combater os dominantes, e é simples:
Joguemos fora tudo o que nos faz dependentes do sistema, celulares, remédios, comida industrializada, automóvel, gasolina e tec.
Somos nós os consumidores e o que consumimos é apenas o jgo de traficantes, te viciam em automóvel para te obrigarem a pagar gasolina, te viciam em imundicies "alimentares" para manter-nos na mão dos medicos que por sua vez viciam os pacientes para que esses dependam o resto da vida de medicamentos. Tudo é uma teia de vicios a dependências.
Os donos do álcool mundial são os mesmos da mídia e naturalmente querem entupir todos de alcool pois é mais facil dominar, alcool faz as pessoas fazerem merd... e se arrependerem, isso as torna fracas e controláveis, seja usando os erros dos bêbados ou usando os atos dos bebados.
Como vemos, tudo é armado. Ou optamos por uma existência frugal e natural, ou esses excrementos vão ganhar.



vapera disse...


Célia, a coisa está degringolando,  o novo contrato para o gmail, é invasão pura, eles poderão inclusive divulgar o endereço dos usuários, se achar que isso será "positivo"!
Você que é mais entrosada do que eu, poderia divulgar em seus blogs uma censura anti gmail devassante que começa a valer em março, eu pelas regras já estou pulando fora. Meu blog dançou!
A lentidão de sua máquina é provocada pelos canalhas desses navegadores, browsers, e essas excrementosas redes sociais, que colocam um monte de robots em nossas máquinas e as prejudicam como querem, e os leigos em informática acham que é sem querer!
Liberdade é fugir dessa maldita "teia" mundial.

Copiei ele do próprio gmail.
Acredito que todas os gmailzantes seram obrigados a entregar suas máquinas para o gmail/google! Esses demônios são os verdadeiros controladores da internete e estão só desviando nossa atenção do verdadeiro foco, eles, ele, yahoo, facebook, twitter e tec.
Pense que o bill gates quando "deixou" todo mundo piratear seu windows, ele já sabia o que fazia, colocava um cavalo de troia dentro da residência de todos nós, e nós achando que stavamos ganhando um sistema operacional, estavamos (estamos) ganhando é um chip subcutâneo em nossos HDs!!!
Entendemos agora do porque da permissão de cópia pirata de sistema operacional e softwares?
Os mais capacitados para fazer pirataria são os próprios produtores do produto pirateado e entendendo que produto pirata não paga imposto, fica fácil concluir que os verdadeiros piratas não estão na China, estão na cadeira dos CEOs das multinacionais.
Isso, cara Célia, esses salafros lutadores do direitos descensurados não contam, isso o anonymous não fala, isso esses "grevistas" defensores da gente não falam. É a mesma agenda da primavera Árabe, é incitar o povo usando-o de soldados para a instituição da nova ordem mundial.
Esses bandidos não são burros, eles estão fazendo com que todos ataquemos as grandes, as famosas, enquanto eles dizem para nós como agir.
Quem tem dinherio e logistica para fazer google, gmail, facebook, twitter e todos esses, não é um pequeno, ao contrário, é exatamente os maestros da bagaceira.
Estamos fazendo o que eles querem para implementar a NWO.
Caimos que nem patinhos!
Se não conseguir na pag de codigo de conduta do gmail, eu te passo.














vapera disse...
http://www.google.com/policies/
Leia cara Célia, leia tudo e vais ver que quem esta empurrando a sopa e acta para nós, está fazendo na surdina e a muitos anos.
Pense o seguinte, para se ter o banco de dados de um google, ter a capacidade de processamento, ter o gargalo de comunicação e ter a logística que eles tem, tem que ter muito dinheiro, eles tem até satélites, vc acha que quem tem esse tipo de poder, é bonzinho???
Será possível que um poder desse criado a mais de 10 anos, quando a capacidade de armazenamento era pequena e mesmo assim, eles deram 1 giga para cada usuário, é possível que esse poder dessa magnitude esteja trabalhando a favor do povo?
Eles são nada mais nada menos do que o braço "bonzinho" dos donos do mundo, junto com todas as redes sociais.









_________________


http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-porque-o-google-e-um-perigo

Porque o Google e um Perigo

Ha alguns dias foi anunciado que o Google reiniciaria o mapeamento das ruas em Sao Paulo para o seu Google Street View, conforme artigo da Folha de Sao Paulo do dia 25 de janeiro de 2011, entitulado "Google Tira Novas Fotos para o Street View em Sao Paulo".

Questionei em um post se alguma autoridade brasileira nao deveria solicitar ao Google uma declaracao formal se os seus equipamentos estao devidamente "calibrados", a fim de evitar o roubo de informacoes pessoais pelas redes wi-fi, como ocorreu nos Estados Unidos e em diversos paises da Europa e Oceania. Nestes locais, os carros que faziam o mapeamento das cidades foram "sugando" todo o conteudo das redes pessoais de empresas e residencias (conteudo de emails, senhas de banco, historicos de navegacao, etc) por onde iam passando.

A empresa declarou que o roubo das informacoes foi um "acidente nao intencional" e chegou a contratar uma empresa de auditoria para atestar que deletaria todas as informacoes roubadas. O que nao conseguiram explicar foi como o mesmo "erro" foi repetido sucessivamente em paises diferentes, por funcionarios diferentes, e em datas diversas.

Mas para podermos entender o porque devemos fazer o possivel para bloquear essa invasao de nossas vidas privadas pelo Google, seria interessante sabermos com quem estamos lidando, qual a politica dessa empresa, e qual a etica que direciona a tomada de decisao sobre o que fazer com nossas informacoes, quer sejam roubadas, como neste caso, ou fornecidas voluntariamente.

Primeiro, vamos tentar entender um pouco do que o CEO da Google, Eric Schmidt pensa sobre legalidade, privacidade e seus planos para o futuro.

[Imagem: schmidt3_1555708c.jpg]

O site americano The Atlantic promoveu em Outubro do ano passado um forum (The Washington Ideas Forum 2010), que contou com a participacao de Schmidt. Neste evento, ele foi entrevistado pelo editor do The Atlantic, James Bennet, e deixou bem claro sua posicao a respeito de varios assuntos.

Mas antes de entrar especificamente no que o chefe falou, vamos ver o que um de seus executivos (Hal Varian, economista-chefe do Google) declarou na noite anterior, em entrevista a Nate Silver, da The Atlantic. O relato da entrevista foi dado no proprio site, por Alikia Millikan, em um artigo entitulado "Eu sou um Ciborgue e Quero meu Implante Google Ja"

Nate: Como sera o Google em 2020?
Hal: Agora voce utiliza o Google no seu computador, claro. E no seu telefone. Esta e a proxima etapa. E eu acredito - as pessoas podem rir - mas eu acho que pode haver um implante. Entao, voce tera (o implante) la, e eu nao diria que sera necessariamente do Google, eu diria a internet, o implante acessara toda a internet.
Arikia: Conte comigo quando isso acontecer
Hal: Voce quer um implante?
Arikia: Eu quero agora.
[risadas]
Hal: Yeah! Certo, ve? Ha um monte de gente que diz isso. Eu acho que voce estara continuamente conectado com a internet em 2020. Voce sera capaz de receber informacao, enviar informacao, e gravar informacao. E voce pode fazer todas estas coisas agora; voce esta gravando esta conversa e pode escuta-la mais tarde.
Nate: Claro. Mas voce acha que sera tao cedo, ate 2020?
Hal: 2020! Ainda faltam 10 anos! Veja aonde estavamos 10 anos atras. Google tem apenas 10 anos. Entao, sim, eu acho que sim. Nos certamente teremos algum tipo de implante-interface ate entao, na minha opiniao.
Nate: Sera preciso cirurgia? Ou sera usado algum tipo de plug auditivo que voce possa... sei la...
Hal: Eu tambem nao sei.
Nate: Existem pessoas no Google trabalhando nisso?
Hal: Nao que eu saiba. Embora existam pessoas sempre trabalhando em interfaces para usuarios. Entao eu nao me surpreenderia se alguem estivesse pensando nisso.
Durante o Forum, James Bennet entrevistou Eric Schmidt e extraiu respostas muito interessantes, que podem nos ajudar a entender a linha de pensamento que pauta a atuacao do Google.
VÍDEO
Na entrevista, Schimidt resume a politica de atuacao do Google: "Google policy is to get right up to the creepy line and not cross it ( A politica do Google e chegar no limite do 'creepy' e nao ultrapassar este limite)".

Vale a pena concentrarmos um pouco de atencao para tentarmos compreender os limites eticos da empresa que muito provavelmente se tornara a maior companhia do mundo, e que no momento ja domina quase a totalidade do fluxo de informacoes na internet.

creepy [ˈkriːpɪ]
adj creepier, creepiest
1. Informal having or causing a sensation of repulsion, horror, or fear, as of creatures crawling on the skin


Entao que fique claro: nas proprias palavras do seu CEO, o Google atua no limite da repulsa, horror e medo. E essa declaracao torna-se bastante esclarecedora e coerente, quando comecamos a pesquisar a sua historia, seu envolvimento com a CIA e sua presente atuacao junto ao governo americano.

A declaracao causou muitos comentarios mundo afora, e foi assunto de diversos artigos em varios jornais, blogs e sites tais como The Thelegraph, Business Insider, The Hill, The Atlantic, The Huffington Post, Los Angeles Times, dentre muitos outros. Este ultimo, inclusive ja chama Schmidt de "soon-to-be-ex-CEO Eric Schmidt", ou "futuro EX CEO...", quando comenta que a organizacao de defesa de consumidores Consumer Watchdog esta ja ha anos "arranhando as portas do Google", e produziu um video de animacao sobre ele: 




Mas antes de entrarmos nesses assuntos, gostaria de colocar mais algumas afirmacoes que Eric Schimidt fez nos ultimos anos:

- "Se tem algo (que voce faz e) que nao gostaria que outras pessoas soubessem, talvez voce devesse simplesmente nao fazer (isso). ("If you have something that you don't want anyone to know, maybe you shouldn't be doing it in the first place...") - Entrevista para CNBC, citado no site PC World

- [b]“Nos sabemos aonde voce esta. Nos sabemos aonde voce esteve. Nos podemos 'mais ou menos' saber o que voce esta pensando".
("We know where you are. We know where you’ve been. We can more or less know what you’re thinking about.”) - Durante o Washington Ideas Forum, citado acima.

- "...voce pode simplesmente sair da frente, certo?" (“Streetview the cars we drive only once, you can just move, right?”) - Em uma recente entrevista a CNN (e citado no Washington Post) aonde ele fez essa piada, dizendo que pessoas que se sentem ofendidas por terem suas fotos ou fotos de suas residencias publicadas no Streetview do Google, podem simplesmente 'sair da frente'

- " Se eu observar o suficiente suas mensagens e sua localizacao, e utilizar inteligencia artificial, nos podemos prever para onde voce esta indo" ("if I look at enough of your messaging and your location, and use artificial intelligence, we can predict where you are going to go.") - Em uma conferencia em Agosto de 2010, citado pelo Washington Post.

- " Um dia, tivemos uma conversa aonde concluimos que poderiamos prever o marcado de acoes. Entao, decidimos que era ilegal. Por essa razao paramos isso". ("One day we had a conversation where we figured we could just try to predict the stock market. And then we decided it was illegal. So we stopped doing that.") - Em Marco de 2010, para revista Fortune, citado pelo Washington Post.

- "Eu na verdade nao acho que a maioria das pessoas quer que o Google responda as suas perguntas. Elas querem que o Google as diga o que fazer". ("I actually think most people don't want Google to answer their questions, they want Google to tell them what they should be doing next.") - Em entrevista ao Wall Street Journal

- "Todo jovem deveria ser autorizado automaticamente a mudar de nome quando chega a idade adulta, para nao ser obrigado a dar conta das enbaracosas informacoes armazenadas nas redes sociais de seus amigos". (“Every young person one day will be entitled automatically to change his or her name on reaching adulthood in order to disown youthful hijinks stored on their friends’ social media sites.") - Em entrevista ao Wall Street Journal

Os Lacos do Google com a CIA e NSA

[Imagem: 290710googlecia.jpg]

Os relatos da estreita conexao entre o Google e a CIA nao sao novidade. Em dezembro de 2006, Paul Joseph Watson escreveu um artigo entitulado "Ex-Agent: CIA Seed Money Helped Launch Google", aonde relata as declaracoes de Robert David Steele, um oficial da CIA, que em uma entrevista a Alex Jones explicou como a CIA ajudou a financiar o inicio da atividades do Google.

" Eu acho que o Google recebeu dinheiro da CIA quando estava comecando, e infelizmente o sistema agora destina dinheiro a atividades de espionagem e outras atividades altamente anti-eticas...", disse Steele, citando pessoas confiaveis como suas fontes.

Robert Steele chegou ate mesmo a citar explicitamente o nome do contato do Google dentro da CIA: Dr. Rick Steinheiser, do Gabinete de Pesquisa e Desenvolvimento.

Em 2008, veio a tona outra indicacao das conexoes do Google com a CIA, FBI e NSA (National Security Agency, ou Agencia de Seguranca Nacional), quando o Jornal San Francisco Chronicle publicou a reportagem "Google Tem
Muito a Ver Com Inteligencia" (Google Has Lots to Do With Intelligence).

O artigo explica como um seleto grupo interno do Google que conta com apenas 18 funcionarios chefiados por Mike Bradshaw comanda as vendas da empresa para o governo americano. "Somos um gropo muito pequeno, e muitas pessoas mesmo dentro do governo federal nao sabe que existimos", conta Bradshaw.

A maioria dos contratos se refere a servidores utilizados em armazenagem e pesquisa de documentos, permitindo as agencias de espionagem criar seus proprios "mini-Googles" nas suas intranets constituidas exclusivamente de dados governamentais.

Estas agencias estao utilizando os equipamentos do Google como backnone do que estao chamando de Intellipedia, uma rede cujo objetivo seria auxiliar a troca de informacoes.

"Cada analista, por falta de termo melhor, tem uma caixa de sapato com o seu conhecimento", disse Sean Dennehy, chefe do desenvolvimento da Intellipedia da CIA. Eles mantinham tudo isso em um drive compartilhado ou em um documento Word, mas estamos incentivando que eles troquem estas plataformas, para que todos possam se beneficiar. O sistema e baseado no modelo da Wikipedia, a enciclopedia publica online que pode ser editada pelos usuarios.

"Recorded Future" - Google e CIA Sao Oficialmente Socios

Com um investimento de ate U$10 Milhoes cada, Google Venture (a empresa de investimentos do grupo) e In-Q Tel (que cuida dos investimentos feitos pela CIA e outras redes de inteligencia) tornaram socios, com o advento de uma empresa chamada "Recorded Future". Seu negocio? prever o futuro.

A empresa iniciou suas atividades em Julho de 2010, e atua escaneando milhoes de publicacoes, blogs, sites, redes sociais, bancos de dados financeiros, etc., a fim de encontrar relacoes entre pessoas, empresas, acoes ou incidentes - ambos presentes ou ainda por acontecer.

A empresa informa que seu mecanismo temporal analitico "vai alem da busca", porque "procura 'links invisiveis' entre documentos que tratam de eventos e entidades relacionados." Isso permitira a "criacao de verdadeiros dossies em tempo real sobre as pessoas", e integrando-se este servico ao Google Earth (que, sabe-se foi criado com intestimento da In-Q-Tel/CIA), permitira o rastreamento em tempo real da localizacao de pessoas ou grupos como parte de um docie de inteligencia.

Claro que Recorded Future e promovida como uma ferramenta para fornecer "analises sobre terrorismo". Um video promocional pode ser visto abaixo:


VÍDEO
http://www.youtube.com/watch?v=ImhVpC-G_jg&feature=player_embedded

Um artigo bastante completo sobre o assunto pode ser lido no site wired.com.


Google e a Nova Ordem Mundial





Para aqueles que ainda tem alguma duvida sobre o envolvimento do Google naquilo que chamamos de "Nova Ordem Mundial", gostaria de perguntar:

"O que a empresa de Eric Schmidt tem em comum com Rothschild North America Inc., Goldman Sachs Group Inc., Soros Fund Management, Rockefeller Group International, JP Morgan Chase & Co., Bank of America Merrill Lynch, Chevron Corporation, Exxon Mobil Corporation, Citi, Credit Suisse, Morgan Stanley, Barclays Capital, Deutsche Bank AG, Pfizer Inc., Standad & Poor's e Kroll ?"


Resposta: todos (e mais dezenas de outras empresas) sao membros Corporativos do Council on Foreign Relations. Isso por si so ja esclarece muita coisa.

" O CFR e a ramificacao americana de uma sociedade que se originou na Inglaterra, e que acredita que as fronteiras deveriam ser extintas, e um governo mundial unico estabelecido", descreveu Carrol Quigley em seu livro "Tragedy & Hope".

"Os membros do CFR sao o proprio 'establishment''', descreve o deputado americano John R. Rarick. " Ele nao somente tem influencia e poder em decisoes-chave nos mais altos niveis do governo para aplicar pressoes vindas do topo, como tambem financia e usa pessoas e grupos para fazer pressao da base, para justificar as decisoes de alto-escalao para transformar os Estados Unidos de uma Republica Constitucional soberana em um membro servil de um governo mundial unico e ditatorial."

Membros do CFR comandaram em algum momento (ou ainda comandam) nomes conhecidos como NBC, CBS, ‘The New York Times’, Time’, ‘Newsweek’, ‘Fortune’, ‘Business Week’, ‘The Washington Post’, ‘The Des Moines Register’ e diversos outros meios de comunicacao, alem de bancos, ONGs, sindicatos, universidades e diversos outros segmentos da sociedade, a fim de garantir este sistema de pressao ao mesmo tempo no topo e na base do sistema social, como descrito acima. A lista completa dos membros corporativos pode ser visualizada aqui e os membros individuais aqui.

"Grupo de Advogados Clama por Investigacao Sobre as relacoes 'Secretas' do Google com a NSA"

O texto acima e uma manchete de um artigo recente, de 27 de Janeiro. Trata-se do grupo "Consumers Watchdog", que em uma carta a Republicana Darrel Issa pede uma investigacao do congresso americano (especie de CPI), a fim de esclarecer as ligacoes 'secretas' do Google com a National Security Agency (NSA), alem de uma varredura nos contratos.

O grupo afirma que o governo tomou açoes "insuficientes" quando o Google admitiu que roubou "sem querer" os dados de milhares de americanos durante o mapeamento do Google Street View, evento que o Consumer Watchdog chama de "o maior escandalo de 'grampos' da historia mundial.

Enquanto isso, no Brasil, Emmanuel Evita, gerente de relacoes publicas do Google fala em seu blog: "...se voce vir um carro com o logotipo do Google Street View passando perto de voce, acene e sorria!"

________________________

FBI prepara sistema de varredura e vigilância da internet

http://novaordemglobal.blogspot.com/2012/02/fbi-prepara-sistema-de-varredura-e.html

ANATEL: Diga não para a Oi! (ataque à Internet)
http://www.avaaz.org/po/brazil_anatel_vs_oi/
__________________________




____________



 

Resetando a binariedade e seus braços, sobretudo a internet 2

http://resetandobrain.blogspot.com/

Pergunta rápida:
É possivel que uma estrutura que consegue procurar em toda a web, consegue ter milhões acessando seus bancos de dados, consegue fotografar a etra e o ceu com qualidade "satelital", consegue manter um banco de dados de mais de 10 terabytes de todos os usuários e tudo isso de graça, sem nenhum custo para o usuário, faça isso só porque é boazinha?
Estou falando de googles e seus gmails, facebooks e outras redes sociais, essa turminha "super legal" que dá de "graça" para o povão uma chance de se tornar "famoso" global.
Essa turma tem um poder não imaginado, só para agenciar seus bancos de dados, esse poder veio de onde? Quem financiou isso? Ações? Quem colocou essas ações, quem financiou o IPO, quem dá suporte legal para isso tudo?
Como vemos, a estrutura necessária para se ser um Google é algo tão grande e poderoso que evidentemente quem bancou tudo isso não faz parte dos que querem defender o povo, mas sim dos que dominam o povo, as multinacionais, e claro, seus próprios "inimigos" os estados repressores e liberais ao mesmo tempo, liberam a putaria e o povão acha que está tudo liberado enquanto reprimem a informação e o povão que só quer foder e pegar, fica desinformado e votando com a sapiência de uma mula, e claro, gritando aos quatro ventos internéticos googlerianos o que é que está errado e toda uma retórica para acabar com a censura na internet.
Vai ser babazeu assim lá na casa dos midiáticos!!
Quem precisa de SOPA ou ACTA?
O povão de bom grado entrega os dados como se estivesse se inscrevendo para o BBB, SOPA é isso!!!

____________________________


Regra de privacidade do Google é contestada
  • 8 de fevereiro de 2012|

Por Carla Peralva

Entidade de proteção à privacidade online entrou com processo alegando que nova política fere acordo do Google nos EUA


Novas regras do Google vão permitir que informações coletadas em um serviço do Google possam ser usadas em anúncios direcionados em outro serviço. FOTO: Truth Leem/REUTERS

SÃO PAULO – A Electronic Privacy Information Center (EPIC), entidade americana que defende a privacidade na rede entrou com um processo contra a Federal Trade Comission (FTC) dos Estados Unidos em uma tentativa de impedir que o Google coloque em prática sua nova política de privacidade, anunciada no final de janeiro.
—-
• Siga o ‘Link’ no Twitter, no Facebook e no Google+

A EPIC está requerendo que um juiz federal emita uma ordem de restrição temporária e um mandado de segurança que exija que a FTC faça o Google cumprir um acordo fechado entre as duas instituições no ano passado que diz que o Google não iria não combinar dados de diferentes serviços sem obter o consentimento afirmativo expresso do usuário.
Acusado de enganar os usuários e violar sua própria política de privacidade ao lançar o já extinto Buzz, o Google fechou com a FTC um acordo de como iria proceder em relação ao manejo dos dados dos usuários. Uma das ações que motivou o fechamento do acordo foi uma série de queixas feitas pela própria EPIC na justiça norte-americana.
Segundo Marc Rotenberg, diretor executivo da EPIC, os termos do acordo serão violados pela imposição da nova política de privacidade unificada, marcada para entrar em vigor no dia 1º de março. Para ele, a mudança deveria ser opcional, pois os usuários são donos de seus dados e têm o direito de dizer não a mudança nos termos que regem a forma como eles são tratados.

http://blogs.estadao.com.br/link/regra-de-privacidade-do-google-e-contestada/

_______________________

REGULAMENTACAO INTERNACIONAL DA INTERNET - 2012 - olavo de carvalho
http://www.youtube.com/user/CEL2076?feature=mhee#p/a/u/0/gr__85Zixpk





Mais um ataque à Internet, este ano. Depois do PIPA, SOPA, ACTA, POLÍTICA DO GOOGLE, já está em andamento na ONU, por iniciativa da Rússia e da China, um projeto de controle mundial da Internet, incluindo cobranças pelos acessos internacionais.

Veja também:


2012: O ANO MARCADO PARA EXTINÇÃO DA INTERNET LIVRE http://holosgaia.blogspot.com/2012/02/illuminatis-george-soros-pedem-ao.html

Como remover seu histórico de pesquisa do Google Antes que a Nova Política de Privacidade do Google Toma Efeito http://sobre2012.blogspot.com/2012/02/como-remover-seu-historico-de-pesquisa.html

Mais notícias:

Gigantes da internet fazem coalizão para não rastrear usuários

http://www.ihu.unisinos.br/noticias/506877-gigantes-da-internetfazemcoalizaoparanaorastrearusuarios

 (é possível que eu feche os blogs, os canal no youtube, gaiasohlcel2076 , e minha conta no Google até o dia 29, por causa das novas políticas de privacidade do Google. Por isso, se alguma coisa interessar aproveite para fazer o download )

 

publicado por conspiratio às 12:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
2 comentários:
De vapera a 2 de Fevereiro de 2012 às 14:23
Olá, Célia.
Valeu a publicação desse fato sobre o poder real do google e os verdadeiros donos disso, que se arvora paladino da liberdade internética, mas é a maior arma de censura na rede.
Sugiro que mude seu blog para o SAPO.pt pois por enquanto tudo lá parece normal, sem a sindrome de polícia: "Identifique-se ou será alvejado" :-D
A transferência é automática, e importação direta.
De Célia Barcellos a 2 de Fevereiro de 2012 às 21:47
Que bom! Vou tentar. Se não conseguir, meu sobrinho consegue...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. Yoani Sanchez dissidente...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. O DESEJO IRRESPONSÁVEL DE...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A CONSPIRAÇÃO DO FORO DE ...

. A LISTA DE CLINTON - ESTR...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

. CAUSAS DO CAOS BRASILEIRO...

. CONSPIRAÇÃO DO FORO DE SA...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. ABORTISMO SENDO INSTALADO...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO,

. O PROBLEMA É O FORO DE SÃ...

. ORVIL - TENTATIVAS DE TOM...

. CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVI...

. RITALINA E OUTRAS DROGAS ...

. O EX-REVOLUCIONÁRIO DOSTO...

. UM POUCO SOBRE ABDUÇÃO E ...

. FINS E MEIOS, BEM E MAL,...

. PRIORADO DE SIÃO E A NOV...

. SE NÃO INVESTIRMOS EM CON...

. CONGRESSO QUER MANDAR NO ...

. COREIA, NOVA ORDEM MUNDIA...

. BLOSSOM GOODCHILD E A NAV...

. AGRICULTOR EM GUERRA CONT...

. CONTRA A CAMPANHA CONTRA ...

. OPRIMIR O CIDADÃO COM LEI...

. MANIPULAÇÕES DA LÓGICA, D...

. EXTINGUINDO A PROFISSÃO D...

. KARL MARX , ADAM WEISHAUP...

. CONTROLE E MAIS CONTROLE ...

. UFO OU MÍSSEL ATINGE "MET...

. LÚCIFER E A REVOLUÇÃO

. HIPNOSE PELA TV - DAVID I...

. FORMAÇÃO DO IMBECIL COLET...

. VOAR É COM OS PÁSSAROS?

. OS BILDERBERGERS/ILLUMINA...

. QUEM MANDA NO MUNDO

. O ILLUMINATI OBAMA SE DÁ ...

. ARIZONA WILDER REFUTA DAV...

. QUEM MATOU AARON SWARTZ?

. AGENDAS DE DOMINAÇÃO GLOB...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. 3 elites globalistas(6)

. a corporação(9)

. acobertamento(13)

. agenda illuminati(13)

. alex jones(8)

. amor(20)

. animais(29)

. arqueologia proibida(4)

. atenção(7)

. auto-realização(33)

. autoritarismo(7)

. bancos terroristas(8)

. benjamin fulford(5)

. bíblia(7)

. big pharma(12)

. bilderberg(8)

. budismo(24)

. calar a democracia(5)

. censura da internet(15)

. cérebro(22)

. codex alimentarius(15)

. comunismo(13)

. concentração(14)

. consciência(7)

. conspiração(94)

. conspiração antidemocrática(6)

. conspiração financeira(11)

. controle da informação(17)

. controle da internet(22)

. cura(25)

. daskalos(7)

. david icke(9)

. denúncia(10)

. depopulação(6)

. despopulação(8)

. deus(10)

. ditadura(14)

. ditadura através da mentira(6)

. ditadura através da saúde(11)

. documentários ufológicos(7)

. ecologia(35)

. educação(7)

. ego(25)

. engenharia social(9)

. ensonhar(11)

. eqm (experiência de quase-morte)(12)

. extraterrestre interferência(11)

. filosofia(6)

. globalistas(5)

. goldsmith(8)

. google(9)

. governo oculto(31)

. gripe suína(8)

. história(17)

. história da nom(5)

. illuminati(54)

. integração(9)

. internautas conheçam seu poder(6)

. internet censura(11)

. intraterrestres(8)

. jesus(8)

. krishnamurti(13)

. lei cala-boca da internet(5)

. liberdade(8)

. livre-arbítrio(6)

. manipulação da informação(13)

. manipulação da mente(8)

. manipulação das massas(8)

. medicina natural(10)

. mentecorpo(5)

. microchip(7)

. milton cooper(7)

. monsanto(6)

. movimento revolucionário(9)

. neurociência(20)

. nom(43)

. nova ordem mundial(83)

. obama(7)

. olavo de carvalho(31)

. poder da internet(5)

. poder da mente(97)

. poder das farmacêuticas(5)

. política(16)

. predadores da humanidade(16)

. problema-reação-soluçao p-r-s(7)

. profecias(9)

. project camelot(11)

. psicanálise(5)

. pt(9)

. rauni kilde(6)

. realidade(7)

. rockefeller(7)

. saúde(19)

. sonho lúcido(22)

. totalitarismo(9)

. totalitarismo global(9)

. ufo(46)

. universo(16)

. vida(31)

. xamanismo(15)

. todas as tags

.favorito

. NÃO AO MARCO CIVIL DA INT...

. INVASÃO CUBANA - PROGRAMA...

. PAPA FRACISCO: UM COMUNI...

. GOVERNO TEM PRESSA PARA C...

. FORO DE SÃO PAULO É O PRO...

. TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E ...

. NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ P...

. COMUNISMO SE CURA COM VER...

. A HISTÓRIA SECRETA DE ANA...

. A EDUCAÇÃO MORREU?

.links

.links

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO

.DAVID ICKE - PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO - a mais poderosa técnica de manipulação das massas

.EXPANDIR A CORRUPÇÃO É ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO